Deus é Sabedoria  

INSTITUTO EVANGÉLICO BEM DO BRASIL
Rodando Estudo Bíblico

Estudo Bíblico de Coríntios

Construindo sobre a Fundação

1 Corinthian 3:11-17 Construindo sobre a Fundação de Jesus. Todo crente é responsável perante Jesus

Botão introduçãoIntroduçãoBotão 1 Coríntios 11Botão 1 Coríntios 22Botão 1 Coríntios 33Botão 1 Coríntios 3:11-171Cor 3:11-17Botão 1 Coríntios 44Botão 1 Coríntios 55Botão 1 Coríntios 66Botão 1 Coríntios 6:19-201 Cor 6:19-20Botão 1 Coríntios 77Botão 1 Coríntios 88Botão 1 Coríntios 99Botão 1 Coríntios 1010Botão 1 Coríntios 1111Botão 1 Coríntios 1212Botão 1 Coríntios 1313Botão 1 Coríntios 1414Botão 1 Coríntios 1515Botão 1 Coríntios 1616

Introdução de Coríntios

Mapa de GreciaO Peloponeso grego está ligado ao continente grego por um comprimento de terra de seis a oito quilômetros de largura. A cidade de Corinto foi construída neste istmo. Uma avançada rocha Acrocorinthus subiu 600 metros acima do nível do mar. E era suficientemente largo para construir uma cidade imponente. No lado leste, visto o Mar Egeu com suas numerosas ilhas. No lado oeste, ficava o mar Jônico. Para o norte, as montanhas da Ática e para o nordeste visto a Acrópole na cidade de Atenas, a uma distância de 78 quilômetros (48 milhas). Corinto (/ˈkɒrɪnθ/; Grego: Κόρινθος, Kórinthos) era uma cidade importante. Militar porque tinha uma visão dos dois mares. A cidade tinha dois portos que formavam o centro comercial entre a Ásia e a Europa. Era uma cidade governada pela riqueza, esplendor, literatura, arte e luxo. A cidade era famosa por sua devassidão, cheia de idolatria e imoralidade (famosa prostituição sagrada no templo de Afrodite). Em 120 aC a cidade foi destruída pelo Múmio Romano. Para ser reconstruído um século depois por Júlio César, que reconheceu o valor militar e comercial da cidade. Em At 18.12-18, onde se diz que o pro cônsul Lúcio Júnio Gálio governava a Acaia quando Paulo chegou ali na sua segunda viagem missionária. A cidade atraiu gregos e judeus. A população de Corinto, estimada naquela época em cerca de 600.000 pessoas, incluía mercadores, marinheiros, soldados romanos aposentados e uma elevadíssima proporção de escravos (por volta de 400.000). Eratus, Phoebe e Sóstenes são nomes gregos. Gaius, Quintus, Fortunates, Crispus, Justus são de origem romana.
Foto de Coríntios
nl.wikipedia.org A cidade tinha uma posição estratégica porque formava um elo entre Attika e Atenas e o Peloponeso, incluindo Esparta. O comércio da cidade também floresceu por causa dessa posição favorável. Os romanos destruíram a cidade depois de um cerco em 146 aC. Em 44 aC a cidade foi reconstruída por Júlio César e logo Corinto se tornou a cidade mais próspera do sul da Grécia. Foi também a capital da província romana de Acaia. A cidade ficou famosa durante este período por causa dos Jogos Isthmical, que foram realizados uma vez a cada dois anos e neste período só foram superados pelos Jogos Olímpicos. Por volta do ano 50 dC, foi fundada uma igreja cristã, à qual Paulo escreveu cartas, a primeira carta de Paulo aos Coríntios e a segunda carta de Paulo aos Coríntios. Em 21 de fevereiro de 1858, a cidade velha foi completamente destruída por um terremoto com a força de 6,5 na escala Richter. A nova cidade de Nova Corinto é fundada na costa do Golfo de Corinto. Esta cidade também foi destruída por um terremoto em 23 de abril de 1928, mas reconstruída na moderna Corinto. O sítio arqueológico, antigo Corinto (Archaía Kórinthos, ou seja, grego para Antiguidades Corinto) está localizado fora da cidade moderna de Corinto.
Roman CoríntiosEsta carta foi escrita AD 53–57 no Efésios (1 Co, 16:8) na Turquia, mais ou menos 270 km de Coríntios. De acordo com Atos 18:1-17, o Paulo fundou a igreja em Coríntios e ele passou cerca de três anos em Efésios (Atos 19:8, 10, 20:31).
A posse desta carta de Paulo é amplamente aceita, embora não fosse a primeira carta que Paulo escreveu ao povo de Coríntios (veja 1 Coríntios 5:9) no entanto, essa carta não sobreviveu.
Paulo escreveu esta carta para corrigir o que ele via como opiniões errôneas na Igreja de Coríntios. Várias fontes informaram o Paulo de conflitos dentro da igreja em Coríntios: Apolo (Atos 19:1-7), uma carta do Corinthians, a "casa de Chloe" e finalmente Estéfanas e seus dois amigos que tinham visitado Paulo (1 Co. 1:11-16). Em geral, as divisões dentro da igreja em Coríntios parecem ser um problema, e o Paulo que faz pontos de interrogação com estes conflitos no início. Especificamente, raízes pagãs ainda imperam dentro desta comunidade. O Paulo quer trazê-los de volta para o que ele vê como doutrina correta, afirmando que Deus lhe deu a oportunidade de ser um "Construtor Sábio" para estabelecer a base e deixar os outros a construir sobre ele (1 Coríntios 3:10).
Fonte: A primeira carta de Paulo aos Coríntios (Holandês). ISBN 90 266 0756 3

1 Coríntios 1 Espiritual contra o mundo

Verso 1 Paulo deveria apontar os membros da igreja em Corinto por causa de sua desordem. É por isso que ele começa sua carta com Paulo, um apóstolo chamado por meio de Jesus Cristo. Ele não é apenas alguém, não, está no mesmo nível dos outros 11 apóstolos. Ele tomou o lugar do traidor apóstolo Judas. Não através da nomeação dos outros 11 apóstolos. Não, ele é pessoalmente designado e chamado pelo próprio Cristo Jesus. Depois da morte e ressurreição de Jesus. Jesus que morreu na cruz pelo pecado do homem. E Paulo foi um grande pecador porque ele perseguiu e assassinou os crentes em Jesus Cristo. Cristo que conquistou a morte e ressuscitou dos mortos. Depois de sua ressurreição e da morte do traidor Judas, Cristo Jesus pessoalmente chamou o perseguidor Paulo e nomeou-o como um substituto para Judas. Com isso, toda autoridade através de Jesus Cristo foi dada a Paulo. Não havia conversa de contradição. Era a vontade de Deus.
Paulo não havia pedido o apostolado, havia sido imposto a ele pelo próprio Deus (Atos 9), do qual ele não podia escapar. Isto também é confirmado pelo irmão Sóstenes. Com isso, o assunto foi resolvido. 2 Cor. 13:1 Por boca de duas ou três testemunhas, será confirmada toda palavra. Sóstenes era uma pessoa em Corinto que gozava de considerável autoridade, possivelmente superior na sinagoga.

Versos 2-3 Paulo se dirige aos santos que invocam o nome do Senhor Jesus Cristo. Então não com eu sou de Apolo, Paulo, Cefas ou qualquer outra pessoa. Não, Paulo começa a dirigir sua carta diretamente aos santos que são propriedade do único Senhor, Jesus Cristo. Aqueles que vieram do paganismo para a fé no perdão dos pecados e agora reconhecem Jesus Cristo como o seu Senhor. Aqueles que viveram desordenadamente e foram presenteados com muitos dons do Espírito Santo.
O termo "santificado em Cristo Jesus" é uma versão do Novo Testamento da versão do Antigo Testamento sobre Israel. Os sacerdotes israelenses eram santos. Os crentes do Novo Testamento são um sacerdócio real. Eles também são santos. Esta santificação é através do sangue de Jesus. Mas cabe a cada crente individualmente elaborar essa santificação e pô-la em prática diariamente. Se não, ele ou ela perde o acesso ao Céu, porque ele ou ela nega o chamado e a fé.

Versos 4-8 Paulo é grato a Deus por abrir os olhos dos Coríntios para suas vidas licenciosas e ter dado fé no Senhor Jesus Cristo com ricos dons espirituais. É o apóstolo Paulo que dá graças a Deus por isso. Os presbíteros e pastores devem continuamente levar os membros da congregação ao Senhor Jesus Cristo em suas orações. Ensinar continuamente os membros da igreja na Palavra de Deus, ensinando em agradecimento e oração, com admoestações e, se necessário, com castigo.
Paulo, quando estava em Corinto, havia ensinado generosamente a congregação por un ano e meio na Palavra de Deus e em todo o conhecimento que recebera do próprio Senhor Jesus Cristo. Eles tinham desfrutado do privilégio de uma longa estada de Paulo em sua congregação.
A igreja não pode reclamar, porque a misericórdia de Deus dá muitos dons espirituais a eles, não há nenhuma falha. Esses dons devem ser usados para edificar os crentes e a igreja como uma unidade, sem divisão. Sem uma divisão de eu sou dessa pessoa ou dessa pessoa. Pode haver diversidade, pensamento diferente, mas deve haver UNIDADE. Pois o corpo de Cristo consiste de muitos membros, cada um com sua própria tarefa, mas há apenas uma cabeça, UMA que comprou a igreja com o Seu sangue, Cristo Jesus. Os dons espirituais são um incentivo para o desenvolvimento pessoal e a igreja. Não como uma vanglória para se elevar acima dos outros.
O qual (Deus Pai) te confirmará até o fim. É a obra de Deus que fornece. Mas a condição é que o crente permita que o Espírito Santo faça Sua obra no crente. Até o fim: o fim da vida do crente ou mais amplo, dado o trabalho em todos os crentes desde a época de Paulo até a segunda vinda de Cristo.
É a fidelidade de Deus que opera tudo isso. O crente peca diariamente. Mas Deus o Pai vê o crente em Jesus Cristo. Jesus comprou o crente com Seu sangue e Seu sangue purifica o crente de todos os pecados (confessados). É o Filho de Deus que fez tudo isso verdade. Mas a condição é:

  1. O reconhecimento (diário) dos pecados,
  2. A confissão (direta) do pecado pelo nome,
  3. Viver uma vida santa que é guardar os mandamentos de Deus,
  4. Ser uma testemunha de Jesus, através da exibição aberta de amor e amor em palavras e ações.

Verso 10 Depois da ação de graças, o apóstolo Paulo deve, infelizmente, exortar-se por causa das condições na congregação. Um cisma na igreja, elevando-se acima do outro. Deve haver unidade, há apenas 1 Jesus Cristo. No Senhor Jesus Cristo, a igreja DEVE ser 1. Pode haver 12 apóstolos, mas suas cabeças é Jesus Cristo. Existem muitos dons espirituais, mas um dom não pode existir sem outros dons. Todo crente tem sua própria tarefa. Uma tarefa não é mais nem menos que a outra tarefa. O Espírito Santo distribui apropriadamente a Sua percepção. E esse presente não é acima de capacidade. Um recebe 5 talentos, porque é dentro sua capacidade. Um outro, dois talentos. Um outro, um talento. Mas de uma vez, uma conta é perguntado o que ele ou ela fez com o(s) talento(s) dado(s). De um pastor ou ancião, uma conta maior será exigida do que um trabalhador simples, que dá o seu décimo. Mas pai e mãe têm uma conta pesada da educação de seus filhos na fé cristã e guardando os mandamentos de Deus.
O apóstolo não pretende se resignar a essa divisão. Como o Apóstolo, é seu DEVER exortações e, se necessário, para punir. Um pastor não pode pedir desculpas pela divisão dentro de sua congregação ou pelo pecado público de um membro da igreja. Incrédulos não podem ser capazes de apontar o pecado aberto dos crentes que permanecem impunes. Com briga dentro de igreja. Com divisão. Não deve haver reprovação no nome do Senhor Jesus Cristo.
DIGAIS não é uma boa tradução. O verbo katartizoo significa "acertar as coisas", por exemplo, a partir de redes de pesca, "para restaurar o estado original". Paulo pede à congregação que retorne ao início da origem da igreja quando houvesse unidade.

Versos 11-12 Ainda existe 1 igreja no Corinto, ainda não há separação. Tudo ainda acontece dentro de uma igreja. Mas os desentendimentos saem fora e chegam aos ouvidos do apóstolo Paulo, que fica em uma cidade longe da igreja. Uma coisa vergonhosa: existem disputas na igreja. Há uma divisão: eu sou de Paulo, eu sou de Apolo, eu sou de Cefas, etc. A fonte é confiável, eles são crentes da comunidade (família). Não há dúvida, não comunicada a Paulo por pessoas não confiáveis, mas pelos próprios membros da igreja.

Verso 13 Quem realizou o trabalho de salvação? Quem morreu pelo pecado? Não Paulo, nem Apolo, nem Cefas, nem qualquer outra pessoa. O único que morreu pelo pecado é Jesus Cristo. Só o sangue dEle limpa do pecado. Há somente 1 batismo em nome de Deus Pai, do Filho e do Espírito Santo. Não há batismo em Paulo, em Apolo, em Cefas ou qualquer outro nome, apenas o batismo na Trindade.

Versos 14-16 Paulo é grato por ter batizado apenas duas pessoas e uma família, para que as pessoas não possam se gabar de serem batizadas por Paulo. E assim pertencer a ele. O batista é apenas um instrumento, o batismo é de Deus, NÃO de um ser humano. O batismo de (por) uma pessoa não tem valor algum. É a confissão de culpa do homem que o leva à Trindade. Ser um reconhecimento do pecador e precisar do perdão por meio de Jesus Cristo.

Verso 17 Paulo não foi enviado para batizar, mas para pregar o evangelho. A partir disso, não se pode concluir que o batismo é uma questão secundária. Jesus também deixou o batismo aos seus discípulos durante a Sua vida na terra. Também o apóstolo Pedro não batizou Cornélio e seus companheiros, mas deu a ordem a outros para batizá-los. Assim, a prática posterior que outros batizam, legitima o caso e o estimula. É também um estímulo ao trabalho em equipe. Para uma pessoa, a tarefa é muito pesada. Para Moisés, a tarefa era pesada demais para fazer o trabalho sozinho. Seu sogro aconselhou-o a nomear pessoal para o aliviar. Em uma igreja grande, as tarefas são numerosas demais para serem executadas apenas pelo pastor. É por isso que evangelistas, anciãos e diáconos são necessários. Cada um tem seu próprio talento e dom espiritual. O corpo de Cristo tem muitos membros. A soma dos muitos trabalhadores é maior que o trabalho de um indivíduo! A comissão a Paulo por meio de Cristo é a proclamação do evangelho (para os gentios), não para ocupar-se com o trabalho secundário. Ele foi convidado a estabelecer a fundação, a base. Cabe aos outros construírem sobre esse alicerce. Cristo é o fundamento, o crente tem que crescer do leite para a comida sólida. Paulo deixou a igreja em Corinto, Apolo e Cefas construídos sobre o trabalho de Paulo, eles foram os que continuaram a cultivar a igreja.
Para não fazer vã (Kenóoo): esvaziando, roubando seu conteúdo ou valor. O cerne do evangelismo de Paulo era a proclamação do Jesus crucificado, Sua ressurreição dos mortos, a vitória sobre satanás, o perdão dos pecados. Ele havia estabelecido este fundamento em Corinto. Seu nome nem pode colocado, nem deve além disso, seria uma vã do Nome de Jesus Cristo.

Verso 18 A palavra da cruz não é uma grande notícia, pois os judeus de Jesus esperam um rei que os libertaria do jugo romano. Uma notícia de planos para melhorar o mundo com percepções atraentes. Não alguém que estava fora para se tornar um grande nome. Não é um plano político ou sociocultural poderoso.
A palavra da cruz foi que Deus deixou seu lugar no Céu, deixando todo o Seu Poder para trás, e nasceu em uma manjedoura como um homem pobre. Exposta a muitas tentações de satanás e resistencia. Vivenciando a miséria do homem na terra, obedecendo até o fim. Com chicotadas pelos soldados romanos e a pedido dos líderes judeus, pelo governador romano sentenciou inocente uma morte na cruz. Assim como servo de Deus, para tomar o castigo pelo pecado do homem.
Essa é a base para o crente, mas uma tolice ridícula, fantasia e mito para o incrédulo.

Verso 19 é uma citação de Isaías 29:14. Em Isaías, o profeta se volta contra os sábios estadistas que achavam que apenas uma aliança com o Egito poderia salvá-los da Assíria. Como resultado, seu país chegou à beira do abismo. Pela intervenção de Deus, seus planos "sábios" não puderam prosseguir e a terra foi salva. Isso é tipicamente Deus. Ele deve destruir a sabedoria dos sábios para salvá-los da destruição. O homem acha que ele é sábio, rico e capaz de desenvolver suas habilidades humanas em tecnologia, arte, política e filosofia. Na esperança de se salvar. Como se eles mesmos vivessem e criassem a terra. Isso é muito mais fácil de acreditar do que o evangelho. O difícil, inacreditável e humilhante de um homem ser pecador e incapaz de salvar-se. Reconhecendo que existe um alto poder com uma sabedoria muito maior que o homem. Esse homem trabalha sua própria morte (apesar do fato de que os efeitos da poluição ambiental provocada pelo homem são claros hoje. Os animais e peixes morrem por causa do plástico que as pessoas jogam fora e assim destruíram sua própria comida, em parte por causa de todos os outros envenenamentos).

Verso 20 "Onde está o sábio" de Isaías 19:11 descreve como o famoso sábio no Egito falhou completamente. "Onde está o escriba" de Isa. 33:18, o escriba era o escritor assírio que tinha que registrar os despojos obtidos no inimigo. No entanto, eles não podiam fazer o seu trabalho porque Deus havia dado ao povo judeu Sua salvação. "Deus fez a sabedoria do mundo tola" do Isa. 44:25 refere-se ao conquistador Ciro, que descobriu que os sábios babilônicos tinham uma visão completamente errada da história. Os adivinhadores parecem tolos.
Hoje, também, os cientistas elogiam seus conhecimentos, o conhecimento dos planetas em nosso sistema solar. Que loucura, porque eles não têm possibilidades de obter conhecimento fora do nosso sistema solar. Com os robôs, eles tentam imitar o homem, mas o homem é complexo demais para que nenhum robô seja capaz de fazer tudo o que um ser humano é capaz. Estudiosos tentam tornar as pessoas sábias com inteligência artificial. Mas a inteligência artificial continua estúpida, pois só pode conter o que aprendeu antes, não tem mente. Só sei o que está em seu banco de dados e não sei nada lá fora. O que está além do aprendido, não pode resolvê-lo. Enquanto o homem é capaz disso. Em suma a sabedoria, é a loucura na vista do Deus e Criador Onisciente.

Verso 21 O homem sábio, aos seus próprios olhos, não deseja reconhecer a Deus. Não quer conhecer a criação de Deus. O universo foi criado por um Big Bang e evolução. Mas apesar do fato de que, segundo eles, o homem existe há milhões de anos, não há nova evolução após os milhões de existência humana. É por isso que a teoria deles não está certa!
O homem tenta salvar-se e curar-se através da ioga, do budismo, do espiritismo, etc. No entanto, o homem morre, não traz vida eterna e saudável.
A tolice aos olhos humanos é crer que Jesus Cristo é o ÚNICO CAMINHO, a vida eterna em um novo corpo SEM PECADCOS e SEMPRE SAUDÁVEL. Isto é reservado somente para aqueles que crêem no Senhor Jesus Cristo como Salvador e em seguida vivem sob a direção do Espírito Santo.

Verso 22 Durante a vida de Jesus na terra, o povo e o escriba judeu, continuamente exigindo provas do CÉU (por exemplo, deixando o maná chover do céu), que Jesus era o Messias. Eles eram tolos e não reconheciam as muitas maravilhas e curas de Jesus. Não reconheceu o enorme conhecimento de escrita (Antigo Testamento) de Jesus e suas interpretações de escritura.
Os gregos (não os judeus) querem provas através da sabedoria. Em tempos perigosos, a pessoa tinha que conseguir se controlar, em situações em que todas as outras pessoas perdiam a cabeça. Isso era uma prova de sabedoria. Ambos os grupos, judeus e gregos, deviam ser acreditados, então sua autoridade, seu controle sobre as pessoas, situações e eventos tinham que ser evidentes. Somente a um homem assim confiava-se a orientação do mundo e da sociedade. Note, tudo isso é puramente focado na vida terrena, e não na vida após a morte.

Verso 23 Um Jesus crucificado é uma perigosa armadilha para os judeus. Para ele, o Messias é um governante mundial, o Rei, que fala justiça. Ele coloca um fim ao mal. Um Messias que morre no madeiro era amaldiçoada é por definição um falso profeta e falso Messias. É por isso que um judeu não pode acreditar nessa história, é uma armadilha perigosa.
Para o grego, uma tolice ridícula é que alguém na cruz morre e depois ressuscita dos mortos. As regras da vida, o modo de vida de Jesus são uma ameaça para os governadores do país. Jesus era um servo, apesar de ser o filho de Deus. Seu ensinamento era tolice, porque poder era a palavra mágica para os governantes.

Verso 24 Para os que são chamados, tanto judeus como gregos. Está traduzido menos corretamente. Godet diz: Mas eles, os mesmos judeus e gentios, uma vez se tornaram crentes. Grosheide: Apenas aqueles que são chamados, eles podem ser judeus ou gregos.
Chamado (klètoi) é um título do Novo Testamento para pessoas nas quais o chamado de Deus através da pregação dos evangelhos se mostrou eficaz e aceitou a Jesus como seu Salvador. Isso também explica o que significa eleição: responder ao chamado de Deus para vir à fé em Jesus Cristo.

Vers 25 Godet: "Mais sábio que o povo com toda a sua sabedoria, mais forte que o povo com toda a sua força". A verdade aparecerá no final da Grande Tribulação. Então todos na terra verão Jesus, então as pessoas terão que reconhecer que Jesus Cristo morreu na cruz e ressuscitou dos mortos. Então cada pessoa na terra terá que reconhecer que Ele é o único Governador. Então todo homem será julgado por Ele.

Verso 26 Possivelmente a igreja em Corinto não consistia em muitos homens com uma posição de poder civil e influente. Mas de pessoas do grupo populacional inferior. Os 11 apóstolos eram possivelmente todos analfabetos. Com exceção do coletor de impostos Mateus, que era influente e bem educado. O apóstolo Paulo teve uma excelente educação como fariseu aos pés de Gamaliel. O Evangelho de Lucas e as Atos são escritas pelo médico Lucas. Muitos ricos confiavam mais em sua riqueza.
Hoje as pessoas confiam em sua riqueza, na meditação da ioga, na adoração ao budismo e em seu conhecimento técnico. Mesmo intelectuais, precisamente por causa de seu estudo e conhecimento, chegam à conclusão de que deve haver um poder superior. E eles vão procurar e entra com o Deus da Bíblia e terminar com sua fé no Senhor Jesus Cristo.

Versos 27-28 Deus escolheu o povo de baixa escolaridade para envergonhar os mais instruídos. A menos que a pessoa de nível superior reconheça que Deus é um Poder Onisciente Elevado e seu próprio conhecimento é pequeno, ele ou ela será impedido de vir à fé. Não entenda mal isso, Deus ama a todos, com Deus não há preferência. Mas uma rejeição de pessoas que se imaginam algo. Eles confiam mais em sua própria força e discernimento do que o reconhecimento de um Deus Todo-Poderoso e Criador. Os humildes de coração reconhecerão suas limitações humanas. Reconhecer que é totalmente dependente da vida cotidiana do Espírito Santo para viver de forma limpa (e sem pecado, contínua confissão de pecados) e pela Sabedoria e Poder do Espírito Santo para executar a obra de Deus (evangelização, missão, etc.). Que, como pessoa, a pessoa é completamente dependente de Deus para sua existência diária (saudável), moradia, alimentação e bebida. Deus castiga o crente que vai se gabar dos dons de Deus, que serão menos dependentes de Deus. O apóstolo Paulo tinha um espinho na carne para mantê-lo dependente de Deus, pois ele foi abençoado com muitos dons espirituais. Ele teve o privilégio de ser pessoalmente instruído por Jesus durante três anos. Ele era um homem instruído aos pés de Gamaliel. Ele estava no terceiro céu (paraíso). Deus revelou a ele muitos mistérios para passar para a igreja (como arrebatamento). Então ele tinha todos os motivos para se elogiar.

Verso 29 Quando o homem aparece diante de Deus, não há lugar para elogiar seu conhecimento, sua ciência, suas capacidades de liderança, sua riqueza, sua capacidade e seu ser. Tudo é graça de Deus. O pecado veio ao mundo através de uma escolha errada de Adão. Todos os dias o crente tem que escolher se quer ou não pecar, obedecer aos mandamentos e leis de Deus, viver na dependência dEle.
O mundo acredita hoje que eles não precisam mais de Deus. Negar que quem nasce com pênis, é masculino. Negar que quem nasce com vagina, é feminina.E, ao mesmo tempo, afirmar que um gay já nasce gay. Um quer tomar a lei em suas próprias mãos com mudanças de gênero. As mudanças de gênero resultam que não serão capazes de conceber. Sexualmente impotente com toda a frustração sexual. E muitos acabam por causa da frustração no suicídio. Veja o trabalho de satanás lá. A mulher tem o direito de aborto para ter um filho ou para acabar com a vida de criança. Os governos vão tão longe a ponto de negar o poder de Deus e aprovar leis que colocam os crentes na prisão se respeitarem e pregarem as leis de Deus. Em alguns países, pode-se determinar ter no passaporte como animal o neutro. No entanto, a Grande Tribulação é iminente. O Anticristo promoverá ainda mais a maldade e obrigará as pessoas a adorar a satanás. Então deve-se confiar plenamente em Deus e fazer a escolha por Deus e a vida eterna com Deus. Ou a escolha por satanás e, consequentemente, uma vida eterna no lago de fogo. No final da Grande Tribulação, Deus derramará Sua Ira sobre a humanidade. O homem buscará a morte, mas não a encontrará, e as terríveis calamidades e enfermidades serão derramadas sobre ele, causadas pela ira de Deus.

Versos 30-31 Mas vós sois dele (o Senhor Jesus Cristo), a igreja é formada. Através dEle, a habitação do Espírito Santo tornou-se possível no crente, que dá poder e sabedoria ao crente. Através do sangue de Jesus, o crente é limpo e justificado. Através dEle, o crente tem a redenção dos pecados e a vida eterna no Céu (desde que a pessoa coloque sua vida sob o controle do Espírito Santo). Em sua própria força, o crente é incapaz de lutar contra os anjos caídos (demônios), o arcanjo caído satanás. Portanto, nenhum homem, crente, pode se orgulhar. TUDO É SOMENTE GRAÇA DE DEUS. APENAS A ELE PODEMOS ELOGIAR!

Volta MenuRetorne para acima


1 Coríntios 2 O Espírito Santo investiga homem

Verso 1 O apóstolo Paulo trouxe o evangelho em Corinto perfeitamente, conforme lhe foi dado pelo Senhor Jesus Cristo. Os Coríntios não podem contradizer isso. Eles mesmos são testemunhas disso. Sua ação não era um ensinamento de como alguém poderia levar uma vida melhor ou obter prosperidade. Não, sua pregação era que o homem é um pecador, separado de Deus e seu destino era o castigo de Deus: uma morte eterna no lago de fogo. Mas que o próprio Deus havia providenciado a salvação, para a qual nenhum homem ÚNICO era capaz. Morte na Cruz do Filho de Deus, que havia tomado a penalidade pelo pecado. É somente pela fé que o homem pode liberar esse castigo e ter a vida eterna no Céu com Deus. Paulo fizera pouco em suas próprias opiniões. Ele pregou uma história deprimente. Sua mensagem era um Rei, o Filho de Deus, que voluntariamente foi chicoteado e crucificado sob as ordens de um covarde governante romano. Este romano havia condenado Jesus inocentemente à morte na cruz. Mas por amor ao homem, Jesus tomou a penalidade pelo pecado e morreu. No entanto, depois de três dias ele levantou. Esta demonstração do serviço foi e é o único fator de poder pela fé para alcançar a vida eterna no Céu com um corpo sem pecado.
Uma pregação tola aos olhos dos judeus e gregos em Corinto, mas ele testificou da mensagem de Deus.

Verso 2 "Porque nada me propus saber entre vós, senão a Jesus Cristo" pode ser explicado da seguinte maneira:

  1. Só para viver para Jesus e para mais ninguém
  2. Ninguém está além de Jesus
  3. Esteja totalmente envolvido com o trabalho de Jesus
  4. Seja totalmente fora para agradar o Senhor Jesus Cristo
  5. Não tenha outro desejo além de tornar Jesus Cristo conhecido
  6. Para que os outros também O conheçam e sigam.

O sotaque de Paulo está em "Este crucificado". Não uma pregação da ação profética de Jesus, os muitos milagres e curas de Jesus, o poder de Jesus sobre os demônios. O cerne da mensagem de Paulo era obter o perdão dos pecados pela fé na morte e ressurreição de Jesus Cristo. Jesus não pediu nada para Si mesmo, mas foi completamente submisso à vontade do Pai Celestial. Ele era o SERVO que deu a vida. Prepara-se para sofrer. Ele deu o exemplo de como o homem deveria viver. Ele depositou Sua glória e PODER no Céu e veio à terra como homem.

Verso 3 Paulo chegou a Corinto de Atenas, onde ele foi fortemente perseguido. Que destino aguardava em Corinto? Em Corinto, ele tinha trabalho manual pesado (fazer tendas) realizado para sua vida. Ele veio como um judeu a uma cidade em que habitavam um povo predominantemente Grego. Ele veio como solitário sem uma língua suave.

Verso 4 Paulo não pregou com palavras convincentes, trabalhando nas emoções das pessoas. Nenhum argumento convincente para transmitir sua ideologia para as massas. Cheia de aplausos, Amém e gritos de Aleluia. Ele contou uma história do que aconteceu, uma história de um Deus DESCONHECIDO para os Gregos. Um Deus de acordo com Paulo que está acima de todos os deuses. O fato de ele ter conseguido conquistar pessoas não se devia à sua personalidade, mas ao poder do Espírito Santo. Foi o Espírito Santo que convenceu as pessoas do pecado e trouxe à fé no Senhor Jesus Cristo. Essa não foi a obra do apóstolo Paulo, mas do Espírito.

Verso 5 "Se apoiasse" não está no texto básico grego, mas o verbo grego tem um caráter dinâmico de "viver de" ou "saltar para fora" ou "encontrar sua parentalidade de". A fé dos Coríntios não é baseada em opiniões humanas, mas baseada na sabedoria de Deus no Céu. Foi uma intervenção pessoal da perda do homem por Deus. Uma vida humana perdida e visão de mundo, levando à morte eterna. Através da intervenção de Deus, a nova vida é possível.

Verso 6 "Os perfeitos" (τέλειοι) aqueles que são perfeitos sem falta (como com um animal de sacrifício), aceitáveis a Deus. Os teleioi são os crentes que aceitam a Palavra de Deus sem objeção. Vivem na fé, esperança e amor, obediência a Deus.
A sabedoria de Deus, a proclamação do evangelho não é uma sabedoria desta época nem para os governantes deste século. Foi um decreto de Deus antes da fundação da terra e continua até a Segunda Vinda de Cristo (Fim da Grande Tribulação). O poder de satanás, demônios, satanistas e governantes mundiais naquele século e em nosso século está completamente destruído. Esse poder chega a um fim definitivo e dará todo o poder ao Senhor Jesus Cristo (por Deus Pai).

Verso 7 Os poderes que são destruídos no verso 6 usam metas e meios que são contrários ao amor e aos meios de Deus. Esses poderes estão fora de seu próprio poder e bem-estar. Eles vêem o amor e a salvação de Deus como uma grande ameaça ao seu próprio poder e não podem permitir que Deus governe. Pois o que então terminaria na sociedade humana de ricos e pobres, de impotência e poder? O mistério de Deus já era conhecido por Deus antes da Criação e da Queda. Seu primeiro plano era que o povo judeu e israelense fosse completamente dedicado a Deus e representá-Lo na terra. Infelizmente eles falharam nisso e correram atrás dos ídolos. Deus previu isso em Sua Sabedoria, e em Jesus Cristo Ele chamaria um novo povo, a Igreja. Depois da ressurreição de Jesus Cristo, agora cabe à Igreja agir como representante de Deus e proclamar o plano de Redenção da Salvação através do sangue do Senhor ressuscitado. Agora cabe a cada crente individual viver para a glória de Deus, limpo e sob o controle do Espírito Santo. O homem é fraco, mas através do poder do Espírito Santo é possível viver sem pecado. Através desse poder, o homem é capaz de entender e pregar o evangelho. Este mistério foi conhecido por Deus antes da Queda e durante o Antigo Testamento.

Verso 8 Os governantes, especialmente os líderes judeus (Sanhedrin), escribas, mas também Pilatos e satanás, não viram através deste plano de Deus. Eles crucificaram Jesus em sua loucura e poder. Com isso, eles pensaram que estavam livres de Jesus e eles tinham mantido seu poder. Loucura o que era o plano de Deus para que Jesus morresse na cruz. Na cruz, a ira de Deus foi derramada sobre Jesus. Jesus levou o castigo pelo pecado sobre si mesmo. Assim, todo crente foi liberto do pecado, redimido dos detentores do poder. No final da Grande Tribulação, Jesus Cristo retornará à terra. Então todo homem na terra o verá (Zc. 12:10, João 19:37). Então é o passado definitivo dos governantes mundanos e de satanás.
Se eles soubessem que este era o Plano de Deus, eles teriam frustrado o Plano de Deus e NÃO crucificaram Jesus. Eles não sabiam que Deus daria o nome de Jesus acima de todo nome e todo poder. E ainda são cegos. Eles não vêem que sua sabedoria (mas, de fato, tolice) não tem futuro. Os governos podem adotar leis que vão contra os mandamentos de Deus. No entanto, dentro de uma década, Jesus retornará do Céu e todos os joelhos na terra se curvarão a Ele. Então esses sábios aos seus próprios olhos serão julgados. Então o poder deles, finalmente chegará ao fim.

Verso 9 Esta citação pode ser vista:
Isaías 52:15 Assim, borrifará muitas nações, e os reis fecharão a boca por causa dele, porque aquilo que não lhes foi anunciado verão, e aquilo que eles não ouviram entenderão.
Isaías 64:4 Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti, que trabalhe para aquele que nele espera.
Isaías 65:17 Porque eis que eu crio céus novos e nova terra; e não haverá lembrança das coisas passadas, nem mais se recordarão.
Jeremias 3:17 Naquele tempo, chamarão Jerusalém de trono do Senhor, e todas as nações se ajuntarão a ela, ao nome do Senhor, a Jerusalém; e nunca mais andarão segundo o propósito do seu coração maligno.
Os sábios viram os milagres de Jesus, eles ouviram a sabedoria de Jesus. Eles ouviram sobre a ressurreição de Jesus dentre os mortos. O véu no templo, os sacerdotes viram se rasgando de cima para baixo (nenhuma obra de homem, um rasgado saído de baixo). O homem ouviu o evangelho. O homem pode tomar conhecimento (gratuito na Internet) da Bíblia. Conhecimento do Evangelho e dos Planos de Deus com homem. Mas os olhos são cegos, os ouvidos são surdos. Somente aqueles que aceitam a Jesus Cristo como Salvador e Senhor recebem a Salvação. Seus olhos e ouvidos estão abertos. Veja e entenda o Plano de Deus. Isto é dado à Igreja, que ama a Deus e guarda Seus mandamentos. Quem não mais participa da vida mundana, mas vive para a honra de Deus. No entanto, o crente que continua a viver no mundo perderá sua vida. Vai experimentar as conseqüências na Grande Tribulação e ficar para trás na primeira Vinda de Cristo, o Arrebatamento (Mateus 24:38-42).

Verso 10 "Las/Nós" pode referir aos apóstolos, os apóstolos a quem Jesus explicou as parábolas e o Plano de Deus. Também pode referir a todos os crentes que se familiarizam com os Planos de Deus através da Bíblia (Antigo e Novo Testamento, incluindo Revelação). Paulo escreveu muitos planos de Deus em suas cartas. A vontade e conhecimento de Deus incluem:

  1. A vida do crente sob a direção do Espírito Santo
  2. O julgamento sobre o crente e a construção da fundação (1 Cor. 3:10-15)
  3. O crente é um templo do Espírito Santo (1 Cor. 3:16)
  4. A vontade de Deus com e dentro casamento (1 Cor. 7, 2 Cor. 6:14)
  5. Muitos dons, muitos membros (1 Cor. 12)
  6. O arrebatamento da Igreja (1 Cor. 15:50-54, 1 Thes. 4:13-18) e o novo corpo
  7. A condição para ser permitido trabalhar no serviço de Jesus (1 Timóteo 2 e 3)

É o Espírito Santo que procura e revela as coisas de Deus para o crente, desde que ele ou ela esteja aberto a ele e que o Espírito Santo não seja entristecido e extinto.

Verso 11 Só o homem conhece sua mente, seus planos, pensamentos secretos, sentimentos pessoais, sentimentos ocultos, ódio e amor, os verdadeiros motivos para fazer ou deixar alguma coisa. Somente quando uma pessoa a pronuncia, os outros podem compartilhá-la. No entanto, o Espírito de Deus conhece o espírito humano, nada está escondido dEle. O Espírito Santo sabe como e por que o crente usa seus dons e talentos espirituais. Conheça a vida oculta de um crente. Um pastor que secretamente comete adultério, comete pedofilia. O pastor de cura que faz para sua própria fama. O crente, o pastor, o ancião que maltratou sua esposa e filhos em casa, comete incesto, não sabe como arrumar suas finanças. NADA está oculto de Deus. Todo crente terá prestar contas a Ele (Mateus 7:22-23, 2 Cor. 5:10).
Se o espírito humano já não é público, quanto mais isso se aplica ao Espírito de Deus? Deus vive no Céu, onde até hoje nenhum homem tem acesso (os mortos em Jesus vivem no paraíso). Então, como pode alguém ter conhecimento de Deus do que revelado pelo Espírito e pela Bíblia?

