Deus é Sabedoria  

INSTITUTO EVANGÉLICO BEM DO BRASIL
Rodando Estudo Bíblico

Estudo Bíblico de Mateus 1-10

  1    2    3    4    5    6    7    8    9    10    11-20    21-26    27-28  

Pictures the scenes of Matthew

Fuente: El evangelio después de Mateo ISBN 9026607660; New Testament Commentary ISBN 0851511929; bijbel1.wikispaces.com

Introdução de Mateus

Mateus (Koinè Ματθαίος, Matthaíos, uma helenização do Hebraico מתי/מתתיהו, Mattay de Mattithyahu, "presente de JHWH") foi um dos doze apóstolos chamado por Jesus. Tradicionalmente ele é visto como o escritor do Evangelho de Mateus, mas outros acreditam que o autor é um judeu de língua grega da Síria. De acordo com a testemunha mais antiga do cristianismo, Papias (bispo na Ásia menor, cerca de 130) e Marcião chamavam Mateus como o escritor.
O Evangelho de Mateus é o primeiro dos Evangelhos no Novo Testamento. Geralmente é assumido que Mateus escreveu seu Evangelho em grego, como não há nenhum vestígio do Hebraico (ou aramaico). O vocabulário é grego e palavras como segundo renascimento próximo e consumação (do mundo) tem sem paralelo em Hebraico. O Evangelho de Mateus foi escrito no final da década em torno de 64-85. O Evangelho pode ser baseado em anotações feitas por Mateus durante a sua presença com Jesus. Afinal, ele era um cobrador de impostos, que teve de informar por escrito sobre os impostos recolhidos, talvez que ele poderia até mesmo taquigrafia. Mas Jesus disse que o Espírito Santo viesse traria todas as palavras de Jesus na memória e a Bíblia é a palavra inspirada de Deus.
Sua vocação é descrita no livro de mesmo nome no novo testamento, capítulo 9:9 da Bíblia: "quando Jesus foi a partir daí, ele viu um homem sentado a porta de casa que Mateus foi chamado, e ele disse-lhe: 'segue-me.'" Marcos e Lucas o chamam Levi. Por esta razão, muitas vezes também é falado de Mateus Levi.
A era cristã começa com o nascimento de Jesus. De acordo com historiadores modernos, Jesus foi, no entanto, um número de anos para o ano 1 nascida (a diferença é de cerca de quatro anos). Os judeus ensinam seus filhos de forma oral. O evangelho foi pregado principalmente pelo discurso oral. Suponha que os apóstolos tinham quase a mesma idade como Jesus, então não é de estranhar que os Evangelhos foram escritos por volta de 70 anos depois de Cristo. Esses discípulos eram já na idade avançada viam seu fim se aproximar e tinham que fazer seus testemunhos.
O chamado de Mateus é descrito no livro de mesmo nome no Novo Testamento, capítulo 9:9 Bíblia: "quando Jesus foi a partir daí, ele viu um homem sentado a porta de casa que Mateus foi chamado, e ele disse-lhe: 'segue-me.'" Marcos e Lucas o chamam de Levi. Por esta razão, muitas vezes também é falada de Mateus Levi.
Mateus era o filho de Alfeu. Ele era cobrador de impostos de Cafarnaum. Cafarnaum estava localizado na área de Herodes Antipas, portanto ele não era um oficial romano, mas ele estava a serviço do príncipe ou ele fez a estrada de pedágio da cidade e alugou. Provavelmente era a arte de escrever poderosa.
O Evangelho de Mateus nos dá muitos fatos importantes e lições importantes. Jesus dá pessoal mais de 200 lições reais e práticas sobre como Deus quer a vida das pessoas, responder às condições desafiadoras e fazer escolhas sobre seu futuro na eternidade. Alguns exemplos incluem: ter fé (9:29), lidando com a ansiedade (8:26), que Deus responde às orações (8:2), a promessa da salvação (10:22), obedecendo a Deus (15:19), o amor ao próximo (19:19), sacrifícios (20:22), resolução de questões jurídicas (5:25), como dar aos outros (6:2), perdoar os outros que pecaram contra ele (6:14), resistindo as tentações (4:2), comportamento hipócrita (23:28), reconhecendo a Cristo (10:32) e uma representação do céu e do inferno (13:49.50).
Fonte: bijbel1.wikispaces.com

