2 Crônicas 1 - Bíblia NBV

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36


1 Salomão, filho do rei Davi, fortaleceu-se no seu reino, pois o SENHOR, o seu Deus, estava com ele e fez dele um rei poderoso. 2 O rei Salomão falou a todo o Israel: os líderes do exército de mil e de cem, os juízes, todos os líderes políticos de Israel e os chefes de famílias.
3 Salomão subiu com todos eles ao monte de Gibeom, onde estava o antigo Tabernáculo,1 que Moisés, servo do Senhor, construiu,2 enquanto ele esteve no deserto. 4 Havia outro Tabernáculo em Jerusalém, construído pelo rei Davi para a arca de Deus, quando ele a levou de Quiriate-Jearim para lá. 5 O altar de bronze feito por Bezalel, filho de Uri e neto de Hur, ainda estava ali em frente do antigo Tabernáculo do SENHOR, em Gibeom. Então Salomão e todos os que ele havia convidado se reuniram ali para consultarem o SENHOR. 6 Salomão ofereceu ao SENHOR mil sacrifícios queimados3 sobre o altar de bronze, no Tabernáculo. 7 Naquela noite Deus apareceu a Salomão e disse: “Peça o que quiser, e eu da rei a você!”
8 Salomão respondeu: “Ó Deus, o SENHOR foi tão bondoso com o meu pai Davi, e me colocou como rei em seu lugar. 9 Agora, ó Senhor Deus, meu desejo é que o Senhor cumpra a promessa que fez a meu pai Davi, porque me fez rei sobre uma nação tão numerosa como o pó da terra! 10 Peço que o Senhor me dê sabedoria e conhecimento para governar esse povo. Pois quem pode, sozinho, dirigir uma nação tão grande como esta?”
11 Deus respondeu: “Já que o seu maior desejo é ajudar o seu povo e, em vez de pedir tesouros, riqueza pessoal, honras, a destruição dos seus inimigos, ou vida longa, pediu sabedoria e conhecimento para dirigir bem o meu povo sobre o qual o coloquei como rei, 12 eu vou dar a sabedoria e o conhecimento que você pediu! Mas também vou dar riquezas, bens e honra, como nenhum outro rei antes de você teve e nenhum outro terá depois de você!” 13 Então Salomão deixou o Tabernáculo, desceu do monte Gibeom e voltou a Jerusalém para governar Israel.
14 Ele formou um exército de mil e quatrocentos carros e doze mil cavaleiros,4 para guardar as cidades, bem como para ficar perto dele, em Jerusalém. 15 Durante o reinado de Salomão, havia tanta prata e tanto ouro em Jerusalém que se tornaram comuns como as pedras na estrada, e a madeira de cedro, tão numerosa como os sicômoros5 da Sefelá!6 16 Salomão enviou negociantes de cavalos ao Egito e à Cilícia, para comprarem grandes quantidades de cavalos. 17 Naquele tempo os carros egípcios eram vendidos por sete quilos e duzentos gramas7 de prata cada um, e cada cavalo custava um quilo e oitocentos gramas8 de prata. Muitos desses carros e desses cavalos eram vendidos depois aos reis dos heteus e aos reis da Síria.9

NOTAS
1 Ou “Tenda do Encontro”.
2 Moisés havia construído o Tabernáculo 500 anos antes do reinado do rei Salomão. O Tabernáculo era um templo em forma de uma grande tenda, que podia ser desmontado e levado para onde os israelitas iam.
3 Ou “holocaustos”.
4 Ou “cavalos”.
5 Ou “figueiras bravas”.
6 Uma faixa de terra de relevo baixo entre a planície costeira e as montanhas. Também em 9.27; 26.10 e 28.18.
7 Em hebraico “seiscentos siclos de prata”.
8 Em hebraico “cento e cinquenta siclos”.
9 Ou “reis dos arameus”.


Right2Cr 2