Verso 12 O homem tem a consciência que lhe atrai pelo bem e pelo mal. O crente tem a Bíblia, o pastor, o Espírito Santo que mora nele, para instrução. Deixe o crente que eles façam o seu trabalho, então conheceremos a Vontade de Deus. Sabemos que o homem é pecador, perdido para sempre. Conhecemos a graça que reconhecendo o pecador, a fé em Jesus Cristo como Salvador, o fiel recebe a graça de Deus. É a graça de Deus que a reconciliação com Deus se tornou possível através do Seu Filho Jesus Cristo.

Verso 13 O texto do grego é difícil de traduzir. Portanto, três descrições possíveis.

  1. Nesta carta, Paulo tenta deixar claro para a congregação que, de acordo com os padrões do mundo, a proclamação do evangelho é uma coisa perigosa e tola. Medido pelo padrão de Deus é o único caminho.
  2. Paulo agradece ao Espírito que este mistério foi revelado a ele. É por isso que ele não é um sonhador, mas um publicador das boas novas e da sabedoria de Deus.
  3. Nem todo membro da Igreja tem olhos para ver e entender o que o apóstolo mostra. Alguns crentes se abrem completamente ao trabalho do Espírito e crescem em conhecimento. Outros crentes perseveram em seu modo de vida mundano, permanecem não espirituais e vivem na carne. Esses crentes se opõem aos ensinamentos de Paulo e da Bíblia ("não do nosso tempo"). Eles se elevam com seus dons espirituais acima dos outros membros da igreja, o que é o oposto da sabedoria divina. Somente aqueles crentes que vivem plenamente da graça de Deus guardarão os mandamentos de Deus, aceitarão o que o apóstolo os considera como a sabedoria de Deus. Eles aceitam o que a Bíblia e o Espírito lhes dizem e os ensinam. Coloque isso em prática em suas vidas diárias.

Verso 14 Um homem carnal não tem o Espírito Santo. Afinal, o Espírito Santo só faz morada depois que o homem aceita a Jesus Cristo como seu Salvador pessoal. Esta pessoa não espiritual pode alcançar grandes alturas através do estudo e pesquisa em ciência, tecnologia, filosofia e cultura. Seu pensamento e fazer são governados por pensamentos humanos (às vezes por demônios), teoria humana e suposições. Ele tenta encontrar sua própria prova, que encontramos na investigação do universo e na teoria do BIG BANG. Ele se recusa a reconhecer Deus, evita ou rejeita as leis de Deus (casamento entre iguais, aborto, eutanásia, ioga, etc.).
Ele não entende que Deus quer o melhor para o homem. Sua mente é humana, focada em seu próprio bem estar e poder. Não deseja saber nada dos pecados humanos. Isso é contrário ao senso comum. Mas praticamente também um perigo para a própria manutenção da própria posição e existência. É sua incapacidade mental.

Verso 15 O homem espiritual sabe com a Palavra de Deus para distinguir entre o que é certo e o que é errado. Ele pode julgar as coisas corretamente e erradamente. Ele testa tudo o que é oferecido a ele ou ela. Recusar pornografia. Não olha para coisas sedutoras na televisão e na internet. Não olha para violência e sexo. Ele sabe guardar (reter) o bom (1 Tess 5:21) e para que aproveis as coisas excelentes, para que sejais sinceros e sem escândalo algum até ao Dia de Cristo (Filipenses 1:10).
O crente sob a direção do Espírito Santo sabe julgar a si mesmo. Conheça o seu coração. Ele acredita em coisas incomuns (Salvação através de Jesus, pessoas possuídas por demônios, pessoas sob o poder de satanás). Ele espera coisas incomuns e curas na fé. Ele é capaz de coisas incomuns. Ele pode explicar as coisas reveladas pelo Espírito Santo. O mundo não sabe o que fazer com ele, por eles é um tolo.

Verso 16 Quem conhece o sentido do Senhor? Os caminhos de Deus são inescrutáveis. Ninguém ajudou a Deus com conselho durante a Criação. Isso foi e é APENAS a sabedoria de Deus. Deus tem um conhecimento Onisciente. Tem conhecimento do passado e do futuro. Ele conhece o coração do homem. Nenhum homem é capaz de ser conselheiro ou conselheira de Deus.
O crente deve ter o sentido de Cristo: SERVO. Jesus serviu o homem e lavou os pés dos Seus discípulos. Deu sua vida à terrível morte na cruz. Por amor ao próximo, pelo pecador hostil, Ele tomou a penalidade do pecado sobre Si mesmo.
Os crentes espirituais devem seguir o exemplo do servo Jesus. Os crentes espirituais não podem elevar-se acima dos outros crentes, acima das críticas e repreensões. É preciso respeitar outras idéias de outros crentes, mas pode corrigir a partir da Bíblia.

Volta MenuRetorne para acima


1 Coríntios 3 O homem carnal. O cristão edifica sobre o fundamento de Jesus Cristo

Verso 1 Durante sua estada em Corinto, Paulo só poderia ter pregado o evangelho aos Coríntios. Eles haviam recebido o Espírito, mas de uma verdadeira conversão da vida mundana para uma vida espiritual não aconteceu. Apesar de sua estada de um ano e meio, Paulo foi obrigado a proclamar os princípios básicos do evangelho, que permaneceu com o leite. Ele não podia pregar alimentos sólidos (Hebreus 5:12). Paulo só podia falar até como meninos e carnais. Sim, eles eram seus irmãos em Cristo. Mas através da briga na igreja, a manutenção de sua natureza carnal, sendo superior ao outro irmão (irmã) em Cristo, era uma pedra de tropeço para seu crescimento espiritual. Portanto, no amor cristão, Paulo tem que quebrar nozes duras. Definitivamente deve acabar de suas maneiras carnais de ser um cristão. Se não, o Espírito Santo será extinto.
Os Coríntios realmente haviam se apropriado do Salvador em Jesus Cristo? Foi penetrado profundamente em seus corações? Sua divisão e comportamento infantil contradiziam isso. Não houve conversão real e um abandono do mundo. Eles ainda estavam completamente controlados pela carne pecaminosa. Externamente, isso se manifestou em autopreservação. Pouca diferença com suas vidas antes a pregação de Paulo. Quando eles chegaram à fé e batizaram, eles não tinham se transformado repentinamente de pessoas carnais em pessoas espirituais. Certamente o Espírito Santo havia habitado, mas eles não permitiram que o Espírito Santo mudasse as vidas delas. Todo o seu comportamento, pensar, fazer e deixar, era ainda mundano. Nela mostraram-se ser meninos (nèpioi). Eles ainda eram criancinhas em Cristo Jesus.
Infelizmente hoje não é muito diferente com os crentes. Muitos são frequentadores de igreja, visitam a igreja somente no domingo. Na semana é uma vida mundana. Nenhuma leitura da Bíblia, nenhuma oração. De fato, seu crescimento espiritual está completamente morto. O Espírito Santo está totalmente extinto e não há absolutamente nenhuma consciência do pecado e confissão de pecado. Eles são como às cinco virgens loucas de Mateus 25, cujo óleo se acabou na vinda do noivo (a Vinda de Cristo, Arrebatamento). Eles ficaram para trás e a porta do salão do casamento estava fechada para eles. Eles não se juntaram ao arrebatamento da Igreja, mas permaneceram na terra na Grande Tribulação. Deixe a carta de Paulo ser um aviso sério para os crentes que pensam que podem viver livremente no mundo. Pense que tudo está sob perdão do pecado. Que é possível viver como um cristão carnal no mundo. Mateus 24 e 25 testificam o contrário. O cristão deve viver como um homem espiritual sob o controle do Espírito Santo, se alguém quiser ser uma das cinco virgens sábias. E ter acesso ao salão de festas (o Céu).

Verso 2 Leite é o anúncio do evangelho, a morte de Jesus na cruz. A ressurreição de Jesus dentre os mortos. O perdão do pecado pelo sangue de Jesus Cristo. Sem derramamento de sangue não há remissão (Hebreus 9:22). Por um ano e meio, Paulo e seus associados só poderiam ensinar essa educação elementar. Necessário para as primeiras classes do ensino primário. Os Coríntios não haviam chegado ao ensino superior. Uma estadia na sala de aula, sem transição para a próxima aula (ano letivo). Paulo está desapontado que, embora ele tenha deixado Corinto há muito tempo, os Coríntios ainda não estão preparados para a comida sólida.
Como está o crente? Uma vida religiosa da vida da igreja, uma visita ao tudo o que a igreja organiza? Mas não há crescimento espiritual? Existe um relacionamento pessoal com Deus, com Jesus Cristo? Seu comportamento muda do mundo para o espiritual? Os mundanos e irmãos crentes vêem uma mudança em seu comportamento? Você lê a Bíblia diariamente e Deus fala com você por a Bíblia? Ou a Bíblia continua sendo um livro sombrio para você? O Espírito Santo tem controle sobre sua vida? O Espírito Santo fala com você (e então eu NÃOindico falando em línguas)? Os frutos do Espírito Santo de Gálatas 5:22 são visíveis em sua vida diária?

Verso 3 Paulo repreende que depois de muitos anos após a sua conversão eles ainda são carnais. Gálatas 5:16-21 aplica-se plenamente a eles. Eles vivem como pessoas inalteradas. Igual às pessoas do mundo. Sim, pior que isso, algumas pessoas mundanas não convertidas dão um exemplo melhor. Pense mais em seu pobre homem do que em um crente nascido de novo. Onde está a ajuda social das igrejas? O apoio e a missão no campo missionário? Apoio às evangélicas instituições das crianças nos países do terceiro mundo? O apoio (financeiro) para o evangelho e a missão. A falta disso mostra um estilo de vida não espiritual.

Verso 4 Quando as pessoas dizem que pertencem àquelas ou àquelas, isso é puramente humano. Motivos humanos, como os de negócios, política e cultura. Em Jesus Cristo, TODOS são IGUAIS, não há distinção. Não é algum homem mais do que outra pessoa. Paulo não tem valor maior que Apolo. Todo mundo tem seu próprio lugar sob Jesus.
Observe a pergunta retórica: Porventura, não sois carnais? Aqui Paulo fala com muito cuidado pastoral. Não ferir e perder crentes. Isso mostra mais claramente como esses crentes carnais ainda eram. Paulo não pode falar abertamente sobre o amadurecimento das pessoas. Não, ele tem que falar com meninos para ganhar a criança e não ser rejeitado. Um menino quer que seu pai o trate com amor, seu pai o entende. Paulo também tem que trabalhar com as crianças na igreja em Corinto.

Verso 5 Quem é Apolo ou Paulo? Ambos não são mais que servos do Senhor Jesus Cristo. Eles foram chamados pelo Senhor para pregar o evangelho e edificar os crentes na fé e no conhecimento de Jesus Cristo. Através de sua pregação, você tomou conhecimento do evangelho. "A cada um" se relaciona ao Apolo e Paulo. A cada um Jesus deu seu chamado específico e deu dons para cada um deles.

Versos 6-7 A diferença é: Paulo lançou o fundamento, ele foi o primeiro a proclamar a Palavra de Deus. Apolo construiu sobre este fundamento e continuou a ensinar a igreja quando Paulo deixou Corinto. No entanto, que eles tinham chegado à fé não foi a obra de Paulo nem de Apolo, este era e é a obra de Deus, a obra do Espírito Santo. É por isso que não há razão para admirar Paulo ou Apolo, pois é obra de Deus. Eles vão morrer, mas a obra de Deus é eterna. Ele dá o crescimento, o amadurecimento.

Versos 8-9 Ambos estão a serviço de Deus. Um não é mais do que o outro. As pessoas podem não considerar um mais do que o outro. Através de ambos, o Espírito Santo faz o seu trabalho e usa cada um a sua maneira. Não o critério que um membro da igreja dá, mas é o critério de Deus. O critério é como Deus julga o servo. Deus olha no coração do servo, de acordo com seus motivos e disposição. O trabalho de todos será julgado pelo tribunal de Cristo.
O campo de Deus não é estático mas é dinâmico. Um campo é destinado a dar frutos ano após ano. O campo de Deus precisa crescer, para produzir frutos contínuos. Um campo que não é plantado e não dá fruto é um campo morto e inútil. A igreja de Deus (e também todo crente individual) que não cresce é morto e inútil. O campo precisa ser regado, a partir de sementes e plantas, então há crescimento. Porque o campo não é regado após a semeadura e plantio, a safra morre. Deus plantou em Corinto, esse edifício são vocês. Mas se você não crescer, não deixar a vida mundana e trocar pela vida espiritual, então a morte espiritual segue. Você é o edifício de Deus, você recebeu a graça de Deus, não rejeite isso!

1 Coríntios 3:11-17 Edificando sobre a fundamento de Jesus. Contabilidade do crente para com Jesus

Porque ninguém pode por outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo. E, se alguém sobre este fundamento formar um edifício de ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha. A obra de cada um se manifestará; na verdade o dia a declarará, porque pelo fogo será descoberta; e o fogo provará qual seja a obra de cada um.Se a obra que alguém edificou nessa parte permanecer, esse receberá galardão. Se a obra de alguém se queimar, sofrerá detrimento; mas o tal será salvo, todavia como pelo fogo. Não sabeis vós que sois o templo de Deus (1 Coríntios 6:19) e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo.

2 Coríntios 5:10

Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal.
Romanos 14:10

Mas tu, por que julgas teu irmão? Ou tu, também, por que desprezas teu irmão? Pois todos havemos de comparecer ante o tribunal de Cristo.

O que significa isso ?

Depois da Vinda de Cristo, cada crente (cristão) aparecerá perante Cristo e ele/ela deve esclarecer as ações em sua vida. Então todos os crentes receberão o julgamento de Cristo. Então aparecerá se o crente constrói sobre o alicerce de Jesus Cristo ou não (1 Cor. 3:11-15). Em Mateus 25 nós lemos o que são os trabalhos bons de um crente.
Se o crente vive para a honra e a gloria do Senhor Jesus Cristo, o crente receberá uma recompensa. De fato Jesus subiu para o Céu para preparar nossos lugares no Céu.
No dia do julgamento será revelado como cada crente individualmente propagou sua vida cristão. Ele/ela constrói sobre o alicerce de Jesus Cristo, então ele/ela recebe uma recompensa. Se o crente negligenciou sua fé e dormiu, a seguir ele/ela não será perdido (porque sua fé em Jesus Cristo é conservada), mas todo o trabalho é queimado, mas ele/ela sofrerá a perda e somente obterá um lugar no Céu como através do fogo.
Deixe isto ser um aviso severo. Não é suficiente ir à igreja cada semana. O que você faz com a mensagem que é emitida no culto? Você vive confortavelmente? Um infiel pode ver em sua maneira da vida, que você é um cristão? Ou te amaldiçoar igual quantos outros infiéis? Você mostra seu amor ao próximo? Você é serviçal?
Você obedece as leis do trânsito, você não passa através das luzes vermelhas, você mantém a velocidade máxima? Você não rouba (não fazendo nenhuma cópia ilegal, ou usando o software ilegal)? Você tem coragem de responder quando os infiéis perguntam, por que você comporta-se nesta maneira, que você age nesta maneira porque você acredita em Jesus Cristo?
Nas coisas minuciosas, um crente pode mostrar que acredita em Jesus Cristo. E essas coisas tomam do esforço, porque ainda por muito tempo nós estamos vivendo em uma terra cheia de pecado, o crente vive em um corpo de pecado. Assim o crente tropeça diáriamente. Mas há um conforto, o Senhor deseja para ajudar-lhe nesta estrada difícil de sua vida cristã. Entretanto, quando você vive uma vida como todos outros, como um infiel, a seguir sua maneira de vida será revelada depois que a Vinda de Cristo e você será conservado como através do fogo, sem uma recompensa!

Após esta introdução, vamos prosseguir para uma declaração verso por verso.

Fundamento

Fundamento 2Versos 10-11 Sem uma base sólida e bem fundamentada, todas as casas e prédios entram em colapso. Se o fundamento estiver na areia, então uma base sólida é inútil. O fundamento deve repousar sobre uma base sólida, sobre a rocha. Se não, o prédio entra em colapso. O fundamento do crente é a obra consumada de Jesus Cristo. Ele morreu na cruz. Ele ressuscitou dos mortos. Ele comprou a redenção do pecado. Ele nomeou os 12 apóstolos. SOMENTE Jesus Cristo é o FUNDAMENTO. Em nenhum outro fundamento pode ser construída. Os 12 apóstolos continuam a construir sobre este fundamento de salvação. Os pastores e missionários baseiam-se nesse fundamento. Cada fiel individual deve construir sobre este fundamento. Desde o princípio do fundamento, a ressurreição de Jesus Cristo, milhões de pessoas chegaram à fé até hoje. Eles são o crescimento de um edifício alto. Juntos, este edifício alto forma a igreja de Jesus Cristo.
Mas não só a igreja em conjunto é o edifício alto. Isso vai mais fundo nos próximos versos, e então se relaciona com cada crente individual. Será que vai ficar com o fundamento? Ela se transforma em uma casa uni familiar? Cresce em um prédio? Ou se transforma em um Empire State Building?
Paulo edificou sobre este fundamento, o fundamento de Jesus Cristo. Como um renomado mestre construtor, ele proclama e explica o evangelho. Depois dele outros, como Apolo, vêm para construí-lo. Depois dele vem Timóteo, e muitos outros através dos tempos que edificam sobre a obra do Senhor Jesus Cristo, sobre os 12 apóstolos, sobre as cartas dos 12 apóstolos. O fundamento foi estabelecido com firmeza, agora a igreja tem que edificar sobre isso. Qualquer um que edifica isso tem que ver como ele ou ela constrói. Com a verdade da Bíblia ou com falsos ensinos! Paulo proclamou o evangelho puro, como ele ouviu da boca direta de Jesus (seu ensino de três anos através de Jesus, Gálatas 1:12 e 18). Isso garante uma excelente qualidade da superestrutura.
O homem constrói uma casa, uma casa uni familiar, um prédio alto no fundamento. No fundamento de Cristo, NÃO são construídos assim, nele é construído o TEMPLO de crentes. Um edifício muito bonito e alto. Um edifício de crentes que será inocente com um corpo perfeito. Existe apenas um fundamento. O crente deve cuidar disso, para edificar nisto. Ninguém pode edificar em dois fundamentos. Ao construir nos dois fundamentos, o prédio se romperá ou entrará em colapso e ficará desalinhado. Os crentes não podem viver no mundo e viver uma vida espiritual. É um ou o outro. Ou viver no mundo (com uma vida que termina no lago de fogo) ou uma vida espiritual (que termina no Céu).

Versos 11-15 Os trabalhadores que constroem a casa ou o edifício devem prestar muita atenção ao material de construção e a construção em si. Materiais de construção de menor qualidade danificarão o edifício. Se a mistura apropriada de areia, cimento e água não forem levados em conta durante a construção, a estrutura enfraquecerá e o prédio poderá desmoronar mais tarde. Se economizar o aço de reforço (ou de qualidade inferior), então isso tem suas conseqüências e, portanto, todo trabalhador ou trabalhadora deve prestar atenção que é bem construído. Essa é a responsabilidade dele ou dela.
O templo de Salomão foi construído com ouro, prata e pedras preciosas. Este edifício é um exemplo para a construção do templo dos crentes. A igreja (templo) dos crentes deve se tornar tão bonita. Infelizmente, o templo dos crentes não brilha no mundo, a luz do crente é vergonhosamente fraca, não é a luz de um templo nem de um farol. É uma luz surda. O ouro reflete amplamente a luz, especialmente no sol (e Jesus é como o Sol).
Ouro, prata e pedras preciosas podem indicar a lealdade, esforço, pureza, cuidado, perícia e tempo que o construtor (crente individual) gasta na construção do templo, construindo sobre o fundamento de Cristo.
O apóstolo Paulo não dá nenhuma explicação, da qual a recompensa existirá, que é reservada exclusivamente para Jesus Cristo.
Que cada crente perceba que antes do tribunal de Cristo (2 Coríntios 5:10), o trabalho de todos virá à luz. Todo crente individual será julgado por Jesus Cristo. Então ficará claro se o crente agiu durante sua vida na terra de acordo com a Vontade de Deus e de Jesus. Viveu sob o controle e poder do Espírito Santo. Se o trabalho foi para a própria fama ou em honra de Deus.
O fogo é uma imagem do julgamento. O fogo queima tudo que é combustível, como madeira, feno e palha. Após a combustão, quase não resta mais nada além de cinzas. A imagem das cinzas: o crente salvo pelo fogo. Depois de queimar, não há mais nada das ações do crente na terra. Apenas cinzas: sua vida de salvação.
A desqualificação é um constrangimento por causa da desaprovação de Deus da vida do crente na terra. É uma desqualificação do crente que ele ou ela não tenha perdido a sua salvação. Não deixado para trás no arrebatamento da igreja. A dificuldade aqui é qual classificação se aplica? Em que bases o crente é salvo como através do fogo? Em que base o crente fica atrás do arrebatamento da igreja? Infelizmente, devo lhe dar uma resposta. Mas seja um aviso sério. Que cada um examine a si mesmo, a que classe ele ou ela pertence!


A igreja construído no fundamento de Cristo. Duração 70 segundos

Hoge PriesterJeansVerso 16 O templo de Deus é um lugar muito sagrado onde Deus vive. Começou que Deus habitou na tenda o TABERNÁCULO na parte Santo dos Santos, onde o SUMO SACERDOTE só podia vir uma vez por ano. Então o templo foi construído pelo rei Salomão com o Santo dos Santos. Mais uma vez, o sumo sacerdote só podia vir uma vez por ano. Deus habitou no templo em Jerusalém, entre o seu povo. A igreja completa é o Templo de Deus, mas aqui o apóstolo Paulo é muito claro: O ESPÍRITO DE DEUS VIVE EM VOCÊ. VOCÊ É O TEMPLO DE DEUS. Isso não é tão surpreendente. O homem (Adão e Eva) foi criado à imagem de Deus. O espírito foi levado pelo pecado. Após a morte e ressurreição de Jesus, o pecado foi tirado e imediatamente após a suposição de Jesus Cristo, o crente recebe o espírito removido. E vem morar no crente nascido de novo. A trindade, o espírito, a alma e o corpo do homem são restaurados em Cristo Jesus. Essa é uma grande SANTIDADE que o crente não deve subestimar. Infelizmente, as igrejas dificilmente mencionam isso. Alguns freqüentadores de igreja entram na igreja usando jeans rasgados na igreja, sem qualquer respeito na roupa. Após uma limpeza especial, o sumo sacerdote podia entrar no Santo dos Santos uma vez por ano em seu manto sacerdotal.
Hoje, alguns crentes entram na igreja em suas vestimentas diárias. A igreja é mais como uma discoteca com iluminação do que um Santo dos Santos, a igreja onde Deus vive.

Verso 17 El creyente es un templo de Dios. El apóstol Pablo advierte alguno violare el templo de Dios, Dios destruirá al tal. Destruirá (phtheiroo) tiene el sentido de "estruendo", "anulación", "naufragio". Dios ciertamente destruirá al hombre que viola su Santuario. Cualquier persona que piensa que puede cometer una ofensa contra el Espíritu de Dios tratará con Dios. Posiblemente no directamente en el momento de la vida en la tierra, pero seguramente no queden impunes en la vida después de la muerte. Considere con cuidado la historia del invitado de boda que rechazó el vestido de boda y entró en el salón de boda en su propia ropa, Mateo 22:10-14.¿Qué le pasó? Precisamente, fue atado de pies y de manos tomadle, y echadle en las tinieblas de afuera (lago de fuego). Dios no deja de burlarse.

Verso 18 Precisamente porque Dios lo toma tan alto como lo que sucede en la iglesia, o cómo cada creyente actúa, es tiempo de llegar a la comprensión y al arrepentimiento en tiempo. Después de la muerte o después del Regreso, es demasiado tarde. Nadie se engaña a sí mismo.. Si uno piensa que para poder participar como un creyente en el mundo, entonces se engaña a sí mismo. El creyente no debería pertenecer más al mundo, él o ella es comprada con la sangre preciosa de Cristo Jesús y se convirtió en un templo de Dios. Si desprecian el templo de Dios, le desprecian la salvación y la redención, y te vuelves como un infiel con todas estas consecuencias. Jesús negó a sí mismo y se hizo como un hombre. Jesús se hizo SIERVO y murió por el pecado del hombre. El cristiano que niega su herencia, Jesús negará delante de Dios el Padre, y él o ella recibirá un trato igual que un incrédulo,, pero uno más pesado. Ver Ezequiel 33:11-13 y 18:

Diles: Vivo yo, dijo el Señor DIOS, que no quiero la muerte del impío, sino que se torne el impío de su camino, y que viva. Volveos, volveos de vuestros malos caminos, ¿y por qué moriréis, oh Casa de Israel. Y tú, hijo de hombre, di a los hijos de tu pueblo: La justicia del justo no lo librará el día que se rebelare; y la impiedad del impío no le será estorbo el día que se volviere de su impiedad; y el justo no podrá vivir por su justicia el día que pecare. Diciendo yo al justo: De cierto vivirá, y él confiado en su justicia hiciere iniquidad, todas sus justicias no vendrán en memoria, sino que morirá por su iniquidad que hizo. Cuando el justo se apartare de su justicia, e hiciere iniquidad, morirá por ello.

Versos 19-20 Son citas libres de Job 5:13 y Salmos 94:11.

Versos 21-23 La gente en una iglesia puede no ser central, ni alta colocado. Cada uno dentro de una iglesia tiene su propia tarea. Es por eso que él o ella no es más que otro. Los Corintios estaban tan centrados en sus líderes espirituales que había una amenaza de cisma dentro de la congregación. Pablo señala que él, Apolos y Cefas han sido llamados por DIOS a SERVIR a la congregación. Sólo son SERVOS DE DIOS. Es el Espíritu de Dios que da la sabiduría y la perspicacia a Pablo, Apolos y Cefas. Nadie pertenece a un líder espiritual. El creyente SÓLO pertenece a Señor Jesucristo.

Volta MenuRetorne para acima


1 Coríntios 4 O apóstolo Paulo como exemplo

Verso 1 Paulo deseja deixar bem claro aos Coríntios que devem abster-se de (des)qualificações. Nenhuma idolatria por Paulo, Apolo ou Cefas, e nenhum culto à personalidade, para se considerar mais excelente do que o outro. Por "nos", ele quer dizer todos os que receberam o mandamento do Senhor para servir a Cristo, inclusive a ele mesmo, mas também a todos os outros que edificam sobre o fundamento de Jesus Cristo. Eles são apenas servos do Senhor Jesus Cristo. Não há distinção na classificação, todos são iguais. O Espírito Santo é a fonte de trabalho deles. É o Senhor que lhes deu a ordem para entrar em Seu serviço, e eles não são designados pela igreja. É por isso que não é o homem que julga seu trabalho, mas o Senhor que julgará seu trabalho. Cristo é o único a quem eles são responsáveis como servos, mas também para cada crente individual.
A quem o despenseiro (oikonomoi) dos mistérios de Deus foi confiado. O oikonomos era freqüentemente um escravo na Grécia, que estava encarregado da posse de seu mestre. O mistério entre outras coisas que o Messias não era apenas para os judeus, mas também para os gentios. A revelação do Messias não apenas veio como o Rei, mas em primeiro lugar, para morrer pelo pecado do homem e dar acesso à vida eterna. Recebendo a vida no Céu com um corpo sem pecado. O despenseiro desses mistérios era familiar aos apóstolos e eles tinham a tarefa de tornar isto conhecido. Os planos de Deus para tornar conhecido ao mundo inteiro o que acontecerá ao homem pecador. O futuro do mundo no pecado, a desobediência do homem e dos governos. Os eventos da Grande Tribulação, o Reino Milenar de Cristo e o julgamento final de cada homem e de satanás.

Verso 2 Qual requisito é imposto a um despenseiro? Que ele seja confiável. O que o Senhor Jesus Cristo procura em seus servos, seus despenseiros, é que eles proclamem a verdade. Não é uma explicação falsa, mas uma explicação para a verdade. Nenhuma pregação liberal, não "que não é do nosso tempo", não é assim "que não está no texto original". Não, uma explicação pura, baseada em explicações usando outros textos bíblicos similares. Uma explicação do Espírito Santo. Ai daqueles que dão suas próprias interpretações e profecias, eles terão que responder ao juiz, o Senhor Jesus Cristo. O que as pessoas pensam não é importante. Ou as pessoas se opõem a proclamação, a verdade é importante. A missão dos servos é proclamar com sinceridade. Mesmo que isso signifique sofrer e ser jogado na prisão ou ser morto.

Verso 3 Esta declaração não implica que Paulo era insensível sobre o que os membros da igreja pensavam sobre ele. Suas cartas estão cheias de mal entendidos sobre ele. Às vezes ele incentivava os membros da igreja a pensar nele, mas também ficava triste com os pensamentos deles. No entanto, ele amava as congregações e com isso a atitude delas. Com este texto, ele quer deixar claro que o único que pode e irá julgar sobre ele é o seu Senhor Jesus Cristo. Isso não o afeta muito, porque o Senhor Jesus Cristo é o único juiz que é competente para julgar. Mesmo como Paulo se considera sem valor, apenas o valor que o Senhor atribui.

Verso 4 É claro que Paulo checou consigo mesmo se estava fazendo seu trabalho corretamente. Todo servo de Jesus deve, de tempos em tempos, investigar se sua vida espiritual ainda está em ordem. Ele ou ela está no caminho do Senhor. O Espírito Santo o conduz e proclama a verdade. Se ele ou ela está envolvido na obra de Deus e não para a sua própria fama. De 1 Ts. 2:1-12 mostra claramente como Paulo levou sua própria pesquisa para o coração. Paulo não está ciente de que ele é culpado de qualquer coisa. Mas isso não o torna livre, embora sua consciência não o acuse. O único julgamento é o Senhor Jesus Cristo.

Verso 5 O julgamento sobre Paulo, Apolo ou Cefas e todo crente somente acontecerá antes do Tribunal de Cristo, após o arrebatamento da Igreja. Então o trabalho de todos se tornará público. Então o que aconteceu na escuridão, que estava no coração de todos, será revelado. O que está no inconsciente e os pensamentos reais do coração virão completamente à luz. Então ficará claro se valeu ouro, prata ou pedra preciosa. Ou madeira, palha ou feno, e queimada pelo fogo. Então ele ou ela receberá elogios naquele dia ou não. Mas ANTES daquele dia, não haverá julgamento e nenhum homem poderá julgar.

Verso 6 O texto grego é difícil de traduzir, portanto, algumas descrições. O que eu tenho levantado sobre mim e Apolo deve ser entendido como uma forma de exortação ou educação destinada à sua igreja por sua causa. Eu fiz para que você pudesse aprender de nós (exemplo) para não ir além do que estava escrito. Por semelhança: o que Paulo e Apolo ensinaram. Os textos citados do Antigo Testamento (o Novo Testamento ainda não existia), que previram e foram executadas a revelação e obra de Jesus Cristo.
Já deveria estar na cadeira para se sentar. Os membros da igreja não podem levantar um (Paulo) e considerar o outro (Apolo) menos. Ambos são servos do Senhor. Jesus sozinho pode e é capaz de julgar. Os crentes não devem pensar que têm o direito de julgar outros crentes. Só o Senhor conhece os motivos e o que vive no coração.

Verso 7 Quem te deu a autoridade para antecipar o julgamento do tribunal de Cristo? Nenhuns Coríntios (nem crente) têm o direito de tomar o lugar do juiz Jesus Cristo. Ninguém conhece o julgamento sobre o trabalho dos servos de Jesus do que Ele. Eles podem ter recebido dons espirituais. Mas isso é um presente do Espírito Santo (1 Coríntios 12:11). Você não tem nada para se gabar disso. Tudo o que os Coríntios (crentes) receberam do conhecimento, amor, alegria, paz e dons espirituais é de Deus. Com base nisso, você não pode se elevar acima do outro. Ao máximo, eles só podem louvar e apreciar Deus. Seria totalmente errado favorecer os dons espirituais. Como se as suas vidas já tivessem atingido o objetivo final de uma vida perfeita (sem pecado). Que eles são culpados dessa reação errada, deixe o apóstolo se sentir bem nos versos seguintes.

Verso 8 Os contrastes fartos e famintos (Mateus 5:6), ricos e pobres em espírito (Mateus 5:3). Eles já se consideram reis. Como se o reino milenar de Cristo já tivesse chegado. Julgar os servos do Senhor e seus irmãos é prova disso. Eles agem como pessoas que já alcançaram seu destino. Isso mostra sua exibição tola, seu comportamento carnal e infantil.
Era verdade que eles já eram reis? Se apenas isso fosse verdade. Paulo faria muito em ser rei. Libertado de todos os problemas e humilhações que caracterizam sua existência. Que festa seria essa. No entanto, o oposto é verdadeiro. O sofrimento de Paulo é um fato. A Vinda de Cristo ainda não aconteceu. Vocês são extremamente orgulhosos e infantis em seu comportamento.

Verso 9 Você nos julga. Como um governante na arena. O condenado na arena que deve lutar contra os leões, mas vai encontrar a morte. Toda a multidão na arena acolhe a vitória dos leões. Os apóstolos estão na arena, na arena de satanás e pessoas que desejam matá-los (Pedro em Atos 12, Paulo em Perge, Antioquia (Atos 14:19), Icônio e Atenas). Não há questão de um reinado dos apóstolos. Eles são mais como um Jesus, expostos ao escárnio, açoitamento e a Cruz. Muitas vezes na prisão, açoitado e apedrejado. Eles são um espetáculo ao mundo. Satanás e demônios (anjos caídos) assistem com grande prazer por seu sofrimento e abuso.

Verso 10 Aqui três contradições

  1. Nós, apóstolos, somos loucos. Mas você é sábio. Os apóstolos são loucos porque sofrem por amor a Cristo. Uma loucura para o homem mundano. Você é sábio, aceitou o evangelho. Você veio para a fé em Jesus Cristo.
  2. Somos fracos. Paulo não é uma pessoa impressionante (2: 3-4). Seu cativeiro e sofrimento são vergonhosos. Vocês são fortes. Vocês aplaudindos, exaltem-se.
  3. Vocês são em ilustres. Vocês que significam pouco em termos sociais (1:26), é levados a sério hoje. Vocês falam do evangelho com sabedoria. Nós não estamos vis. Paulo, os apóstolos e seus associados são desprezados e abusados pelas pessoas e líderes mundiais, sedentos e famintos. Nosso trabalho é pesado pendente.

Versos 11-13 Paulo está dando um registro dos servos do Senhor Jesus Cristo. É um serviço que consiste em sofrer como Jesus sofreu na terra. Paulo está em uma contínua situação desesperada de fome, sede e tormento. Sem perspectiva de melhora e fim. Ele entra como um mendigo em trapos. É maltratado como um mestre maltratado seu escravo, um objeto inútil, sem qualquer valor de uso. Uma existência errante, sem residência permanente e existência. Necessário trabalho manual pesado durante o dia (9:6-7, 2 Coríntios 11:8, 1 Ts. 2:9) e à tarde e à noite a proclamação do evangelho.
Estamos sendo repreendidos e processados. Em estranhos, isso cria uma impressão de fraqueza, falta de espírito de luta. Nós sofremos como Jesus, o profundo desprezo das pessoas (Quem bateu na sua cara? Desceu da cruz. Ele não pode salvar a Si mesmo). Aparentemente, eles não sabem como defender seus direitos (Paulo era romano, veja Atos 16:19-40).
Escória literalmente o que é removido como lixo em uma limpeza completa, mas também pode significar um sacrifício. Paulo está realmente dizendo que ele é o homem que recebe os golpes, sempre a vítima. Isto em extrema contradição dos Coríntios com a alegada glória real deles.

Verso 14 Paulo deseja tirá-los de seu suposto lugar alto como juiz e rei. Mas ele não está satisfeito com isso. Seu objetivo não é torná-los envergonhados. Ele não é um juiz, mas um pai que aponta corretamente seus filhos e quer trazê-los de volta ao caminho certo. Suas intenções são críticas positivas para a edificação da igreja de Cristo, não para sua destruição. Ele os ama como um pai ama seus filhos. O objetivo do pai é cultivar seus filhos e isso pode ser acompanhado de castigo.

Verso 15 Ninguém ama os crentes em Corinto tanto quanto o apóstolo Paulo. Ele foi o primeiro a trazer o evangelho em Corinto. Muitos vieram para a fé através da obra do Espírito Santo. Ele colocou a fundação. Ele é o pai. Embora possa haver muitos aios (um senhor teve muitos escravos que criaram os filhos, babás), o pai é o único que realmente ama seus filhos.

Verso 16 Conclusão é: se tornem meus imitadores. Eu sou um imitador do Senhor Jesus Cristo. Siga-me em servir, um servo de Jesus Cristo. Espera-se que as crianças sigam os bons exemplos de seu pai. Os Coríntios devem aprender a ser uma igreja sob a cruz. Livrar-se do pedestal e viver em humildade.