Genealogia - Mateus 1:1-17

Mateus segue com a menção da árvore de família totalmente a tradição judaica. Genealogias foram elaboradas na época porque sós homens com um descendente impecável para o serviço do templo foram admitidos (Ezra 2:62-63). Mesmo em Israel de hoje é para poderes provar seu descendente. O Sinédrio tinha a tarefa de verificar a precisão. O escritor judeu Flavius Josephus deu sua árvore genealógica por parte de pai, ao longo de um período de 200 anos.
Genealógica de Jesus está em uma forma de lay-out de 3 x 14 nomes. Uma possível explicação é que método de Mateus o judeu-apocalíptico de 7 x 70 anos-semanas = 490 anos ou 3 x 14 gerações tem como de uso, ou a história do povo judeu (Abraham) a Jesus. Para continua com 14 anos, entre Jorão e Uzias ele deixou 3 nomes. Na herança judaica validi só o pai não é a mãe, uma questão legal. Ainda encontramos os nomes de quatro mulheres. Mateus direciona a linha masculina de Abraão através do rei Davi e o rei Solomon com José para mostrar que Jesus é o Messias real.
As quatros mulheres:

  1. Tamar, a Nora de Judá. Gênesis 38: o marido de Tamar atraiu o desprazer de Deus, e Deus o matou. Tamar foi dado ao seu irmão para gerar descendentes de irmão. Seu irmão, no entanto, desperdiçou a sua semente, e Deus o matou também. Seu pai Judá prometeu outro homem para ela, mas ele não manteve sua palavra. Tamar tomou a iniciativa e então surgiu como prostituta e Judá a engravidou. Uma amostra limpa de prostituição e desobediência.
  2. Rahab uma prostituta Cananeia em Jericó, que forneceu abrigo para os espiões (Josué 2). Um gentil, fora do povo judeu, que tinha confiança no Deus de Israel. Que prestou um grande serviço aos judeus. Um infiel, fora do povo judeu que ouvem o Evangelho e crêr no Deus do povo judeu: a Igreja.
  3. Rute, a moabita. A desobediência do homem judeu de casar-se com alguém de origem não-judaica. Consequência o homem e seus dois filhos morrem. Sua incredulidade, infidelidade e desobediência foram a causa de sua morte. Ruth, no entanto, escolheu o Deus de Israel e ela foi recompensada com o casamento com Boaz. Deste casamento vem Obede. Obede gerou a Jessé, que gerou a Rei Davi.
  4. A mulher de Urias. Por favor, preste atenção, o nome de Bate-Seba não é mencionado, é a mulher de Urias. Com quem o rei Davi (cobiçar a mulher de outro homem) cometeu adultério e matou o marido dela e a quem o rei Davi gerou a Salomão, o filho dele.

certamente não é uma genealogia impecável! Mas um testemunho da graça de Deus. É o pecado de Tamar e Bate-Seba, e não é culpada a mulher, mas o homem Judá e o rei Davi. Com a inclusão destas quatro mulheres na genealogia, já vemos que a graça de Deus não se aplica apenas ao povo judeu/israelita, mas também para os gentios. O resgate do pecado se aplica tanto para o povo de Deus os judeus como os gentios: a Igreja.

