Lucas 1 - Bíblia NBV

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24


1 Diversos relatos sobre Cristo já foram escritos, usando como fonte de informação as narrações existentes entre nós, 2 transmitidas pelos primeiros discípulos e outras testemunhas oculares e servos da palavra. 3 Contudo, pareceu-me que seria bom, depois de uma investigação completa, mandar-lhe este resumo, querido amigo Teófilo, 4 para que tenha plena certeza de todas as verdades que foram ensinadas.
5 Vou começar com um sacerdote judaico, Zacarias, que viveu quando Herodes era o rei da Judeia. Zacarias pertencia ao grupo sacerdotal de Abias. Sua esposa era da família de Arão e se chamava Isabel. 6 Zacarias e Isabel eram pessoas piedosas 1 aos olhos de Deus e observavam fielmente todas as leis e mandamentos do Senhor. 7 Porém eles não tinham filhos, porque Isabel não podia ter filhos; 2 e ambos já estavam bem velhos.
8 Um dia, quando Zacarias estava cuidando do seu trabalho de sacerdote no templo, porque naquela semana a sua turma estava de serviço diante de Deus, 9 caiu-lhe por sorteio, de acordo com o costume do sacerdócio, entrar no santuário interno e queimar o incenso diante do Senhor. 10 Enquanto isso, uma grande multidão estava do lado de fora no pátio do templo, orando, enquanto o incenso estava sendo queimado.
11 Zacarias estava no santuário quando de repente apareceu um anjo do Senhor de pé à direita do altar do incenso! 12 Zacarias ficou perturbado e cheio de medo. 13 Mas o anjo lhe disse: “Não tenha medo, Zacarias, porque eu vim para dizer-lhe que Deus ouviu a sua oração, e sua esposa Isabel vai dar à luz um filho seu! Você o chamará de João. 14 Haverá grande prazer pelo nascimento dele, e muitos se alegrarão com você. 15 Pois ele será grande aos olhos do Senhor. Ele nunca deverá tocar em vinho ou bebida forte, 3 e será cheio do Espírito Santo, antes mesmo do seu nascimento! 16 E convencerá muitos judeus a voltarem para o Senhor, o seu Deus. 17 Ele irá adiante do Senhor no espírito e poder de Elias, para fazer voltar o coração dos pais a seus filhos e os desobedientes à sabedoria dos justos, preparando o povo para a chegada do Senhor”.
18 Zacarias disse ao anjo: “Como vou saber que isso é verdade? Eu já sou um homem velho, e minha esposa também é muito idosa”.
19 Então o anjo disse: “Eu sou Gabriel, e estou sempre na presença de Deus. Foi ele quem me enviou a você para transmitir estas boas-novas! 20 E agora, porque não creu em mim, você vai ficar mudo, incapaz de falar até a criança nascer. Porque as minhas palavras se cumprirão no tempo oportuno”.
21 Enquanto isto o povo do lado de fora estava esperando que Zacarias aparecesse, e procurava saber por que estava demorando tanto no santuário. 22 Quando ele finalmente saiu, não podia falar com eles, e viram pelos seus gestos que ele tinha tido uma visão no santuário. 23 Zacarias permaneceu no templo os dias restantes do seu serviço e depois voltou para casa. 24 Depois disso, sua esposa Isabel ficou grávida; e durante cinco meses não saiu de casa. 25 “Como o Senhor é bom”, ela dizia, “ele olhou para mim favoravelmente e tirou a minha humilhação perante o povo por não ter filhos!”
26 No sexto mês, Deus enviou o anjo Gabriel a Nazaré, uma cidade da Galileia, 27 a uma virgem, chamada Maria, prometida em casamento a um homem chamado José, descendente do rei Davi. 28 Gabriel apareceu a ela e disse: “Alegre-se, jovem agraciada! 4 O Senhor está com você!”
29 Muito perturbada com essas palavras, Maria tentava imaginar o que o anjo quis dizer. 30 Mas o anjo lhe disse:
“Não tenha medo, Maria;
porque Deus resolveu abençoá-la maravilhosamente!
31 Muito em breve você ficará grávida, dará à luz um menino,
e lhe dará o nome de ‘Jesus’.
32 Ele será muito importante, e será chamado de Filho do Deus Altíssimo,
e o Senhor Deus lhe dará o trono do seu antepassado Davi;
33 e ele reinará sobre o povo de Jacó para sempre;
e o seu Reino nunca acabará!”
34 Maria perguntou ao anjo: “Mas como posso ter um filho? Eu sou uma virgem”.
35 O anjo respondeu: “O Espírito Santo virá sobre você e o poder do Altíssimo a cobrirá com a sua sombra; por isso a criança que vai nascer de você será chamada de santo e Filho de Deus. 36 Além disso, há seis meses sua prima Isabel, aquela que diziam ser estéril, ficou grávida em sua avançada idade! 37 Sim, porque para Deus nada é impossível”.