Verso 17 Timóteo é enviado por Paulo a Corinto. 16:10 afirma que esta carta chega primeiro a Corinto e que Timóteo estava a caminho da Macedônia.
Timóteo (1 Timóteo 1:2) é, como os Coríntios, um filho amado. Através da pregação de Paulo, ele havia chegado à fé. Ele mostrou ser um verdadeiro imitador de Paulo e é altamente estimado com ele. Totalmente qualificado para ensinar e educar os Coríntios na fé cristã. Ele é o professor, ele tem o conhecimento do ensinamento de Paulo. Como Paulo ensina em todas as igrejas.
Meus caminhos em Cristo: o modo de vida cristão. Andando nos mandamentos de Jesus Cristo. Este modo de vida deve ser realizado por CADA crente. As reprovações do apóstolo Paulo são claras, deixam a vida no mundo que Jesus Cristo e colocam sua vida sob a direção do Espírito Santo. Mostre em sua caminhada de vida que você pertence ao Senhor Jesus Cristo. Mostre os frutos do Espírito Santo (Gálatas 5:22).

Versos 18-19 Alguns andam inchados, que Paulo tem medo de vir a si mesmo e, portanto, envia Timóteo. Não se engane assim. Quando o Senhor me mandar, e eu não tenho essa permissão no momento, eu pessoalmente chegarei a vocês. Não se faça sábio. Não se engane. Eu gostaria de vir assim que o Senhor me permitir.
O orgulho em Corinto pode agora ser muito, mas a vaidade deles viria quando Paulo estivesse diante deles.

Verso 20 O reino de Deus consiste no reconhecimento da culpa, do pecado e da humildade. Uma conversão e abandono da vida mundana, cheia de orgulho e capacidade própria, para uma vida humilde de pecador e reconhecimento de que somente através de Jesus Cristo é possível o perdão do pecado. Esse homem é fraco, em sua própria capacidade, nada é possível. O crente é completamente dependente do poder do Reino de Deus, o Espírito Santo.

Verso 21 Vai depender da igreja como eu veio. Com pesada punição (a vara de espancar) ou com amor? Se perseverarem em seu modo de vida atual, ele será forçado a falar suas palavras duras e deixá-las envergonhadas quando eu for pessoalmente. Deixe que eles se avisem por Timóteo, então Paulo pode vir com amor e edificá-los com comida sólida. A reunião deve ser uma festa e não um encontro com um pai malvado e punitivo. Nenhuma perspectiva agradável para qualquer uma das partes. Disciplina é o maior amor, não uma coisa agradável, mas o mais doloroso para ambas as partes a punição.
Com esta fechadura, Paulo indica precisamente a situação entre o crente e o juiz Senhor Jesus Cristo. Como o encontro do crente com Jesus estará no Céu? O crente permanecerá vergonhosamente diante do tribunal de Cristo e Ele deve falar de maneira castigador? Ou será um encontro festivo entre o crente e o Senhor, com louvor por ser construído com ouro, prata ou pedras preciosas?

Tribinaal van Christus

Volta MenuRetorne para acima


1 Coríntios 5 Pecado grosseiro

Verso 1 Paulo aponta para o pecado grosseiro de segundo grau permitido pelos Coríntios em sua igreja. Um pecado de segundo grau porque esse pecado está diretamente relacionado ao corpo do crente, o templo do Espírito Santo. O primeiro grau de pecado é o pecado contra o Espírito Santo em Atos 5:1-10, que foi punido diretamente com a morte do crente.
Paulo aponta que um crente na congregação de Corinto vive com a esposa de seu pai. E corretamente aponta que isso é proibido de acordo com o Antigo Testamento. Isso prova ainda mais que um crente não pode mais deixar de lado os preceitos do Antigo Testamento. Em Levítico esta vergonha é mencionada e deve ser exterminada da igreja (em Levítico: o povo judeu) pelos próprios israelitas, isto é, este ofensor da lei de Deus deve ser condenado à morte.

Lev. 18: 6 Nenhum homem se chegará a qualquer parenta da sua carne para descobrir a sua nudez. Eu sou o Senhor. 8 Não descobrirás a nudez da mulher de teu pai. 17 para descobrir a sua nudez; parentas são: maldade é. 29 Porém qualquer que fizer alguma dessas abominações, as almas que as fizerem serão extirpadas do seu povo.

Paulo o considera muito alto, porque mesmo a lei romana não permitia um casamento entre os dois, de modo que esses dois viviam juntos com o conhecimento e, portanto, com a permissão da igreja em Corinto. Que isso não foi permitido e impedido entre os gentios. A congregação em Corinto se torna uma caricatura de Cristo por meio dessa tolerância. Permite que esse pecado de segundo grau continue como se nada fosse o problema. Embora os coríntios não tivessem direito à pena de morte, isto era reservado ao governante romano, eles não tomam medidas de disciplina.
Que isso seja uma lição para o pastor e os anciãos de uma igreja. O pecado de segundo grau, como a coabitação, o sexo antes do casamento e qualquer pecado relacionado ao corpo, deve ser levado a sério e imediatamente punido pelos líderes. Se a disciplina não ajuda, a exclusão e o acesso à igreja seguem, veja o verso 5.

Verso 2 Os inchados que Paulo já havia denunciado nos capítulos anteriores é contrário ao evangelho do Messias crucificado. Uma negação da fé em Jesus Cristo. Uma negação do arrependimento do pecado, abandonando a vida mundana e avançando para a nova vida em Cristo Jesus. A congregação deveria ter punido imediatamente este ofensor por não estar de acordo com o modo de vida cristão.
Ter sido dentre vós tirado: Isso é mais do que um simples cancelamento de um membro da igreja. De acordo com João 15:2, é Deus o Pai quem tira o ramo que não dá fruto. Os versículos seguintes mostram que essa tarefa pertence a toda a congregação, ver 1 Reis 21, especialmente os versos 9 e 10. Dada a seriedade do pecado, não havia espaço para admoestação.

Verso 3 Eu, Paulo, embora não esteja fisicamente presente em Corinto, pense de maneira completamente diferente sobre o seu curso de ação. Que Paulo não esteja presente não pode ser usado como desculpa pelos Coríntios. Como igreja, eles mesmos são responsáveis pelas condições em sua igreja. Hoje as igrejas não têm mais os 12 apóstolos no meio deles. Toda congregação, toda igreja, tem o Antigo Testamento e agora também o Novo Testamento. Os mandamentos de Deus são claramente estabelecidos. Nenhum líder da igreja ou membro da igreja tem uma desculpa da ignorância. Embora Jesus Cristo não esteja fisicamente presente na terra, Ele (como Paulo remotamente) observa do Céu a conduta de Sua Igreja.
Paulo está presente no espírito e já julgou esse ofensor com base nas leis de Deus (Levítico, lembre-se de que o N.T. ainda não existia).

Verso 4 Uma reunião deve ser convocada. A declaração de Paulo já foi dada por ele nesta carta. Paulo em espírito, não em pensamento, mas presente em conhecimento e autoridade. Onde dois ou três estão reunidos, há Jesus no meio deles (Mt 18:20). Então Jesus estará presente nessa reunião. ELE ligará SEU PODER à reunião.

Verso 5 Deve haver uma reunião, a tradição acontece em nome de Kurios Jesus. Na tradução grega do Antigo Testamento, o nome Kurios foi usado para YHWH, que significa "Senhor". Assim, a igreja age sobre a autoridade do Senhor Jesus Cristo, a igreja realiza a vontade de Deus.
O ofensor é entregue, que é entregue a satanás, ver também 1 Tim. 1:20. Satanás pode fazer com essa pessoa, como satanás deseja. Paulo espera que isso seja fatal para essa pessoa, porque satanás está atrás da destruição do homem. Essa pessoa não mais desfrutará da proteção de Deus. O que isto significa literalmente é adivinhar: um sofrimento físico e/ou psicológico grave ou uma morte prematura.
Qual é o propósito? Que seu espírito possa ser salvo no dia do Senhor Jesus. Sim, uma explicação clara é difícil de dar. Uma explicação é que o corpo desse ofensor perecerá, mas seu espírito será preservado e ele será salvo pelo fogo no Tribunal de Cristo. Eu darei uma explicação pessoal que não tem base bíblica. Somente o Senhor Jesus Cristo conhece a explicação e ficará claro no dia do Senhor Jesus. Minha explicação é que o ofensor e, portanto, qualquer um que pratique o pecado de segundo grau, na verdade se despediu de sua crença no Senhor Jesus Cristo. A obra do Espírito Santo foi extinta e o crente voltou a ser descrente. Voltou a ser filho de satanás e nega ser filho de Jesus pelo pecado. O propósito da rendição a satanás é entregar o "crente" a satanás. Então, satanás (e demônios) pode fazer com ele ou ela como quiser. Esperemos que este seja um sofrimento sério, como resultado do qual o "crente" vai pensar sobre o que o aguarda no lago de fogo. Espero que isso leve ao arrependimento e reconhecimento do pecado e uma ruptura com o pecado sério e consciente. Espero que isso leve a um novo reconhecimento do pecado e da fé em Jesus Cristo, salvando-o assim no Dia do Senhor Jesus. E então, por enquanto, não é condenado ao lago de fogo.
É tarefa da igreja excluir esse pecador da igreja. Afinal, a pena de morte em Levítico se aplica, a morte é a propriedade de satanás. A igreja NÃO PODE OFERECER AJUDA DURANTE O SOFRIMENTO GRAVE ao infrator ou à infratora. Com o pecado, escolheu voluntariamente não respeitar a vontade de Deus e não mais reconhecer Jesus através de pecados e perseverança sérios. Os líderes da igreja e os membros da igreja serão responsáveis perante o juiz Jesus Cristo por suas ações (ou negligência). Eles podem NÃO lavar as mãos em inocência.

Versos 6-7 Os Coríntios se orgulham de seus muitos dons espirituais, pertencentes a uma autoridade. Nos capítulos anteriores, Paulo já denunciou seu comportamento infantil e o declarou infundado.
Um pouco de fermento azeda toda a massa (pão). Apenas 7 gramas de fermento por 500 gramas de farinha são necessários, ou seja, 1,4%. Este pequeno fermento é suficiente para o pão crescer e assar. Quando um pecado conhecido é tolerado em uma congregação, ele amassa toda a congregação. Outros membros da igreja com seus pecados não confessarão culpa, mas referem-se à tolerância do pecado tolerado. Os incrédulos apontarão para o pecado tolerado (adultério, coabitação etc.) e não queream saber do reconhecimento do pecado.
O fermento velho é a vida no mundo, a vida do pecado, não reconhecendo as leis de Deus, participando do mundo. Gálatas 5:19-21 Eles NÃO herdarão o Reino de Deus!
Massa nova é uma criança, sendo um filho do Senhor Jesus Cristo. Respeite as leis de Deus. Viva para a glória de Jesus e proclame-o em palavras e ações. Uma vida conduzida pelo Espírito Santo. Galatas 5:22.
Antes do êxodo do Egito pelos israelitas, eles tinham que comer pão sem fermento e escovar o sangue do cordeiro pascal abatido nos portais das portas. Então o Anjo da Morte passaria pela casa. O nosso cordeiro da Páscoa é o sacrifício acabado por Jesus na cruz do Calvário. Pela fé em Jesus, o pecador é salvo. O Israelita tinha que ter fé e aplicar o sangue no batente da porta da casa. O Israelita que a deixou, sua casa como os egípcios, foi atingido pelo Anjo da Morte. O sacrifício de Jesus foi feito. Se o crente deixa a fé, se o sangue de Jesus não se aplica mais na vida diária, o Anjo da Morte ataca. O resultado é a morte espiritual (e morte eterna no lago de fogo?).

Verso 8 A igreja só pode celebrar vivendo em obediência ao Senhor Jesus Cristo. O velho fermento arruinou a festa. O fermento velho é a maldade do pecado. Isso pertence ao passado. O pão sem fermento é pureza e verdade, a vida espiritual ensinada por Jesus. Uma vida em que Deus tem o primeiro lugar e amor. Uma vida de caridade, uma vida sob a autoridade do Senhor ressuscitado. Uma vida em que ninguém tem tolerância pelo pecado. Um contínuo dizer NÃO ao pecado em que nenhum passado é encontrado.
Fazer sexo antes do casamento, enquanto a conversa da Virgem Maria com o anjo deixa claro que esta não é a vontade de Deus. Se alguém faz sexo antes do casamento, isso significa que não há respeito por Deus ou pelo outro. Também é uma falta de autocontrole. A taxa de divórcio é maior entre aqueles que fazem sexo antes do casamento. Uma consequência lógica do desrespeito e falta de autocontrole. O autocontrole é um fruto do Espírito Santo. As relações sexuais antes do casamento não existem, a união fechou o casamento, veja Gen. 24:67 e 1 Cor.6:16.

Versos 9-10 Paulo já escreveu uma carta para eles antes. Esta carta não foi preservada. Aparentemente, ele já havia se dirigido aos Coríntios naquela época sobre seu comportamento e tolerância ao adultério, à fornicação, à idolatria e ao gozo da vida mundana. Não se devem tolerar tais crentes na igreja. O crente vive em um mundo pecaminoso, mas isso não significa que alguém continue a participar desta vida mundana.
Que se prostituem: que praticam a fornicação sexual e adultério, pedofilia, incesto, sexo entre pessoas do mesmo sexo (conhecido dos templos ídolos), sexo com animais. Como adorar ídolos, santos e estátuas (Igreja Católica).
Avarento: ganancioso por riquezas, sem caridade, sem ajuda para os pobres.
Roubador, literalmente ladrões. Pessoas que querem se apossar de bens de outras pessoas injustamente. Pessoas que fazem um grande lucro (preços de combustível, pedem um alto preço por um programa de software, conscientemente cheio de bugs), pedem alto juro. Pessoas que roubam, trocam drogas, têm preguiça de trabalhar para viver.
Idolatras: representantes de ídolos. Quem colocou seu próprio bem-estar em primeiro lugar, sua própria fama. A posse de um ídolo, uma estátua de Buda. Praticar yoga, magnetismo, Pilates, homeopatia ou espiritismo.
Como um crente vive em um mundo pecador, não se pode escapar que seria necessário sair do mundo e a menos se mude para uma ilha desabitada ou outro planeta. Mas isso não significa que as pessoas participem desses trabalhos. O crente deve distinguir-se e mostrar claramente um modo de vida cristão ao mundo. Uma vida de pureza, dedicada a Deus, de honestidade e caridade.

Verso 11 Paulo agora se torna muito claro: Um irmão ou irmã que persevera nos pecados dos versículos 9 e 10, um NÃO tem que lidar com eles. Nenhuma amizade, nem mesmo recebida em sua casa. Não convide para café ou uma refeição. Rejeite quando este irmão ou irmã o convidar para café ou refeição, não entre na casa deles. Evite esses tipos de crentes por completo. Irmãos cristãos lhes prestariam um mau serviço se não fossem realmente levados a sentir que seu ofício e sua caminhada estavam sendo rejeitados.
Isso significa que não se deve ter contato com incrédulos, não deve ser convidado para um café ou uma refeição? Não, isso não está escrito por aqui, este verso se relaciona com outros crentes. Pode-se expressar caridade aos incrédulos, pregar o evangelho e isso só é possível depois de uma atitude amistosa. Mas o crente pode mostrar claramente a vida cristã, o único caminho de Jesus Cristo.

Verso 12 Paulo não tem o direito de julgar os incrédulos que estão fora da igreja. É seu dever e comissão do Senhor corrigir os crentes, julgar uma vida mundana, não uma caminhada cristã, não uma vida para a glória de Deus. O julgamento do crente ocorrerá após o arrebatamento da igreja antes do Tribunal de Cristo. Mas agora os superintendentes da igreja têm a tarefa observadora de reprovar os crentes que os erram e corrigem para o bem do crente.

Verso 13 O julgamento do incrédulo é reservado a Deus o Pai. No entanto, o crente que visita a igreja é um membro da igreja e não caminha para a glória de Deus, negando-lhe acesso. Não tolere a vida cristã indigna. Eles não demonstram respeito pela obra acabada de Jesus na cruz. Eles negam sua salvação através do sangue do Senhor.

Volta MenuRetorne para acima


Este comentário pode parecer duro. Com este comentário, tento deixar claro o modo de pensar de Paulo. Não nos esqueçamos de que Paulo é um apóstolo que foi pessoalmente ensinado pelo Senhor Jesus Cristo e cheio do Espírito Santo. Ele foi pessoalmente designado pelo apóstolo para pregar especialmente entre os gentios. O objetivo não é a destruição, o objetivo é a correção, arrependimento e abandono do caminho pecaminoso.
Eu quero dar dois exemplos. Uma criança foi assassinada e os pais crentes foram instruídos a levar uma Bíblia ao assassino. Depois de várias tentativas, o assassino persistiu em não receber uma Bíblia. Ele não se arrependeu de nada. Deus lhe deu a oportunidade, seu julgamento no dia do Senhor é sua própria culpa.
Outro assassino chegou à fé na prisão. Ele declarou sua culpa e arrependimento para todos os parentes. No dia de sua pena de morte, ele declarou abertamente que sua pena de morte deveria ser cumprida, ele era completamente culpado da pena de morte. Um completo arrependimento e reconhecimento de culpa.
Eu li um comentário sobre Deus falando conosco. Às vezes um crente está zangado com a injustiça. Isso pode ser muito apropriado para agir. Os cristãos pensam muito levianamente para a santidade de Deus: Deus está RAIVOSO sobre o pecado, o pecado não é TOLERADO por Deus. Em Jesus Cristo, o crente é purificado pelo sangue. No entanto, as leis de Deus permanecem válidas, pois a violação segue a punição. O crente terá que responder pelo tribunal de Cristo. Por que ele ou ela violou as leis de Deus e não se arrependeu, persistiu no pecado e não quis leis para disciplinar. Líderes e crentes da igreja que não denunciaram corretamente um irmão e uma irmã. Ninguém está livre do pecado, mas através do sangue de Jesus o caminho é livre para se arrepender e deixar ir o pecado.

Agora vou tocar em um assunto delicado. Sim, o homossexual tem acesso à igreja. Mas uma pessoa fica imediatamente livre da vontade por pessoas do mesmo sexo e a outra não. Existe um grupo de pastores que trabalham nesta causa. Sua atenção agora está voltada para a sinceridade. A sinceridade de reconhecer o pecado. A sinceridade de realmente querer ser livre. Eu também gostaria de acrescentar: a homossexualidade pode ser uma conseqüência de maldição oculta, um pecado grave por parte da família (estes podem já ter morrido, geração(ões) anterior(es)). Somente através da oração intensiva da igreja, esse tipo de pecado pode ser revelado pelo Espírito Santo. Um exemplo disso é um caso em que um homem, com o conhecimento da esposa , matou outro homem por ciúmes, era um empregado da fazenda e enterrado no campo, isso ficou em segredo, apenas marido e mulher sabiam. Ninguém, a não ser a esposa, sabia disso. Depois da confissão da mulher, a completa libertação do homossexualismo e o adultério dentro da família se seguiram.
Sim, nós vivemos em um tempo de liberdade. Muito é tolerado, inclusive nas igrejas. Mas não pense que se a igreja permitir, uma é GRATUITA. Todos podem ler a Bíblia e APENAS a Bíblia tem AUTORIDADE absoluta. Os líderes da igreja serão chamados a prestar contas perante o Tribunal de Cristo por seu ensino e tolerância. Mas cada crente individual é responsável por suas próprias ações.
Isso me leva à liberdade sexual que NÃO existe. Sexo antes do casamento não existe, diante de Deus houve um casamento. Aqueles que fazem sexo antes casamento ou vivem juntos, fariam bem em se casar e assim corrigir sua vida pecaminosa. Sim, mas meu parceiro faz sexo com os outros. Isso é adultério e com isso o casamento é quebrado. Então termine o relacionamento e não faça mais sexo com essa pessoa. Seja puro diante de Deus e evite o sexo antes do casamento. Isso também se aplica aos casamentos em que um parceiro faz sexo com outra pessoa fora de casamento. O casamento foi quebrado por esse parceiro adúltero, e abriu o caminho para o divórcioe também maldiçoes que seguiram sua prole. Além disso, cabe ao crente não adúltero permanecer solteiro (embora eu acredite que Mat. 5: 31-32 deixe espaço para se casar novamente, mas outros pensam de maneira diferente, certamente no caso de um ofício religioso).
A lição é, não pense levianamente sobre a ira de Deus e sobre o pecado consciente e persistente.

Volta MenuRetorne para acima


1 Coríntios 6 Viva para a glória do Senhor Jesus Cristo

Versos 1-2 A igreja que está tão presumido, tem outro fato de que eles estão abaixo do padrão. Deus deu autoridade à igreja para resolver disputas, contra as quais os Coríntios buscam justiça diante de um tribunal terreno que não reconhece a Deus. Eles reconhecem a autoridade terrena e negam a autoridade Divina. Como eles ousam? Os rabinos também aprenderam que os judeus não podiam submeter suas disputas mútuas a um juiz pagão. O governante romano havia permitido que os judeus resolvessem suas disputas através do Sinédrio, mas a pena de morte estava reservada ao governador romano.
O motivo de não terem permissão para apresentar seus casos a um tribunal mundano era bem conhecido dos Coríntios: Você é destinado por Deus a julgar o mundo pecaminoso (Cosmos) com Cristo.

Verso 3 A palavra Cosmos também deve ser vista com mais amplo, incluindo o julgamento dos anjos. 2 Pedro 2:4 e Judas verso 6 se refere aos anjos que não guardaram o seu principado. É uma referência aos anjos caídos (demônios), que Paulo em Efésios 6:12 chama de governantes mundiais das trevas, espíritos malignos nos reinos celestes. Se o crente com Cristo for governante como rei e até julgar os anjos no futuro, como os Coríntios colocam na cabeça deles a busca de justiça em uma corte terrena? Paulo não menciona o assunto em questão aqui. Isso também não é importante. As disputas entre os membros da igreja devem ser resolvidas pelos líderes da igreja. Melhor ser dissolvido em mútuo amor fraterno entre invocar um poder superior. Afinal, o crente pertence a um sacerdocio real. O crente que quer obter seu direito em uma corte terrestre é indigno de seu sacerdocio real. Ele pode julgá-lo mais tarde como rei no futuro, se seu próprio negócio não resolver?
Sim, nós temos um problema aqui no tempo atual. Os romanos haviam dado aos judeus em Israel permissão para resolver seus assuntos através do Sinédrio. Agora todo crente está sujeito aos tribunais do país em que vive. Mas o crente deve ser digno de ser cristão. Já agora ele ou ela deve resolver os problemas com outros crentes de forma independente. Infelizmente, muitos líderes da igreja estão caindo aqui. Eles invocam a jurisdição não autorizada, a disputa cai sob a lei, então o tribunal secular deve governar. E então não ofereça ajuda alguma. Lembrem-se de que em breve terão de responder pelo Tribunal de Cristo, Hb. 13:17.

Verso 4 Não é de surpreender que haja disputas na igreja. Afinal, a igreja é composta de pecadores. Mas isso não dá o direito de buscar justiça em um tribunal mundano. Esses juízes geralmente não respeitam as leis de Deus e Deus. Eles aderem (ou não) às leis do país. Alguns deles vão diretamente contra as leis de Deus. Desta forma, as disputas são resolvidas por eles próprios ou dentro da igreja. Podemos pensar em roubos, não-reembolso de empréstimos, distribuição de bens em caso de divórcio, arranjos de acesso para as crianças. Sim, mas a lei regula o divórcio. Em primeiro lugar, o divórcio não é permitido por Jesus, mas com exceção do adultério e fornicação (com as crianças, fornicação). Em casos de violência, meu conselho é viver separado, em segurança (e longe) do parceiro violento.

Verso 5 Certamente deve haver uma pessoa sábia dentro da congregação de Corinto? É embaraçoso que você não use crentes sábios. Deve haver pelo menos um conselheiro confidencial que pode fazer uma declaração que ambas as partes aceitarão. O apóstolo Paulo espera que um ou mais estejam presentes na igreja de Corinto.

Versos 6-7 É uma pena que existam assuntos mútuos que você não possa resolver e, pior ainda, que você vá a um tribunal pagão para um julgamento. Que má testemunha contra o mundo e o juiz mundano. Isso já é uma derrota espiritual como cristão. Onde você prefere não sofrer injustiça, como Jesus suportou silenciosamente o flagelo e morte inocente na cruz? Jesus é o seu exemplo de injustiça sofrida. Siga seus passos. Veja Romanos 12:14-21 e 1 Pedro 2:19-24. Às vezes, o crente deve sofrer injustiça se um incrédulo o levar a tribunal e rejeitar qualquer solução. Em alguns casos, Deus recompensa se você sofre injustiça. E em alguns casos, Deus intervém pessoalmente. Eu estou sério. No meu caso, eu tinha uma diferença com o meu fiel empregador, que não queria saber sobre uma solução. O caso foi decidido por um juiz. Eu não sei se esse juiz era um crente. Mas em sua declaração oral ele disse que Deus julgará e ele não teve outra escolha a julgar-me pela lei. Eu tive que aceitar minha renúncia. Um ano depois, toda a empresa foi à falência, com um valor de 100 milhões de euros e um nome ruim, porque não poderia cumprir um pedido. O desacordo girou em torno de 45.000 euros a serem pagos pelo meu empregador a uma organização missionária. Deus não se deixa zombar. É Deus quem às vezes julga durante a vida terrena. Você pode então sofrer a derrota e receber injustiça. O julgamento final depende de Deus!

Versos 8-9 O fato de um irmão ter ofendido outro irmão não deveria ter ocorrido em uma congregação tão famosa com esta sabedoria e conhecimento. Você faz injustiça e escassez de irmãos. Essa é uma questão que ameaça a vida, porque os injustos não herdarão o Reino de Deus.
Eles não hão de herdar o Reino de Deus, é indicado por Paulo:

  1. O verso 10 lista as pessoas.
  2. Gálatas 5:21 Aqueles que fazem coisas em Gál. 5: 19-2.
  3. Efésios 5:5 Imoral, indecente ou cobiçosa.
  4. 1 Ts. 4:6 Que seu irmão maltrata ou engana.
  5. Apoc. 21:27 Alguém que faz horror ou fala mentiras.

Sim, como esta rima cai com 1 Cor. 3:14, infelizmente não tenho resposta. Ou pode alguém não ser salvo como através do fogo no pecado de segundo grau? Em todo caso, leve a sério as palavras do apóstolo Paulo, suas palavras são inspiradas pelo Espírito Santo e possivelmente diretamente durante seu treinamento de três anos pelo próprio Jesus.

Verso 10 Não erreis! O apóstolo grita alarmado. Tenha cuidado para não ser vítima de visões que tirem o acesso à vida eterna no céu. Na cidade de Corinto, essas coisas foram mantidas como parte comum da vida diária. Mesmo agora há crentes que consideram as coisas do mundo como NORMAL. Como eles se enganam! Assegure uma vida limpa, senão perderá a vida eterna e você não terá uma participação no Reino de Deus. Talvez possamos explicar isso quando o reconhecimento de que Jesus Cristo morreu caiu e o crente tem com negação e volta ao mundo, devolvendo sua alma e corpo a satanás.

Verso 11 Alguns Coríntios sabem muito bem o que o apóstolo Paulo escreveu no verso anterior. Eles eram estas

  1. Mas eles vieram para a fé através da pregação do evangelho. Eles foram batizados sob confissão de pecados e seus pecados foram lavados pelo batismo. Lave o pecado pela morte e pelo Sangue do Senhor Jesus Cristo. Deixando a vida pecaminosa para trás e colocando-se sob o sangue e a orientação do Espírito Santo.
  2. Mas vocês são santificados. Eles não são mais filhos de satanás, mas pela fé são santificados em Cristo Jesus. Seu corpo tornou-se um templo sagrado através da habitação do Espírito Santo. Seu corpo agora pertence a Jesus Cristo.
  3. Mas vocês são justificados. Não há mais ira de Deus Pai no pecado. Eles os declararam mortos, deixaram seu antigo estilo de vida mundano. Eles foram comprados e pagos pelo sangue de Jesus. Seu pecado não é mais imputado a eles, eles não são mais injustos. Eles se tornaram justos através de Jesus Cristo. Através do poder do Espírito Santo, é possível viver uma vida justa e não ceder ao mundo com seus pecados.

É uma necessidade da vida permanecer no Senhor Jesus Cristo e sob a orientação e poder do Espírito Santo. É perigoso abandoná-lo, com resultado, exclusão do Reino de Deus.

Verso 12 Jesus morreu pelo pecado e com isso o crente se libertou do governo de satanás e demônios sobre sua vida. Tudo em Jesus Cristo é lícito. O Espírito Santo é o poder. Mas isso não significa que tudo convêm. A fé cristã é como o crescimento de um bebê para a idade adulta. Um bebê tropeça, cai e se levanta novamente quando aprende a andar. Mas forçar o bebê a andar tem um efeito negativo. O crente ainda vive em um corpo pecaminoso e só atinge a maturidade no Céu com um corpo sem pecado. Nem todo crente está apto (e tem o mandamento de Deus) para evangelizar no bairro de prostituição. Isso pode ser uma armadilha de satanás, uma queda e um sério dano mental. Apenas vá aonde Deus te envia e espere pelo tempo de Deus. Tudo é lícito para Paulo. No entanto, lemos em suas cartas que Deus não permite que ele visite Corinto e outras igrejas. Paulo também tem que esperar pelo tempo de Deus para visitar certas igrejas. Embora seja esperado que seria uma coisa boa.
O perigo é que eles serão atendidos novamente. Eles querem viver livres do pecado, deixar ir certos pecados. Mas isso pode se tornar uma obsessão e se tornar um novo servo. Um deve ser e servo do Espírito Santo, mas isso é voluntário e sem cãibras. Os 10 mandamentos são bons, mas somente possíveis através do poder do Espírito Santo.

Verso 13 A comida deve ser saudável para o estômago. Alimentos e veneno insalubres têm um efeito adverso e, às vezes, fatal. As pessoas devem, portanto, estar conscientes do que comem. As leis judaicas de animais puros e impuros foram anuladas (Atos 10). Pode-se participar livremente da refeição com um incrédulo. Mas se o incrédulo anunciar que a carne foi sacrificada (consagrada) ao ídolo, então o crente terá que se abster desta carne sacrificial sagrada e explica ao incrédulo porque você não come.
Seu corpo é um templo do Espírito Santo, então você é responsável por manter este templo adequadamente. Comer insalubre e gorduroso não pertence a isso. Nem um corpo espesso e gordo que leva a doenças cardiovasculares. Embriaguez e tabagismo também estão fora de questão.
Há muitas coisas e curas no mundo que o crente não tem consciência de ser dedicado aos ídolos e a satanás. Pensamos em ioga, magnetismo, homeopatia, Pilates, iriscopias, acupuntura, piercings, tatuagens, etc. No momento em que o crente se conscientizar das coisas devotadas aos ídolos, terá que confessar sua culpa, pedir perdão pelo pecado e omissão a essas coisas.
A comida está no estômago virou-se para a nutrição do corpo para a manutenção do corpo humano. Esse alimento deve ser saudável, pois o corpo do crente é um templo do Espírito Santo. O crente é comprado e pago por Jesus e é a propriedade de Deus. É por isso que as leis alimentares não fazem mais sentido. A fome irá lembrá-lo da necessidade de comer comida.
Existe uma necessidade natural de relação sexual. Essa necessidade é satisfeita dentro do casamento. O estômago é para a comida digerir isso. Mas a prostituta não é para satisfazer o intercurso sexual. Apenas como sexo livre, adultério, pornografia, sexo antes do casamento, incesto e pedofilia, etc. O corpo é o Senhor Jesus Cristo. Jesus disse claramente que a relação sexual só é permitida dentro do casamento com 1 parceiro. O corpo é um templo sagrado do Espírito Santo, que NÃO deve ser poluído. A comida pode ser veneno e pode levar à morte. A relação sexual ilegal pode levar à exclusão do Reino de Deus.

Verso 14 O evangelho não oferece espaço para o corpo ser neutro e poder fazer com ele o que se deseja. Está destinado à ressurreição e glorificação de Deus. Jesus ressuscitou dos mortos e recebeu um novo corpo. Isso também se aplica ao crente. No arrebatamento da igreja, o crente é ressuscitado dos mortos e, juntamente com os crentes ainda vivos, recebe UM NOVO CORPO SEM PECADO. Porque corpos pecadores NÃO podem entrar no Céu.

Verso 15 Uma pergunta retórica para os coríntios. Eles terão imediatamente respondido não. Eles só podem concordar com o apóstolo "nada". Cristo e fornicação (tudo o que vai contra Deus e também literalmente faz com o humano) são contradições absolutas. Não se pode ser de Jesus e do mundo (de satanás e pecado). Um pertence ao Senhor Jesus Cristo e vive para a glória de Deus. Quer se viva no mundo, o Senhor nega Jesus Cristo e pertence a Satanás.. Porque corpos pecaminosos não NÃO entram no céu.

1 Corintios 6:16

Ou não sabeis que o que se ajunta com a meretriz faz-se um corpo com ela? Porque serão, disse, dois numa só carne.

ProstitutaTER COMUNHÃO SEXUAL SIGNIFICA QUE VOCÊ FECHOU UM MATRIMÔNIO UM COM O OUTRO E SÃO CASADOS!!!

Aqueles que fazem sexo um com o outro ou vivem juntos fazem bem como crentes para se casarem.

1 Tim. 5:20 Aos que pecarem, repreende-os na presença de todos, para que também os outros tenham temor.

Uma prostituta tem relações sexuais com muitos homens. Isso significa que ela se casa de vez em quando e rompe o casamento por meio do adultério. Aqui Paulo é muito claro, quem se apega a uma prostituta, que tem relações sexuais, esses dois serão uma só carne, que deve se casar de acordo com Gênesis 2:24. Mas Gênesis 24:67 também está claro que Isaque a trouxe para a tenda e ele tomou Rebeca e teve ele para a esposa. O simples ato de relações sexuais fecha o casamento. No caso de Isaac sem qualquer cerimônia de casamento. Paulo simplesmente diz que ter relações sexuais aqui com uma prostituta se torna 1 corpo com ela. PORQUE, ELE (Jesus Cristo) diz que aqueles dois (que têm relações sexuais) serão uma só carne. Carne é união, ser marido e esposa (casado).
Isso significa que um homem que tenha relações sexuais com uma mulher, nesse momento (no caso de não ser casado), o casamento será concluído um com o outro. Se um desses dois tem relações sexuais com um outro, então é adultério e o casamento está quebrado. O que Jesus diz em Mateus 5:32

Eu, porém, vos digo que qualquer que repudiar sua mulher, a não ser por causa de prostituição, faz que ela cometa adultério; e qualquer que casar com a repudiada comete adultério.

Fornicação está cometendo adultério, que está tendo relações sexuais fora do casamento. Se alguém faz sexo com múltiplos parceiros, um casamento é concluído uma e outra vez e o casamento é quebrado por abuso sexual (adultério), como no caso de se ligar a uma prostituta.
Isso é um pecado de segunda série pesado, porque o corpo de um crente é um templo do Espírito Santo. Se partirmos dos versos anteriores, então um não tem acesso ao Reino de Deus. E o crente se vendeu novamente a SATANÁS. Uma simples confissão do pecado não é suficiente. A pessoa terá que chegar ao reconhecimento da culpa, romper com o pecado e PRECISAR LIBERAR SATANÁS, possivelmente dentro de um grupo de anciãos.
Sim, o perdão é possível após a confissão do pecado. Mas o hímen da mulher está quebrado. Antes de entrar em um casamento com um parceiro crente, ele ou ela deve ser informado e, em seguida, a escolha é para o parceiro se casar ou não. Eu gostaria de fazer um comentário: Um sacerdote do Antigo Testamento foi permitido a casar somente com uma virgem, uma mulher que nunca teve relações sexuais antes. Este sacerdote ocupou um cargo para Deus. 1 Timóteo 3:2 diz que qualquer pessoa que deseje prestar serviço a Deus deve ser o marido de uma esposa. Com base nisso, ambos que desejam servir ao Senhor Jesus Cristo devem se abster de relações sexuais até o casamento. Um crente que queira entrar no serviço do Senhor Jesus Cristo terá que deixar de ter relações sexuais até o casamento. E NUNCA entrará em um relacionamento com um parceiro que já teve relações sexuais (homens e mulheres: Virgem).
Sim, mas isso aconteceu antes de chegar à fé. Isso é uma conseqüência do pecado. Um serviço é difícil. Como você pode ensinar a Bíblia e proibir a relação sexual se você mesmo a violou? Mas Sim, eu sei que há exceções, como Nicky Cruz, o ex-líder de gangue que deflorou muitas jovens garotas e veio à fé e servir Jesus. No entanto, creio que estas são vocações especiais e é melhor ter em conta o que precede.

Verso 17 Quem aceitou Jesus Cristo como seu Salvador não pode fazer isso. Aquele que se liga (se torna 1)a Ele, é um espírito. Em Jesus não há dúvida de adultério e fornicação. Aquele que aceita a Jesus entra em um casamento com ele. Jesus é a cabeça da igreja e seu corpo tem muitos membros. Um casamento significa ser 1 em pensamento, 1 em espírito. Lembre-se de que o corpo do crente pertence a Jesus. Não há lugar para adultério na mente de Jesus. Jesus é fiel à Sua Noiva, a Igreja de Cristo. Ele comprou você e a igreja com Seu precioso sangue e Sua morte na cruz.

Verso 18 Fugi rapidamente da prostituição. Se ela chegar perto de você, vá embora rapidamente. Isso acontece com mais freqüência do que você imagina: as muitas tentações e abuso sexual na internet e na televisão: saia da página da internet, mude a televisão para outro canal, feche os olhos, olhe para o outro lado. Não assista séries com estupros, abuso sexual, adultério e e beijos na boca. Considere o que Jesus diz sobre o adultério em Mateus 5:27-28

Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério. Eu porém, vos digo que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar já em seu coração cometeu adultério com ela.