Anúncio de gravidez de Maria - Mateus 1:18-25

Maria é noiva com José. Isto foi um pacto pesado. Se separam, isso seria igual ao divórcio e uma carta de divórcio era necessária. Se José morresse então ela seria oficialmente viúva com todos os direitos. Se a noiva cometesse adultério então segue o apedrejamento (Deuteronômio 22:23-24).
Quando e como José notou que sua noiva estava grávida, não está na Bíblia. Talvez Maria falou diretamente com ele. Alguns comentários escrevem que Maria tinha apenas 12-15 anos e José trinta anos. Só podemos adivinhar e achar isso, a Bíblia não fala. A Bíblia diz que José foi um homem justo. Para ele, era proibido casar-se com uma mulher adúltera. Já noivo, então ele tinha que separar com uma carta de divorcio. Em silêncio ele ficou, porque se isso ficasse conhecido, significaria o apedrejamento até a morte. Isto não é o que ele queria, provavelmente José amava muito a Maria. Talvez a Maria lhe tinha dito que ela estava grávida do Espírito Santo, mas então foi algo que nunca antes ocorreu. José deve ter se atormentado interiormente. Ele tinha todos os tipos de considerações e Deus enviara um anjo para salva-lo de seus tormentos. O anjo permite que ele descanse em paz, e defende a esposa confirmando que ela estava grávida do Espírito Santo. Você pode casar-se com ela. O anjo também deu a José um comando: "Você dará a criança o nome de Jesus". Jesus é judeu: Jeschoea ou JHWH - salvação. Será salvação JHWH por ele. O anjo atravessa, "porque é ele quem vai salvar o meu povo de seus pecados". Pecado foi para o povo judeu o violar a lei, que tem crescido com todas as explicações fornecidas para 506 mandamentos e proibições. Por favor, não esquece que a lei, não era só os Dez Mandamentos, mas toda a lei da Torá, com todos os mandamentos de dízimos e ofertas.
O anjo continua a dizer: "tudo isso foi feito...". É o cumprimento da palavra profecia na Bíblia.
Resultado: José era obediente e fez como o anjo lhe ordenara.
E José ficou sem relações sexuais com Maria até após o nascimento do menino Jesus.

Por que este nascimento virginal?
Eva foi seduzida pela serpente (satanás), Adão tinha uma escolha consciente, comer ou não comer o fruto proibido. A mulher não pecou, ela foi seduzida, o homem pecou por sua escolha CONSCIENTE para comer o fruto proibido. Pecado veio pelo homem ao mundo e não pela mulher. O pecado é a semente do homem passada para a posteridade, não pela mulher. A Virgem é pura, "livre" do pecado. Maria, sem nunca ter tido relações sexuais com um homem, tão virgem. Ela é fecundada pelo Espírito Santo (sementes sem pecado) e, assim, é seu filho Jesus livre de pecado. Só um homem sem pecado poderia sacrificar na Cruz do Calvário e morrer para o homem que lhe livre da pena do pecado (a morte eterna no lago de fogo).

Lucas 1:5-38

5 Existiu, no tempo de Herodes, rei da Judéia, um sacerdote, chamado Zacarias, da ordem de Abias, e cuja mulher era das filhas de Arão; o nome dela era Isabel. 6 E eram ambos justos perante Deus, vivendo irrepreensivelmente em todos os mandamentos e preceitos do Senhor. 7 E não tinham filhos, porque Isabel era estéril, e ambos eram avançados em idade. 8 E aconteceu que, exercendo ele o sacerdócio diante de Deus, na ordem da sua turma, 9 segundo o costume sacerdotal, coube-lhe em sorte entrar no templo do Senhor para oferecer o incenso. 10 E toda a multidão do povo estava fora, orando, à hora do incenso. 11 Então, um anjo do Senhor lhe apareceu, posto em pé, à direita do altar do incenso. 12 E Zacarias, vendo-o, turbou-se, e caiu temor sobre ele. 13 Mas o anjo lhe disse: Zacarias, não temas, porque a tua oração foi ouvida, e Isabel, tua mulher, dará à luz um filho, e lhe porás o nome de João. 14 E terás prazer e alegria, e muitos se alegrarão no seu nascimento, 15 porque será grande diante do Senhor, e não beberá vinho, nem bebida forte, e será cheio do Espírito Santo, já desde o ventre de sua mãe. 16 E converterá muitos dos filhos de Israel ao Senhor, seu Deus, 17 e irá adiante dele no espírito e virtude de Elias, para converter o coração dos pais aos filhos e os rebeldes, à prudência dos justos, com o fim de preparar ao Senhor um povo bem disposto. 18 Disse, então, Zacarias ao anjo: Como saberei isso? Pois eu já sou velho, e minha mulher, avançada em idade. 19 E, respondendo o anjo, disse-lhe: Eu sou Gabriel, que assisto diante de Deus, e fui enviado a falar-te e dar-te estas alegres novas. 20 Todavia ficarás mudo e não poderás falar até ao dia em que estas coisas aconteçam, porquanto não creste nas minhas palavras, que a seu tempo se hão de cumprir. 21 E o povo estava esperando a Zacarias e maravilhava-se de que tanto se demorasse no templo. 22 E, saindo ele, não lhes podia falar; e entenderam que tivera alguma visão no templo. E falava por acenos e ficou mudo. 23 E sucedeu que, terminados os dias de seu ministério, voltou para sua casa.24 E, depois daqueles dias, Isabel, sua mulher, concebeu e, por cinco meses, se ocultou, dizendo: 25 Assim me fez o Senhor, nos dias em que atentou em mim, para destruir o meu opróbrio entre os homens. 26 E, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, 27 a uma virgem desposada com um varão cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria. 28 E, entrando o anjo onde ela estava, disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres. 29 E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras e considerava que saudação seria esta. 30 Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus, 31 E eis que em teu ventre conceberás, e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus. 32 Este será grande e será chamado Filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai, 33 e reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu Reino não terá fim. 34 E disse Maria ao anjo: Como se fará isso, visto que não conheço varão? 35 E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; pelo que também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus. 36 E eis que também Isabel, tua prima, concebeu um filho em sua velhice; e é este o sexto mês para aquela que era chamada estéril. 37 Porque para Deus nada é impossível. 38 Disse, então, Maria: Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo ausentou-se dela.

