Eclesiastes 1 - Bíblia NBV

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


1 Palavra do Pregador 1 Salomão, 2 rei de Jerusalém, filho 3 de Davi, rei de Jerusalém. 2 Tudo é ilusão, diz o Pregador. Tudo é ilusão. Tudo é inútil. 4
3 Qual é a vantagem que o homem consegue com o seu trabalho em que se esforça tanto debaixo do sol?
4 Gente nasce e morre, mas a terra permanece para sempre.
5 O sol nasce e se põe e volta ao lugar de onde nasceu.
6 O vento sopra para o sul e para o norte, vai e vem, sopra aqui e ali, sem chegar a lugar algum.
7 Os rios correm para o mar, mas o mar nunca fica cheio. A água volta para os rios e corre outra vez para o mar.
8 A vida é uma canseira, nem dá para descrever! Mesmo que vejamos tudo que existe, não ficamos satisfeitos; podemos ouvir todos os sons, mas nem assim ficamos contentes.
9 A história sempre se repete. O que foi feito se fará outra vez. Na verdade, não há nada de novo debaixo do sol.
10 Tudo já foi dito ou feito antes. Você pode mostrar alguma coisa nova? Como é que você sabe que isso não existiu há muito tempo?
11 Não podemos nos lembrar do que aconteceu no passado e daqui a algum tempo ninguém vai se lembrar do que nós fizemos.
12 Eu, o Pregador, fui rei de Israel e morei em Jerusalém. 13 Eu me esforcei para aprender bem tudo e a usar a sabedoria para explorar o que existe no universo. Descobri que Deus sobrecarregou o homem com trabalhos pesados. 14 Tenho visto tudo o que é feito debaixo do sol; a vida é uma ilusão, é correr atrás do vento.
15 O que está torto não pode ser endireitado; o que falta não pode ser contado.
16 Eu disse então para mim mesmo: “Bem, eu sou muito mais estudado que todos os reis que governaram Jerusalém. Na verdade, adquiri muita sabedoria e conhecimento.
17 Por isso me esforcei bastante para ser sábio e conhecer a loucura e a insensatez, mas agora vejo que isso também é correr atrás do vento.
18 Pois quanto maior a sabedoria, maior o sofrimento; quanto maior o conhecimento, maior a tristeza.

NOTAS
1 Ou “Mestre”.
2 No original não consta o nome de Salomão.
3 A palavra “filho” também é usada no sentido de “descendente”.
4 A palavra-chave desse livro é “ilusão”. Essa palavra também pode ser traduzida por “sem sentido” ou “inutilidade”.


RightEc 2