Dá tentações sem chance. Não deixe a porta entreaberta para satanás. Por que você andaria na zona perigosa? O risco de ser excluído do Reino de Deus. Ou você é como aquele crente que vende seu corpo em festas para empresários ricos? Confesso meus pecados todas as vezes e a Bíblia diz que em Jesus eu sou puro e Ele perdoa. Mas se o Arrebatamento da Igreja acontece enquanto está na cama?
Paulo é claramente um crente pode cometer todos os tipos de pecados, conscientes e inconscientes. Com sua mente, seus pensamentos, no coração, através da boca (incluindo a fala maliciosa), mãos e pés (batendo e chutando), olhos e ouvidos. De todos esses pecados, aplica-se que eles tratam fora do corpo. As pessoas podem pecar contra Deus, irmãos e irmãs, mas elas não se tornarão uma com o corpo, o templo do Espírito Santo. Daí o nome pecado de segundo grau.

1 Coríntios 6:19-20 Seu corpo é o templo do Espírito Santo

Templo do Espírito Santo

Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.

Isto significa que o crente deve viver para a honra e a gloria do Senhor Jesus Cristo, e manter-se com exceção do tudo o que desagrada o Deus e pertence aos inimigos do Deus: satanás e seus anjos caídos.

Por que o Jesus Cristo comprou com Seu sangue o crente e pagou morrendo na cruz pelos pecados do crente, e após três dias levantou da morte e fazendo assim conquistou a morte. ELE subiu até o Céu de preparar (Mateus 21-1-2) um lugar para o crente. Conseqüentemente um crente não pertence ele/ela mesmo, mas a Jesus Cristo e ele/ela recebeu o Espírito Santo para educar o crente nas coisas divinas.
Desde o Espírito Santo mora dentro o crente, o crente deve santificar seu corpo e abster-se de tudo o que é impuro e não pertence ao Deus.

Exemplos?

Impuro é a prostituição (1 Coríntios 6:16), praticar homossexualidade (Romanos 1:24-28), idolatria: horóscopos, acupuntura, ioga, treinamento de sensibilidade; palavras de baixo calão. E sem nenhuma dúvida, você mesmo pode somar acima disso muito mais. Também a Bíblia fornece muitos mais exemplos.
Cada crente tem a habitação do Espírito Santo, e frequentemente o Espírito Santo (ou nosso próprio consciência) Deixa claro o que é permitido ou proibido. Mas o crente deve se abrir para o trabalhar do Espírito Santo. Se o crente intencional estiver procurando o mal, a seguir as consequências são para ele de aceitar.
E quando o crente está indo proclamar o evangelho em um ambiente perigoso (a área da prostituição, à droga , grupo criminal), o crente não deve ir sozinho, mas junto com os crentes companheiros e um outro grupo que estão permanecendo atrás na oração pedindo a proteção de Deus. Satanás e seus anjos caídos estão prestando atenção para atacar, seduzir e destruir o(s) crente(s), e deixando o tropeçar.
Mas felizmente há sempre uma maneira para trás, e o crente pode reconhecer seus pecados e começar de novo de se guiar do Espírito Santo, depois tropeça.

Vídeo Derretendo Ouro Duração de derreter de ouro 2:44 minutos ver desde 1 minuto
O templo estava coberto de ouro por fora e por dentro. Ouro líquido é necessário para isso. O ouro é extraído da pedra. A pedra é primeiro esmagado para isso. O ouro é derretido a uma temperatura de cerca de 1100º Celsius. Todos os contaminantes queimam e ouro puro permanece. Da mesma forma com o crente, todos os poluídos devem ser levados pelo Espírito Santo, para que o crente chegue a um corpo imaculado e limpo.
O ouro persegue a luz. O crente deve ser um espelho do Senhor Jesus Cristo. Jesus é a LUZ. Os incrédulos devem ver o reflexo da LUZ, Jesus Cristo em sua vida. Uma vida transformada, o reflexo da vida de Jesus na terra.

Verso 20 Você foi comprado pela morte de Jesus na cruz pelos seus pecados. Ele deu a vida, morreu com uma morte dolorosa e horrível na cruz do Calvário, enquanto você merecia esse lugar. Ele sofreu em seu lugar. Você é pago porque Jesus levou o castigo de Deus Pai em seus pecados.
Mas isso NÃO significa que você agora está livre para fazer tudo que você quiser. Você era propriedade de satanás, cujo propósito era trazê-lo para o eterno lago de fogo. Jesus comprou você da possessão de satanás com o propósito de dar-lhe a vida eterna com Deus Pai, seu Criador, no Céu. Então você só mudou de dono. Satanás somente quer o mau pelo homem. Em contraste com Jesus que quer o bem com você. Portanto, lá deve ser assegurada de apreço por você. Viver para a glória de Deus. Manter as leis de Deus. Viva pelo poder e orientação do Espírito Santo. Seja uma testemunha do Senhor Jesus Cristo em palavras e ações. Resista e diga NÃO ao pecado. Diga NÃO a satanás e demônios e tentações mundanas. Então glorifique a Deus com o seu corpo. Ver Romanos 6 o que Paulo diz sobre o poder do pecado, o modo como as coisas são feitas.

Volta MenuRetorne para acima


1 Coríntios 7 Casamento cristão e vida de solteiros

Verso 1 Paulo continua com o capítulo 7 com a segunda parte de sua carta. Alguns Coríntios escreveram uma carta para Paulo com perguntas sobre vários assuntos, que esteve vivendo em Corinto. Paulo começa no capítulo 7 respondendo a essas perguntas. O primeiro tópico é sobre casamento, permanência como solteiro, divórcio e casamento de filhas. O capítulo 7 é inteiramente dedicado a essas questões em relação à fé cristã, às declarações do Senhor e ao ensinamento do Senhor a Paulo nesses assuntos.
Bom seria que o homem não tocasse em mulher. Repetidas nos versos 8 e 26. Será evidente, pela continuação, que isso se relaciona com os motivos pastorais de poder dedicar-se plenamente à obra do Senhor Jesus Cristo. O apóstolo não recomenda a abstinência do casamento, mas a vida em estado de solteiro para servir ao Senhor. Isso sem ter que gastar tempo com sua própria esposa e filhos. Eles precisam de atenção e a educação das crianças leva muito tempo. Este tempo pode então ser usado para a obra do Senhor. Paulo continua imediatamente com o verso 2.

Verso 2 Que isso não é uma regra é claro a partir deste verso. MAS em vista de fornicação (que é a compulsão e necessidade de uma pessoa para a relação sexual) é melhor que o homem tenha sua própria esposa, e a mulher seu próprio marido. Isso é muito diferente da Igreja Católica Romana com o celibato de padres, bispos, etc. A maioria deles não consegue se controlar, ter relações sexuais com freiras, mesmo sexo (homofilia) e pior com crianças. Com isso, cometem os graves pecados de segundo grau e a exclusão do Reino de Deus. Para eles válido o verso 2 é melhor casar-se.
Nós não temos uma declaração geral sobre casamento aqui, mas com a sóbria determinação da compulsão do homem à relação sexual e a incapacidade de viver sozinho, capaz de lidar com as tensões da vida em um estado solteiro.
Os fariseus tinham que se casar para cumprir suas obrigações. O apóstolo Paulo, fariseu, deve ter sido casado, mas já viúvo ao seu chamado no serviço? Agora solteiro em qualquer caso. Dada a sabedoria que ele escreve sobre o casamento, podemos concluir que ele tem uma boa compreensão dos assuntos conjugais. O apóstolo Pedro era casado porque Jesus curou sua sogra da febre alta. Se olharmos para a vida de Paulo com os muitos açoites, naufrágio, prisão e apedrejamento, é realmente melhor que ele fosse solteiro. Paulo mal tinha uma residência permanente, ele mudou de cidade quase a cada dois anos. Não é realmente propício para um bom casamento e educação das crianças.
Preste muita atenção ao relacionamento 1 em 1. Cada um tem seu próprio parceiro. Não são mulheres múltiplas, pense no Islã e nos mórmons. Não outra mulher se a esposa se mostrar infértil. Em nosso tempo de muitos filhos órfãos, a adoção infantil é uma coisa boa.

Versos 3-5 Aqui está um aviso sério. Não é permitido viver dentro do casamento como sendo solteiro para dedicar-se plenamente à obra do Senhor. O homem ou mulher deve cumprir suas obrigações conjugais. Isso não se aplica apenas à comunidade sexual. Inicialmente, sobre as obrigações conjugais de prestar atenção e gastar tempo com o próprio marido ou esposa e filhos. A educação das crianças na fé cristã. Estar presente na casa e ver os valores cristãos praticados. Um pai ou mãe que permanece continuamente na igreja ou evangeliza, dificilmente pode mostrar com valores cristãos. A tarefa principal é ser presença para criança(s).
O corpo da mulher é do homem. Gênesis 2:24 fala de se tornar 1 através da relação sexual. Tornando-se um homem e uma mulher 1. No entanto, o corpo do homem é da mulher. Isso se relaciona claramente com a relação sexual. Esta união não pode ser negada uma à outra por piedade e dizer que isso só pode ser usado para gerar filhos. Marido e esposa dormem separadamente entre os judeus ortodoxos. Uma mulher judia precisa usar uma peruca fora de casa. No Islã, a mulher usa um lenço para cobrir os cabelos. Não deve haver tentação (sexual) alguma.
Mas aparentemente Paulo pensa DIFERENTE sobre isso. A união sexual NÃO podem negar-se um ao outro. A menos que com consentimento mútuo e permissão por ALGUM tempo. O tempo é, portanto, limitado. Vemos isso com Daniel, que teve um período de três semanas de JEJUM para dedicar-se à oração. Mas também se pode pensar em uma jornada de missão ou evangelismo. Êxodo 19:15 Esteja pronto em três dias e não se aproxime de uma mulher. 1 Samuel 21:5 Não há relações com mulheres quando homens estão em batalha. 2 Samuel 11:3-11 Urias (o homem de Bateseba) não foi à sua esposa.
Deve ser um tempo acordado para se dedicar totalmente à obra de Deus. Paulo observa o fato de que as pessoas que FALTAM O DOM DA ABSTENÇÃO, tanto podem ser levadas pelo seu impulso sexual, que satanás joga plenamente a isso e o crente cai. É por isso este período não o torna muito longo para lidar com esse período de abstinência sexual com facilidade. Não deixe a porta entreaberta para Satanás devido à falta de autocontrole.

Verso 6 Retorna ao verso 2, onde Paulo defende o casamento se o DOM DE ABSTENÇÃO estiver faltando. É uma recomendação de Paulo, não um mandamento. Paulo aprova o casamento, mesmo naqueles casos em que alguém deseja servir ao Senhor. Mas o homem e a mulher crentes devem estar cientes de que o casamento e o tempo vêm em primeiro lugar. E em segundo lugar, a obra para o Senhor Jesus Cristo. Infelizmente, vemos que isso nem sempre é levado a sério e que os filhos de um pastor ou missionário não chegam à fé ou se afastam da fé cristã. Sim, para uma vida no mundo.

Verso 7 Paulo desejará que todos os crentes que desejam servir ao Senhor Jesus Cristo sejam como ele com o dom da abstinência. Por causa deste dom ele não está em perigo de cair em satanás. E ele é sexualmente livre de todas as complicações e problemas. O que não se pode dizer sobre os padres católicos romanos. Paulo pode, portanto, dedicar-se completa e incondicionalmente ao serviço do Senhor. Se todos os servos do Senhor fossem como ele, sua vida seria muito mais fácil. Considere também os cristãos perseguidos que são torturados nas prisões, suas filhas são defloradas pelos muçulmanos e estupradas, de modo que se despedem da fé cristã.
Mas o fato é que a grande maioria deste presente NÃO for doado. É um dom dado por DEUS e é o Espírito que distribui e quem Ele quer. Paulo está ciente de que ele é uma exceção. Ele fala de um presente especial dado por DEUS. Não é algo desde o nascimento, um dom natural. Lembre-se que ele era fariseu, então ele era casado. É um presente dado por Deus.

Verso 8 Para o grupo de viúvos (solteiros) e viúvas, é bom que eles permaneçam solteiros a fim de servir ao Senhor plenamente. Este grupo já atingiu uma idade em que o desejo sexual não desempenha mais um papel. Não se aplica ao grupo que perdeu seu parceiro em uma idade jovem.

Verso 9 No entanto, para o grupo do verso 8 também se aplica, se eles não podem se controlar, eles se casam. O verbo purousthai tem o significado de ser consumido pelo fogo. Então, um desejo ardente pelo sexo oposto. Se esses viúvos e viúvas não puderem mais se controlar após a morte de seu parceiro (longo período de abstinência), então o verso 2 também se aplica aqui, então é melhor se casar. Observa com um parceiro crente em Cristo. Eles não devem se expor às tentações de satanás no campo sexual.

Versos 10-11 Paulo cita as palavras de Jesus: Uma mulher não pode deixar o marido (claro que isso também se aplica à mulher que não tem permissão para deixar o marido). Veja Mateus 19:6 e Marcos 10:9; Mateus 5:32 19:9 Marcos 10:11-12 e Lucas 16:18. Este é um mandamento de Jesus, mas Paulo dá um acréscimo, se a esposa ou marido deixou o parceiro, o crente DEVE permanece SEM CASAR ou reconciliar e retornar ao parceiro original, desde que ele ou ela não tenha cometido adultério. O casamento foi quebrado por adultério e o divórcio ocorreu. Embora o verso 10 seja uma palavra do Senhor Jesus, o escritor quer dar sua opinião pessoal. Em caso de violência, intoxicação, uso de drogas, eu pessoalmente acho que o Senhor permite que esse parceiro seja abandonado. Mas permanece em vigor que o casamento não pode ser dissolvido e não pode ocorrer novo casamento. O casamento não foi dissolvido pelo adultério. O verso 11 é muito claro DEVE PERMANESCER SEM CASAR.

Versos 12-13 Jesus não fez nenhuma declaração durante sua vida na terra nos seguintes assuntos. Pelo menos não aparecem nos Evangelhos que temos. Aqui está faltando uma declaração de Jesus, então Paulo continua escrevendo seus pensamentos. Isso acontece por sua própria autoridade apostólica, mas ele é o representante autorizado de Deus.
Mesmo agora, o homem cristão e a mulher cristã são tratados da mesma maneira. A iniciativa de deixar o parceiro incrédulo não pode estar com o crente. Estamos pensando aqui no caso de um parceiro ter acreditado em Jesus depois do casamento e o outro não. Assim, não é uma escolha consciente durante o namoro ter um incrédulo ou desigual na fé (2 Coríntios 6:14). Isso é estritamente proibido! Não pense que essa afirmação se aplica se um crente casar-se conscientemente com um incrédulo (ou desigual). Isso era impensável em Corinto!
Se o parceiro incrédulo não tem objeção à educação cristã e freqüentar a igreja, nesse caso o crente NÃO pode deixar o parceiro incrédulo. Através da caminhada e oração cristãs, o incrédulo pode ser ganho por Jesus.

Verso 14 Por que essa afirmação? No Antigo Testamento, um objeto limpo tornou-se IMPURO depois de ter sido tocado por uma coisa impura. É por isso que os Coríntios perguntam sobre o crente e o incrédulo no casamento e em seus filhos. Paulo volta a Atos 10 com a visão de Paulo, onde Deus declara coisas impuras puras. Pedro NÃO se tornou impuro por causa de seu contato com o pagão Cornélio, porque Deus declarou este oficial romano puro através da visão de Pedro. O limpo vir ao parceiro de fé no casamento não se torna impuro por meio do contato com seu parceiro incrédulo e filhos que não chegaram à fé. O parceiro crente pode continuar a morar na mesma casa com a permissão do parceiro incrédulo. Se ainda não houver filhos, os filhos nascidos deste casamento serão puros e santos em virtude do parceiro crente. Essas crianças podem participar dos sacramentos (santa ceia). Seu ser santo se aplica até que a criança possa fazer uma escolha consciente por Jesus Cristo como Salvador. Depois dessa idade, o sagrado expira se a criança conscientemente não escolher Jesus. A importante tarefa do parceiro crente.

Verso 15 A dissolução do casamento não pode vir do parceiro que chegou a acreditar. Contudo, se o incrédulo não deseja mais morar na mesma casa, então o incrédulo pode deixar a casa. Se o incrédulo quer o divórcio, então essa é a escolha dele ou dela. Nesse caso, Paulo não se opõe. Aparentemente, Paulo assume que essa vida mista dificilmente pode ser sustentada. O incrédulo escolhe conscientemente contra Jesus como Salvador. É a escolha voluntária contra Deus.
Através do evangelho, a paz vem entre o homem pecador com Deus. Paulo aplica isso a casamentos mistos. Enquanto o homem (mulher) incrédulo não falar de divórcio, a mulher (homem) incrédula não tem permissão para forçar o divórcio. Ela (ele) deve suportar a comunidade, assim como o escravo deve se submeter ao seu mestre (Efésios 6). No entanto, se o homem (mulher) incrédulo deseja romper o casamento, então a mulher cristã ou o homem cristão pode saber que Deus a chamou para a paz.

Verso 16 Muitos irão apelar, mas através da oração intensiva e da vida cristã, meu parceiro incrédulo virá para a fé se eu ficar. A sentença também pode ser traduzida como "Talvez você, esposa, possa salvar seu marido". Afinal, é só talvez, mulher, você pode salvar seu homem. O desejo, por melhor que seja, não pode ser um motivo decisivo para ser libertado do descontentamento e para permitir que a oportunidade de paz entre em sua casa. A evangelização diária estava entre os Coríntios questionadores. O apóstolo e os Coríntios sabem, por experiência própria, que o evangelismo é um meio, mas nem todos chegam à fé. Ele não pode dar a fé ao parceiro incrédulo. Eles não podem esperar intervenções revolucionárias de Deus.

Verso 17 Cada um ande como Deus lhe repartiu, é assim que Paulo prescreve em todas as igrejas. O escravo em submissão ao seu mestre. A mulher/homem que chegou a acreditar em continuar a viver juntos ou em resignação ao divórcio.
Sim, ouço a pergunta que não foi respondida. Após o divórcio, a esposa/marido fiel pode se casar novamente com um marido/esposa fiel? Infelizmente, Paulo não escreve nada sobre isso. Minha opinião é NÃO. O incrédulo pode chegar à fé (devido a circunstâncias graves, doença grave) e possivelmente que o casamento possa ser restaurado. Em minha opinião, o novo casamento está fora de questão, uma vez que não houve adultério (relação sexual com outro homem/mulher). Se o incrédulo comete adultério depois o divórcio, o crente está livre para se casar novamente com um parceiro fiel (no caso de falta de autocontrole).

Versos 18-19 Ser circuncidado ou incircunciso é nada, a fé em Jesus liberta-o da penalidade do pecado. A lei dá os mandamentos de Deus. O que tem valor é guardar os mandamentos de Deus. Contudo, NINGUÉM é capaz de cumprir TOTALMENTE os 10 mandamentos, portanto os 10 mandamentos trazem a morte. A fé em Jesus remove a penalidade pelo pecado e, por meio da habitação e poder do Espírito Santo, o crente pecador é capaz de guardar os mandamentos de Deus. Quando você chegou à fé, Deus aceitou você circuncidado ou incircunciso. Deus fez não a condição para incircuncisos para primeiro precisa ser circuncidado. Afinal, havia também judeus incircuncisos: se as crianças de uma família judia tivessem morridos de circuncisão, as crianças nascidas depois poderiam permanecer incircuncisas. Mas esses judeus nunca negariam que a circuncisão não tinha significado. Toda pessoa é chamada por Deus e obrigada a guardar os mandamentos de Deus, circuncidados e incircuncidados. Em suma: ame a Deus primeiro e ao próximo como a si mesmo.

Versos 20-24 Cada um fique diante de Deus no estado em que foi chamado quando vierem a acreditar em Jesus Cristo. Não há necessidade de mudar. É preciso viver como cristão em todas as circunstâncias. Uma pessoa que chegou à fé não pode deixar o parceiro incrédulo por sua própria iniciativa. O escravo (empregado) não pode deixar o mestre (empregador). Não é: e agora vou evangelizar, servir Jesus em tempo integral. Sirva Jesus na situação em que você estava quando chegou à fé.
Se você é um escravo, melhor sirva ao seu mestre através de um testemunho cristão. Jesus foi submisso o Seu Pai. Ele lavou os pés dos Seus discípulos. Mas se o mestre lhe der sua liberdade, faça uso dele. A menos que você voluntariamente opte por continuar servindo ao seu mestre.
Jesus morreu por seus pecados. Você não é mais um escravo de satanás, mas agora você é um escravo de Jesus Cristo. Ele pagou o preço do pecado por você. Agora você é propriedade de Jesus Cristo.

Verso 25 Aparentemente, os Coríntios fizeram uma pergunta sobre o casamento de filhas jovens. Também nos quatro evangelhos não encontramos nenhuma palavra falada por Jesus sobre isso. É por isso que Paulo dará sua opinião através de Jesus Cristo como um apóstolo pessoalmente designado. Portanto, tem autoridade apostólica. Sua opinião é baseada em conhecimento sólido. Não há incerteza, mas há expertise. Deve-se levá-la tão a sério quanto uma ordem do próprio Jesus.
Isto se refere a meninas virgens (mulheres, mas também se aplica a rapazes e homens) que ainda não tiveram relações sexuais. Hoje em dia é quase impensável que um pai (pais) dá a sua filha em casamento. Ainda podemos pensar em dar permissão para um casamento.

Verso 26 A impressionante palavra anangke tem algo sinistro e inescapável. Relaciona-se com os últimos dias, o período imediatamente anterior à Vinda de Cristo (Arrebatamento), que será uma época de grande iniqüidade e perseguição. Podemos dizer com segurança que vivemos nesse período. Considere a tortura e a perseguição nos países comunistas e islâmicos. Nestas circunstâncias, é certamente melhor não se casar, como Paulo escreveu anteriormente neste capítulo. Neste período, há uma luta contra satanás e poderes demoníacos. É uma época em que é bom se dedicar completamente à obra do Senhor Jesus Cristo. E estar completamente sob a orientação e poder do Espírito Santo, incluindo o autocontrole (para não ter relações sexuais).
Durante este período, tudo é mais complicado e as tentações são mais pesadas (se a fé cristã não for negada, matar uma parceira e/ou filhos). Uma pessoa solteira tem menos dificuldade em fazê-lo do que uma pessoa casada, porque ele ou ela só precisa pensar em si mesmo e não em sua família. Nesse período "é bom para uma pessoa o ser assim":

  1. Para ser e ficar como quando as pessoas passaram a creer
  2. Fique solteira
  3. Para ser assim nos versos seguintes

Verso 27 Casais não podem tirar a conclusão para buscar um divórcio, eles permanecem no estado (casado) como eles são. No entanto, se alguém é viúvo ou viúva, é bom não se casar novamente. Além disso, o verso 2 permanece válido, se eles não podem se controlar, segue-se que o verso 28 é melhor para se casar.

Verso 28 Não pecas (hamartanoo) significa "pecar" no sentido de "errar o objetivo". Paulo quer dizer, se você se casar - pode haver razões sérias para isso, como o verso 2 - você não precisa se sentir culpado por isso. Por estas razões, você pode se casar com segurança. No entanto, tenha em mente que isso tem consequências e pode tornar a vida mais difícil (repressões da carne; escolha para salvar a vida da família ou não durante a tortura).

Verso 29 Irmãos, eu (Paulo) devo informá-los com toda a seriedade da maneira mais vigorosa possível. A impressão é que Paulo teme que as pessoas não levem a sério as tribulações antes a Vinda de Cristo e não as apliquem ao seu estilo de vida e atitude.
O tempo se abrevia (kairos). Isso não se relaciona com o pouco tempo que uma pessoa vive, mas o tempo (kairos) significa que a Vinda (parousia) está próxima. Hoje, 2019, é claro que o tempo se abrevia. A Vinda de Cristo pode acontecer a cada segundo. Mas minha expectativa pessoal é no mais tardar a 2021. É por isso que é necessário considerar se devemos casar ou dedicar-nos completamente à obra do Senhor. A necessidade da proclamação do evangelho é mais necessária do que nunca. Bem como o dinheiro para os anúncios através da televisão e internet. A necessidade de falar e agir (estilo de vida, ser uma imagem de Jesus Cristo) através do poder e orientação do Espírito Santo. A necessidade de educação bíblica, ensino bíblico e valores e normas bíblicos.
Finalmente: Todavia. Dado que o tempo está se esgotando, resta apenas uma coisa para fazermos.
Aqueles que têm mulheres sejam como se as não tivessem. Este texto é difícil de explicar. E não pode ser visto como uma contradição com os versos 3-5. Uma explicação é que um homem não pode viver exclusivamente para sua esposa (marido) e família. Neste tempo final deve haver espaço onde o homem/mulher possa se dedicar à obra de Jesus Cristo. Além disso, a educação na família se aplica em primeiro lugar e em segundo lugar para os incrédulos. Se, como resultado, uma família vive com menos prosperidade, para dar dinheiro à pregação do evangelho, à missão ou aos pobres, a família deve ficar em segundo lugar. Ser casado ou solteiro (verso 19) não significa nada, mas guardar os mandamentos de Deus. Ame o seu próximo (incluindo o incrédulo) como a si mesmo. A liberdade dentro do casamento, portanto, vem quando Jesus pede algo de você. Seu tempo, sua dedicação e/ou seu dinheiro. Neste (final) tempo, a necessidade é muitíssisma. Uma vida no mundo está fora de questão e tola. O crente deve se concentrar no pouco tempo restante para pregar o evangelho ao incrédulo. Mas também para a educação na Bíblia. Deus é nosso Pai, mas Deus é um Deus SANTO e nós precisamos abordar com todo temor a ELE como um rei e presidente merecem. Jesus ensinou a ajoelhar para orar (ele e o Filho ora AJOELHANDO-SE). Servimos nas dignas roupas para ir à igreja. O hóspede indigno do casamento (Mateus 22:1-15), foi expulso do salão do casamento e chegou no inferno. Muitos pastores pregam a Deus como pai, todas as crianças podem aproximar-se o pai dele como está. Mas não pregam que Deus é SANTO, que Deus não tolera nenhum pecado, que Deus é JUSTO, eles esquecem que o homem é um pecador. Desto modo, muitos crentes pertençam às virgens tolas (Mateus 25) e deixado para trás na terra (Mateus 24:40-42) e na Grande Tribulação. Estes estudos bíblicos são projetados para abrir os olhos de modo que, através da sua caminhada cristã, você pertence às virgens sábias e se junte ao Arrebatamento ao Céu. Nós vivemos no fim dos tempos, a Vinda de Cristo pode acontecer a qualquer momento. Então ESTEJA PREPARADO!

Versos 30-31 Luto, tristeza, alegria e possessão parecem ter cativado as pessoas. Não pode ser uma anátema, o cristão pode usar o que o mundo oferece. Precisamos de comida, mas comida saudável e não fest food. Não tanto alimento quanto se deseja e se tornar redondo e gordo, um escárnio para o incrédulo e o pobre. Você pode morar em uma casa, mas por que em uma vila? Por que uma casa de luxo? Que em breve terminará (Arrebatamento), o dinheiro pode ser melhor gasto na obra do Senhor. Faça uso do mundo, mas abstenha-se do fatal, não se apegue ao que é mundano. Este mundo está desaparecendo: respeito pelos mandamentos de Deus, respeito pela vida, respeito pela justiça. Mas também a possessão terrestre permanece na terra depois de Arrebatamento (para quem?). É melhor construir com ouro, prata e pedras preciosas que permanecerão no Céu para sempre. O casamento também é um assunto terreno e desaparece no Céu.

Versos 32-33 Aquele que é casado tem preocupações. Cuidar do sustento e atenção para esposa (esposo) e crianças. Há muito menos tempo para a obra do Senhor. Paulo deseja que as pessoas sejam livres dessas preocupações sendo solteiras. Quem não é casado pode dedicar-se inteiramente à obra do Senhor. Financeiramente, não se preocupa com a família, mas pode dar dinheiro à obra do Senhor. Só precisa do dinheiro para suas próprias necessidades. A pessoa solteira pode dedicar seu tempo à pregação, ao trabalho social e à oração. A pessoa casada tem a preocupação de encontrar tempo apenas (à noite) para oração e leitura da Bíblia. A pessoa casada está dividida em atenção entre o Senhor e os assuntos conjugais.

Verso 34 Tanto a viúva como a virgem (RA): a viúva (possivelmente também a mulher divorciada verso 15). Veja 1 Tim. 5 para o trabalho de viúvas e filhas jovens.

Verso 35 Paulo não quer colocar uma armadilha nos Coríntios (crentes). Todo crente deve decidir por si mesmo o que lhe convém. Em parte através da oração, o crente examina o que o Senhor lhe pede. Se alguém recebeu o dom do autocontrole sexual, então o chamado no serviço do Senhor é claro. Para os casados, há uma dedicação à obra do Senhor, como a orientação do Espírito Santo deixa claro para os homens e mulheres. Veja Lucas 10: 38-42 Maria e Marta. Marta é apreendida em servir. Maria em ouvir Jesus.

Verso 36 Paulo volta ao verso 25. Aparentemente, ficar solteira era um assunto sério na congregação dos Coríntios. Quem é significado por ALGUÉM? Pode-se pensar no pai, no guardião, mas também na noiva ou no homem de aviso de casamento. Pode ser que a moça, a jovem (de 30 anos?) há muito tempo tenha pertencido a um rapaz, mas o casamento ainda não se realizou para dedicar-se à obra do Senhor. No entanto, se o desejo sexual começar a crescer, não há nada de errado em se casar. As relações sexuais estão fora de questão, as pessoas na congregação Coríntia estavam muito conscientes disso. O desejo de relações sexuais faz um casamento necessário. Se o casamento fosse adiado por um período mais longo, o perigo da falta de autocontrole não era imaginário e, Entretanto, se alguém julga que trata sem decoro a sua filha. Uma boa tradução seria: Se alguém tem medo de ser desonroso para com sua filha, porque ele está mais do que pronto para casar e realmente não pode ser diferente, deixe-o fazer o que ele quer, ele não peca, deixe-os casar.

Verso 37 Mas o oposto do verso 36 também é possível. Paulo faz ficar solteira (por exemplo, de um casal de noivos), dependendo da condição de que ambos sejam capazes de controlar seu desejo de ter relações sexuais.

Verso 38 Paulo repete o pronunciado anteriormente. Aquele que se casa faz bem, mas quem permanece solteiro faz melhor. Os últimos podem se dedicar à tarefa do Senhor.

Verso 39 Um casamento dura até que um dos parceiros morra. O casamento é até a morte. Jesus exclui outro fundamento além disso e do adultério. A esposa está ligada ao marido enquanto ele viver. Após a morte do parceiro, a pessoa viva pode se casar novamente. Desde que este seja um parceiro crente, veja 1 Cor. 6:14.

Verso 40 Paulo repetiu que é melhor para a pessoa do verso 39 não se casar novamente e melhor permanecer solteira e dedicar-se inteiramente à causa do Senhor. Isto é certamente verdade em 2019. A Vinda de Cristo é uma questão de segundos ou 2-3 anos. Trabalhadores e trabalhadares são desesperadamente necessários nas últimas horas.
Paulo está apelando para ter o Espírito de Deus com o que está escrito neste capítulo, silenciando assim os outros na igreja de Corinto que têm pensamentos diferentes. Ele é o apóstolo, indicado por Jesus, outros líderes dentro da congregação de Corinto (incluindo os crentes atuais) têm que obedecer ao que Paulo está escrevendo. Paulo é muito claro, servir ao Senhor Jesus Cristo vem em primeiro lugar, também em vista do breve Arrebatamento. Para aqueles que não podem se controlar sexualmente, Paulo oferece a saída de um casamento. A relação sexual fora do casamento (incluindo todo incesto, mesmo sexo, crianças e animais) é EXCLUÍDA!
Uma objeção pode ser que Paulo estava enganado na rápida Vinda de cristo, que está já aguardando 2000 anos. No entanto, lembre-se de que Jesus disse aos discípulos que somente Deus, o Pai, conhece o dia. Seguido pelo aviso sério da figueira. Nós agora vivemos no tempo da figueira. Os judeus retornaram a Israel em 1948. Em 2018, os judeus celebraram seu 70º aniversário em Israel. Jesus disse que a geração não passa antes que estas coisas (é a Grande Tribulação) tenham acontecido. De acordo com o Salmo 90, uma geração tem 70 ou 80 anos. Os 70 anos se passaram (1948 + 70 = 2018). É muito claro que vivemos hoje nos últimos dias antes da Vinda de Cristo. Deixe-nos levar as palavras do apóstolo a sério. Ele era o apóstolo chamado! Então leve essas palavras a sério!

Volta MenuRetorne para acima


1 Coríntios 8 Comendo das coisas sacrificadas a ídolos

Verso 1 A próxima pergunta dos Corinthios se refere às coisas sacrificadas a ídolos. Paulo explica sobre isso. Não por causa do tema em si, mas precisamente por causa da grande importância da liberdade cristã. Bem como o confronto com o paganismo.
A possível pergunta poderia ser: Alguns membros da igreja acreditam que podem com segurança comer carne sacrifical, enquanto outros não ousam e se abstêm do que foi sacrificado e dedicado aos ídolos. Qual é a sua opinião, Paulo?
O conhecimento deixa você inchado e julga os outros. O amor se acumula. Ela procura o interesse do outro. Neste capítulo, Paulo explica o que ele quer dizer.

Verso 2 Todos sabem que existem membros da congregação, que acham que possuem a verdade e a tornam a mais alta norma e regra para a vida espiritual. Além disso, tudo é preto no branco, e o amor é esquecido. Não reconhecem o propósito de Deus.

Verso 3 Conhecimento sem amor não tem autoridade na igreja. Somente alguém que ama a Deus pode ser reconhecido como um especialista na questão prática da fé cristã. Alguém deve amar a Deus para poder expressar um julgamento baseado no amor de Jesus. "Mas, se alguém ama a Deus", eles conhecem Jesus de uma vez por todas, então eles o conhecem. Conhecer Jesus é um fundamento confiável. Jesus amou o homem até a Sua própria morte. Jesus curou, deu a Deus o primeiro lugar, confiou completamente em seu Pai, procurou segurança com Ele, viveu de Sua mão, resistiu a satanás, expulsou demônios. Este comportamento social de Jesus é o amor verdadeiro e, portanto, Jesus é conhecido. O conhecimento é dado através da habitação do Espírito Santo, que faz conhecer a vontade de Jesus e do Pai.

Verso 4 Há senão um só Deus verdadeira, a saber, Deus o Pai; a Trindade. Todos os outros deuses são idéias de pessoas. Ídolos feitos por mãos humanas que não falam e não podem fazer nada. No entanto, existe o perigo de se adorar e oferecer essas imagens. Esses ídolos são controlados por satanás e demônios. Ter uma imagem de Buda em sua casa dificulta sua vida espiritual. Por quê? A imagem de Buda é um ídolo e, com isso, você reconhece que Deus, o Pai, e Jesus SOMENTE não são suficientes pra você.
Era estritamente proibido aos judeus comer carne dedicada a ídolos. Antíoco é dito ter forçado os judeus a comer carne de porco e sacrifícios de ídolos. Uma recusa resultaria à morte por tortura.
Os Coríntios, que não tinham problema em comer carnes sacrificadas a ídolos, confiavam no fato de que não havia ídolos, então era carne comum. Isso em si é uma verdade, não fosse essa carne devotada a satanás e demônios. Há carne e medicamentos que são dedicados a demônios em rituais satânicos, incluindo a lua cheia. Como resultado, a carne e o medicamento estão contaminados e poderes demoníacos são emitidos. Somente através da confissão e libertação de satanás, o crente pode quebrar esse vínculo satânico.

Verso 5 De acordo com Paulo, para os gentios incrédulos existem deuses que vivem na terra e no céu. Em Corinto, isso era um fato bem conhecido. Esses ídolos tinham poderes misteriosos. Pense no vodu. Considere o ídolo da fertilidade. Pense em pessoas que vêem fantasmas, falam com os mortos, de fato falam com os demônios. Paulo reconhece que, de acordo com os pagãos, há muitos ídolos na multidão, mas na verdade eles são idéias humanas.

Verso 6 Não faz nenhuma impressão para Paulo, porque o cristão SABE que há apenas 1 Trindade. Quem realmente tem poder. Ele, este Deus, fala com o homem (incluindo Abraão, Moisés e Paulo). Através do poder do Espírito Santo, o cristão é capaz das coisas para a glória de Deus.
Através do poder de Jesus, a pessoa reconhece ser um pecador e Jesus Cristo como Salvador é livre. Como resultado, ele ou ela tem acesso ao Deus Único, Deus o Pai. Jesus é o único Senhor que criou a terra e o céu, criou o homem e, como cristãos estão com Ele e por Ele.

Verso 7 Os Coríntios costumavam comer comida sacrificadas a ídolos no templo. Alguns cristãos Coríntios estavam plenamente conscientes de que há apenas um Deus e nenhum outro deus. Sua consciência permitiu que eles comessem essa carne. Outros cristãos Coríntios eram fracos (como Paulo os chama) e sua consciência não os libertou e eles se abstiveram de comer esta comida sacrificada a ídolos. Sua consciência os infectou. Ele é incapaz de comer essa comida.

Verso 8 Paulo deixa claro que comer ou não comer essa comida sacrificadas a ídolos não afeta o relacionamento com Deus. Por não comer, não se aproxima mais de Deus, não tem influência benéfica.
Não nos leva a Deus. Aponta para uma posição particularmente alta, como o anjo Gabriel que está diante de Deus. No entanto, os Coríntios não deveriam pensar que ao comer esta comida (por isso eles teriam uma fé mais forte), isso os aproximaria de Deus e seria valorizado mais alto para o tribunal de Cristo. Pelo contrário, é preciso considerar os seguintes versos.