Lucas 1:26-38 Anúncio de gravidez à Maria

Já sabemos por que Jesus teve que nascer de uma virgem. Vejamos agora para o anúncio à menina Maria. O Arcanjo Gabriel foi enviado ao mundo. Gabriel é um anjo de alto grau (Dan 8:16, 9:21, Lucas 1:19). Não apenas um anjo. É o Mensageiro de Deus, que foi enviado para Maria. Aqui temos uma aparência visual real, verso 28 "quando ele entrou onde ela estava". Isto está em contraste com o marido adotado José onde o anjo apareceu em um sonho.
O anjo começa com as palavras de saudação e "não tenha medo". Você pode imaginar que uma garota jovem (12-15 anos?) quando aparece um anjo forte como Gabriel para ela? O anjo diz que seus órgãos reprodutores estão grávidos e darão à luz um filho. Surpresa ultrapassa Maria e eles respondem no Verso 34 "como será isso, já que não há relações com um homem?". Daqui parece duas coisas, ela é ensinada bem sobre sexo por seus pais em uma idade jovem (seu pai fez isso com você?) e segundo (apesar de que este mandamento ter mais de 4000 anos) apesar serem noivos, ela não teve relações sexuais com o marido. Então José respeitou este mandamento de Deus e ele (com uma idade de cerca de 30 anos?) não teve relações sexuais com sua noiva.
O anjo explica a gravidez a seguir: o Espírito Santo irá fertilizar você e esta semente divina que gerou abençoado: o filho de Deus. Isto que você terá o nome de Jesus. Ela NÃO pode escolher o nome. O nome é impostado à ela! E o anjo explica no Verso 32 e 33 que se assentará no trono de seu pai Davi, e ao seu reino será sem fim.
Maria é enviada pelo anjo de Isabel.

Anúncio à Maria (YouTube).