38 Maria disse: “Eu sou a serva do Senhor, e estou pronta a fazer tudo quanto for necessário. Que aconteça tudo o que o Senhor me disse”. Então o anjo a deixou. 39 Uns poucos dias mais tarde Maria foi às pressas à região montanhosa da Judeia, 40 ao lugar onde Zacarias morava, e saudou Isabel. 41 Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança de Isabel agitou-se dentro dela, e Isabel ficou cheia do Espírito Santo. 42 Isabel deu um grito de alegria e exclamou:
“Você é abençoada por Deus
entre as outras mulheres,
e bendito é o filho
que você dará à luz.
43 Que grande honra é esta, que a mãe do meu Senhor me visite! 44 Quando você entrou e me saudou, no momento em que ouvi sua voz, de alegria o meu bebê moveu-se dentro do meu ventre! 45 Você creu que Deus faria o que disse; e por isso é que ele deu-lhe essa maravilhosa bênção”.
46 Então Maria disse:
“A minha alma engrandece ao Senhor,
47 e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador!
48 Porque ele prestou atenção na humildade da sua serva. De agora em diante todas as gerações vão me chamar de bendita de Deus. 5
49 Pois o Poderoso fez grandes coisas comigo. Santo é o seu nome.
50 A sua misericórdia vai de geração em geração, a todos os que o temem.
51 Como o seu braço é cheio de poder! Como ele derrota os orgulhosos e os arrogantes!
52 Derrubou governantes dos seus tronos e exaltou os humildes.
53 Satisfez os corações famintos e despediu os ricos com as mãos vazias.
54 Ele socorreu o seu servo Israel, não esquecendo sua promessa de ser misericordioso,
55 pois prometera a Abraão e seus descendentes ser misericordioso com eles para sempre”.
56 Maria ficou com Isabel cerca de três meses e depois voltou para casa.
57 Ao completar o tempo de Isabel dar à luz, ela teve um filho. 58 A notícia de como o Senhor havia sido bondoso com ela espalhou-se depressa pelos vizinhos e parentes, e todo mundo se alegrou com ela.
59 Quando a criança estava com oito dias de idade, todos os parentes e amigos vieram para a cerimônia da circuncisão. Julgavam que o nome da criança seria Zacarias, como o pai. 60 Mas Isabel disse: “Não! Ele deverá chamar- se João!”
61 “Quê!?”, exclamaram eles. “Não há ninguém em sua família com esse nome”.
62 Então perguntaram ao pai da criança, falando-lhe por gestos.
63 Ele pediu por sinais uma tabuinha e, para surpresa de todo mundo, escreveu: “O nome dele é João!” 64 Imediatamente Zacarias pôde falar novamente, e começou a louvar a Deus. 65 A admiração tomou conta de toda a vizinhança, e a notícia do que havia acontecido espalhouse pela região montanhosa da Judeia. 66 Cada um que ouvia isso ficava pensando e perguntava: “Que será que esse menino vai ser? Porque a mão do Senhor está de fato sobre ele de uma maneira especial”.
67 Então o seu pai Zacarias ficou cheio do Espírito Santo e profetizou:
68 “Louvai ao Senhor, o Deus de Israel, porque veio visitar e libertar o seu povo. 69 Ele nos está mandando um Poderoso Salvador da família real do seu servo Davi,
70 tal como tinha prometido por meio dos seus santos profetas na antiguidade,
71 alguém para nos livrar dos nossos inimigos, de todos os que nos odeiam,
72 para mostrar a sua misericórdia aos nossos antepassados e lembrar a sua santa aliança,
73 sim, com o próprio Abraão, recordando- se da sagrada promessa feita a ele,
74 e concedendo-nos o privilégio de servir a Deus livres do medo, libertos dos nossos inimigos,
75 fazendo-nos santos e aceitáveis, prontos para estar na sua presença todos os dias da nossa vida.
76 E você, menino, será chamado de profeta do Deus Altíssimo, porque irá adiante do Senhor a fim de preparar o caminho para ele.
77 Você dirá ao povo de Deus como encontrar a salvação por meio do perdão dos seus pecados.
78 Porque o nosso Deus é misericordioso e bondoso, e o sol nascente vai raiar sobre nós, 79 para dar luz àqueles que se acham na escuridão e na sombra da morte, e para guiar os nossos passos no caminho da paz”.
80 E o menino cresceu e se fortaleceu no espírito; e viveu no deserto, solitário, até que começou a apresentar-se ao povo de Israel.

NOTAS
1 Ou “justas”.
2 Isto é, ela era estéril.
3 Ou “fermentada”.
4 Ou “favorecida”.
5 Ou “bem-aventurada”.


RightLc 2