Verso 9 Paulo dá uma regra de conduta. É dirigido contra os fortes na fé. Veja que sua forte fé não se torne uma armadilha para os fracos irmãos e irmãs. Brilhante que as pessoas cresceram em fé e só reconhecem a Deus Pai e não reconhecem ídolos. Mas você não está SOZINHO no mundo, há também incrédulos e crentes fracos. O gentio pode apontar para o fato de que o crente come carne que é dedicada ao ídolo e, portanto, reconhece o ídolo. O crente fraco pode perder a fé comendo a comida sacrificada a ídolos. Essa atitude vai prejudicá-lo.
Para os crentes fracos, jantar em um templo pagão teria sido traído pela fé cristã, o evangelho. Eles acreditam que tudo o que tem a ver com ídolos, você deve lembrar-se completamente de si mesmo. Sua ingestão de carne sacrifical pode ser um choque e sua queda.

Verso 10 O irmão fraco pode ver você deitado no templo. Ele acha que você é ótimo, ele quer ir tão longe. Você encoraja-o através do seu exemplo. Ele segue seu exemplo enquanto ele come, sua consciência o denuncia e cai.
Prática: no exterior, nos países islâmicos, as pessoas não sabem se a comida é dedicada aos ídolos. Comida que se come em um restaurante ou com um amigo ou comprado no mercado/açougueiro. O cristão é livre para comer essa comida. Entretanto, se alguém disser que essa comida é devotada ao ídolo, então, como cristão, é melhor NÃO comê-lo. E para dizer claramente por que você não compra ou come, porque você SÓ reconhece Deus o Pai e Jesus como o único Deus. Proclame o evangelho!
Podemos escrever o mesmo sobre o consumo de álcool. Crentes fortes têm o controle para se limitarem e não se embebedarem. Mas é bom se abster de bebidas alcoólicas por causa dos irmãos e irmãs mais fracos.

Verso 11 Um irmão ou irmã perece por sua culpa. Um irmão ou irmã por quem Jesus também morreu. Aqueles que são fracos na fé vêem a negação de Cristo na comida. O crente fraco não come de suas crenças. Ele vê isso como uma experiência pecaminosa. Jesus ficou fraco pelo pecador. Se você forte come diante dos fracos, lembre-se de que terá que prestar contas a Jesus Cristo por sua queda. Você age sem amor!

Verso 12 Paulo iguala seu forte comportamento ao pecado. Este pecado não é apenas para o fraco irmão ou fraca irmã, mas é um pecado contra Jesus. Jesus fez tudo pelos pecadores. Pelo comportamento desses fortes, teria sido a Sua obra em vão para os fracos.

Verso 13 O modo de vida de Paulo é completamente focado em seus fracos irmãos e irmãs. Ele deixa as coisas e os hábitos para trás, se isso pode levar à queda dos fracos. Aqui se fala sobre comer carne dedicada aos ídolos. Então não é que Paulo diz neste verso para se tornar um vegetariano. Não há razão para que o cristão não coma carne (não se dedique aos ídolos). Eu também quero dar uma nota pessoal. Hoje há muita carne que hormonios. O corpo do cristão é um templo do Espírito Santo, portanto, o cristão é totalmente responsável pelo que ele ou ela come e bebe. Comer comida saudável é, portanto, uma condição. Exemplos são baixo consumo de carne vermelha, mais carne branca (infelizmente os pintinhos são tratados com hormônios para crescer e ser frango dentro de alguns dias) e peixes (mas devido a toda poluição ambiental, às vezes contaminada com metais como o mercúrio). Portanto, esteja ciente do que as pessoas compram, comem e bebem. Comer saudável também significa não comer mais do que o necessário. Comer gordura e comer demais causa doenças cardiovasculares. Como o corpo do Espírito Santo, o crente não pode ser responsável por tornar o corpo conscientemente doente?

Volta MenuRetorne para acima


1 Coríntios 9 Direitos dos apóstolos

Verso 1 Com quatro perguntas, Paulo se dirige aos fortes crentes em Corinto, que se levantam e se gabam de seu conhecimento e sabedoria. Paulo mostra claramente que sua autoridade e sabedoria estão muito acima deles. Eles não podem apelar que eles viram Jesus pessoalmente. Que eles foram ensinados pelo próprio Jesus. Que eles foram pessoalmente nomeados por Jesus. Sua sabedoria e conhecimento foram trazidos a eles por Paulo. Jesus Cristo apareceu pessoalmente a Paulo e deu-lhe o apostolado (Atos 9: 1-18). Ninguém pode objetar ao seu apostolado, pois foi o próprio Senhor Jesus Cristo quem o nomeou. A prova é o fruto de sua obra, os muitos que vêm à fé entre os judeus e gentios em várias cidades, incluindo a igreja em Corinto. Portanto, Coríntios, se houver alguém que possa te ensinar e corrigir você, então eu sou a pessoa designada.

Verso 2 Aparentemente há crentes na igreja que disputam o apostolado de Paulo. Talvez tenhamos que pensar nos falsos apóstolos em 2 Coríntios. 10:12, 11:4. A pregação de Paulo e dos muitos Coríntios que assim passaram a acreditar são prova de sua autoridade.

Verso 3 O acima é minha defesa contra aqueles que investigam a legitimidade do meu apostolado. Tal investigação já ocorreu em Jerusalém (Atos 9:26-31, Gálatas 2:7-10) e seu apostolado foi confirmado pelos outros 11 apóstolos.

Versos 4-5 Outra pergunta que Paulo faz: eu não tenho direito a comida e bebida? Os Coríntios só podem responder que Paulo tem esse direito de subsistência.
Uma mulher irmã, isto é, a mulher legal, que ela mesma (irmã) acredita em Jesus Cristo.
Aparentemente havia apóstolos que foram acompanhados por suas esposas em suas jornadas missionárias, e foram apoiados por suas esposas. Podemos pensar no apóstolo Pedro, que era casado, Marcos 1:29-30. Mas não foram apenas os apóstolos. Outros irmãos do Senhor e Cefas também foram mantidos. Os irmãos do Senhor podem ser os irmãos de Jesus, os filhos de Maria nascidos depois de Jesus (Atos 1:14). Eles foram altamente considerados dentro da igreja. Mas acho que também podemos explicar isso como os irmãos do Senhor (pastores, evangelistas) pregando o evangelho. Cefas é mencionado separadamente, possivelmente porque ele ocupou um lugar especial para os Coríntios. Aparentemente, ele estava acompanhado por sua esposa em suas viagens.
E porque não? Afinal, eles eram legalmente casados e Paulo havia indicado que não era bom ficar sozinho por causa da necessidade sexual. É por isso que homens e mulheres têm o direito de serem subsistidos. Hoje vemos que tanto o marido quanto a esposa na missão estão ativos na obra do evangelho. Há muitos que têm filhos (jovens) e eles também precisam de uma subsistência.

Verso 6 Não Barnabé e eu temos direito ao sustento? Porque somos solteiros? É bem sabido pelos Coríntios que eles próprios providenciaram seu sustento (fazendo tendas nômades. Uma tenda como o lar, pense em Abraão). Sabemos que preferimos fornecer nossa própria manutenção, em vez de criar algum ônus para a igreja. No entanto, não deixe ninguém nos distrair do fato de que eles diferem e que não temos direito à subsistência. Eu sou um apóstolo completo.

Rebanho e pastorVerso 7 Paulo dá três exemplos de que é permitido subsistir. Nenhum soldado do exército tem o cuidado de fornecer sua própria comida e bebida. Um soldado não pode lutar contra o inimigo e também tem que trabalhar por comida e bebida. As refeições estão sendo preparadas para ele. Se um soldado tiver que sustentar a si mesmo, o inimigo faz um ataque astuto quando estiver ocupado com sua manutenção. O mesmo se aplica ao pastor, evangelista e missionário que deve prover para si mesmo. Ele não pode dedicar-se totalmente (40 horas por semana) à sua tarefa para o Senhor. Satanás faz uso inteligente disso. Alguns trabalham 30 horas por semana para ganhar dinheiro e gastar de 20 a 30 horas por semana trabalhando para o Senhor. O resultado é que suas esposas e filhos sofrem com a ausência de marido e pai. Não há tempo para um momento de silêncio e relacionamento pessoal com o Senhor. Uma semana de trabalho de 60 a 70 horas é muito pesada. E a obra para o Senhor Jesus Cristo está sendo atacada por Satanás. É o dever (dízimo e oferta) da congregação prover manutenção (comida e bebida, roupas, mas também todo o material para evangelização), para que o obreiro de Deus possa se concentrar totalmente em sua tarefa.
Quem tem uma vinha, colhe os frutos da vinha e vende as uvas e o vinho para se sustentar.
O pastor pasta o rebanho e vende leite de cabra ou leite de ovelha (e lã) para se sustentar.

Verso 8 Todas as pessoas concordarão que é bom que as pessoas sejam recompensadas pelo seu trabalho. Mas o que uma pessoa acha bom não precisa ser bom aos olhos de Deus. No entanto, neste caso, Deus afirma que um trabalhador tem o direito de ser sustentado com a provisão de dízimos e ofertas. O décimo serve o sustento de sacerdotes e levitas. Os dízimos dos sacerdotes para o sustento do sumo sacerdote. As ofertas para a manutenção do Tabernáculo e Templo. É uma instituição do próprio Deus.

Versos 9-10 Outra lei dada por Deus é que um boi de debulha não atarás a boca. O boi tinha que poder comer da colheita, quando debulha. Nenhum focinho para evitar isso, Dt. 25:4. Os bois a caminho de seu próprio pasto usavam focinheiras para impedi-los de comer no caminho das terras de outras pessoas. A mesma regra aplicada aos trabalhadores da colheita, mas ainda mais amplamente. Veja Rute 2:2-9 os pobres devem recolher os caídos do chão durante a colheita, para prover os vivos. O trabalhador da colheita foi proibido de recolher os caídos. Paulo aplica a regra se um boi já não deveria ser amordaçado, o homem é mais que um boi. Assim, os crentes têm o dever (o mandamento de Deus) de prover a manutenção dos obreiros de Deus.

Verso 11 Paulo semeou semente espiritual. Os Coríntios passaram a acreditar em Jesus Cristo e obtiveram a vida eterna no Céu. É pedir demais que eles forneçam manutenção? Pense em Rom. 15:26-27 É dever das congregações apoiar a congregação de Jerusalém.

Verso 12 Se outros que vieram depois de Paulo são providos para o seu apoio, quanto mais umo pai, o fundador.
Mas Paulo não usou deste direito para não criar um obstáculo. Pode-se pensar em um obstáculo violento, como a demolição de uma ponte para impedir o avanço do inimigo. Paulo viu a aceitação da manutenção como um obstáculo para a pregação do evangelho. Em si uma boa visão. Se pessoas que acabaram de chegar à fé são convidadas a apoiar o evangelista, isso pode ser visto como exploração e com preguiça de trabalhar. Os jovens crentes devem primeiro crescer no conhecimento da fé cristã e participar livremente dos dízimos. Sem uma constante pregação de pedir dízimo. É o próprio Deus quem coloca a oferta e o dízimo no coração do crente. Deus ama o alegre doador, e não por obrigação, como pregado em muitas igrejas.
Paulo provavelmente se refere a 2 Coríntios 6:5 durante o qual ele fez tendas durante o dia e pregou o evangelho à tarde e à madrugada e ensinou a Bíblia. Ele até queria passar fome para não ser acusado de ganho. O orador deve permanecer livre para evitar qualquer aparência. É por isso que é necessário que os apoiantes providenciem a subsistência do trabalhador a tempo integral.

Verso 13 Num. 18:8-24 Os Levitas não podiam ter uma herança, tinham que ser totalmente cuidados pelos Israelitas. Os Levitas estavam isentos de Deus para proverem a si mesmos. Sua tarefa era dedicar TOTALMENTE e em tempo integral ao serviço no Tabernáculo, depois no Templo.

Verso 14 Mateus 10:10 e Lucas 10:7-8 Jesus diz que o trabalhador é digno de roupas, comida e bebida. O trabalhador não precisa providenciar isso sozinho. A igreja que não prevê a subsistência do pastor é uma desgraça para Jesus. Esta igreja não reconhece Jesus Cristo como Senhor. Uma exceção pode ser uma igreja que consiste em pessoas desempregadas. Mas a pobreza não é uma desculpa. A viúva deu-lhe a vida. Deus requer um décimo (dado por gratidão e voluntariamente) de todo crente. É Deus quem lhe dá a vida eterna no Céu e o perdão dos pecados. É Deus quem te dá um emprego. Mas é SEU dever lidar com o dinheiro com responsabilidade. Deus pede um décimo se você é pobre, mas ele pede mais aos da classe média. Mas com essas pessoas, Deus coloca isso em seus corações. Então cabe ao crente responder, dar ou não. Deus não pede aos pobres que lhe dêem plenamente sua renda, como é exigido em algumas igrejas, porque Deus lhe daria o plural. Isso NÃO é de Deus e trouxe muitos crentes a sérios problemas. Deus requer compreensão e responsabilidade.
Um crente que dá dinheiro (dízimo, ofertas e assistir todo culto na igreja) A DESPEITO de alimentos, bebidas, aluguel, água e energia NÃO cumpre suas obrigações. O pai tem o dever de cumprir suas obrigações terrenas (incluindo o pagamento de impostos).
Cada um sabe o que ele ou ela pode. Deus vê em seu coração!

Verso 15 Os Coríntios não devem pensar que possam concluir pelo exposto que ele fará uso desse direito. Ele prefere conquistar os incrédulos e prover para si mesmo, de modo que ninguém possa dizer para pregar o evangelho para seu próprio benefício. Ele é chamado como um evangelista entre os gentios. Ele foi chamado como o primeiro editor e não deve ser capaz de criticá-lo por não apoiá-lo. Ele preferiria morrer de fome que o incrédulo poderia dizer que ele tira vantagem deles. Ele é cuidadoso para não ficar no caminho de seu comportamento e atitude para os incrédulos e crentes para a fé cristã.

Verso 16 Paulo foi designado por Jesus Cristo para pregar o evangelho. Isso não era uma escolha livre. Ele era um perseguidor da congregação cristã. Jesus apareceu a ele pessoalmente na estrada para Damasco. Ele ficou cego e Ananias, através de Jesus, o curou e abençoou-o por ter se tornado um apóstolo com a tarefa especial de proclamar os gentios. Foi imposto a Paulo do Céu. Onde ele não poderia se safar com qualquer possibilidade. É por isso que nenhuma honra pode ser atribuída a ele. Paulo não era nada além de um escravo que poderia temer seu SENHOR somente se ele não cumprisse a comissão dada.

Verso 17 Paulo não se ofereceu, pelo contrário, ele era um perseguidor e assassino dos primeiros cristãos. Jesus Cristo em Sua graça abriu os olhos. Como voluntário, ele deve ser capaz de esperar salários para o desempenho de suas funções. mas ele é um escravo, sujeito a Jesus. Pode-se compará-lo a José como escravo em Potifar. José foi muito confiado à casa de Potifar. Tenho muita liberdade. No entanto, ele permaneceu escravo sem recompensa. Se José negligenciou seus deveres, a prisão se seguiu.

Verso 18 As palavras "de graça" (gratuito) é sua fama, ele renuncia completamente a qualquer galardão. Ele deliberadamente renuncia ao direito de subsistência de acordo com a lei de Deus e a própria instituição de Jesus. Meu galardão é que eu não aceito salários. Ele faz isso não para criar um obstáculo para os incrédulos virem à fé e ganharem a vida eterna no Céu. Nenhum obstáculo para lançar jovens crentes para viver uma vida liderada pelo Espírito Santo. Uma vida baseada na liberdade e sendo um exemplo de TRANSFERÊNCIA VOLUNTÁRIA para o SENHOR. Seu grande exemplo é Moisés, que involuntariamente foi ao Egito, designado por Deus para esse propósito. Moisés viveu exclusivamente para a redenção de seus povos rebeldes e teimosos. Por causa de seu modo de vida e exemplo, Moisés ficou famoso.
A lição de Paulo nisso é que os fortes em Corinto tomam consciência da renúncia aos direitos e liberdades e impedem que os fracos irmãos e irmãs no Senhor sejam desperdiçados. Caindo para satanás.

Versos 19-21 A vida de Paulo está inteiramente a serviço do Senhor, com o único propósito de salvar os outros. Ele deseja ganhar tantas almas quanto possível e não perder uma única pessoa. Nem incrédulos nem fracos na fé. Paulo desfrutou de uma educação estrita como um fariseu com um modo de vida e pensamento judaico. Jesus o libertou completamente e aprendeu e praticou o padrão cristão de vida e pensamento através da graça de Jesus e do Espírito Santo. Ele não é mais o que os outros são: um líder filosófico, político ou ortodoxo espiritual.
Paul se distingue do propagandista ou vendedor que quer ganhar o maior número de pessoas possível para obter lucro e lucrar. Considere uma igreja vencedora de almas com o objetivo de obter tantos dízimos quanto possível. Com um rico antecessor em uma Villa de luxo e Jaguar como um carro.
Ele permanece judeu para ganhar os judeus. Ele defende a lei judaica (os 10 mandamentos e a Torá) para não ofender seus companheiros judeus. Dos dez mandamentos, Paulo prova que uma pessoa é pecadora e não pode salvar a si mesma. Da Torá e dos profetas, Paulo prova a vinda do Messias, que tomará o castigo do pecado e livrará o pecador da ira de Deus. Os profetas previram a vinda do Messias e Sua obra. Em Cristo Jesus foi vinda e a obra foi terminada. Um exemplo disso é a Atos 17: 1-4 onde Paulo tratou três sábados em sucessão às escrituras que mostram o sofrimento do Messias, incluindo sua ressurreição dentre os mortos. Como judeu, ele pode sentir e pensar como um judeu. Embora ele não esteja mais sob a lei, ele usa a lei para convencer seu povo judeu da Torá de sua culpa contra seu Deus. Se alguém dos gentios viesse ao povo judeu, o judeu o rejeitariam. Agora, como fariseu e judeu, ele recebeu a liberdade de pregar em sua sinagoga. Além disso, ele pode apontar que ele era um perseguidor dos cristãos, mas agora libertado pelo próprio Jesus. Se os judeus continuarem a praticar sua religião e rejeitarem Jesus, eles também serão perdidos.
Aos sem lei. Os gentios que não receberam os 10 mandamentos e a Torá de Deus. Eles servem a outros deuses, que eles mesmos criaram e aos quais atribuíram a si mesmos certas qualidades e poderes. Paulo nascido em Tarso (e com aquele era Romano como direito de nascença), portanto, era muito bem conhecido na cultura pagã. Para eles também, se continuarem a servir seus deuses, eles permanecerão fora do Reino de Deus e serão perdidos por toda a eternidade. Ao pregar Paulo, ele deve conscientemente pregar que não deseja convertê-los ao judaísmo. Ele deve claramente transmitir a mensagem de ser um pecador, sendo separado do Deus Uno e Único que pune o pecado com a morte no lago de fogo. Mas há salvação através da obra do Salvador de Jesus, ressuscitada dos mortos e da vida eterna no Céu.

Verso 22 Paulo se tornou fraco para conquistar os fracos. Ele corrige os fortes em Corinto, pois eles levam os fracos para baixo. Apenas ter o objetivo de salvar os outros exige dedicação completa à causa. Jesus era Deus que vivia no Céu e tinha todo o poder. Criador do céu e da terra. Mas sendo o seu Deus e poder, ele descartou e tornou-se fraco como homem. Ele viu o sofrimento do homem, sua incapacidade de não pecar, as doenças entre as pessoas e a tristeza de perder uma pessoa querida (Lázaro) até a morte. Ele estava triste com eles e não punia sua incapacidade. Paulo vem ao homem fraco como Jesus. Ele não julga o fraco Coríntio que vê o consumo de carne sacrifical como pecado. O resultado é que ele conseguiu salvar alguns. Infelizmente, ele (e nós estamos) consciente(s) de que nem toda a humanidade (todas as pessoas) pode ser salva. O homem tem o seu próprio livre arbítrio, a sua escolha é pessoal.

Coroa da AtletaLutadoresVersos 23-27 Paulo faz uma comparação. Existem muitos atletas no estádio. Eles treinaram muito antes (na Grécia, o treinamento durou dez meses com uma dieta rigorosa) com o objetivo de ser o primeiro e vitorioso a receber o prêmio. Apesar do fato de que muitas pessoas correm, há apenas um que quebra a fita e recebe o prêmio. Os outros têm de ir atrás. É um incentivo para os membros da igreja pregarem o evangelho e ganharem tantos incrédulos quanto possível. Para o atleta que exige treinamento, requer controle em tudo! Para o pregador (crente) requer que ele resista a satanás, demônios e pecados. Requer uma vida sob o controle total do Espírito Santo.
O vencedor do hipódromo recebeu uma coroa (de flores e folhas) que decaiu com o tempo. O crente que realiza a sua tarefa, no entanto, recebe uma recompensa que nunca perece, uma coroa incorruptível (1 Cor. 3:12 e 14 de ouro, prata ou pedras preciosas). A tarefa dos fortes crentes é ajudar os fracos na fé.
Eu não sou um lutador que desferindo golpes no ar. Os fortes podem facilmente destruir os fracos. Com o pequeno lutador, os braços são muito curtos para dar um grande golpe no grande lutador. O objetivo do lutador é agir conscientemente para acertar um golpe. Como crente, lembre-se de que o Espírito Santo é a sua força. Satanás e demônios podem parecer grandes. Mas eles perderam seu poder através da morte e ressurreição de Jesus.

Mateus 28:18 Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra.
Marcos 16:17-18 Estes sinais hão de acompanhar aqueles que crêem: em meu nome, expelirão demônios; pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal.

Isso significa que satanás e os demônios estão sujeitos a Jesus. Em nome de Jesus, o crente tem poder sobre satanás e demônios. Mas aqui também, não seja um lutador que desferindo golpes no ar. O lutador também teve um treinamento duro (uma vida sob o controle do Espírito Santo) e uma dieta rigorosa (vida sem pecado) antes de entrar no ringue.

Verso 27 Esmurro, Paulo usa a palavra no sentido de: infligir um duro golpe nos olhos. O resultado é que o adversário não vê nada. Neste contexto, tem o significado do corpo contido. O atleta e o lutador tiveram que se submeter a uma dieta rigorosa. Apenas coma alimentos saudáveis, variação de carne, muita fruta e comida que forneçam energia saudável. Seus corpos eram magros para não ter excesso de peso corporal. Cada onça contada na corrida. Para o lutador de punho os músculos fortes que não devem ser impedidos pelo tecido gorduroso. As lições para os crentes:

  1. O corpo do crente é um templo do Espírito Santo, portanto, o crente deve comer de forma saudável e garantir uma boa saúde
  2. O treinamento requer leitura diária da Bíblia e estudo da Bíblia
  3. O treinamento requer uma oração diária do crente, conhecendo a vontade de Deus
  4. Treinamento significa algumas horas por dia
  5. Treinar uma vida sem pecado através da orientação e poder do Espírito Santo
  6. Treinando uma vida sob o controle do Espírito Santo
  7. Coloque a armadura de Efésios 6:10-20
  8. Não ceder às tentações do mundo, não à vida mundana
  9. Não ceda às tentações de satanás e demônios, não os tema

O grande espectro depois de outros terem pregado o evangelho, sendo rejeitados. Nenhuma resistência até o final. Os fracos que caíram. O forte que chegou à falta de amor. Falhou no exame final.

Volta MenuRetorne para acima


1 Coríntios 10: 1-13 Israel como um aviso

As advertências anteriores são confirmadas a partir do roteiro com Israel como um aviso e exemplo. Depois dos muitos sinais que Deus fez no Egito, Israel libertou para a Terra Prometida. No deserto, os israelitas receberam os dez mandamentos e estatutos de Deus, bem como o Tabernáculo. No deserto eles receberam comida e bebida da mão de Deus. No entanto, chegando à Terra Prometida, as pessoas confiavam mais nos resultados dos espiões do que em Deus. O resultado foi a ira de Deus e a destruição quase total dos israelitas. E a pena de 40 anos no deserto e eles não habitariam a terra prometida.
A lição para o crente. O crente que continua a viver no mundo e não renuncia à riqueza e ao prazer mundanos, mas continua a desejar uma vida mundana, experimentará as conseqüências. Ou seja, o atraso da Vinda de Cristo. Eles podem novamente fazer uma escolha na Grande Tribulação, aceitar ou não a marca 666. Com a escolha de aceitar a Jesus Cristo como Salvador, o crente nasce de novo. Mas renascimento significa nova vida, uma vida sob o controle do Espírito Santo. Se, como os israelitas, alguém não quiser se submeter aos mandamentos de Deus, não viver para a glória de Deus, então aquele crente, como o israelita, NÃO entrará na Terra Prometida (o Céu). Mas fique para trás e passe pela Grande Tribulação com todos os seus horrores e possivelmente morra uma morte terrível lá. Pense em 40 anos num deserto de calor durante o dia e frio à noite.

Versos 1-2 Nenhum dos Israelitas foi deixado para trás, todos eles deixaram o Egito. Todos passaram pelo mar aberto por Deus. A nuvem era o indicador de direção deles. A nuvem indicava o caminho que os Israelitas deveriam seguir. Moisés foi o mediador entre os Israelitas e Deus. Jesus Cristo é o Mediador entre os incrédulos (Judeus e gentios) e Deus.
Os Israelitas disseram a Moisés, por assim dizer: Nós estamos atravessando o mar, cercados de ambos os lados pela água, seu batismo. Por conseguinte, há uma imersão completa no batismo do adulto, dirigida aqui aos Coríntios. DEVE-SE dizer adeus definitivamente à vida antiga e passar para a nova vida, uma vida sob o controle do Espírito Santo.

Versos 3-4 A comida espiritual era o maná (Êxodo 16:15), a comida que veio de Deus. Os Israelitas tinham que recolher e preparar esta comida diariamente. Não foi permitido guardar maná até o dia seguinte, porque ficava podre. Da mesma forma, o crente deve ler a Bíblia e orar diariamente. Somente assim os mandamentos de Deus permanecerão em sua vida. Só então você pode ficar em contato com Deus e Deus pode alimentá-lo todos os dias.
Pensamos na bebida espiritual na rocha de Horebe (Êxodo 17: 6). Moisés teve que bater na rocha para que a água saísse para os Israelitas. O crente deve oferecer forte resistência à vida satânica e mundana. Ele ou ela deve conscientemente beber a água espiritual, o Espírito Santo. O crente é pessoalmente responsável por não limitar ou extinguir o Espírito Santo. A rocha é Jesus Cristo. O crente deve confiar nEle. Jesus usou as Escrituras para resistir às tentações de satanás. A rocha da água viva deve ser usada pelo crente para resistir a satanás. Os Israelitas bebiam muita água diariamente no calor do deserto. Ninguém era tão tolo para não beber água muitas vezes ao dia. O mesmo vale para o crente, que tem que orar e falar com Deus várias vezes ao dia. Isso não pode ser limitado a uma vez por dia, muito menos no domingo (visita à igreja) ou duas vez por ano (Páscoa e Natal). O Israelita que não bebia, secou e morreu. O cristão que não ora e lê a Bíblia diariamente morre espiritualmente. Perde a Vinda de Cristo.

Verso 5 Alguns Israelitas preferiram retornar ao Egito. Eles se esqueceram do trabalho escravo e pensaram em comer e beber, liberdade e adorando imagens de ídolos. Eles se recusaram a se submeter a um Deus invisível com estritas regras de vida. O resultado foi que eles morreram no deserto (o chão se abriu e eles desapareceram no inferno) e Deus não estava satisfeito com eles. Deus não gosta do crente que vive uma vida mundana. Não vive para a honra dEle, despreza o funcionamento do Espírito Santo. Este crente pode escolher novamente na Grande Tribulação.
Todos haviam saído do Egito, todos aceitaram a graça de Deus. Mas apenas dois, Josué e Calebe, entrariam na Terra Prometida. Batizado com o conhecimento dos mandamentos de Deus e, no entanto, rejeitado. Os Coríntios (crentes) são batizados com o conhecimento de Jesus Cristo, a Bíblia, o batismo e a santa ceia. Mas se alguém deixa essas coisas, o conhecimento, uma vez adotado, não é garantia de que alguém não continue a viver nele. Não é suficiente ter adquirido a graça de Deus e de Jesus Cristo através da fé, é preciso também viver dela. O exemplo são as 10 virgens, apenas 5 (50% de todos os crentes?) entraram no casamento (Céu). Os outros cinco foram impedidos de entrar, ficando atrás da Vinda de Cristo.

Verso 6 Exemplo (tupos plural) é uma impressão (de uma pegada ou algo parecido) de uma imagem. O modo de vida dos Israelitas no deserto é uma impressão do crente que vive no mundo. Não desejando se submeter a Deus, escolhendo continuar vivendo no mundo. Em resumo, esse crente não é realmente nascido de novo. Deus não gosta dele ou dela. Esse crente ama o mal, como os Israelitas no deserto. Eles são um exemplo para o crente mundano com todas as conseqüências.

Verso 7 Refere-se a Êxodo 32:1-6 as pessoas se sentaram para comer e beber e depois para dançar ao redor do bezerro de ouro. O pano de fundo rejeitando o Deus invisível e adorando uma imagem (bezerro de ouro) feita para mãos humanas. Como típico dos Coríntios. A participação dos fortes Coríntios nos templos ídolos com comida e bebida, mas, no entanto, dizem que eles não participam no culto dos ídolos a quem esta comida foi dedicada.
Entre os Israelitas é uma situação alegre, ver o quanto o povo liberado tem. Mas Yahweh não é o centro, mas o bezerro de ouro, o ídolo. Os Coríntios sabem muito bem o quanto acabaram.
O crente que aprecia as coisas mundanas (riquezas, festas, bebidas, devassidão, desobediência, orgulho, etc.) não vive para a glória de Deus. O resultado é o seguinte verso.

Verso 8 Refere-se a Números 25 a fornicação com as filhas de Moabe. Os israelitas desfrutaram das filhas de Moabe e participaram dos festivais de sacrifício de seus ídolos. Do um mal (fornicação) veio o outro (festivais de sacrifício). O resultado foi a morte de 23.000 Israelitas.
O crente mundano começa a permitir um pouco de prazer (por exemplo, fumar, beber, drogas), mas perde o controle e quer mais. O resultado é a perda do autocontrole (roubo, homicídio, espancamento, violência). Comece a não ler e orar a Bíblia diariamente. Perde o controle e a convicção do pecado pelo Espírito Santo. O resultado é a extinção do Espírito Santo e a morte (espiritual) (e possivelmente o lago de fogo). As pessoas negam a fé cristã.

Verso 9 O comportamento da impaciência. Números 21:4-6 Os impacientes são mordidos por cobras e muitos morrem. Eles pediram a Deus com sua impaciência e ouviram as instruções de Deus. Números 14:22-24 Nenhum dos homens todavia, me puseram à prova já dez vezes e não obedeceram à minha voz verão a terra que prometi fazer juramento a seus pais! Sim, nenhum daqueles que me desprezaram vai ver. Seu comportamento em relação a Deus tem consequências. Sua descrença, sua impaciência, a cobiça pelo mundano, a rejeição do que Deus ordena, a provocação e desafio de Deus, levam a uma aversão de Deus. Ele quer fazer o que seu próprio coração deseja e não viver para glória dEle. A pessoa ataca sua soberania e tenta reduzi-lo a um meio de realizar seus próprios desejos. Um exemplo de dar dízimos com o objetivo de obter uma rica bênção ou riqueza. Não dando o décimo de um coração alegre. Faça um acordo com Deus para se beneficiar disso e não para o benefício do Reino de Deus. Entre os Coríntios, talvez possamos pensar em seu orgulho pelos muitos dons espirituais? Com o crente em seu orgulho de falar em línguas ou profecia? Seja forte na fé e despreze os fracos na fé?

O chão se abreVerso 10 Refere-se a Números 16:1-35 A revolta de Corá e sua insatisfação com o lugar que ocupam, dirigida contra a autoridade e o lugar de Moisés e Arão. Deus pune e o chão se abre e os rebeldes desaparecem no abismo (inferno) e outros são mortos pelo fogo. O fogo é uma punição de Deus, portanto, nenhuma cremação do corpo de um crente. No entanto, o povo não aprendeu a lição e murmurou no dia seguinte (versos 41-49), com o resultado de que outros 14.700 morreram.
Nós só conhecemos em Samuel, o anjo destruidor, mas não no deserto. Os rabinos, no entanto, atribuem todos os tipos de julgamento ao anjo destruidor, de modo que, possivelmente, Paulo, como fariseu, consiga sua informação dessa fonte. Este exemplo é dado aos Coríntios pelo perigoso levantamento da autoridade e o lugar que Paulo toma.
O crente deve, com toda a humildade, tomar o seu lugar que o Senhor Jesus Cristo designa para ele ou ela no Corpo de Cristo. Ninguém é mais ou menos que o outro crente. Mas que todos ocupem o lugar que o Senhor designou para ele ou ela. Não diga que sou incapaz se o Senhor lhe disser alguma coisa. Com a ordem, o SENHOR também dará conhecimento e poder pelo Espírito Santo. Se o Senhor ordena que você ore, não veja isso como algo sem importância. Se o Senhor ordena que você seja forte, então seja poderoso. Filhos, sejam submissos e obedientes aos seus pais e falem com eles se acharem que estão lhe perguntando algo que vai contra a Vontade do SENHOR.

Verso 11 Uma repetição do versículo 6. Esses exemplos anteriores são uma lição para os filhos dos antepassados, os Israelitas. Os pais tinham que cuidar da posteridade. Os pais a era desde o primeiro Adão até o último Adão Jesus. O fim dos séculos veio sobre eles. O novo século começou com a morte e ressurreição de Jesus Cristo. Agora é individual, você pessoal. Nós não vivemos para a posteridade, agora o que vai acontecer com cada um de nós pessoalmente. A decisão de aceitar Jesus Cristo como salvador e Senhor é PESSOAL. A escolha de viver sob o controle do Espírito Santo e não mais no mundo é sua decisão pessoal e escolha diária. Se alguém quiser pertencer, então a escolha é sua para não ser excluída e ficar para trás.

Verso 12 Os fortes em Corinto acham que podem lidar com tentações. Que a fé deles é forte o suficiente. Paulo adverte com o pensamento acima mencionado que você não pode cair com sua fluência para entrar nos templos pagãos e comer carne ídolos. Olhe para os antepassados, eles também caíram.
Para o crente, não pense ser forte em sua fé, satanás está à espreita e posa como um anjo de luz. Não pense que Deus o chamou para pregar o evangelho em prostitutas sem que Deus lhe desse um sólido apoio para orar por você. Pessoalmente, não acho que Deus vai mandar você sozinho. O mesmo se aplica à proclamação nos distritos de drogas. NÃO seja enganado por satanás ou por falsos profetas. Um profeta que diz que é a vontade de Deus que você proclama o evangelho no distrito da luz vermelha ou no distrito de drogas, NÃO escuta! Deus fala com você pessoalmente em tal tarefa e também cuida dos seguidores. NUNCA permite que você faça esse tipo de trabalho sozinho.

Verso 13 Que eles estão certos e ainda não caíram, é mais devido à fidelidade de Deus do que à sua forte fé. Entrando em um templo ídolo está pedindo a Deus para protegê-lo. Veja a resposta de Jesus quando ele foi tentado por Satanás. Sua resposta foi: você NÃO tentará a Deus como uma resposta ao desafio das Escrituras.
Uma tentação pode ser comparada a uma armadilha, quem estiver nela não poderá sair (sem assistência). Eles estão permanentemente presos. É por isso que é importante evitar tentações. E não desafiar Deus para protegê-lo e salvá-lo no caso de uma queda. Nem todas as tentações podem ser evitadas, elas aparecem todos os dias. Satanás faz de tudo para tentar o crente que serve a Deus e vive para a Sua glória e fazê-lo tropeçar. É graças à fidelidade de Deus (e sua oração diária pela proteção de Deus) que você não tropeça e, se você caiu, que Deus o liberta.
Deus cuida dos Seus. Ele permite tentações, Ele testa você. Ele quer saber qual é a sua reação a uma tentação. Responda a uma profecia para apenas pregar o evangelho na vizinhança vermelha sozinho. Ou você resiste a essa tentação (porque é bom que prostitutas também ouçam a Palavra de Deus)? Abraão foi testado para sacrificar seu filho. Deus providenciou o resultado com a provisão de um carneiro como sacrifício. Para aqueles que vivem perto de Deus, em uma comunhão diária com Deus Pai, Jesus Cristo como Senhor e sob o controle do Espírito Santo quando será como um crente é enganado e exposto a uma tentação, também fornece a solução. No entanto, um crente que desafia Deus com uma tentação, terá que suportar a consequência se Deus não fornecer uma solução. Afinal, é um teste de Deus e segue seu próprio caminho.

1 Coríntios 10:14-22 A Santa Ceia

Santa CeiaVersos 14-15 Participar das refeições sacrificiais no templo pagão é brincar com fogo. Paulo não usa sua autoridade apostólica para apelar ao senso comum dos fortes Coríntios. Julgue por si mesmo o que você está fazendo ou que é para a glória de Jesus Cristo.

