Sermão 8 Wilfred - O que é dar o dízimo?

Dar dízimos é um problema para muitos crentes. Mas a Bíblia é muito clara. Por exemplo, vamos ver o que a Bíblia diz sobre dar o dízimo. Na verdade, não há origem, pois dar o dízimo era possivelmente um costume normal que encontramos pela primeira vez descrito em Gênesis 14. Ló, o primo de Abraão vivia na cidade pecaminosa de Sodoma e todos os habitantes dessa cidade estavam levados em cativeiro. Quando Abraão ouviu isso, ele e seus guerreiros treinados os seguiram e os derrotaram.

Gênesis 14:12 Tomaram também a Ló, filho do irmão de Abrão, que habitava em Sodoma, e os bens dele, e partiram.
Gênesis 14:15-16 Abraão e seus guerreiros treinados os derrotaram e os perseguiram ... Assim tornou a trazer todos os bens, e tornou a trazer também a Ló, seu irmão, e os bens dele, e também as mulheres e o povo.
Gênesis 14:18-20 Ora, Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; pois era sacerdote do Deus Altíssimo; e abençoou a Abrão, dizendo: bendito seja Abrão pelo Deus Altíssimo, o Criador dos céus e da terra! E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos! E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo.

Abraão trouxe o dízimo de tudo. Por isso que esse era um uso normal. Este fato é repetido em Hebreus 7:1-4.

Porque este Melquisedeque, rei de Salém, sacerdote do Deus Altíssimo, que saiu ao encontro de Abraão quando este regressava da matança dos reis, e o abençoou, a quem também Abraão separou o dízimo de tudo (sendo primeiramente, por interpretação do seu nome, rei de justiça, e depois também rei de Salém, que é rei de paz; sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida, mas feito semelhante ao Filho de Deus), permanece sacerdote para sempre. Considerai, pois, quão grande era este, a quem até o patriarca Abraão deu o dízimo dentre os melhores despojos.

Isso prova que também é válido no Novo Testamento.

Então, por que o dízimo é válido tanto para os incrédulos quanto para os crentes?

Pode ficar claro pelo exposto que era uma prática normal mesmo antes da instituição por Deus e como "lei" para Moisés no Monte Sinai. Como era prática normal, e aconteceu naqueles dias de não-israelitas, dado pelo pessoas comuns é por isso o dízimo é por incrédulos. Está demonstrando gratidão a Deus, o Criador, por dar chuva a tempo e dar o tempo certo para que a comida, os grãos e o arroz cresçam bem. As árvores e a vinha dê seus frutos. Está mostrando às pessoas que Deus fornece sua comida diária. Mas Wilfred, há tanta fome no mundo, como você explica isso? Os seres humanos são responsáveis pela distribuição correta dos alimentos. A ganância e a poluição ambiental causam desastres naturais e destroem as colheitas. E quantos incrédulos agradecem a Deus pela comida diária e dão seu dízimo? Portanto, não podemos culpar a Deus por isso.

Quanto é o dízimo?

Sim, essa é uma boa pergunta, eu li que quando você calcula o décimo segundo a Torá, você chegará a aproximadamente 33% do seu salário. Então, alguém que legalmente dá seu décimo e literalmente 10% de seu salário, dá TÂO POUCO! Que seja uma lição para pessoa que está dando legalmente. Você pode defender que sim, leia Levítico 27: 30-34, Números 18: 24-28, Números 29: 1-11 e Ezequiel 45: 14-17. Também encontramos os dízimos em Esdras e Neemias.

