Gênesis 18 - Bíblia NBV    Estudio Bíblico

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26

27 28 29 30



1 Abraão morava perto dos carvalhos de Manre. Um dia o SENHOR apareceu a ele. Na hora mais quente do dia, Abraão estava sentado junto à entrada de sua tenda.
2 De repente Abraão viu três homens em pé, perto dele. Quando os viu, correu ao encontro deles e prostrou-se.
3 “Meu SENHOR”, disse Abraão, “se sou digno, tenha a bondade de ficar aqui e descansar um pouco.
4 Mandarei trazer água para lavarem os seus pés e assim poderão descansar debaixo desta árvore.
5 Vou preparar uma refeição, para que ganhem novas forças e prossigam a viagem”. “Está bem”, disseram eles, “faça como você disse”.
6 Abraão correu à tenda e disse a Sara: “Depressa, pegue três medidas 14 da nossa melhor farinha, amasse-a e faça uns pães”.
7 Depois ele mesmo correu ao pasto, escolheu um belo novilho e mandou um servo preparar a carne.
8 Colocou diante deles então a coalhada, o leite e o novilho que tinha mandado preparar. Ele permaneceu ali debaixo da árvore, fazendo companhia a eles enquanto comiam.
9 “Onde está Sara, sua mulher?”, perguntaram eles. “Ela está ali na tenda”, respondeu Abraão.
10 Um deles disse: “Daqui a um ano voltarei a visitar vocês, e Sara, sua mulher, terá um filho”. Sara estava na entrada da tenda, atrás dele, e escutou o que disse.
11 Abraão e Sara eram muito velhos, de idade bem avançada, e as condições físicas de Sara já não permitiam que ela tivesse filhos.
12 Por isso, Sara riu por dentro, pensando: “Depois de velha e o meu senhor também velho, ainda terei esse prazer?”
13 Mas o SENHOR disse a Abraão: “Por que Sara riu e disse consigo mesma: ‘Será que é verdade que poderei dar à luz, sendo velha?’
14 Por acaso existe alguma coisa difícil demais para o SENHOR?” E disse mais: “No ano que vem voltarei a você, e Sara terá um filho”.
15 Ao ouvir isso, Sara ficou com medo. Ela mentiu, dizendo: “Eu não estava rindo”. Mas o SENHOR disse a ela: “Não diga isso. Você bem sabe que riu”.
16 Em seguida levantaram-se e tomaram a direção de Sodoma. Abraão foi com eles até certa distância.
17 “Será que vou esconder o meu plano de Abraão?”, perguntou o SENHOR.
18 “Abraão será o pai de uma grande nação. Além disso, ele vai ser instrumento de bênção para todas as nações da terra!
19 Pois eu o escolhi para que ordene a seus filhos e descendentes que o sigam, a fim de guardar o caminho do SENHOR, fazendo o que é justo e bom, para que eu faça por Abraão tudo o que lhe prometi”.
20 Disse mais o SENHOR: “Chegaram até mim as acusações contra Sodoma e Gomorra. A queixa contra o pecado daquelas cidades é tão grave,
21 que descerei até lá para ver se as acusações são de fato verdadeiras ou não”.
22 Dois daqueles homens foram para Sodoma, mas o SENHOR ficou mais um pouco com Abraão.
23 Abraão aproximou-se dele, e disse: “O SENHOR seria capaz de matar os bons juntamente com os maus?
24 Se houver na cidade, digamos, cinquenta pessoas justas, o SENHOR destruiria a cidade? Não pouparia o povo por amor daqueles cinquenta cidadãos bons?
25 Não seria justo! Certamente o SENHOR não fará uma coisa dessas: matar os que o amam junto com os que o desprezam. Fazendo assim, estaria igualando os justos com os injustos, os bons com os maus! Claro que não faria isto! Não é justo o Juiz de toda a terra?”
26 O SENHOR respondeu: “Se eu achar cinquenta justos em Sodoma, não destruirei a cidade, por amor a eles”.
27 Abraão voltou a falar: “Sei que sou pó e cinza.
28 Mas comecei a falar ao SENHOR e devo continuar. E na hipótese de faltarem cinco para completarem os cinquenta justos? Por causa desses cinco que faltaram, o SENHOR destruiria a cidade?” Deus disse: “Não destruirei a cidade, se achar nela quarenta e cinco justos”.
29 Abraão falou de novo: “E se achar ali quarenta justos?” O SENHOR respondeu: “A cidade não será destruída, por causa dos quarenta”.
30 Abraão insistiu: “Peço que tenha paciência, SENHOR. Se forem trinta os justos?” O SENHOR respondeu: “Se encontrar trinta, não a destruirei”.
31 Abraão prosseguiu: “Sei que estou sendo ousado, mas, por favor: E se apenas vinte justos forem encontrados ali?” O SENHOR respondeu: “Não destruirei a cidade, por amor aos vinte”.
32 Disse, por fim, Abraão: “Não fique irado, SENHOR, se lhe falar só mais uma vez. E se forem encontrados apenas dez justos?” O SENHOR respondeu: “Não destruirei a cidade por amor aos dez”.
33 Quando acabou de falar com Abraão, o SENHOR se retirou. E Abraão foi para casa.
NOTAS
14 O seá equivalia a mais ou menos 7 litros.


Gên. 17Left

RightGên. 19