Verso 16 Com os rabinos, a taça de graças é chamada de cálice da bênção. A taça que foi usada no final da refeição para agradecer o nome do SENHOR. Possivelmente esta foi a terceira xícara durante a refeição da Páscoa. Eles pegaram a taça e agradeceram a Deus. Uma comunidade com pode ser traduzida como "participando". Em seguida, torna-se uma participação no sangue derramado de Jesus Cristo na cruz para o pecado do crente. Jesus diz em Mateus 26:27-28 beber deste cálice, porque isto é o sangue da [nova] aliança. É, portanto, uma participação na Nova Aliança. No Antigo Testamento, uma mudança do pecado para o animal sacrificial. O sangue que foi derramado do animal que foi sacrificado. O sangue de Cristo é o Cordeiro (Jesus) que foi oferecido como sacrifício pelo pecado. Esta participação simboliza a remoção do pecado do crente para Jesus Cristo. Cristo como o Senhor ressuscitado que conquistou a morte e a participação na nova vida como filho de Deus e não mais como filho de satanás.
A possível reversão da ordem, primeiro a taça e depois o pão, pode relatar que Paulo se refere aos costumes do templo pagão. Primeiro a taça de vinho deu a volta e depois a carne do sacrifício foi comida.
Como celebrar uma coisa tão santa como a Santa Ceia, que significa participação na morte de Jesus e ter recebido nova vida através da Nova Aliança e negar isso participando do templo pagão na refeição dedicada aos ídolos? Os Coríntios usam seu senso comum para a honra de Jesus Cristo.


A igraja é um disco ou o local onde encontramos Deus? Duração 26 segundos

Podemos estender isso para todas as coisas e coisas na vida do cristão. Que o que o crente faz, pronuncia, come e bebe, usa (pense em álcool, drogas) é isso para a glória de Jesus Cristo? Está visitando uma discoteca, uma praia de nudismo, um lugar que Jesus iria visitar? Hoje, as igrejas são equipadas com luzes de discoteca chamativas e música alta sem melodia. As pessoas se vestem como se fossem uma discoteca. Esta 'igreja' não tem mais nada a fazer como um lugar sagrado onde o crente se encontra diante do Santo Deus (o Santo dos Santos).

Verso 17 Todos os crentes juntos formam o Corpo de Cristo. O único pão que foi quebrado em pedaços por Jesus durante a santa ceia simboliza a unidade de todos os crentes. Participar no corpo da ressurreição de Jesus. O crente trocou o corpo antigo (propriedade de satanás) pelo novo corpo a serviço de Jesus. Depois da ressurreição de Jesus, Ele não tinha mais um corpo humano, mas um corpo espiritual. Um corpo que poderia comer e beber. Assim, o crente com a Vinda receberá um corpo semelhante sem pecado na Vinda de Cristo. Com este corpo sem pecado, o crente pode entrar no Céu.

Verso 18 O povo de Israel da carne. Nos dias do Tabernáculo e do Templo, em alguns casos os sacerdotes comiam a carne do sacrifício (Levítico 6:26; 7:6, 14). Quem come do sacrifício participa do ato conciliatório. O altar é o altar onde os sacrifícios foram feitos e o animal foi abatido para trazer reconciliação com Deus sobre o pecado.

Versos 19-20 Paulo deixa claro que, a partir desses empates paralelos, não se pode concluir que um ídolo é uma realidade. Um ídolo é uma imagem morta. A oferta ao ídolo não é para o Deus Único, mas uma oferenda para espíritos malignos, uma participação em satanás e demônios. Os opositores de Deus, eles trabalham destrutivamente, eles querem destruir a humanidade e a obra de Jesus Cristo. É preciso lutar CONTRA eles e não se envolver em comer carne sacrificial dedicada aos ídolos. Paulo qualifica o sacrifício pagão como um serviço demoníaco! A pergunta que Paulo faz é Deut. 6:4 verdadeiro ou não? O Deus de Israel existe ÚNICO ou não? Se assim for, o paganismo com seus ídolos é uma mentira e um serviço para satanás e demônios. É por isso que a comunidade foge com espíritos malignos. Os templos pagãos e comer carne sacrificial DEVEM ser um passado. Você não precisa mais participar, mostre isso em sua caminhada da vida.
Devemos estender isso ao caminho da vida e da caminhada do crente. O crente deve dizer adeus à sua velha caminhada e modo de vida. Adeus a tudo o que vai contra Deus e Seus mandamentos. Adultério, embriaguez, uso de drogas, sexo com animais, pedofilia, incesto, sexo entre pessoas do mesmo sexo, comportamento injusto, falso testemunho e assim por diante. Isto também se aplica à oração a santos e imagens na Igreja Católica. Nenhuma visita a lugares que Deus não visitará. Não vendo filmes, internet e televisão que você não veria se Deus estivesse na mesma sala. O crente deve levar uma nova vida à honra e glória de Deus.

Verso 21 É verdade que os ídolos não existem como deuses reais, mas são dedicados a satanás e demônios. Então, como você pode se sentar na Santa Ceia de Cristo e na mesa dedicada a satanás e demônios? É Ou-Ou. Ou você participa da Nova Aliança em Cristo e descarta a antiga vida. Ou você permanece a propriedade de satanás e continua a viver no mundo e, assim, uma negação de sua fé cristã e, assim, a propriedade de Jesus. A conseqüência a perda de sua vida eterna no Céu.

Vers 22 As pessoas em Israel geraram o zelo de Deus muitas vezes. Muitas vezes eles deixaram seu Deus Yahweh e imitaram ídolos. Como resultado, entre outras coisas, o exílio babilônico. Mas também as muitas doenças, a lepra, surdas, mudas, paralíticas, eram resultado de sua idolatria.
Se os Coríntios (os crentes) NÃO se despedirem radicalmente de suas antigas vidas, eles não terão que pensar que são mais fortes que o povo de Israel. Eles também receberão a ira e rejeição de Deus.

1 Coríntios 10:23-33 Todas as coisas são lícitas, mas nem todas convêm

Verso 23 Em Cristo Jesus, o crente é livre, também livre de satanás e demônios. Entretanto, aqueles que se expõem voluntariamente a esses poderes experimentarão as conseqüências. Aqueles que voluntariamente não se separam da vida no mundo, e continuam a viver no mundo, experimentarão as conseqüências. Por quê? Ele ou ela se entristece e extingui a obra do Espírito Santo. Os Coríntios fortes podem ter a liberdade de comer carne sacrifical, mas com isso eles dão uma brecha a satanás e demônios. Em todos os que fazem o crente, o crente deve estar ciente É ESSA À HORA DE DEUS? EU DOU UMA PAUSA AO SATANÁS? O que eu vejo, o que eu leio, o que eu visito, o que eu compro, como eu trato meu corpo e o nutro.
Porque nem tudo edifica. Observar a violência dá uma influência prejudicial. Assistir filmes com linguagem grosseira e sexual não edificam, mas prejudica a vida cristã e é um mau exemplo para as crianças. Comer muitas batatas fritas, junk food, é prejudicial para o corpo se for usado em abundância. Ter muitos amigos incrédulos e sair com eles, sem um contínuo testemunho cristão, afeta negativamente a sua vida espiritual.

Versos 25-26 O judeu só tinha permissão para comprar no salão de carne e peixe depois de indagar se havia entrado em contato com o culto pagão. Todos os animais são criaturas de Deus. Um animal sacrificado aos ídolos não altera esse status.
No exterior podemos comprar nas lojas sem verificar a origem. Mas nos países de férias, comprar lembranças é uma questão consciente. Algumas lembranças são contaminadas por demônios. Sim, isso é sério. No Brasil conhecemos a desinfecção com óleo de mirra das casas e a retirada de lembranças. Pense nos bonecos de samba e nas roupas baianas. Os crentes notam que não querem mais ler a Bíblia e orar. A fonte deve ser rastreada, removida e limpa com óleo de mirra. Uma imagem de Buda em sua casa, por inocente que seja, é dar uma brecha a satanás.
Lidere uma vida cristã consciente. Nós tivemos que limpar a livraria evangélica várias vezes (vidros comm óleo) depois de uma maldição ou macumba (sacrificar galinhas e comida para demônios) em frente da loja ter acontecido durante a noite. Nossa casa nós ungimos as paredes, janelas e portas com óleo de mirra. Nossos corpos são ungidos com óleo de mirra. Isso quando o Espírito Santo deixa claro para nós. Sim, apenas ria. Até meus computadores não funcionam mais sem nenhuma indicação. Somente depois da oração os computadores funcionam novamente. Esteja ciente das forças demoníacas. Em um estudo bíblico na Holanda, um imigrante falou sobre o toque e o esvoaçar do telefone em sua casa. A limpeza era necessária. Com os muitos imigrantes na Europa, as forças dos demônios também estão entrando na Europa e não estão mais limitadas à África e à América Latina.

Versos 27-29 Nós somos bem-vindos para visitar os incrédulos e comer. Sem primeiro perguntar se a comida é preparada de maneira especial. No entanto, quando a pessoa indica que é consagrada, nesse momento é preciso dar um testemunho cristão e não comer. A pessoa pode explicar que seu deus existe e você reconhece esse deus. Pode-se comer com um muçulmano, mas assim que o muçulmano anunciar que é um alimento especial, explique que ALLAH não existe, um pensamento do profeta Maomé. Faça isso com amor e não como castigo.

Verso 30 Se a oportunidade surgir, agradeça a Deus e ao Senhor Jesus Cristo antes e depois de comer. Santifique comendo pela oração. Antes e depois de uma visita à casa de um muçulmano, Buda ou outro incrédulo, é bom colocar você mesmo (e família) sob a proteção do sangue do Senhor Jesus Cristo e a obra do Espírito Santo para lhe mostrar as coisas.

Verso 31 Paulo concorda com os fortes Coríntios de que não há nada de errado em visitar e comer com os incrédulos. É preciso fazer tudo para a glória de Deus. Afinal, trata-se da preservação do homem, incluindo o incrédulo, muçulmano, budista, etc.

Versos 32-33 Assegure-se de que sua caminhada e estilo de vida não ofendam os incrédulos e torneis causa de tropeço. Não fale negativamente. Seja um testemunho com comprovação bíblica. Visitar um muçulmano enquanto estiver indevidamente vestido (calções, seios femininos visíveis, etc.) é um mau testemunho. Primeiro, pergunte sobre o costume e as regras muçulmanas. Forasteiros podem cair antes que o evangelho tenha sido pregado a eles.
Mas pense também no fumo, na embriaguez e no adultério dos fiéis, que impedem a pregação do evangelho.
O objetivo não é agradar a si mesmo, mas ser um testemunho de Jesus em todas as suas ações. Mesmo que isso não prejudique sua própria consciência. Seu comportamento e fazer certas coisas podem ser mal interpretados e prejudicar seu testemunho cristão. O objetivo é "agradar" as pessoas através de um bom estilo de vida cristão. Muitos passam a acreditar em Jesus ou a fazer perguntas como resultado da caminhada cristã.
Em 1 Ts. 1:6 Paulo louva os Tessalonicenses porque eles se tornaram imitadores de Jesus. Deixe logo antes o tribunal de Jesus Cristo seja elogiar por seu exemplo e estilo de vida cristã.

Volta MenuRetorne para acima


1 Coríntios 11:1-16 Penteado da mulher

Verso 1 Paulo novamente chama os Coríntios para se tornarem imitadores de Jesus Cristo, como ele é. É uma introdução aos seguintes versos, nos quais ele lida com um mal-entendido na igreja em Corinto.
Os comentários têm muitos pontos de vista diferentes, e certamente em nosso tempo, a declaração de Paulo é difícil de entender.

Verso 2 Aparentemente, Paulo está geralmente satisfeito com as diferentes igrejas que ele fundou e como elas seguem o ensinamento de Paulo. Em sua vida espiritual os Coríntios levam em conta o que lhes disseram oralmente ou por escrito. É assim que deveria ser. Através de seus ensinamentos eles aprendem como podem receber a salvação eterna e manter sua salvação. Afinal, Paulo recebeu seus ensinamentos diretamente de Cristo Jesus pessoalmente, então quem pode argumentar com ele? Suas regras são indiscutíveis. Pode haver crentes fortes e fracos, judeus circuncidados e gentios incircuncisos, casados e solteiros, titulares de cargos e membros da igreja, mas todos eles são um no corpo de Cristo. Todos terão que responder individualmente para o tribunal de Cristo.
Paulo também aprendeu através da tradição dos apóstolos e dos primeiros cristãos sobre a vida de Jesus na terra e seus ensinamentos e declarações. É por isso que devem prestar atenção às tradições dos outros apóstolos, como João e Pedro. Mas o principal ensinamento de Paulo foi através do próprio Cristo Jesus por três anos, Gálatas 1:12 e 18.
Pode haver, no entanto, casos em que nenhuma declaração foi feita pela tradição (ou por Jesus na terra) como 7:12, 25, 39-40. Agora sua pergunta sobre o comportamento das mulheres membros da igreja que participam da profecia e da oração. Logicamente, eles colocaram essa questão a Paulo, seu pai espiritual.

Verso 3 Paulo volta para a criação. Deus o Pai é a cabeça de Cristo Jesus. Primeiro o homem foi criado e depois a mulher, que determina sua classificação. Isso torna a mulher submissa ao marido. A cabeça de todo homem (crente) é Cristo Jesus.
A palavra do Antigo Testamento CABEÇA tem três palavras que estão intimamente relacionadas: cabeça, início e primogênito. Em hebraico, as palavras "cabeça" e "começo" são derivadas do mesmo radical verbal, enquanto o primogênito é considerado o começo. Portanto, o mais importante na alteza. O começo do mês ou ano. O chefe dos convidados, o chefe da família, o chefe do sacerdote: o sumo sacerdote. Ele não é tanto o governante, mas o antecessor, o exemplo. Ele vem em PRIMEIRO lugar e determina a qualidade daqueles que vêm depois dele. Ele faz jus à sua atitude e comportamento, o que caracterizará os seguidores.
Se aplicarmos isso a Jesus, Ele é a CABEÇA da Igreja, o primogênito. Ele é o chefe da sua igreja. Ele deu o exemplo de como um cristão (crista) deve viver. Nele o exemplo é visível como Deus, o Pai, concebeu Adão (e Eva), obediência absoluta. Cristo Jesus é a cabeça de todo homem crente (o homem é o descendente). O homem é a cabeça da mulher (o descendente da costela de Adão). Cristo Jesus provê Sua Igreja com sustento (o Espírito Santo), assim também o homem deve prover o sustento da mulher (comida, bebida, roupa e COMIDA ESPÍRITUAL = educação).
Cristo Jesus reconhece Deus o Pai como Sua Cabeça. O homem deve reconhecer a Cristo Jesus como sua cabeça e ser obediente. Por exemplo, a esposa deve reconhecer seu marido e ser obediente.

Verso 4 O homem deve orar ou profetizar com a cabeça descoberta. Moisés veio com o rosto descoberto e cabeça para a face de Deus na montanha onde recebeu os Dez Mandamentos. A glória de Deus cobriu-o e, diante dos Israelitas, ele teve que cobrir esse esplendor da glória, porque os Israelitas não podiam suportá-lo. A cabeça descoberta em oração e profecia é uma figura do futuro status do homem no Reino de Deus. Uma cobertura seria uma vergonha.

Verso 5 Que as mulheres na igreja participem em oração e profecia não é um tópico de discussão. Eles estão perfeitamente autorizados a fazer isso. No entanto, a questão é como eles se comportam a esse respeito? Ela ocupa o mesmo lugar que o homem (e, assim, esquece a ordem determinada por Deus), ou ela mostra que o homem é a cabeça? Da ordem da criação e, portanto, ela não é a cabeça, ela terá que cobrir a cabeça. A cabeça coberta confirma que ela é uma mulher, tomando o lugar que Deus estabeleceu para ela, obediência ao marido.

Verso 6 Devemos agora considerar o significado deste verso, pois Paulo é um apóstolo ensinado por Cristo Jesus. Não podemos pensar levianamente em suas declarações como não do nosso tempo. Qual é a idéia por trás da cobertura da cabeça da mulher? Um reconhecimento de submissão e obediência aos homens, conforme DETERMINADO por DEUS.
Uma cabeça raspada é uma vergonha para uma mulher. Nenhuma mulher da congregação de Corinto pensaria em cortar o cabelo. O (longo) cabelo era honra e glória de si mesma e de Cristo Jesus. Se a mulher não quiser tomar o seu lugar (como é determinado por Deus) e cobri-la, é melhor que ela raspe a cabeça.
Em suma, o que Paulo quer dizer: a mulher deve mostrar claramente que o homem ocupa o primeiro lugar. Como devemos traduzir isso para o nosso tempo? Roupas dignas, não de saia curta, com seios seminus, em jeans rasgados. ORAR É APARECER PARA DEUS. UM DEUS QUE É MUITO SANTO. A mulher que ora ou profetiza na igreja faz isso em público, na presença de outros homens e mulheres. É sua atitude pública em relação a um Deus muito santo. Moisés deixou Deus com uma face radiante. Isso diz o suficiente sobre Deus. Não comece dizendo, mas Deus é pai. Uma criança pode usar qualquer roupa na casa que ele ou ela quer. Isso pode ser verdade quando a criança está em casa. Mas na igreja, no estudo bíblico, no serviço de oração, a criança deve estar vestida com dignidade porque aparece diante de um Deus Santo. Da mesma forma, o homem e a mulher que crêem devem estar vestidos com dignidade quando alguém aparece diante de Deus em público. Pessoalmente, prefiro que a mulher vá às reuniões de saia ou vestido. Por quê? Deut. 22:5 A mulher não usará roupa de homem, nem o homem, veste peculiar à mulher; porque qualquer que faz tais coisas é abominável ao Senhor, teu Deus. É por isso que temos respeitadas as palavras de Deus.
Paulo deduz aqui que deve haver preocupação, se de qualquer maneira, a mulher não quiser tomar seu lugar e funcionar claramente no plano de salvação.
Eu pessoalmente acho que é uma vergonha para uma igreja se apenas as mulheres orarem e nenhum homem.

Verso 7 Os sinais externos podem diferir por cultura. Pense em papuas, tribos indígenas. Até mesmo existem culturas dentro de um país. Mas o que DEVE ser preservado é que o homem é a imagem e a glória de Deus. A mulher é a glória do homem. Uma mulher que se veste indignamente nas reuniões é um mau exemplo e um mau luzeiro de seu marido. Derruba o marido dela. Devo dar um exemplo? Uma mulher e uma mãe vieram à igreja vestidas com uma minissaia, enquanto sentavam-se, o deslizamento era visível! Essa é uma maneira digna para o homem e Deus? Eu realmente não entendo como o marido dela permite isso. Ela e seu marido não arriscam sua salvação? OK, não posso julgar, isso é Cristo.

Versos 8-9 Paulo relembra a criação. Primeiro Adão foi criado por Deus à imagem de Deus. Cabe a Adão ser obediente a Deus e ser a glória de Deus. Quando Deus viu que Adão estava lutando para ficar sozinho, Deus pegou uma costela de Adão e criou a mulher como sua ajudante. Embora o plano de salvação de Deus estabeleça que homens e mulheres recebam o perdão dos pecados pela fé, a ordem dos homens é mantida como a cabeça da mulher. Como Deus é a cabeça de Cristo Jesus.
Mas qual orientação para mulher solteira? Ela terá que se comportar com dignidade durante as reuniões. Não deseje tomar o lugar de um homem ou funcionário da igreja.

Verso 10 Isso significa que os anjos de Deus e os anjos caídos (incluindo satanás) estão ou podem estar presentes nas reuniões. Anjos são mensageiros de Deus. Os anjos de Deus levam orações a Deus no Céu. Os anjos caídos e satanás acusam os crentes diante de Deus no Céu Jó 1:6-10. A maneira como o homem e a mulher estão vestidos pode ser uma razão para o inimigo a indiciarem a Deus. Uma mulher que mostra na reunião que NÃO quer tomar seu lugar determinado por Deus, e se coloca acima do homem, será acusada pelo inimigoa Deus. O poder em sua cabeça é mostrar claramente que ela reconhece ser uma mulher, com o homem como cabeça. Na cultura em Corinto por meio de um véu como um sinal externo.
"Por causa dos anjos" pode significar: o que os anjos de Deus devem pensar quando a mulher tira o véu e, assim, mostra abertamente que ela não quer tomar o lugar para o qual está designada no plano de salvação? E isso enquanto eles acabaram de ver o plano de salvação de Deus. Estar presente em uma reunião onde Deus Pai e o Senhor Jesus Cristo recebem toda a honra e o reconhecimento de que eles são o Cabeça da Igreja de Cristo.

Verso 11 Não se pode concluir do exposto que todos têm sua própria autoridade. Maridos e esposas devem ter sua fé para participar do plano de salvação do pecado. Ambos recebem pela graça de Deus. Ambos se tornam filhos de Deus e fazem parte do Corpo de Cristo. Gálatas 3:26-28 Pois todos vós sois filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus; porque todos quantos fostes batizados em Cristo de Cristo vos revestistes. Dessarte, não pode haver judeu nem grego; nem escravo nem liberto; nem homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus. É por isso que não deve haver dois grupos na igreja, mas não há nada de errado em reuniões masculinas e em reuniões das mulheres. Afinal, temos serviços para crianças e jovens. Ambos trabalham juntos para edificar o Corpo de Cristo, oração pela salvação dos incrédulos. O décimo para a manutenção da congregação, evangelismo e missão. Profecia para edificar os incrédulos (revelação de certos pecados).

Verso 12 Paulo volta para a criação. O homem não pode nascer de si mesmo. A mulher é necessária para dar à luz o homem. Sem ela, ele não é nada. No entanto, o que se aplica aos homens também se aplica às mulheres. Sem fertilização pela semente masculina, não há nova vida! Quem responder a Deus verá que um homem e uma mulher são necessários para gerar um filho. Não é um casal gay, eles não podem gerar filhos naturalmente! Deus tem DETERMINADO: semente masculina e ovo feminino, o casamento entre um HOMEM E uma MULHER. Ambos são criados de e por DEUS. Assim é para a glória e honra de DEUS!

Versos 13-15 Paulo apela para sua própria cultura. Homens judeus, gregos e romanos tinham o cabelo curto, enquanto as mulheres usavam cabelos compridos. Tornou-se uma segunda natureza/hábito. Em esta cultura, era uma vergonha quando o homem se comportava como mulher e tinha cabelos compridos. No entanto, acredito que isso também se aplica em nosso tempo. Um homem com cabelos longos (até os quadris) não é um sinal de masculinidade, mas de feminilidade. Também a este respeito, sustenta que o cabelo do homem e da mulher deve ser para a honra e glória de Deus.

Verso 16 Paulo conclui com uma explicação clara. Se alguém discordar, nós (apóstolos) não temos o hábito de discutir, recebemos autoridade de Jesus para ensinar. Rejeitamos o hábito de orar indigno de homens e mulheres em sua igreja.

1 Coríntios 12:17-34 Mal-entendidos na Ceia

Verso 17 O apóstolo fez uma declaração obrigatória no precedente. Agora vem uma declaração sobre o segundo mal-entendido, sobre o qual eu, tenho que expressar minha desaprovação. Suas reuniões são contrárias ao propósito de se reunir, com o resultado de uma grande vergonha. O objetivo é construir a igreja, mas na sua igreja as pessoas fazem coisas que se quebram (ajuntais para pior).

Versos 18-19 É errado que haja grupos presentes com você, isto é, divisões sob você. "Eu, em parte, o creio", o que Paulo quer indicar que isso só pode dizer respeito a uma parte da igreja e não a toda a igreja. Todos vão ver por si mesmos se podem suportar o teste do Senhor Jesus Cristo; amar o próximo como a si mesmo.

Versos 20-21 Vocês podem se sentar juntos na Ceia do Senhor, mas não é unidade. Nenhuma unidade no corpo de Cristo, como Jesus planejou durante sua última ceia com seus discípulos. Como explicar o verso 21 permanece obscuro. É possível que todo membro da congregação tenha contribuído na forma de pão e vinho. Mas isso logo comeu e bebeu, de modo que nada foi deixado para aqueles que eram incapazes de fazê-lo. A questão que permanece sem resposta é quantas vezes a refeição conjunta foi realizada? Diariamente como nos Atos 6: 1, semanalmente ou em intervalos maiores? Havia o costume de um jantar conjunto com, no final, a ação de graças de partir o pão e a taça de vinho.

Verso 22 Aparentemente há aqueles que se serviam antes e demais que o necessario e nada estava sendo deixado para as pessoas que vinham mais tarde. Eles já tinham comido tudo e não deixaram nada para os irmãos e irmãs ainda ausentes. Sim pior ainda havia aqueles que estavam bêbados de vinho. Um comportamento muito egoísta, que não tinha absolutamente nada a ver com o sacramento como pretendido por Jesus. Paulo expressa claramente sua desaprovação a isso.
Paulo mostra claramente sua raiva: você não tem sua própria casa onde você pode comer e beber de antemão? Você tem que demonstrar abertamente sua riqueza comendo e bebendo sem compartilhar com os pobres? Assim, você despreza tanto a obra consumada do Senhor Jesus Cristo? O uso conjunto da refeição não é para encher o próprio estômago, mas para uma comunhão nos senhores. O Corpo de Cristo, todos os membros da igreja como um todo, devem ser nutridos por esta refeição.
Paulo continua com: O que posso dizer? Posso te elogiar? Sua resposta é clara: NÃO VOS LOUVO! neste momento. O louvor no verso 2 foi justificado, mas este ponto merece minha desaprovação.

Verso 23 Isso pode ser explicado de duas maneiras. Ou da boca dos 11 discípulos, Paulo aprendeu sobre a Última Ceia com Jesus, então pela tradição (entrega). Ou, eu prefiro esta explicação, através do ensino pessoal de Cristo Jesus, depois de Sua aparição no caminho para Damasco, ele recebeu as instruções sobre o sacramento. É por isso que a autoridade de Paulo é indiscutível. A origem está no sacramento com os 12 discípulos antes do aprisionamento e morte na cruz de Jesus. Lá, Jesus pegou um pão e o compartilhou com TODO discípulo (incluindo o traidor Judas) e tomou 1 xícara da qual TODO o discípulo bebeu. NINGUÉM foi excluído, era comum. Isso é o que deve ser comemorado . Naquela noite, Jesus, como mais pesado era (me deixa este cálice passar), mostrou o quanto Jesus amava o homem pecador até a sua própria morte. Absolutamente nenhum egoísmo. O sinal indelével do sacrifício para o bem do outro.

Verso 24 Em Mat. 26-26-29, Marcos 14: 22-25 e Lucas 22: 15-20 é a descrição da Última Ceia com Jesus. Jesus pegou um pedaço de pão. Nenhum pão comum, mas o pão sem fermento do êxodo do Egito, da refeição da Páscoa. É testemunho da libertação do Egito, este sacramento testemunha a libertação do homem pecador pela quebra (morte) de Jesus na cruz.
Jesus dá graças a este pão. Este é o meu corpo para você. Aqui Jesus se une ao pecador individual. Então Jesus partiu o pão e o entregou aos discípulos. Cada um dos discípulos, pessoalmente, participou deste único pão. Todos pessoalmente comiam desse pão.
Este é o meu corpo para você. Com isso Jesus rompe com a ceia da Páscoa judaica, a comemoração do êxodo do povo de Israel do Egito. Esta é uma nova Páscoa, uma nova ceia, um novo fato. Vários cordeiros foram abatidos durante o êxodo do Egito (1 cordeiro para pelo menos 10 pessoas). Este Cordeiro Jesus é Um e Uma Vez, que definitivamente termina e morre pelo pecado do homem. Na sequência, Seu Corpo estará no centro.
"Para você" enfatiza o caráter pessoal. É a fé pessoal do cristão em Jesus Cristo.
É uma memória, um lembrete duradouro do sofrimento e da morte de Jesus na cruz. Portanto, não é que este pedaço de pão se transforme no corpo de Jesus (como a Igreja Católica afirma). Jesus diz claramente que é uma memória.

Verso 25 Se voltarmos à tradição judaica para amar a refeição, então a refeição da Páscoa foi concluída com uma oração de agradecimento na quarta e última taça, que foi realizada com a largura de uma mão acima da mesa. Entre os judeus, a terceira taça era chamada de "taça de ação de graças". Problema é agora a terceira e quarta taça. É por isso que tomamos a liberdade de chamar o quarto copo de taça de ação de graças. Não é importante se Jesus concede a terceira ou quarta taça como "a nova aliança do meu sangue". A declaração do NOVO PACTO é importante. A antiga aliança consistia em guardar a lei (a Torá, os mandamentos nos primeiros cinco livros da Bíblia), que nenhum homem era capaz de realizar e, portanto, nenhum acesso à vida eterna no Céu. O novo pacto pela fé no Senhor Jesus Cristo dá acesso à vida eterna no Céu. Não através do trabalho do homem, mas através da fé na obra de Jesus Cristo.
O sangue do cordeiro pascal abatido (Ex. 24: 8) selou a antiga aliança. O sangue de Jesus (água e sangue veio do corpo de Jesus quando o soldado apunhalou) selou o novo pacto. Cada discípulo teve que beber deste copo, é pessoal. É uma taça, a unidade dentro do Corpo de Cristo.
Faça isso para a minha memória. É a taça que circula durante o sacramento, a expressão do ser 1. Nele, todos os que participarem verão o trabalho finalizado e o perdão através do sangue de Jesus. Se você não esperar um pelo outro durante a celebração do sacramento, então você quebra a unidade, e não é uma celebração da ceia sagrada.

Versos 26-27 Assim Paulo explicou o significado do sacramento. Este amoroso sacramento dura até a Vinda de Cristo. Então nós estamos com Jesus Cristo para sempre e esta celebração termina.
Se você não espera um pelo outro e o outro enche seu estômago e deixa o outro com fome, isso é um insulto a Jesus Cristo, uma participação indigna. Paulo chama isso de pecado (será réu do corpo). Comer e beber são o primeiro plano dos Coríntios, não a memória da morte e do sofrimento de Jesus, a unidade dentro da igreja. Tal pecado que as conseqüências (verso 30) não ficarem fora.

Versos 28-29 Cada um dos Coríntios investiga que ele ou ela seja culpado desse pecado. Agora eles têm a oportunidade de se avaliar e possivelmente se corrigir. Se não, o próprio Jesus pronunciará o julgamento. Ele não permitirá que esse abuso aconteça com impunidade. Esse julgamento pode não ser uma destruição eterna, mas uma punição no verso 30.

Verso 30 Os primeiros sinais de punição já são claramente visíveis na congregação de Corinto: fracos e mortos (não poucos que dormem). Fracos e doentes na forma de fraqueza e doença (grave e em longo prazo). O julgamento do Senhor. É agora a abundância na igreja que é a indicação do julgamento do Senhor. A doença ocorre em todas as pessoas, isto é uma conseqüência da queda. Paulo carregou um espinho na carne para não se exaltar. Mas de Tiago 5:14 também conhecemos a doença causada pelo pecado. Com uma perseverança no pecado, leva a uma morte física. Recusa do crente, não desejando reconhecer o pecado, não viver sob o controle do Espírito Santo tem conseqüências. Primeiro de tudo, aflige o Espírito Santo, com persistência à extinção. Já que o crente tem livre arbítrio, dependendo do tipo de pecado, haverá punição direta ou não. Nem todo crente (e assim pertence ao cinco virgens insensatas) vá com a Vinda de Cristo, veja Mateus 24:40-41. Um exemplo que uma pessoa que tem um relacionamento com um incrédulo ou faz sexo antes do casamento extinguirá a obra do Espírito Santo, que é a livre escolha do crente. Raramente alguém vê um julgamento do Senhor sobre esse pecado. O crente vai ler ou orar menos ou nada. A conseqüência, no entanto, está ficando para trás na Vinda e, possivelmente, uma perda da vida eterna no Céu.

Versos 31-32 O julgamento do Senhor é visível. Cabe a cada crente individualmente testar a si mesmo, como é minha vida espiritual? Eu vivo para a glória do Senhor Jesus Cristo? Eu leio a Bíblia diariamente e desejo entender o que a Bíblia diz? Eu oro diariamente? Eu tomo bastante tempo quieto, estou trabalhando no meu relacionamento com o Senhor? Meu comportamento é consistente com o que a Bíblia ensina?
Deus tolerou os ídolos entre as nações até certo ponto (quando o grau de pecado estava cheio, Sodoma e Gomorra, veio a punição). Com seu povo israelita, Deus não foi tolerante e seguiu o exílio. Eu não posso explicar como podemos tolerar a atual tolerância de Deus em relação às igrejas gays, pregadores que não têm nenhuma objeção ao aborto e à eutanásia, aos próprios pregadores ou à tolerância com a tatuagem. Mas possivelmente porque em Mateus 24 Jesus diz que muitos falsos cristos virão no fim dos tempos. Vivemos no fim dos tempos e temos outros 2-3 anos (2019) até a Vinda de Cristo? Sua plenitude pode ter que ocorrer antes da Vinda.

Versos 33-34 O conselho de Paulo, pôr fim à presença de fraqueza, doença e morte através de seus pecados e participação indigna no sacramento. Espere um pelo outro. Primeiro, todos os presentes antes de participar da refeição e celebrar a Santa Comunhão no final. Se alguém acha que isso leva muito tempo, deixe-os comer em casa primeiro. Mas leve comida e bebida suficientes para distribuir isso aos pobres. Então, aqui estamos falando de celebrar uma refeição como Jesus fez em sua última noite. Jesus, junto com seus discípulos, primeiro comeu a refeição, DEPOIS da refeição em que o estômago foi fornecido, seguiu-se o partir do pão e a excursão do vinho com ação de graças. Então essa é uma celebração diferente do que na maioria das igrejas, onde apenas um pedaço de pão é consumido e um copo de vinho é bebido.

Volta MenuRetorne para acima


1 Coríntios 12:1-11

1 Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes. 2 Vós bem sabeis que éreis gentios, levados aos ídolos mudos, conforme éreis guiados. 3 Portanto, vos quero fazer compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz: Jesus é anátema! E ninguém pode dizer que Jesus é o Senhor, senão pelo Espírito Santo.4 Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. 5 E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo. 6 E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.7 Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um para o que for útil. 8 Porque a um, pelo Espírito, é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; 9 e a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar; 10 e a outro, a operação de maravilhas; e a outro, a profecia; e a outro, o dom de discernir os espíritos; e a outro, a variedade de línguas; e a outro, a interpretação das línguas. 11 Mas um só e o mesmo Espírito opera todas essas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.

O que significa isso ?

Paulo sabia que havia muita discussão entre os Coríntios, agora ele vai explicar dos dons espirituais. Quando eles éreis gentios, vocês adoram os imagens de ídolo, que não era capaz de falar. Agora eu proclamei o Senhor Jesus Cristo e o Espírito Santo, os Deuses que falam com vocês. Pelo Espírito Santo você não está capaz de maldizer Jesus, e ninguém sem Espírito Santo está capaz de falar: Jesus Cristo é meu Senhor.

Existem vários dons, mas todos os dons saíram de um espírito: O Espírito Santo. Tem varias maneiras de serviços para Jesus, não existem serviços para Pedro, para João, para mim, todos os serviços são para o Senhor Jesus Cristo. Estes serviços são somente possível pelo o poder de Espírito Santo, pelo nosso poderoso Deus, o Pai.

Aos todos crentes, é dado o conhecimento de Espírito Santo que é Ele que mora no crente e que é Ele que trabalha dentro cada crente, SE o crente deixa Ele trabalhar dentro e com o crente.
Ao um é dada falar da sabedoria (Quem mantém a boca fechada, os guardas se, que são, seus lábios se deixem na destruição. Provérbios 13:3). Um outro a palavra da ciência, explicar a palavra de Deus. Uma outra pessoa tem muita fé, sem fé está impossível fazer a obra de Deus, precisa crer que Deus está capaz de fazer milagres. Um outro dom de curar de doenças (como câncer) e deficiências.
Um dos maiores dons é o dom de profecia (1 Co. 14) e o dom de discernir os espíritos. O dom de discernir os espíritos é essencial para cada crente. Porque como você sabe se é o Espírito Santo fala com você e não um demônio ou o satanás? É verdadeira que você fala na língua estranha pelo Espírito Santo? É verdade que você recebeu a ordem de um trabalho para Jesus é pelo Espírito Santo? O dom de curar é verdadeiro de Espírito Santo? O dom do discernimento de espíritos é importante para cada crente para diferenciar ou um pensamento é de si mesmo, ou pelo satanás ou pelo Espírito Santo. Você deve ser capaz de discernir se as pessoas dizem era a verdade, ou jogam com seus sentimentos e compaixão para obter o que eles gostariam, ou eles te enganam e falam mentiras. Eles tentam te franqueza e preocupado, para que eles obtenham o que desejam.
Nós podemos pedi com zelo um ou mais dons. Precisa pedir com sinceridade, porque você precisa este dom (dons) pra sua obra do Senhor Jesus Cristo. Não porque você quer mostrar outros crentes que você tem dons. Infelizmente também um demônio pode dar um dom ao você (possível porque você fica insistindo). Verdadeiro dons são do Espírito Santo, é Ele que repartiu a cada um como ELE quer.