Lev. 27:30-34 Também todos os dízimos da terra, quer dos cereais, quer do fruto das árvores, pertencem ao senhor; santos são ao Senhor. Se alguém quiser remir uma parte dos seus dízimos, acrescentar-lhe-á a quinta parte. Quanto a todo dízimo do gado e do rebanho, de tudo o que passar debaixo da vara, esse dízimo será santo ao Senhor. Não se examinará se é bom ou mau, nem se trocará; mas se, com efeito, se trocar, tanto um como o outro será santo; não serão remidos. São esses os mandamentos que o Senhor ordenou a Moisés, para os filhos de Israel, no monte Sinai.
Num. 18:24-28 Porque os dízimos que os filhos de Israel oferecerem ao Senhor em oferta alçada, eu os tenho dado por herança aos levitas; porquanto eu lhes disse que nenhuma herança teriam entre os filhos de Israel. Disse mais o Senhor a Moisés: Também falarás aos levitas, e lhes dirás: Quando dos filhos de Israel receberdes os dízimos, que deles vos tenho dado por herança, então desses dízimos fareis ao Senhor uma oferta alçada, o dízimo dos dízimos. E computar-se-á a vossa oferta alçada, como o grão da eira, e como a plenitude do lagar. Assim fareis ao Senhor uma oferta alçada de todos os vossos dízimos, que receberdes dos filhos de Israel; e desses dízimos dareis a oferta alçada do Senhor a Arão, o sacerdote.
Num. 29:1-11 No sétimo mês, no primeiro dia do mês, tereis uma santa convocação; nenhum trabalho servil fareis; será para vós dia de sonido de trombetas. Oferecereis um holocausto em cheiro suave ao Senhor: um novilho, um carneiro e sete cordeiros de um ano, todos sem defeito; e a sua oferta de cereais, de flor de farinha misturada com azeite, três décimos de efa para o novilho, dois décimos para o carneiro, e um décimo para cada um dos sete cordeiros; e um bode para oferta pelo pecado, para fazer expiação por vós; além do holocausto do mês e a sua oferta de cereais, e do holocausto contínuo e a sua oferta de cereais, com as suas ofertas de libação, segundo a ordenança, em cheiro suave, oferta queimada ao Senhor. Também no dia dez deste sétimo mês tereis santa convocação, e afligireis as vossas almas; nenhum trabalho fareis; mas oferecereis um holocausto, em cheiro suave ao Senhor: um novilho, um carneiro e sete cordeiros de um ano, todos eles sem defeito; e a sua oferta de cereais, de flor de farinha misturada com azeite, três décimos de efa para o novilho, dois décimos para o carneiro, e um décimo para cada um dos sete cordeiros; e um bode para oferta pelo pecado, além da oferta pelo pecado, com a qual se faz expiação, e do holocausto contínuo com a sua oferta de cereais e as suas ofertas de libação.
Ezequiel 45:14-17 quanto à porção fixa do azeite, de cada bato de azeite oferecereis a décima parte do bato tirado dum coro, que é dez batos, a saber, um hômer; pois dez batos fazem um hômer; e um cordeiro do rebanho, de cada duzentos, de todas as famílias de Israel, para oferta de cereais, e para holocausto, e para oferta pacífica, para que façam expiação por eles, diz o Senhor Deus. Todo o povo da terra fará esta contribuição ao príncipe de Israel. Tocará ao príncipe dar os holocaustos, as ofertas de cereais e as libações, nas festas, nas luas novas e nos sábados, em todas as festas fixas da casa de Israel. Ele proverá a oferta pelo pecado, a oferta de cereais, o holocausto e as ofertas pacíficas, para fazer expiação pela casa de Israel.

Essas são provas de que, além dos dízimos dos levitas, e os levitas que deram o dízimo ao Sumo Sacerdote, o dízimo implicava mais que isso aos levitas. Era um décimo sobre o rendimento da terra, a colheita, os frutos das árvores, e havia um sacrifício por todo filho e animal primogênito. Esse total chega a cerca de 33%.
Vamos ver o que Jesus diz em Lucas 21:1-4

Jesus, levantando os olhos, viu os ricos deitarem as suas ofertas no cofre; viu também uma pobre viúva lançar ali dois leptos; e disse: Em verdade vos digo que esta pobre viúva deu mais do que todos; porque todos aqueles deram daquilo que lhes sobrava; mas esta, da sua pobreza, deu tudo o que tinha para o seu sustento.

A pobre viúva mostra sua gratidão jogando grande parte de sua vida no cofre. Os ricos podem pagar facilmente 33% de sua riqueza. É fácil para um milionário doar 33% de sua renda. Jesus, portanto, louva a pobre viúva.
Em 2 Coríntios. 9:5-7 diz o apóstolo Paulo:

Portanto, julguei necessário exortar estes irmãos que fossem adiante ter convosco, e preparassem de antemão a vossa beneficência, já há tempos prometida, para que a mesma esteja pronta como beneficência e não como por extorsão. Mas digo isto: Aquele que semeia pouco, pouco também ceifará; e aquele que semeia em abundância, em abundância também ceifará, Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, nem por constrangimento; porque Deus ama ao que dá com alegria.

