2 Coríntios 11 - Bíblia NBV

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13


1 Espero que vocês sejam pacientes comigo, enquanto continuo falando com certa insensatez. Tolerem-me e deixem-me dizer o que vai em meu coração. 2 Tenho um profundo zelo por vocês, que vem do próprio Deus — zelo de que o amor de vocês seja somente por Cristo, tal como uma virgem reserva o seu amor para um homem apenas, aquele que será seu marido. 3 Mas estou amedrontado, temendo que de alguma forma vocês sejam desviados da sua devoção simples e pura ao nosso Senhor, tal como Eva foi enganada pela astúcia da serpente. 4 Vocês parecem tão ingênuos: creem em qualquer coisa que alguém lhes diz, mesmo que esteja pregando sobre outro Jesus, diferente daquele que nós pregamos, ou um espírito diferente do Espírito de Deus que vocês receberam, ou mostrando outro caminho para a salvação.
5 Entretanto, eu não creio que esses sublimes “apóstolos de Deus”, como eles se chamam a si mesmos, sejam em nada superiores a mim. 6 Se eu sou um pregador fraco, pelo menos conheço aquilo de que estou falando, como penso que vocês agora já perceberam, pois nós o temos provado repetidamente.
7 Será que fiz mal, quando me rebaixei e fiz com que vocês me menosprezassem, só porque lhes preguei o evangelho de Deus sem cobrar-lhes coisa alguma? 8 Enquanto trabalhava com vocês, fui sustentado por outras igrejas recebendo aquilo que me enviaram. Por assim dizer, eu estava privando outras igrejas para ajudar vocês. 9 Eu estava servindo vocês, sem custarlhes nada. E quando acabou o sustento, eu comecei a passar necessidade; mesmo assim não lhes pedi coisa alguma, pois os irmãos da Macedônia trouxeram-me outra oferta. Fiz tudo para não ser pesado a vocês, e continuarei agindo desta forma. 10 Tão certo como a verdade de Cristo está em mim, eu contarei isso a todo mundo lá na Acaia! 11 Por quê? Porque não os amo? Deus sabe que os amo. 12 Mas eu farei isso a fim de tirar a oportunidade daqueles que se gabam de estarem fazendo a obra divina do mesmo modo que nós.
13 Deus jamais enviou tais homens; eles são fingidos, enganaram vocês, fazendo-se passar por apóstolos de Cristo. 14 Ainda assim não estou surpreendido, pois o próprio Satanás pode transformar-se num anjo de luz. 15 Portanto, não é de admirar que os seus servos possam fazer o mesmo, fingindo ser ministros de Deus. No fim eles receberão todo o castigo que suas obras malignas merecem.
16 Se estou argumentando de novo com vocês, não pensem que eu perdi o juízo por lhes falar assim; porém, mesmo que eu perdesse, ouçam-me de qualquer maneira, como um desajuizado para que eu tenha alguma coisa com que me orgulhar. 17 Não é segundo o Senhor que me vanglorio assim, porque eu estou agindo como um insensato. 18 Visto que existem tantas pessoas que se orgulham por motivos humanos 25 eu também me orgulharei. 19 Vocês que são tão sábios ainda ouvem com boa vontade esses insensatos; 20 e nem se incomodam quando eles os fazem de escravos, tirando tudo quanto vocês têm, aproveitando-se de vocês, contando vantagem e ferindo-os no rosto. 21 Sinto vergonha de dizer que não sou tão forte e ousado assim! Todavia, qualquer coisa de que eles se atrevem vangloriar-se — estou falando de novo como um insensato — eu também me atrevo.
22 Eles se vangloriam de ser hebreus, não é? Ora, eu também sou. E eles dizem que são israelitas? Eu também sou. E eles são descendentes de Abraão? Pois eu também sou. 23 Eles dizem que servem a Cristo? Mas eu o tenho servido muito mais! Será que enlouqueci para me vangloriar desse jeito? Tenho trabalhado mais arduamente; tenho sido posto na prisão mais vezes, e chicoteado mais severamente; e tenho enfrentado a morte muitas vezes. 24 Em cinco ocasiões diferentes os judeus aplicaram-me seu terrível castigo de trinta e nove chibatadas. 26 25 Apanhei de vara três vezes. Fui apedrejado uma vez. Três vezes sofri naufrágio. Numa ocasião fiquei exposto em alto-mar a noite inteira e durante todo o dia seguinte. 26 Tenho viajado muito e estado frequentemente em grandes perigos nos rios, perigos por causa de salteadores, e perigos por causa do meu próprio povo, os judeus, assim como nas mãos dos gentios. 27 Enfrentei grandes perigos nas cidades, perigos no deserto, perigos no mar, e perigos por causa de falsos irmãos. 27 Tenho trabalhado arduamente e experimentado cansaço, muitas vezes fiquei noites sem dormir. Tenho passado fome e sede, e muitas vezes ficado em jejum; e muitas vezes suportei o frio, sem roupa suficiente para me agasalhar.
28 Além de tudo isso, tenho a constante preocupação com todas as igrejas. 29 Quem está fraco, que eu também não sinta fraqueza? Quem cai que eu não anseie ajudá-lo? Quem é ferido espiritualmente que minha fúria não se levante contra aquele que o feriu?
30 Mas se devo me gloriar, eu preferiria gloriar-me nas minhas fraquezas. 31 Deus, o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, aquele que deve ser louvado para todo o sempre, sabe que eu digo a verdade. 32 Em Damasco, o governador nomeado pelo rei Aretas manteve guardas nos portões da cidade para me prender; 33 porém, fui baixado numa cesta atada a uma corda, de uma janela do muro da cidade, e assim escapei da mão dele!

NOTAS
25 Ou “segundo a carne”.
26 Ou “açoites”.
27 Isto é, os não judeus.


2Cr 10Left

Right2Cr 12