1 Coríntios 12:12-31

12 Porque, assim como o corpo é um e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também. 13 Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito. 14 Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos. 15 Se o pé disser: Porque não sou mão, não sou do corpo; não será por isso do corpo? 16 E, se a orelha disser: Porque não sou olho, não sou do corpo; não será por isso do corpo? 17 Se todo o corpo fosse olho, onde estaria o ouvido? Se todo fosse ouvido, onde estaria o olfato? 18 Mas, agora, Deus colocou os membros no corpo, cada um deles como quis. 19 E, se todos fossem um só membro, onde estaria o corpo? 20 gora, pois, há muitos membros, mas um corpo. 21 E o olho não pode dizer à mão: Não tenho necessidade de ti; nem ainda a cabeça, aos pés: Não tenho necessidade de vós. 22 Antes, os membros do corpo que parecem ser os mais fracos são necessários. 23 E os que reputamos serem menos honrosos no corpo, a esses honramos muito mais; e aos que em nós são menos decorosos damos muito mais honra. 24 Porque os que em nós são mais honestos não têm necessidade disso, mas Deus assim formou o corpo, dando muito mais honra ao que tinha falta dela, 25 para que não haja divisão no corpo, mas, antes, tenham os membros igual cuidado uns dos outros. 26 De maneira que, se um membro padece, todos os membros padecem com ele; e, se um membro é honrado, todos os membros se regozijam com ele. 27 Ora, vós sois o corpo de Cristo e seus membros em particular. 28 E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente, apóstolos, em segundo lugar, profetas, em terceiro, doutores, depois, milagres, depois, dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas. 29 Porventura, são todos apóstolos? São todos profetas? São todos doutores? São todos operadores de milagres? 30 Têm todos o dom de curar? Falam todos diversas línguas? Interpretam todos? 31 Portanto, procurai com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho ainda mais excelente.

O que significa isso ?

Imagem de esqueletoCorpo de Cristo, profissõesO Corpo de Cristo tem muitos membros: pastores, anciãos, diáconos, mãe, pai, médicos, missionário, evangelistas, lojistas, pessoal de escritório, mecânico, pedreiros, professores, você se soma. Cada crente tem seu lugar no Corpo de Cristo. Ninguém é importante, o um não pode falha de outro. A mão precisa o olho para se dirigir. O pé precisa a perna para andar.
Não tem diferença de gentil e judeu. Se nós somos livres (dono de empresa, dono de loja, independente) ou servos (no serviço de uma empresa, no serviço de governo, etc.), todos nós são empregados de nosso Senhor Jesus Cristo. Pra Ele nós fazemos nosso trabalho. Cada nós temos uma função, igual Ele quer. Todos nós temos o dever de contribuir, também financeiro. Sem dinheiro, a obra do Senhor pare. Se um membro não contribui, isso danifica o corpo, a obra do Senhor Jesus Cristo. Um pastor, um missionário, um evangelista dependente muitos de orações de crentes, que eles oram contra o mal, eles precisam dinheiro para proclamar, eles precisam comida. O olho não pode dizer à mão: Não tenho necessidade de ti. Cada crente tem sua função. A mãe para ensinar as crianças, fala de Jesus Cristo, quais são os valores cristas. Um crente que somente orar e dá seu dízimo, não é menor do que o evangelista. O evangelista, professora de salinha dominical dependem de oração (quebra de mal, o poder de satanás dentro de infiel, que o Espírito Santo convence o infiel, proteção contra o mal, etc.) e o dinheiro (salário, panfletos, materiais (projetor, computador) para evangelizar). De maneira que, se um membro padece, todos os membros padecem com ele. Nós somos o corpo de Cristo e os membros do Senhor Jesus Cristo em particular.

E Deus que define o lugar de cada crente. Sim, o crente pode desistir, não quer. O Deus sabe o coração de cada crente.
Primeiro o Deus designou os apóstolos: 12 que andavam com Jesus na Vida Dele na terra. O Judas trai e levou se para morte. O Deus designou no seu lugar o apóstolo Paulo que recebi também durante três anos direto de Jesus Cristo ensinamento (Ga. 1:12 e 18). Por isso NÃO tem outros do que este 12 apóstolos. Depois eles não têm mais apóstolos. Porque o titulo apóstolo é reservado para quem vi e foi ensinado direto pelo Jesus Cristo. Ninguém de hoje é mais ensinado pelo Jesus Cristo e viu Ele. Hoje nós recebemos nosso ensinamento pela Bíblia. Apóstolo Paulo teve todos os dons, escrevi 13 livros de Novo Testamento, enquanto os outros apóstolos junto somente 10 livros. Paulo dou a profecia de Vinda da Cristo, ensinou como grande sabedoria os valores cristãs. Assim ninguém tem hoje o reto de se chama apóstolo.
Em segundo lugar tem profetas, que explica em 1 Co. 14, quem são as pessoas que revela a Vontade de Deus. Revela coisas de pessoa (fiel e infiel) sem que ela falou antes. O profeta mostra o poder de Deus, edifica e exorta a pessoa.
Em terceiro lugar mestres que ensina (crente e não-crente) a Bíblia, explicar o que significa o texto/verso na Palavra de Deus, da estudos bíblicos, escreve comentários da Bíblia, prega.
Outros tem o dom de curar. Mas precisamos observar que este dom é mais usado para mostrar o poder de Deus, para infiéis. A cura de crente acontece mais em acordo de Tiago 5:14-16 sobre confissão de pecado.
Outros tem o dom de socorros: apóia e visite na cadeia e hospital, ajuda os doentes e deficientes, ajuda financeiro e da cesta básica às famílias de pobreza. Apóia as crianças de rua. Construí casas para família sem casa, construí internatos, etc.
Sabedoria de governar: administrar financeiro, liderança de evangelismo, liderança de jovens, organizar festa (Natal, Páscoa), etc.
variedades de línguas, se Paulo refere aqui de falar em línguas estranhas ou o dom de falar de países (português, alemão, inglês, chinês, hebraico, grego, etc.) não sei, pode ser verso 30. Falar em línguas estranhas, Paulo explica melhor em 1 Co. 14.
Paulo acaba este capítulo, que nenhuma crente tem todos os dons, cada crente tem um ou mais dons, porque cada crente tem seu lugar no Corpo de Cristo. Juntos formam o Corpo, juntos tem os dons. Mas ele gostaria de procurar com zelo os MELHORES dons altos. Para o que? Que a igreja será edificado e crescer. Que o infiéis aceita Jesus Cristo como Salvador e Senhor. Isso é o caminho que o apóstolo Paulo nos ensina.

Volta MenuRetorne para acima


1 Coríntios 13 O Amor

Verso 1 Escrever sobre o amor sem amar e ler sobre o amor sem querer amar é vaidade. O amor cristão pode ser classificado da seguinte forma:
Versos 1-3  Se falta amor, a vida cristã é sem conteúdo,
Versos 4-7  O amor determina a qualidade de vida,
Versos 8-13 O amor tem a qualidade da eternidade.

Para os Coríntios, falar em línguas era a mais alta revelação do Espírito Santo. Paulo já mostrou em sua carta que essa todavia era uma revelação MAIS BAIXA. De acordo com os Coríntios que falavam em línguas, o modo inadequado de falar na terra estava além e falava em linguagem celestial. Os anjos falaram com Deus, ninguém sabe que língua é essa. Em todo caso, sabemos que os anjos de Deus (e talvez também os anjos caídos) dominam a linguagem das pessoas. O anjo Gabriel falou com Daniel e o sacerdote Zacarias. Mas Paulo ressalta que falando em línguas ou mesmo falando a língua dos anjos, isso não tem significado algum se falta o amor. O Corintio que falava em línguas erguia-se acima do irmão ou irmã que não falava em línguas, completamente desamoroso. Independentemente do fato de que esse irmão ou irmã tivesse o dom de profecia ou mestre, este dom estava acima do dom de falar em línguas.
Os Coríntios estão principalmente focados em obter o dom do Espírito para si e não no propósito de edificar a igreja. Falar em línguas é também um metal que soa (instrumento de sopro) ou um címbalo que retine (instrumento de percussão) se a explicação de falar em línguas estiver faltando. Em seguida, só resta ruído e barulho se não houver compreensão (melodia).
Os Coríntios se enganam quando pensam que receberam um ótimo do Espírito quando falta amor. É o caminho do amor (Jesus deu a sua vida na cruz pelo homem pecador) que é muito mais elevado e leva à vida eterna no Céu.
Praticamente falando, Deus só conhece 1 amor, Ágape. O amor de Deus, um amor infinito em palavras, mas especialmente em ações reais. Deus dá o Seu Filho Jesus para libertar o pecado do homem. Ele dá vida através de comida e bebida, trabalha para o crente. Livre do exílio e do poder dos demônios e satanás.
O amor cristão se mostra em palavra e ação ao próximo (o bom samaritano). O amor do homem e da mulher para deixar seus pais (casa dos pais) e começar uma nova vida independente juntos. O homem cuida de sua esposa e filhos. Ela é toda ouvidos para o outro.

Verso 2 Profecia, conhecimento e fé (montanhas se movem Mateus 17:20) estão entre os dons espirituais. Paulo nega que esses dons sejam uma expressão da vida espiritual de um crente ou de seu lugar dentro da igreja. Esses dons são dados pelo Espírito Santo, como Ele quer, com o propósito de usar isto em amor pela CONSTRUÇÃO do Corpo de Cristo. E NÃO para o propósito que o crente se eleva acima do outro crente, isto é desamoroso. Se o amor pelo próximo está faltando (não tivesse amor) então esses dons são inúteis (nada seria).

Verso 3 Duas coisas são acrescentadas, embora eu tenha dado todas os meus bens, ou que meu corpo para ser queimado (morto) para a fé cristã, estas duas não têm valor se não forem do amor. Amor pelo próximo. Testemunho e amor por Jesus. Ser queimado para não perder a vida eterna no Céu não deve ser o motivo, mas o amor por Jesus. O monge que se queima e adquire fama com ele, não tem absolutamente nenhum valor e é inútil.

Verso 4 Sofredor é não responder imediatamente. Deus está zangado com o pecado do homem. No entanto, as pessoas têm uma oportunidade para se arrepender e crer em Jesus Cristo. O crente que vive no mundo e não para a glória de Deus, tem a chance de se arrepender até morte e viver sob a orientação do Espírito. Deus NÃO intervém diretamente, não pune diretamente, Deus restringiu sua ira. Ele quer dar a outra pessoa o espaço para chegar ao reconhecimento do crime. Isso é amor.
Mas a raiva e a punição permanecem se alguém não se arrepender. O criminoso, ladrão e assassino DEVEM ser punidos. A pessoa que não crê em Jesus como o Salvador do pecado terá que suportar o castigo de Deus. O crente seguindo seu próprio caminho terá que arcar com as consequências, talvez até com a perda da vida eterna no Céu (negação de Jesus Cristo).

Benigno enche de coisas boas. Não retribui a injustiça, mas recompensa o mal com o bem. Ela continua a fazer bem no relacionamento. Deus continua a cuidar do crente que vive no mundo através da comida e da bebida. Mas isso NÃO é um sinal de que Deus aceita esta vida. Às vezes, Deus intervirá por meio da disciplina do (sem) trabalho, da fome e da sede, da doença. Mas a vida é preservada (e às vezes não com pecado grave) e as pessoas têm a oportunidade de se arrepender e deixar o caminho pecaminoso.

Não é invejoso, ela deixa o outro espaço para a paz e prosperidade. Se alegra se a outra pessoa estiver bem.

Não se vangloria, ela não está à venda com os presentes recebidos de Deus. Adquiriu o bem através do trabalho árduo, prosperidade, conhecimento, inteligência. Destina-se a manter-se pequeno e dar toda a glória a Deus. Ela vive com ciúmes. Não vai à venda com "ver quão bem eu estou fazendo". Ajuda o outro (em segredo) em suas deficiências. Deixe o outro compartilhar em sua riqueza (bens, conhecimento, trabalho).

Não se ensoberbece, é sobe acima do outro. Paulo observa que alguns Coríntios sucumbiram a isso, elevam-se acima do outro, louvam seus dons. Mostre seus dons abertamente e considere-se mais alto que o outro.

Não se porta inconvenientemente, ela respeita o outro, leva em conta a fraqueza do outro. Quem ama o outro fala palavras construtivas e de crítica construtiva. Não fala palavras que derrubam alguém. Nenhuma palavra grosseira e inapropriada em público. Nenhum ato impróprio (adultério, comportamento injusto, atos indecentes cometidos por uma noiva, embriaguez, violência, etc.) Quem ama o outro sabe como se comportar e mostra isso nas boas maneiras.

Não busca os seus próprios interesses: ela não busca as coisas por si mesma. Ele não defende os interesses PRÓPRIOS, os poderes e objetivos PRÓPRIOS se a outra pessoa sofrer. Ela também ajuda o outro por amor quando isso não beneficia sua vida pessoal. O propósito é ajudar a outra pessoa, como Jesus deu sua vida para lhe dar o perdão do pecado. Então você não precisa receber o castigo de Deus o Pai.

Não se irrita, não rejeita ou não gosta. Um exemplo é Paulo em Atenas, uma cidade cheia de ídolos. Isso teve sua desaprovação e amargura. Sua reação não foi romper os ídolos, mas pregar o evangelho com amor. Para proclamar as boas novas do deus desconhecido (imagem) que traz salvação e vida. Endereçando sua ignorância.
Quando você vê um irmão ou uma irmã vivendo em pecado, algo que evoca sua aversão (pessoal), você fala com ele ou ela (sob olhos particulares) motivado com textos bíblicos (não retirados do contexto). Esta é especialmente a tarefa do pastor que vê abusos ou pecados em sua igreja.

Não suspeita mal. O amor não mantém contas do mal feito. Liquidação permanece fora. Mas eu gostaria de fazer um comentário sobre isso. O mal deve ser confessado. Deus considera o crente responsável, o pecado deve ser confessado pelo nome. Um assassino deve se arrepender e oferecer suas desculpas aos parentes e aceitar a punição. A ira de Deus pelo pecado do homem é lícita, mas não há questão de abolição, mas de atraso incrédulo até o dia do julgamento.

Verso 6 É injustiça quando alguém não cumpre suas obrigações, parece pouco confiável. É justiça quando alguém mantém sua palavra e a mantém. Fazer o que ele ou ela ofereceu, não desaponta. Uma criança que experimenta que seu pai ou mãe não faz o que foi prometido ficará desapontada. Se isso acontece com frequência, a criança perde a fé em seu pai ou mãe. Enquanto se honra, a criança é feliz. As pessoas são felizes quando a verdade é falada.

Verso 7 Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
Tudo sofre e tudo suporta. Ela sabe o que é prosperidade e que adversidade é. Uma vida persistente no poder do Espírito Santo. Continue a mostrar o amor de Deus sob todas as circunstâncias, mesmo sob tortura.
Tudo crê, confia em pessoas para falar a verdade, não é inicialmente suspeita. Somente quando comprovada falta de confiança, ela não acredita mais. Acreditar em tudo significa não simplesmente aceitar todas as coisas. Deus deu ao homem senso comum e ao crente o Espírito Santo como ajuda adicional. A mente adverte o homem contra o perigo, contra as coisas erradas (roubo, assassinato, condução através da luz vermelha), o Espírito Santo adverte com yoga e pecado.
Tudo espera. Espero que as coisas boas sejam baseadas em fatos, a redenção pelo sangue do Senhor Jesus Cristo, a vida eterna no Céu sem doença e tristeza. Ela aguarda a nova criação onde Deus governa e satanás e os demônios estão no lago de fogo.

Verso 8 O amor jamais acaba assim como Deus é eterno. O crente viverá no Céu para sempre, não há ódio somente amor. Profecia, educação, doença, falar em várias línguas, tudo terá chegado ao fim e será terminado no Céu.

Versos 9-10 Nosso conhecimento na terra é muito limitado. Nós só temos (em parte) conhecimento do que está acontecendo na terra. Não temos absolutamente nenhum conhecimento de espaço, o que está acontecendo em outros sistemas solares. Não temos absolutamente nenhum conhecimento da batalha nos reinos celestiais, a batalha entre satanás e seus anjos caídos com os anjos de Deus. Nosso conhecimento é muito limitado em relação ao mundo micro de vírus e bactérias. Mas quando no Céu receberemos conhecimento perfeito.
Assim como ninguém acha estranho que uma criança fale em linguagem infantil e pense e aja com um sentido infantil, o mesmo acontece com o crente. O incrédulo pensa com sua mente incrédula. O crente que cresce no conhecimento bíblico, no conhecimento de Deus, cresce de criança para homem adulto. O homem maduro descarta a vida pecaminosa, vive para a glória e honra de Deus, deseja fazer a vontade de Deus. Não mais vive no mundo, mas todo o fazer e pensar está de acordo com Deus.
Logo no Céu, nós vamos ver face a face Deus. Nosso conhecimento será completo, sem pontos de interrogação. E para entender completamente as coisas que são agora trevas para nós.
Agora conheço em parte, mas então ... Deus conhece Paulo completamente, sabe perfeitamente o que está nele. Deus me conhece, mas como Ele me conhece, eu não conheço Deus desse jeito. Muitas vezes meu conhecimento de Deus ainda é incompleto e em enigmas. Logo no Céu eu posso conhecer a Deus.

Verso 13 Nesta era, fé, esperança e amor se aplicam. Pela fé em Jesus Cristo existe a perspectiva da remissão de pecados: receber um novo corpo sem pecado na Vinda de Cristo e a vida eterna no Céu. A esperança de que isso é realmente um fato e vai acontecer. Recebido lá pelo Espírito Santo que dá poder e fé ao crente, mas acima de tudo amor a Deus e ao próximo (especialmente em circunstâncias difíceis). Fé e esperança passam quando os crentes estão no Céu e somente o amor perfeito permanece.

Volta MenuRetorne para acima


1 Coríntios 14:1-25

1 Segui a caridade e procurai com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar. 2 Porque o que fala língua estranha não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala de mistérios. 3 Mas o que profetiza fala aos homens para edificação, exortação e consolação. 4 O que fala língua estranha edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja. 5 E eu quero que todos vós faleis línguas estranhas; mas muito mais que profetizeis, porque o que profetiza é maior do que o que fala línguas estranhas, a não ser que também interprete, para que a igreja receba edificação. 6 E, agora, irmãos, se eu for ter convosco falando línguas estranhas, que vos aproveitaria, se vos não falasse ou por meio da revelação, ou da ciência, ou da profecia, ou da doutrina? 7 Da mesma sorte, se as coisas inanimadas que fazem som, seja flauta, seja cítara, não formarem sons distintos, como se conhecerá o que se toca com a flauta ou com a cítara? 8 Porque, se a trombeta der sonido incerto, quem se preparará para a batalha? 9 Assim, também vós, se, com a língua, não pronunciardes palavras becaladom inteligíveis, como se entenderá o que se diz? Porque estareis como que falando ao ar. 10 Há, por exemplo, tanta espécie calado de vozes no mundo, e nenhuma delas são sem significação. 11 Mas, se eu ignorar o sentido da voz, serei bárbaro para aquele a quem falo, e o que fala será bárbaro para mim. 12 Assim, também vós, como desejais dons espirituais, procurai sobejar neles, para a edificação da igreja. 13 Pelo que, o que fala língua estranha, ore para que a possa interpretar. 14 Porque, se eu orar em língua estranha, o meu espírito ora bem, mas o meu entendimento fica sem fruto. 15 Que farei, pois? Orarei com o espírito, mas também orarei com o entendimento; cantarei com o espírito, mas também cantarei com o entendimento. 16 Doutra maneira, se tu bendisseres com o espírito, como dirá o que ocupa o lugar de indouto o Amém sobre a tua ação de graças, visto que não sabe o que dizes? 17 Porque realmente tu dás bem as graças, mas o outro não é edificado. 18 Dou graças ao meu Deus, porque falo mais línguas do que vós todos. 19 Todavia eu antes quero falar na igreja cinco palavras na minha própria inteligência, para que possa também instruir os outros, do que dez mil palavras em língua desconhecida. 20 Irmãos, não sejais meninos no entendimento, mas sede meninos na malícia e adultos no entendimento. 21 Está escrito na lei: Por gente doutras línguas e por outros lábios, falarei a este povo; e ainda assim me não ouvirão, diz o Senhor. 22 De sorte que as línguas são um sinal, não para os fiéis, mas para os infiéis; e a profecia não é sinal para os infiéis, mas para os fiéis. 23 Se, pois, toda a igreja se congregar num lugar, e todos falarem línguas estranhas, e entrarem indoutos ou infiéis, não dirão, porventura, que estais loucos? 24 Mas, se todos profetizarem, e algum indouto ou infiel entrar, de todos é convencido, de todos é julgado. 25 Os segredos do seu coração ficarão manifestos, e assim, lançando-se sobre o seu rosto, adorará a Deus, publicando que Deus está verdadeiramente entre vós.

O que significa isso ?

O apóstolo Paulo começa este capítulo com o assunto de capítulo antes: AMOR. O amor é o major dom de um fiel, um dom sobre todos os dons. Segundo é o dom de profetizar. O Paulo diz que nós precisamos procurar com ZELOS os dons espirituais. Isto significar que não é um caso passivo, mas de atividade de fiel. Embora ele mesmo fala em 1 Co. 12:11 que é o Espírito Santo distribui o dom como ELE DESEJA.
Quem fala língua estranha fala ao Deus, não para homens. Hoje os dias você ouve muitas pessoas falam na língua estranha nas igrejas, SEM interpretação. Isso é errado. Paulo diz claro em verso 2, que "fala língua estranha não fala aos homens, senão a Deus, porque ninguém o entende". Sem interpretação, ninguém o entende. Assim é sua conversa com Deus pessoal. Não na igreja para impressionar outros fieis. Muitos fiéis quando você pergunta, o que você fala, nem sabe dizer. Como você sabe que você não está maldizendo alguém, quando você falar na língua estranha? Você precisa ser com certeza que você falando na língua estranha está glorificando Jesus Cristo e Deus, o Pai.
O dom de falar em língua estranha é um dos menores dons, têm muitos dons muitos maiores: Primeiro o dom de amor, segundo (aqui) o dom de profetizar. Que profetiza, edifica fieis e infiéis. Que profetiza revela coisas secretas de fieis e infiéis, secretos pecados, coisas da vida de infiel, sem esta pessoa dizer nada. Isto é um sinal que Deus está falando. Por isso um infiel pode aceitar Jesus Cristo como Salvador. O fiel recebe uma mensagem de seu pecado, uma ordem de Deus, uma revelação de Deus. O objetivo é para exortar ou consolar.
O que fala língua estranha, sem interpretação, fala com Deus na sua casa, ele/ela edifica-se a si mesmo, não outras pessoas. É sua relação direto com Deus. O que profetiza: explica e interpreta com isso edificar a igreja. O objetivo de profetizar é claro para apoiar infiéis (crescimento da Igreja) e fieis crescimento em fé.
Porque o apóstolo gostaria que todos falam em línguas? Observe que ele disse o plural. O apóstolo Paulo precisava falar muitas línguas porque ele viaja muito, visitando vários países com cada um sua própria língua. Lembra que seu barco sofre naufrágio e ele proclamou o evangelho nesta ilha (Atos 28:1-10). Não penso que nesta ilha falava grego ou aramaico. O Paulo precisava fala a língua estranha desta ilha. Aqui é um desejo de Paulo, em outro lugar da Bíblia ele deseja que todos fossem iguais a ele: solteiro. Imaginar que todos nós ficamos solteiros? não tem mais filhos. Observe também que ele está na igreja de Coríntios, de crentes, e lá NÃO todos falam em línguas estranhas. Assim hoje os dias, não todos crentes falam em língua estranha e lembra é um dos menores dons e Paulo recomenda procurai com zelo os dons mais altos. Além disso que ele gostaria que todos falam línguas estranhas, ele continua ele deseja que todos profetizam. Porque o que profetiza e MAIOR do que fala em língua estranha. Ele também da uma condição importante, quando fala em língua estranha NA IGREJA, precisa explicação. Se não tem explicação, esta pessoa deve ficar calada (1 Co. 14:28) !!!
O apóstolo Paulo continua com um exemplo, se ele mesmo fala em língua estranha na igreja, qual utilidade tem? Ninguém entende. Eles não aproveitariam. Eles somente aproveitaram quando ele fala com revelação, ciência, profecia, ou da educação.
Paulo refere para os instrumentos de sua época: flauta, cítara e trombeta. Traduzido è nossa época: guitarra e bateria. Quando os cantores calados na muitas igrejas você somente ouve muito barulho alto (o que muitas vezes danifica os ouvidos das pessoas na igreja). Você não está capaz de ouvir a melodia, é só ruído de instrumentos. Enquanto quando tem um violino ou orquestra, você continua ouvir a melodia. Assim é o mesmo com sua língua, se ela não pronuncia palavras bem inteligíveis, como se entenderá o que se diz? Você está como que falando ao ar. Tem nenhum significado.
Tem muitas línguas no mundo, mas se eu não entendo (fala) a língua do país, a pessoa deste país, está falando ao ar, eu entendi nada. Suas palavras têm nenhum significado pra mim. Igual é com fala na língua estranha na igreja, sem interpretação, significa nada. Por isso não seja bárbaro de falar nas línguas.
Mas procura dons que edifiquem a igreja e convertam o infiel de pecado.
Além disso, do verso 5,Paulo continue ensinando que também precisa orar pedindo o dom de interpretar.
Se eu ora na língua, meu mente ora. Assim não me ajuda. E importante que você entende o que fala, porque também precisa honrar e cantar com minha mente.Agora um serio aviso: Não pode dizer: "Amém" sobre o que a pessoa falou na língua QUANDO você não entendi o que esta pessoa falou. Você não sabe o que ele/ela falou, se ele/ela glorifica Deus ou falou um maldição ou honrou a satanás.
O apóstolo Paulo é serio, ele agradece Deus que ele fala em línguas mais do que todos, MAS ele prefere falar cinco palavras (na igreja) que instruir os outros, do que mil palavra na línguas estranhas que não instrui ninguém.
Ele continua dizer, não sejam crianças. Não mostra que você fala na língua, somente para mostrar que você tem este dom (se é verdadeira de Deus e não da satanás). Seja adulto.
Ele cita Isaías 28:11-12 Pelo que, por lábios estranhos e por outra língua, falará a este povo, ao qual disse: Este é o descanso, dai descanso ao cansado; e este é o refrigério; mas não quiseram ouvir. E explica que falar em línguas estranhas NÃO são um sinal para os fiéis, mas para os infiéis; e a profecia não é sinal para os infiéis, mas para os fiéis.
Quando um infiel entra na igreja e ele/ela ouve vocês falam em línguas, ele/ela sai dizendo estas pessoas são bárbaros. Enquanto quando você revela algumas coisas de vida dele/dela ou secretos de coração, ele/ela queria dizer estas são pessoas de Deus, ele/ela joelha e vai adorar, esperando que aceita Jesus Cristo com Salvador.

1 Coríntios 14:26-40

26 Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação. 27 E, se alguém falar língua estranha, faça-se isso por dois ou, quando muito, três, e por sua vez, e haja intérprete. 28 Mas, se não houver intérprete, esteja calado na igreja e fale consigo mesmo e com Deus. 29 E falem dois ou três profetas, e os outros julguem. 30 Mas, se a outro, que estiver assentado, for revelada alguma coisa, cale-se o primeiro. 31 Porque todos podereis profetizar, uns depois dos outros, para que todos aprendam e todos sejam consolados. 32 E os espíritos dos profetas estão sujeitos aos profetas. 33 Porque Deus não é Deus de confusão, senão de paz, como em todas as igrejas dos santos.34 As mulheres estejam caladas nas igrejas, porque lhes não é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei. 35 E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é indecente que as mulheres falem na igreja. 36 Porventura, saiu dentre vós a palavra de Deus? Ou veio ela somente para vós? 37 Se alguém cuida ser profeta ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor. 38 Mas, se alguém ignora isso, que ignore. 39 Portanto, irmãos, procurai, com zelo, profetizar e não proibais falar línguas. 40 Mas faça-se tudo decentemente e com ordem.

O que significa isso ?

O apóstolo Paulo falava sobre a disputa na igreja de Coríntios. Parece que tinha uma grande desordem nesta igreja. O Paulo avisa qual ordem deve ser. Se têm pessoas que falam na língua estranha, somente máximo três crentes podem falar e cada um por sua vez. MAS SÓ QUANDO TEM EXPLICAÇÃO e somente uma pessoa pode interpretar. Se tem ninguém para explicar, a(s) pessoa(s) deve(m) ficar calado(s) !!!

Maximo dois ou três pessoas podem profetizar, MAS esta profecia deve ser provado/julgado. A igreja não pode aceitar esta profecia sem testar na palavra de Deus, e esta profecia precisa se cumprir. Se esta profecia não (todos) se cumpri, esta pessoa que falava, é um profeta falso e no futuro não pudesse falar mais, ou ser afastado da igreja (mesmo seja ancião ou pastor).
Se Deus da uma revelação, todos os outros ficam calados. Porque o Deus vai ensinar a igreja completa. Porque Deus é um Deus de ordem, não de confusão. É também impossível que Deus se contradizer em profetizar. Deus fala claro, exato e não descuidado. Nada de "Tem uma pessoa presente que tem um problema" ou "Tem uma pessoa presente que gostaria engravidar, ela vai receber um bebê". Cada crente tem problemas ou têm muitos jovens que gostaria uma criança. Deus fala claro, com nome de pessoa, ou tem uma pessoa presente que tem câncer de .... (especificamente que parte do corpo). E nada de "Esta pessoa que tem dúvidas em seu casamento, está a Vontade de Deus". Claramente que não, se tem dúvidas em seu casamento, está claro que tem já problemas na sua relação. Melhor não casar-se.

Agora nós chegamos no parte da Bíblia, versos 34-36, que é um das mais debatidos. Alguns teólogos e comentaristas não aceitam que são as palavras de Deus, não é de nossa época. Mas a Bíblia é muitíssimo claro, pior em verso 37 (parece que Deus já sabe este debate): "que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor" (Jesus Cristo). Não esquece que Paulo foi arrebatado até ao terceiro céu 1 Co.12:1-5. Paulo é muito claro quando ele fala as palavras de Jesus (1 Co. 7:10) e quando são as palavras dele (1 Co. 7:12), mas fica a Bíblia, a Palavra de Deus. Gal. 1:17-18, Paulo recebi 3 anos de treino direto do Senhor Jesus Cristo. Assim nós crentes NÃO podem dizer: "Estas palavras não são nosso tempo".

Verso 34 A mulher não pode falar na igreja, ela precisa fica calada na igreja. A mulher não pode ser pastora, esta obra é para homem. Nós crentes de 21 séculos precisa respeita a palavra de Deus, Jesus é o Alfa e o Omega (o início e o fim), Ele já conhece os fim de tempos. Porque Deus quer que a mulher fica sujeita ao homem. Uma mulher não pode líder a igreja. Se a mulher não entendeu as coisas na Bíblia, aqui está escrito que ela pergunta o marido dele NA CASA para explicar. Mas a mulher é solteira, ela pergunta no estudo bíblico. Sim tem mulheres que assina, são assuntos especificamente das mulheres, e somente mulheres são presentes (reunião de mulher). Ela não ensina homens! Porque é indecente que as mulheres falem na igreja.
Mas, mas ... têm mulheres que profetizam (irmã de Moisés, profetas na Antiga Testamento). Sim, mas elas profetizam, não ensinam.

Verso 38 é serio: se você não aceita as palavras que está escrito aqui, então não será contado com esta pessoa (ignore esta pessoa).
Verso 39 em breve: Procura o dom de profetizar, não proibi falar línguas. Assim pessoas podem falar línguas na igreja. Não, este não é o que o apóstolo Paulo fala, porque nos versos anterior ele explicou muito bem as condições. Fala em língua na igreja deveria com ordem e com interpretar.

Volta MenuRetorne para acima


1 Coríntios 15:1-11 A ressurreição de Jesus

Versos 1-2 Possivelmente do verso 12, Paulo começa com esta introdução. É do conhecimento dos Coríntios que Paulo pregou o evangelho em Corinto, que ele pessoalmente o recebeu de Cristo Jesus. Os crentes em Corinto aceitaram essa mensagem de salvação. É a base sobre a qual eles acreditam que são salvos pela fé e estão livres da ira de Deus DEVEM sustentar essa fé. Se eles deixarem essa fé, então sua pregação foi em vão e eles chegaram à fé em vão.

Versos 3-6 Antes de todas as coisas, isto é, a coisa mais importante que eu proclamei para você não é minha. Eu pessoalmente recebi a mensagem de salvação da boca de Jesus Cristo. Não através dos 11 apóstolos, que apenas confirmaram isso, mas através do ensino do próprio Cristo Jesus. Através do meu conhecimento como Fariseu, eu sei que isto está completamente de acordo com o que foi escrito sobre o Messias nas Escrituras (o Antigo Testamento) e cumprido por Jesus. Ele morreu pelos pecados do homem na madeira amaldiçoada (a cruz).
Ele morreu. O sangue e a água vieram de seu corpo quando o soldado enfiou a lança no seu lado, veja Jesus realmente morreu? isso provou sua morte. Ele passou três dias e noites no túmulo, veja o texto que precede "Jesus realmente morreu". Tudo isso está de acordo com o Antigo Testamento, refere-se ao profeta Jonas, que passou três dias e noites no ventre do animal marinho. No terceiro dia, Deus o Pai ressuscitou Jesus dos mortos. Cristo Jesus se tornou vivo. Prova de que Deus, o Pai, aceitou a oferta pelo pecado de Jesus e, desse modo, recebeu o perdão do pecado por qualquer um que cresse em Jesus Cristo.
Depois da ressurreição dos mortos, Ele apareceu às mulheres, a Simão Pedro (Cefas em aramaico), aos doze e mais de quinhentos outros. Destes quinhentos, alguns já morreram, mas a maioria ainda está viva com quem você pode ir para convencê-lo de que Cristo Jesus ressuscitou verdadeiramente dos mortos. Mas há uma grande diferença. Lázaro morreu novamente depois de ter sido ressuscitado da morte de três dias. Cristo Jesus, no entanto, subiu ao Céu, onde agora está sentado à direita de Deus. Os discípulos testemunharam a ascensão de Cristo Jesus.

Versos 7-8 Então parecia que Tiago, o filho da mãe de Jesus, ser o "irmão" de Jesus em carne. Finalmente, Cristo Jesus apareceu para mim Paulo após a sua ascensão. Como intempestivo. Como uma criança nascida no final dos anos 40 de uma mulher cujos filhos já são 20 anos de idade. O apóstolo Paulo foi adicionado em cima da hora. É por isso que seu nome está no fundo e Pedro como a rocha no topo.

Verso 9 Nem sou digno (hikanos) não é adequado para uma determinada função, porque um não atendo aos requisitos. Paulo havia severamente perseguido e assassinado os primeiros cristãos, a igreja de Deus. Ele não era absolutamente digno de se tornar um apóstolo e pregador do evangelho.

Verso 10 veja 1 Tim. 1:12-16 para uma explicação. A graça de Deus é mais abundante que o pecado. Ele foi apontado como um apóstolo por Cristo Jesus para a igreja e para o mundo. Suas cartas estão cheias da vida cristã como Deus deseja. Sua autoridade não deriva de seu conhecimento humano do Antigo Testamento como Fariseu, mas através de ensinamentos pessoais da boca do próprio Cristo Jesus. Ninguém pode desfazer isso. Isso é puramente graça de Deus.
Esta graça não é sem frutos, Paulo se dedicou mais do que os outros apóstolos para pregar o evangelho. Ele pregou o evangelho em vários países. Ele foi perseguido mais do que os outros apóstolos, recebeu os açoites de 40-menos-um, sofreu fome e sede. Ele escreveu mais cartas, ensinou mais sobre a vida cristã. Os outros apóstolos escreveram o evangelho e cartas curtas. Enquanto as cartas de Paulo lidam com assuntos atuais como Deus deseja.
Ele não precisa temer uma contradição quando escreve para ser o menor dos apóstolos, mas também aquele que os supera em conquistas. Nenhum deles pode combinar com ele. Mas ele não se elogia, é pura graça de Deus. Essa graça provou ser extremamente proveitosa.

Verso 11 É este o único evangelho pregado pelos apóstolos ou por Paulo, para que os Coríntios acreditassem e defendessem sua salvação.

Verso 12 Paulo dá uma forte repreensão por sua incredulidade sobre a ressurreição dos mortos. Possivelmente, isso se deve à sua filosofia Grega: somente vivendo perfeitamente pode-se atingir a vida eterna através de muitos sofrimentos de fome, dor, e tristeza. Através de muitas vidas em que nos tornamos sempre uma pessoa melhor (reencarnação). A capacidade humana de atingir a perfeição. Para esses Coríntios, o evangelho de Paulo seria então apenas um modo diferente e melhor de filosofia para a salvação. A vida é encontrada através da morte, eles terão compreendido a partir dessa idéia. A cruz e a ressurreição como confirmação do que eles sabiam: a vida espiritual mais elevada está além da existência física inferior.

Versos 13-14 A fé cristã não vale nada se não houver ressurreição dos mortos. Porque então é inútil acreditar. Fé em Cristo Jesus traz um evangelho de uma vida após a morte na terra. Depois de viver na terra em pecado, segue-se uma nova vida sem morte, uma vida eterna em um corpo sem pecado.
Vã: vazio, impotente, sem efeito, tolo, sem valor, mentiroso. Um exemplo pode ser Isaías 29: 8, em que uma pessoa faminta ou com sede sonha em receber comida ou bebida. Quando despertada, é apenas uma ilusão, não a verdade, mas o engano. Se Jesus não ressuscitou dos mortos e não há ressurreição para os crentes após a sua morte, então o evangelho é apenas um engano. Sem conteúdo de fé.

Versos 15-18 Então os apóstolos são enganadores proclamando uma falsa esperança. Então eles não são testemunhas de Deus. Aquele que prega suas próprias invenções é um golpista que diz aos crentes coisas falsas, e assim ele testifica contra Deus.
Se você não acredita na ressurreição de Jesus, você está em uma situação muito séria. Então Jesus não morreu pelo seu pecado e nós ainda estamos sob a ira de Deus e nosso julgamento é o lago de fogo. Isso significa que os crentes já falecidos de Corinto estão agora no lago de fogo, não livres da ira de Deus. Eles acreditaram em vão, eles ainda permanecem em pecado.