Este é o Novo Testamento, Paulo está pedindo uma oferta para a madre igreja em Jerusalém. Uma contribuição voluntária, um "dízimo" voluntário, mas válido para todo cristão crente. E ele acrescenta que Deus ama o doador alegre. Nada de obrigação, nada de doação rigoroso de dízimos, uma doação exata de dízimos. E sim, sobre o que o décimo se rende legalmente? Sobre o salário bruto ou líquido, após dedução de todos os impostos e obrigações sociais por lei?

Sobre que dâ o dízimo?

Bem, não se dá um décimo, isso é legal. Ele precisa ser dado com um coração alegre. Mas ainda quero dar uma explicação. No Antigo Testamento, o dízimo é dado aos Levitas e eles dão um dízimo ao que receberam ao Sumo Sacerdote. Por que o dízimo foi dado aos Levitas? Porque eles foram isentos de "trabalho" por Deus. Seu trabalho consistia em 100% de trabalho para Deus, seu trabalho no tabernáculo e mais tarde no templo. Mais tarde, lemos que os israelitas não cumpriram suas obrigações de dízimo e, portanto, os Levitas tiveram que ir trabalhar no campo. O resultado foi que a educação dos levitas para o povo parou e o povo não está mais servindo a Deus. E o castigo e o exílio de Deus vieram.
Hoje o dízimo serve para pagar os salários do pastor e em igrejas maiores dos anciãos em tempo integral e dos professores da escola dominical, a manutenção da igreja (aluguel ou hipoteca), cadeiras, sistema de som, projeção, saanta ceia, mesa de café, flores, limpeza, equipamentos, evangelistas e missionários.
Além do dízimo no Antigo Testamento, havia as ofertas para os três festivais por ano instituídos por Deus, a oferta sobre a colheita, frutas e outras instituições. Vejo que estas ofertas, que o crente dá a campanhas evangelísticas, material para isso, atividades missionárias, material que o missionário precisa, ajuda para os necessitados, construção de casas para os pobres, trabalho social, cestas básicas e ajuda para o campo missionário no terceiro mundo. Além disso, o treinamento de pastores, evangelistas e missionários. Possivelmente sua fé em Jesus Cristo veio através do evangelismo e você não cresceu em uma família que acredita. Isso custa dinheiro. E para todo crente, incluindo aqueles que cresceram em uma família fiel, Jesus Cristo pagou um preço alto. Considere o fato de que, durante toda a vida de Jesus, ele não cedeu às tentações. Na noite da Santa Ceia, Jesus suou sangue no jardim do Getsêmani, conhecendo sua terrível morte na cruz do Gólgota. E considere o preço que os pastores pagam nos países perseguidos, até a morte com suas próprias vidas.
Portanto, seja grato e dê com um coração alegre. Cabe a todos pessoalmente o que ele ou ela deseja dar. MAS isso é um dízimo VOLUNTÁRIO. Nada do que se afirma em algumas igrejas dá grandes presentes, pois Deus te recompensa tão ricamente, Malaquias 3:10. Essa é uma GRANDE ENGANO e muitos chegaram a uma grande pobreza e miséria. Deus NÃO recompensa, porque eles mesmos desejam melhorar, com a falsa promessa dos pastores. Deus DESEJA UM ALEGRIA e VOLUNTÁRIO OFERTA de um coração agradecido.
Pessoalmente, permito-me ser guiado pelo que o Espírito Santo para dar ofertas. Bem, existem maneiras diferentes. Primeiro, há a necessidade de uma missão, o missionário a ser pago e o que ele ou ela precisa no campo missionário. Existe a ajuda social que o missionário dá ao povo. É precisamente por causa dessa assistência social que a população vê que a fé em Jesus Cristo é prática e chega à fé. Existe a necessidade de um irmão ou irmã carente em Jesus Cristo. Como contei em um dos meus sermões anteriores de uma irmã em Cristo que precisava de uma lavadora. A ajuda solicitada por um mendigo na rua ou na favela. E às vezes o Espírito Santo fala diretamente e leva a um projeto ou pessoa.
Irmãos e irmãs, dar dízimos e ofertas é um assunto alegre, "sem obrigação". Sua obrigação vem do SEU AMOR pelo Senhor Jesus Cristo. NÃO dê por obrigação, mas por amor. Que Deus te abençoe e deixe claro o que Ele quer.