Versos 19-21 A esperança é perceber o que é esperado no futuro. A fé cristã é a esperança da vida eterna no Céu. Um fim para toda tristeza, fome e sede, um fim para o pecado, um fim para o poder de satanás e demônios. Uma nova vida sob a direção de Deus, sem doenças, tristeza e miséria.
Mas e se essa expectativa cair, então somos as mais piedosas de todas as pessoas. Então todo nosso sofrimento de tortura e perseguição é para nada.
Mas desde o fato de que Jesus foi o primeiro a ser ressuscitado dentre os mortos, há esperança real. Há muitas testemunhas que viram Cristo Jesus vivo após a Sua morte. O pecado e a morte vieram ao mundo através de uma pessoa, Adam. Através de uma pessoa, Jesus, há um fim para a morte e o pecado final. Jesus morreu e ressuscitou. Através deste único homem, os crentes nEle morrerão no corpo humano e serão ressuscitados com Ele (na Vinda de Cristo) em um corpo eternamente incorruptível e sem pecado. Como Ele recebeu um novo corpo, igualmente o crente receberá um novo corpo.

1 Coríntios 15:22-24, 38-45, 50-53; 1 Tessalonicenses 4:13-17

1 Coríntios 15
22 Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo. 23 Mas cada um por sua ordem: Cristo, as primícias; depois, os que são de Cristo, na sua vinda. 24 Depois, virá o fim
38 Mas Deus dá-lhe o corpo como quer e a cada semente, o seu próprio corpo. 39 Nem toda carne é uma mesma carne; mas uma é a carne dos homens, e outra, a carne dos animais, e outra, a dos peixes, e outra, a das aves. 40 E há corpos celestes e corpos terrestres, mas uma é a glória dos celestes, e outra, a dos terrestres. 41 Uma é a glória do sol, e outra, a glória da lua, e outra, a glória das estrelas; porque uma estrela difere em glória de outra estrela. 42 Assim também a ressurreição dos mortos. Semeia-se o corpo em corrupção, ressuscitará em incorrupção. 43 Semeia-se em ignomínia, ressuscitará em glória. Semeia-se em fraqueza, ressuscitará com vigor. 44 Semeia-se corpo animal, ressuscitará corpo espiritual. Se há corpo animal, há também corpo espiritual. 45 Assim está também escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito em alma vivente; o último Adão, em espírito vivificante.
50 E, agora, digo isto, irmãos: que carne e sangue não podem herdar o Reino de Deus, nem a corrupção herda a incorrupção. 51 Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados, 52 num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. 53 Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade e que isto que é mortal se revista da imortalidade.
1 Tessalonicenses 4
13 Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança. 14 Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem Deus os tornará a trazer com ele. 15 Dizemo-vos, pois, isto pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem. 16 Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro; 17 depois, nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.

O que significa 1 Co. 15:22-23 ?

Com Adão entrou no mundo o pecado que passa para cada pessoa, por isso cada pessoa morre. E nós sabíamos este, cada pessoa morre cedo ou tarde, não tem como escapar da morte. Mas também todos serão vivificados em Cristo, porque cada pessoa tem vida eterna. Depois da morte, depende de sua vida na terra, se você aceitar Jesus Cristo como seu Salvador ou não, você recebe vida de morte (não aceita Jesus) ou vida eterna na Céu (aceitando Jesus). Primeiro os crentes que são de Jesus cristo, quando Ele chega com a Vinda de Cristo, depois os infiéis depois da Grande Tribulação, depois da batalha do Armageddon, o final Tribunal de Deus (o Pai), que julgará todos que não receberam a salvação pelo o sangue de Jesus Cristo, eles são perdidos e recebem o julgamento de Deus, o Pai.

A questão é, ainda existe um terceiro grupo? Com a palavra 'tagma' pode-se pensar em um plano fixo de eventos sucessivos, depois da ressurreição dos cristãos (Parousia), vários eventos ocorrerão. A palavra "eta" traduzida com depois, indica isto.

Verso 24 As opiniões variam muito na interpretação deste verso. Aqui vou dar minha explicação pessoal. O final, penso eu, indica o fim do reino de mil anos. Primeiro a batalha do Armagedom passa e todos os poderes do mundo estão sujeitos ao Senhor Jesus Cristo. Satanás e demônios foram jogados no abismo (Apocalipse 20) onde satanás residirá por 1000 anos. Então o Senhor Jesus Cristo reinará por 1000 anos (com os crentes) em Seu Reino de 1000 anos. Depois desses 1000 anos, satanás será libertado mais uma vez e ficará claro quem as pessoas que viveram neste reino escolherão para ou contra o Rei Jesus. Sob a orientação de satanás, aqueles que escolherem contra Jesus e não desejarem a Ele como Rei lutarão mais uma vez. Então eles serão definitivamente derrotados e, junto com satanás, condenados para sempre no lago de fogo. Eu acho que o final neste verso 24 indica este último final. Então o Senhor Jesus Cristo transfere todo o poder para Deus o Pai, depois que todos os inimigos humanos e satanás foram derrotados.

Verso 25 Porque Ele, Jesus Cristo, deve reinar como rei. O homem resiste que o mundo deve pensar e viver do jeito de Deus quer. Eles desejam viver de acordo com suas próprias leis e regras (humanas). Eles resistem à legitimidade das leis e autoridade de Deus. Eles tentam manter seu regime por todos os meios. Eles rejeitam as normas cristãs, rejeitam as leis bíblicas. Eles querem liberdade em tudo, liberdade do sexo, com quem se pode fazer sexo (inclusive com bebês, adolescentes e animais), liberdade das drogas, só o seu próprio eu define as regras da vida. A milícia dos cristãos na terra é pequena, as igrejas são caos e não têm uma atitude forte, são pouco resilientes, pouca resistência aos governos, demônios e satanás. A luta liderada pelo Senhor Jesus Cristo (Armagedom e fim do Reino dos 1000 anos) será completamente diferente, aí a luta está focada na vitória. Então os inimigos serão derrotados e colocados aos pés de Deus o Pai.

Verso 26 A morte é o último inimigo. Uma explicação clara não pode ser dada. Os crentes que ascenderam à Parousia receberam a vida eterna no Céu (e no Novo Céu?) com um corpo sem pecado. A questão é o que aconteceu com aqueles que recusam a marca dos 666 na Grande Tribulação, eles entram no Reino de 1000 anos? Aqueles que não escolherem satanás no final deste Reino viverão para sempre na Nova Terra (Apocalipse 21)? Neste verso é a referência ao julgamento final em Apocalipse 21: 11-15. Cujos nomes estão no Livro da Vida e viverão na Nova Terra. Cujos nomes não estão neste Livro, uma "vida" eterna no lago de fogo. Então a morte é destronada.

Versos 27-28 Depois desse julgamento, tudo está sujeito. O julgamento foi feito em cada pessoa individual. Então o Senhor Jesus Cristo entrega tudo a Deus o Pai e se submete a Deus o Pai. Precisamos ver esses tópicos em seu contexto. Na época da criação, Deus havia colocado a humanidade sobre o reino animal e a natureza (árvores, plantações para comer, plantas). O homem escolheu contra Deus e, assim, voluntariamente se rendeu a satanás e demônios, que começaram a governar o mundo. A ordem estabelecida por Deus, na qual o homem era rei sobre a terra (não sobre o seu próximo), tornou-se desordem, caos e poluição ambiental, nos quais o homem começou a seguir mais e mais satanás e se opôs às leis de Deus. Por tudo nós devemos dizer todos os poderes dos homens, satanás e demônios (anjos caídos), mas eu penso incluindo os anjos de Deus. Jesus recebeu essa autoridade de Deus o Pai para combater essa batalha e acabar com ela. Quando isto estiver pronto, o Filho entrega tudo ao Pai.

Verso 29 Volumes são escritos por completo sobre o significado deste verso. Como Paulo estava familiarizado com este evento e não disse a sua opinião sobre isso e apenas aponta no contexto deste capítulo que este evento é, portanto, sem sentido. Mencione apenas três visões: 1. Batizar parentes que morreram antes do evangelho ser pregado em Corinto. 2. Incrédulos que foram batizados por causa de parentes cristãos. 3. Em suas sepulturas. Tudo isso com o objetivo de participar da ressurreição dos mortos (a Vinda de Cristo).

Verso 30 Que bem teve sofrimento de Paulo e dos apóstolos, se não houver ressurreição dentre os mortos? Todo mundo morre cedo ou tarde. Por que a tortura e a morte prematura seriam toleradas se não houvesse vida após esta vida terrena? Então o evangelho é completamente impotente.

Verso 31 Paulo enfatiza que sua vida é cheia de tortura e na prisão não é um exagero, é real e todos os dias ele morre mais e mais. Todos os dias ele está em perigo de morte, ele sabe que pode morrer a qualquer momento.

Verso 32 As opiniões correm de antes disto devem ser tomadas literalmente. Não há menção disso em Atos. De acordo com a lei civil romana, que Paulo teve, uma luta com animais selvagens foi excluída. No entanto em 2 Tim. 4:17 Paulo escreve que ele é entregue da boca do leão. E na Bíblia, muitas vezes nos deparamos com Paulo sendo maltratado, apesar de seus direitos civis romanos. Ele, como ser humano, teve que competir com a violência contra animais selvagens, uma posição que era pouco invejável. "Que me aproveita isso? O que tudo isso me beneficiará se eu proclamar um evangelho que me traga tortura, fome e sede, prisão e uma possível morte prematura se esse evangelho não trouxer a vida eterna? Nada! Então é melhor viver feliz, desfrutar de comida e bebida e aproveitar o máximo possível dessa vida terrena.

Verso 33 Não se engane com o prazer da vida terrena, o que é um erro grosseiro. Essa conversa ruim sobre não há ressurreição, tem sérias conseqüências. Esse comportamento da vida no mundo leva à imoralidade e à perda de ser um cristão (e a vida eterna no Céu).

Verso 34 Acorde de sua vida mundana e negação que não há ressurreição. Torne-se sóbrio e MANTENHA-SE LONGE DESTE COMPARTAMENTO PECAMINOSO E INACREDITÁVEL, você está saindo para o que Deus prometeu. A igreja não pode ser enganada por esses falsos mestres. É uma vergonha que você esteja sendo enganado, você deve ser rico em conhecimento do Antigo Testamento (seus cumprimentos, o Novo Testamento ainda não existia) e o conhecimento que eu transmiti do Senhor Jesus Cristo. Você acredita em conversas humanas e NÃO nas coisas de Deus!

Semente cresce em uma plantaVersos 35-37 Uma pergunta dupla. Como ressuscitam os mortos? Uma pessoa dificilmente pode imaginar isso. Ninguém estava presente e viu com os olhos como Jesus ressuscitou dos mortos. Paulo se refere a uma semente (grão). A semente é semeada no solo e germinada e a planta aparece. Nada resta da semente (o grão) e não é mais visível. Cresce com raízes e a planta (o milho). Semelhante ao corpo humano terrestre, ele morre e retorna ao pó e é enterrado na terra (não cremação, sem cinzas), nada resta deste corpo humano como a semente. Na ressurreição, o crente recebe um corpo completamente sem pecado e imperecível. Deus criou o primeiro homem do pó da terra, e o homem retorna àquele . Na ressurreição (Arrebatamento, Parousia), Deus cria um novo corpo celestial semelhante ao de Jesus após a ressurreição. A semente deve morrer primeiro, então o crente deve morrer antes que o novo corpo celestial possa receber.
A segunda pergunta é: Com que qualidade de corpo vêm? É um corpo TOTALMENTE diferente, como as sementes de aparência completamente diferentes da aparência da planta (o milho).

O que significa 1 Co. 15:38-45?

Quando chega a hora da Vinda de Cristo, os mortos em Cristo ressuscitarão (que estão no paraíso)e os crentes vivos vão com o Senhor Jesus cristo para Céu. MAS quando morre, morre no corpo de pecado. E um pecador não está capaz entrar no Céu, onde não existe pecado. Por isso o corpo de fiel precisa se transformar de corpo de carne, para um corpo celeste. Como carne de homem é diferente de carne de animal, assim o corpo de fiel na terra (com pecado), é diferente de corpo de fiel no Céu (sem pecado). Agora começa uma grande discussão, aqui está escrito verso 44: ressuscitará corpo espiritual. Algumas pessoas dizem: é espírito, sem forma, sem corpo. Mas aqui não fala isso. Aqui diz: Os fiéis receberam um corpo igualmente de Jesus Cristo. Jesus Cristo tem um corpo espiritual/terrestre. Ele aparece em CORPO para os discípulos (Mateus 28:9-10, Marcus 16:14, Lucas 24:13-43). Lucas 24:39 Jesus tem carne e ossos, 24:43 Jesus come. Por isso o fiel no Céu tem um corpo de carne e o osso, e come! Nós recebemos um corpo semelhantes de Jesus Cristo (Fil. 3:21).
Verso 42 a ressurreição dos mortos. Semeia-se o corpo em corrupção, ressuscitará em incorrupção. Primeiro cada humano nasce como um humano e tem um corpo em corrupção, ele/ela morre. Mas também cada humano ressuscitará em incorrupção. Primeiros os crentes que vão ao Céu, depois os não-crentes ressuscitaram para morte eterna. Verso 43, na terra nós temos um corpo em ignomínia e fraqueza, só capaz de pecar. Ressuscitados os crentes tem um corpo sem pecado, um corpo que glorifica Deus e um corpo com vigor (penso de força dos anjos).
Verso 45: Com o pecado de Adão, Adão e Eva perdem seu espírito (e possibilidade de comunicar com Deus). Eles eram na imagem de Deus:Trindade: espírito, alma e corpo. Depois de pecado perdi o espírito e Adão foi feito uma alma vivente. O Jesus Cristo ressuscitou de morte com um novo corpo espiritual Trindade: espírito, alma e corpo sem fim, de eternidade. Igual será o fiel, primeiro o corpo do pó da terra, depois veio dos céus.

O que significa 1 Co. 15:50-52 ?

Carne e sangue não podem herdar o Reino de Deus, nem a corrupção herda a incorrupção, porque eles não aceitam o Senhor Jesus Cristo como seu Salvador, e eles ficam sem espírito, sem novo corpo. O Reino de Deus está um lugar sem pecado! Um lugar muitíssimo SANTO! O lugar, Céu, onde Deus o Pai, O Senhor Jesus Cristo e o Espírito Santo, e os santos anjos moram.
Agora Paulo revela o mistério: a Vinda de Cristo. Como Paulo sabe, pelo o ensino direto de Jesus, durante três anos (Gal. 1:5 e 18). O mistério que não nós todos morrem, alguns ainda seriam vivos quando ocorre a Vinda de Cristo. Paulo explica melhor em 1 Tessalonicenses 4.Aqui ele só fala: num momento, dentro um segundo, nós crentes em Jesus, saiam de corpo corruptível e receberá um corpo incorruptível.

Hebreus 12:14 Procurem a paz com todos e busquem levar uma vida pura e a santa, porque aquele que não é santo não verá o Senhor.

Quando será este momento? Com a última trombeta. Mas quando? Sobre isso as opiniões são divididas. Alguns dizem antes a Grandes Tribulações, outros em meio depois de 3 1/2 anos da Grande Tribulação e ainda outros no final da Grande Tribulação, com base na a última trombeta, a sete trombeta de Apocalipse 11:15. Eu penso que este momento é antes a Grande Tribulação. Com base de Apocalipse. Apocalipse é um livro em ordem cronológica, diz um evento e seguido por outro evento, está escrito na ordem de tempo. Apocalipse 4 começa com:

3 E o que estava assentado era, na aparência, semelhante à pedra de jaspe e de sardônica; e o arco celeste estava ao redor do trono e era semelhante à esmeralda. 4 E ao redor do trono havia vinte e quatro tronos; e vi assentados sobre os tronos vinte e quatro anciãos vestidos de vestes brancas; 10 os vinte e quatro anciãos prostravam-se diante do que estava assentado sobre o trono, adoravam o que vive para todo o sempre e lançavam as suas coroas diante do trono, dizendo: 11 Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder, porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas.

Os 24 anciãos representam as 12 tribos israelitas (todos crentes do antigo testamento) e os 12 apóstolos (os crentes do novo testamento). Então todos os crentes estão no Céu para adorar o Senhor Jesus Cristo. Isto é ANTES as trombetas som e as escalas na terra derramar-se. Assim antes a Grande Tribulação. MAS observe o que está escrito em Mateus 25:1-13: são os crentes preparados, esperandos a Vinda de Cristo . . . E . . cheios de Espírito Santo (fazeram os frutos de Espírito Santo). Eles que são preparados seram levantados ao Céu, eles que não estão preparados não serão levantados ao Céu (Mateus 24:39-42).

Arrebatamento/Parousia Duração: 1 minuto. Ao sinal da trombeta, Jesus deixa o Céu e vai para as nuvens ao redor da terra. Primeiro os mortos são ressuscitados e depois os vivos (dois estarão no campo, um será levado, e o outro será deixado) os mortos ressuscitados e os vivos vão junto com Jesus para o Céu.

O grande mistério: a Vinda de Cristo de 1 Co.15-50-52 está explicado melhor. O que acontece com a Vinda de Cristo. Que chama-se primeira Vinda de Cristo. Também tem a segunda Vinda de Jesus Cristo na Grande Tribulação para salvar a Israel (Zac. 14:1-7, Ma. 24:30). Aqui é a Vinda de Cristo para levar os crentes em Jesus Cristo ao Céu. Paulo explica o que vai acontecer. Primeiro o Senhor Jesus Cristo sai do Céu e desce para o céu de nossa Terra. Lá Ele fica algum tempo. Os mortos que dormem (são vivos no paraíso) acordam (saem de paraíso) e eles primeiros recebem um novo corpo em incorrupção. Primeiro eles levantam para o Céu onde Jesus Cristo está esperando-los. Depois os crentes levantam para o Céu. E juntos com o Senhor Jesus Cristo com corpos sem pecados levantam para o Céu onde Deus o Pai mora.
Lá cada crente comparece ante o tribunal de Cristo e recebe recompensa ou não (1 Co. 3:12-15).
2 Co 5:10 Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem ou mal.
Quando será a Vinda de Cristo? Com alarido no Céu. Este alarido é de Deus, o Pai. O tempo exato, nós não sabemos, porque este alarido somente Deus o Pai sabe (Mateus 24:36): Porém daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, mas unicamente meu Pai. Observe que Jesus disse o dia e hora ninguém sabe, significa que nós poderemos saber o ano?
Ma. 24:43-44, 32-34. Jesus da uma indicação: Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas essas coisas aconteçam. Uma geração é 70-80 anos (Salmos 90:10). O povo de Deus voltou em 1948 no estado Israel. 1948 + 70=2018 ou 1948 + 80 = 2028 (menos 7 anos de Grande Tribulação = 2021). Jesus aviso serio: Aprendei, pois, esta parábola da figueira: quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão.

Concluído o tempo é breve: em 2017 só ainda um-dois anos e no máximo 11 anos! Você está preparado???

Você está preparado: você evangeliza? você faz tudo para salvar não-crentes? Proclama o evangelho? Ajuda com dízimo e ofertas para evangelizar e os missionários??????

32 Aprendei, pois, a parábola da figueira: quando já os seus ramos se renovam e as folhas brotam, sabeis que está próximo o verão. 33 Assim também vós: quando virdes todas estas coisas, sabei que está próximo, às portas. 34 Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que tudo isto aconteça. 35 Passará o céu e a terra, porém as minhas palavras não passarão. 36 Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão o Pai. 43 Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que hora viria o ladrão, vigiaria e não deixaria que fosse arrombada a sua casa. 44 Por isso, ficai também vós apercebidos; porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem virá.

Verso 46 Ninguém imagina que ele já tenha recebido um corpo espiritual. Alguns Coríntios se gabam de falar em línguas e seus dons espirituais como se já tivessem recebido um corpo espiritual. Que erro. Primeiro o crente deve morrer e APENAS na Vinda de Cristo, o arrebatamento, então primeiro os já falecidos (que agora vivem no paraíso) serão levados e então, depois, os crentes na terra serão transformados e receberão um novo corpo incorruptível e sem pecado.

Verso 47 O homem presente é formado do pó da terra (Gênesis 2:7) e o homem retornará ao pó (Gn. 3:19). Homem do pó e volta ao pó, é temporário, é perecível, há um começo e um FIM.
O crente que vai para o Céu deixa este corpo terreno e recebe um corpo celestial sem fim, imperecível, para sempre. Os dois não podem ser comparados. O homem não pode andar através de uma parede. Jesus teve um corpo celestial depois de sua ressurreição. Apareceu aos discípulos sem passar pela porta. Mas comeu peixe e bebeu.

Versos 48-49 O primeiro humano é material e seus descendentes vêm do pó. Eles carregam a imagem de transitoriedade e pecado. Ninguém pode mudar isso, isso é um fato. Nenhum ser humano é capaz de transformar um corpo humano em um corpo divino.
O crente que crê em Jesus Cristo, no perdão dos pecados através do sangue de Jesus, que coloca sua vida sob o controle do Espírito Santo, receberá um novo corpo celestial de Deus. Um corpo sem fim, sem pecado para sempre.

Verso 50 Sim, mas os crentes que estão vivos na vinda de Cristo? Eles não morreram e não voltaram ao pó. Paulo é claro, um corpo pecaminoso não pode entrar no Céu. Deus é sem pecado, não pode haver pecado em Sua presença. Ele é SANTO. O homem não pode entrar no Céu com o corpo pecaminoso (as cinco virgens prudentes entram no Salão do Casamento), esse corpo deve obter (herdar) um corpo celestial.

Verso 51 Veja aqui o ensinamento de Jesus para Paulo. Jesus ensinou a Paulo o mistério da Parousia(vinda de Cristo). Existe um grupo de crentes que NÃO morrerão (dormem), mas serão mudados em um instante. Paulo esperava pertencer a esse grupo aqui, mas deixado em aberto, e em 1 Ts. 4:15 ele renuncia a essa possibilidade. Dados os sinais dos tempos, podemos ter certeza de que este momento da vinda de Cristo pode acontecer a qualquer momento (dentro de um segundo, dia, semana, mês ou no máximo 11 anos (atualmente escrito em 2019)). Todos nós, isto é, os já falecidos e os ainda vivos. A mudança dos vivos não difere dos que já morreram. O resultado do verso 52 é o mesmo.

Verso 52 Num momento, num abrir e fechar de olhos (atomo), nossa indicação de tempo é insuficiente para medir o tempo, é tão rápido. O momento é indivisível (pense em um átomo, tão pequeno, invisível ao olho). É a velocidade das ações de Deus. As pessoas na terra não verão o arrebatamento, é tão rápido. Eles ficarão surpresos com a falta de pessoas.
Em Israel, uma batalha foi anunciada por um aceno de trombeta
Quando Deus, o Pai, dá o sinal a Jesus Cristo de que Ele pode ir e buscar a Igreja, isso será feito por meio de um toque de trombeta. Então Jesus deixará o Céu e irá para as nuvens da terra, invisível para as pessoas na terra. Então aqueles que adormeceram (que já morreram) deixarão o paraíso e serão ressuscitados incorruptivelmente. Depois disso, os crentes vivos (as cinco virgens prudentes) na terra são levados para o alto, seus corpos transformados em imortalidades e, junto com Jesus, todos vão para o Céu.

Existe um propósito para a Igreja ir para o Céu? Aqui vou escrever minha opinião pessoal até o verso 53.
Sim, acho que há um objetivo. Deixe-me começar com as cinco virgens insensatas que são uma representação do crente em Jesus que não colocou sua vida sob a direção do Espírito Santo, as características:

  1. Nenhuma vida para a glória e honra de Deus,
  2. Quer levar sua vontade própria e vida própria,
  3. Egoísta, pensando apenas no próprio prazer e não se importando com os outros,
  4. Não ganhando conhecimento da Bíblia, adquirindo a vontade de Deus,
  5. Não resista a satanás e demônios,
  6. E com estes cinco, ele ou ela se tornou inadequado para reinar como rei.

A virgem prudente tem as seguintes características:

  1. Uma vida para a honra e glória de Deus, sua vida está focada em Deus,
  2. Sua vontade é subordinada a Deus e deixa de lado sua própria vontade,
  3. Está focado nos interesses de outras pessoas, crentes e não crentes,
  4. Tem conhecimento da vontade de Deus (leitura da Bíblia e estudo da Bíblia), de modo que, como rei (reina) pode realizar a vontade de Deus em Seu Reino,
  5. Aprendeu a resistir a satanás e demônios,
  6. Através do evangelismo, dízimos e ofertas, tem sido demonstrado que eles querem construir o Reino de Deus,
  7. E com esses seis, ele ou ela se preparou para reinar como rei e representar a Deus.

Então, o que possivelmente acontecerá quando a Igreja, a crente está no Céu durante os sete anos da Grande Tribulação na Terra?
Primeiro, haverá o casamento da Noiva é a Igreja com o Noivo Jesus Cristo.
Segundo, haverá o julgamento de todo crente individual diante do Tribunal de Cristo.
Isso pode demorar um ano.
Paulo recebeu um treinamento de três anos de Jesus e isso deu um enorme conhecimento sobre a vida cristã.
Possivelmente, o crente recebe um treinamento de 2 x 3 = 6 anos:

  1. Para aprender a lutar contra satanás e demônios, possivelmente treinados pelos anjos de Deus, que já conhecem esta batalha,
  2. Aprenda a lutar contra as pessoas e suas armas humanas,
  3. Uma educação para governar como rei no Reino de Cristo de 1000 anos e possivelmente depois disso para sempre (na terra ou talvez em outros sistemas solares).

Por que os dois primeiros pontos? Em preparação para a batalha do Armagedom, quando a Igreja retorna à terra com Jesus e as nações da terra sobem para destruir Israel. Então haverá uma grande batalha contra satanás e demônios, mas também contra as nações e suas armas. Isso requer treinamento, que eu suspeito que os crentes receberão no Céu por seis anos. Desde que o crente recebeu um corpo eterno, satanás e os demônios não podem matar este corpo e a vitória é certa.
Se o crente que recusa a marca 666 governará como rei, não me atrevo a fazer uma declaração, nem assim receberá um corpo sem pecado. O apóstolo Paulo está claro que este novo corpo está sendo recebido na vinda de Cristo e não o encontraremos novamente na Bíblia depois. Mas nem tudo é descrito em Apocalipse, o que também não é importante saber, mas que seja uma lição. A vida aqui na terra tem um propósito: uma preparação para o tipo de vida que levaremos depois da ressurreição dos mortos! Se deve ou não reinar como rei e realizar a vontade de Deus no Reino de Deus. Se o crente já não está voluntariamente colocando sua vida na terra a serviço de Deus, então ele ou ela é inadequado para representar Deus no futuro!

Verso 53 A ênfase em grego está em "necessário". O corruptível deve se transformar em um incorruptível e eterno.

Verso 54 Tragada foi a morte na vitória, uma citação de Isaías 25:8. Tragada: bebido até o fundo. Uma vitória definitiva sobre a morte. A morte desapareceu para sempre. A eternidade tomou o lugar para isso.

Verso 55 Satanás seduziu Eva e através de Adão o pecado entrou no mundo e com ele a morte. Paulo escreve com desprezo: Satanás, onde foi sua vitória sobre Eva e Adão? Jesus conquistou a morte e pôs fim à morte na cruz. Agora, com a Parousia, é FINAL, os seguidores de Jesus recebem a vida eterna no céu.

Versos 56-57 O aguilhão é qualquer objeto que possa ser preso. Um aguilhão de uma abelha, picada de um mosquito, aguilhão de um escorpião, um ponto de um flagelo, um prego de uma tábua, uma lança. Os pensamentos de dor muito grave (Zika vírus), febre grave associada a paralisia e morte. Aqui uma aguilhão (kentron) de um inseto. Quando o inseto perde a ferroada, ele não pode mais causar dano (morte), é impotente. A lei deixou claro que o homem é pecador. Jesus cumpriu a lei, tomou o castigo de infringir a lei. Na cruz, Jesus pagou a penalidade pela transgressão. Através de Sua ressurreição dos mortos foi a vitória. Na Parousia, aqueles que estão dormindo e aqueles que ainda estão vivos são revestidos com um corpo eterno igual Senhor Jesus Cristo. O poder do pecado é definitivamente destruído.

Versos 57-58 Deus dá esta vitória, mas através do mediador o Senhor Jesus Cristo. Deus o Pai não age fora dele. Se uma pessoa se recusa a reconhecer a Jesus Cristo como Salvador e SENHOR, a punição permanece sobre ele ou ela e é excluída de receber um corpo eterno sem pecado no Céu.
É por isso que é necessário viver com firmes e constantes para a glória e a honra de Deus Pai. Não participar das luxúrias do mundo, uma vida mundana. Indignado vestido indo à igreja, não dando dízimo, sem amor ao próximo, vida egoísta, sem vida segundo a vontade de Deus, etc. O trabalho de todo o tempo para o Senhor, que pode ser alcançado através do trabalho real como pastor, evangelista, missionário, escola dominical. Mas também através da contribuição financeira para a obra do Senhor Jesus Cristo, através da oração e visita aos doentes e na prisão, atenção aos pobres. Porque isso não é vão trabalho, mas construir sobre o fundamento de Cristo, edificar a igreja e recebe com ouro, prata e pedras preciosas.

Volta MenuRetorne para acima


1 Coríntios 16 A coleta, dízimos e ofertas

Versos 1-2 Paulo elaborou regras sobre como coletar nas igrejas. Não só na Galiléia, mas também na Macedônia e na Acaia. Ele agora passa essa regra para Corinto. É Paulo quem dá uma receita sobre como coletar dízimos e ofertas.
Possivelmente, havia muitos trabalhadores semanais que recebiam seus salários no final da semana. O primeiro dia (sabbat o domingo) seria então o dia em que o trabalhador teve uma visão geral de seus salários recebidos. O que pode variar de acordo com o alto e horas de trabalho realizado. De modo que o décimo poderia ser dado com bom senso, mais (se as circunstâncias permitiram) dando ofertas (donação). Não se deve manter isso em casa até que Paulo ou um enviado de Paulo venha buscá-lo para recebê-lo dos pobres da igreja em Jerusalém. Paulo está ciente de que somente quando ele vier a Corinto, um rendimento inevitavelmente menor será dado. É por isso que ele apela para dar isso à igreja toda semana (e no nosso caso, onde recebemos um salário mensal, todo mês). Um evangelista, pastor e missionário precisa de um salário mensal e há os custos mensais de edifício de igrejas e despesas de igreja e evangelismo.

Versos 3-4 Com esta frase, ele exclui explicitamente que deseja atuar como tesoureiro. Os Coríntios teriam que escolher um crente confiável que seja considerado um gerente (tesoureiro). Ele também descarta que deseja ser honrado como doador em Jerusalém. Os Coríntios devem acompanhar a dádiva com sua carta e/ou deixar que os coríntios viajem com Paulo para pagar suas dádivas em Jerusalém. Eles mesmos devem escolher os próprios representantes.
No momento de escrever esta carta, Paulo ainda não sabe se é a Vontade de Deus que ele viaje para Jerusalém. Em qualquer caso, se a necessidade em Jerusalém se tornar alta, os Coríntios terão que trazer suas dádivas, acompanhados ou não por Paulo.

Versos 5-8 Paulo está planejando visitar Corinto. Mas não antes do Pentecostes, até esse tempo ele permanecerá em Éfeso pela razão do verso 9. Paulo quer visitar as igrejas na Macedônia, mas dá a indicação de que ele pode ficar em Corinto por um longo período de tempo, ou seja, a hibernação. O inverno pode chegar, porque as remessas estavam praticamente paradas e as viagens para Jerusalém estavam fora de questão. Paulo assume que os Coríntios irão ajudá-lo com isso: encontrar navios, determinar rotas, intercessão, financeiramente, quem o acompanhará. Tudo isso com reserva, deve ter a permissão do Senhor Jesus. Ele não é o chefe do seu tempo.

Verso 9 Por enquanto, ele tem muito a fazer em Éfeso. Em primeiro lugar, o tremendo crescimento e interesse no evangelho. Mas o crescimento surpreendente também traz resistência feroz (de Judeus e gentios?). É por isso que o ensinamento de Paulo para os recém-nascidos de novo na vida cristã é uma necessidade. Para que eles não pertençam à semente semeada entre as pedras ou na estrada, mas se transformem em cristãos maduros que permanecem firmes na fé e vivem para a honra e glória de Deus. A feroz resistência terá que ser combatida por Paulo com fatos e pregações, para que aqueles que acabaram de chegar à fé não caiam.

Verso 10 Presumivelmente esta carta chega a Corinto em vez de Timóteo. Possivelmente, Timóteo já estava a caminho e foi enviado por Paulo. Os Coríntios devem recebê-lo cordialmente e abster-se com fracassos e insultos agudos (2 Co. 7:12, 12:20). Havia adversários em sua igreja que disputam a autoridade de Paulo. No entanto, a igreja como um todo é responsável pelo clima em que Timóteo deve realizar seu trabalho.

Verso 11 Timóteo era um homem jovem, possivelmente com 30-40 anos de idade. Paulo pede aos Coríntios para ouvi-lo e respeitá-lo como se o próprio Paulo falasse e não discordasse por causa de sua idade. Timóteo foi nomeado por Paulo e pelos anciãos pela imposição das mãos.

Verso 12 A razão pela qual Apolo, um Corintiano altamente qualificado (3:4-6) não quer voltar para Corinto, não é dado. No entanto, é ele mesmo quem diz que não é para ele voltar apesar dos repetidos pedidos de Paulo.

Versos 13-14 Paulo exorta os crentes de Corinto a permanecerem firmes na fé, a se comportarem como adultos e não serem enganados por falsos mestres e, acima de tudo, a amarem-se uns aos outros, a respeitarem-se uns aos outros e não se posicionarem acima do irmão ou irmã (mais fraco). Esteja vigilante por engano e meias-verdades por satanás andando como um leão rugindo procurando quem ele possa devorar.

Versos 15-16 A casa de Estéfanas foi a primeira família em Corinto que veio à fé através da pregação do evangelho de Paulo. Além de seu trabalho para prover seu sustento, eles dedicou seu tempo restante inteiramente à pregação e ao ensino depois da partida de Paulo. Honre-os e mostre respeito. Coloque-se sob sua autoridade.

Versos 17-18 Paulo está satisfeito com os três irmãos (verso 11), mencionados aqui por nomes, que relataram a vida da igreja de Paulo em Corinto. Ele se alegrou com eles. Provavelmente, eles transmitiram fielmente as perguntas que viviam na congregação em Corinto. Paulo envia de volta (com esta carta com respostas) e pede a esses irmãos que sejam tratados com respeito.

Versos 19-21 Os membros da congregação na Ásia cumprimentam vocês irmãos em Corinto. Com sua própria saudação escrita no final. Possivelmente por causa da visão pobre de Paulo devido à luz no caminho para Damascos, Paulo ditou suas cartas.

Verso 22 É um final estranho. Será que Paulo se conteve e educadamente ditou essa carta e agora, no final, ele ainda deve acrescentar uma séria advertência?
Se alguém não ama ao Senhor, seja anátema!
Isto NÃO é dirigido àqueles que são incrédulos, mas aos irmãos e irmãs crentes que receberam o evangelho. É uma expulsão e rendição desses crentes a satanás e demônios. Aqueles que ensinam erro e não amam o Senhor. Amar o Senhor é viver para a honra e glória de Jesus Cristo e reconhecê-lo como o Senhor.
Maranata (Grieks μαραν αθα ma’ran a’tha) é de origem aramaica. O significado correto da expressão não é certo: "Nosso Senhor, venha!" ou "Nosso Senhor chegou". O contexto textual e a forte expectativa em relação ao retorno de Cristo pedem o primeiro significado: "Nosso Senhor, venha!" Compare "Vem, Senhor Jesus!" em Apocalipse 22:20.

Versos 23-24 Paulo encerra a carta com um desejo de graça do Senhor Jesus Cristo e uma saudação de amor a todos em CRISTO JESUS ​​(e, portanto, exclui aqueles que não amam o Senhor).

Volta MenuRetorne para acima


Mateus 21:1-2

E, quando se aproximaram de Jerusalém, e chegaram a Betfagé, ao Monte das Oliveiras, enviou, então, Jesus dois discípulos, dizendo-lhes: Ide à aldeia que está defronte de vós, e logo encontrareis uma jumenta presa, e um jumentinho com ela; desprendei-a, e trazeimos.

VoltaRetorne


1 Coríntios 6:16

Ou não sabeis que o que se ajunta com a meretriz, faz-se um corpo com ela? Porque serão, disse, dois numa só carne.

VoltaRetorne


Romanos 1:24-28

Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si; Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém. Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro. E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm.

VoltaRetorne

1 Coríntios 12:1-5 e 1 Coríntios 7:10-12

1 Em verdade que não convém gloriar-me; mas passarei às visões e revelações do Senhor. 2 Conheço um homem em Cristo que, há catorze anos (se no corpo, não sei; se fora do corpo, não sei; Deus o sabe), foi arrebatado até ao terceiro céu. 3 E sei que o tal homem (se no corpo, se fora do corpo, não sei; Deus o sabe) 4 foi arrebatado ao paraíso e ouviu palavras inefáveis, de que ao homem não é lícito falar. 5 De um assim me gloriarei eu, mas de mim mesmo não me gloriarei, senão nas minhas fraquezas. 6 Porque, se quiser gloriar-me, não serei néscio, porque direi a verdade; mas deixo isso, para que ninguém cuide de mim mais do que em mim vê ou de mim ouve.10 Todavia, aos casados, mando, não eu, mas o Senhor, que a mulher se não aparte do marido. 11 Se, porém, se apartar, que fique sem casar ou que se reconcilie com o marido; e que o marido não deixe a mulher. 12 Mas, aos outros, digo eu, não o Senhor: se algum irmão tem mulher descrente, e ela consente em habitar com ele, não a deixe.