Anúncio à Maria

Lucas 5-25 Anúncio da gravidez a João Batista

Como lindo começa o Verso 5 e 6: sacerdote Zacarias com sua esposa das filhas de Arão (o primeiro sumo sacerdote), e eles viviam todos os preceitos e exigências de Senhor Deus impecável. O que é um testemunho. De qualquer crente pode ser dado um testemunho tal?
Zacarias entrou no templo (o povo ficou do lado de fora do templo) ao sacrifício olfativo. Aqui aparece um anjo do Senhor, ele em pessoa, visual real. Primeiro o anjo lhe tranquiliza e imediatamente segue a comunicação que a sua oração foi ouvida e sua esposa está grávida. Interrogado (nascimento de um filho) e siga as instruções imediatamente sobre seu crescimento e suas ações (Versos 14-17).
E agora segue no Verso 18, uma grande dúvida. Aqui está um (idoso) sacerdote, educado na lei, tinha um conhecimento de Abraão e Sara que tiveram um filho em idade avançada (sendo 90-anos) pela a promessa de Deus. E ele DÚVIDA apesar de ele vê um anjo em pessoa para ele. Que contraste com a menina Maria, que imediatamente acredita na palavra do anjo, mesmo que tal coisa nunca ainda foi vista na história.
Jesus diz que devemos crer como uma criança. Uma criança acredita na palavra de seu pai. Muitos crentes mais velhos têm anos de longas orações, sem resultado, estão decepcionados e não esperam mais da oração. Estamos como Zacarias? ou como Maria?
O seguinte é uma séria lição no Verso 19: "Eu sou Gabriel", "Estou em pé diante de Deus", "Eu sou enviado para falar com você".
E no Verso 20 vemos que os anjos são PODEROSOS. O anjo pune Zacarias, Zacarias mudo já não pode falar. Tenha muito cuidado, no entanto, para acreditar como um cristão, satanás pode se disfarçar como um anjo de luz, no entanto, o cristão tem uma arma único anjos enviados de Deus para você reconhecerá que Jesus é o Filho de Deus veio EM carne e osso e reconhecem que ele é o Senhor. Satanás e os demônios NÃO reconhecem isso. Satanás e seus anjos caídos (demônios) também têm muito poder, eles abusam do poder, no entanto, para enganar as pessoas (dar aquilo que o homem pediu, mas homem é do ligado demoníaco) e eles fazem mal (catástrofes).
Zacarias vai para fora e é incapaz de dar a benção às pessoas lá fora que estão esperando. As pessoas entenderam que ele tinha de ter visto algo. Zacarias, no entanto, não foi para casa. Afinal, ele estava nos dias do seu turno para o serviço do templo. Era sua vez de servir como um sacerdote. Ele completou o seu tempo. Como está nos crentes cristãos, nós continuamos no nosso posto, ou deixamos quando uma alegria chega até nós?

Volta MenuRetorne acima


Primeiro dias de Jesus - Mateus 2

Herodes é um geadas muito cruel, que, de acordo com Flavius Joséus, mataram o seu cunhado, sua esposa, três filhos e muitos outros. Acordo com Miquéias 5:1-3, a cidade Belém será o lugar onde o Messias será nascido.
Os homens sábios do Oriente. A Bíblia não menciona que são três, este número baseia-se que existem três presentes: ouro, incenso e mirra. Donde vieram esses sábios? Também a Bíblia não menciona. Possível que eles vieram de medos e persas (Babilônia onde judeus foram deixados ao longo do exílio babilônico na época de Daniel. Possível esses sábios tinham conhecimento da expectativa messiânica judaica. Esses sábios foram os astrônomos que estudaram as estrelas? Sabemos que os astrônomos babilônicos eram responsáveis para o mapeamento do universo, tempo e calendário. Por que eles viajam para o Jerusalém. O céu está cheio de estrelas, então esta estrela deveria ter uma característica especial. Observe também que nem sempre esta estrela era visível, porque eles vêem-lo novamente em Belém, a alegria deles foi mensal. Que eles viajam para Jerusalém, não é surpreendente, é esperado que um rei nasci em uma cidade grande como Jerusalém. Eles verificam com Herodes. Ele não tem uma resposta, então ele chama os escribas judeus, eles precisam de saber onde o Messias nasceria. os escribas judeus respondem de acordo de Miquéias 5:1: Belém.
Agora segue a falsidade do Herodes, ele diz aos sábios que também deseja trazer tributo a criança, enquanto sua intenção é para matar a criança de modo que ele em si permanecer no poder. Os sábios ir na estrada e alegram-se quando vêem a estrela acima Belém novamente.
Os sábios entre na casa (isso não é mais a Pousada onde Maria deu à luz Jesus) assim estamos meses mais tarde, talvez um ano? A Bíblia não menciona o tempo. Mateus fala sobre "to paidion" (a criança), enquanto Lucas fala sobre "to brephos" (primeira infância).
Os sábios oferecem presentes de ouro e objetos de valor (o presente real), incenso (divindade de Jesus) e mirra (unção de sua morte da cruz). Em qualquer caso, Deus fornece para objetos de valor para subsistir a família pobre de José.
Os sábios são avisados para não voltar a Herodes e deixam a Judéia através de uma estrada diferente. Novamente em um sonho, José recebe uma ordem: ir para o Egito.
Herodes descobre que ele foi enganado. Por que ele esperou dois anos? Não sabemos, em qualquer caso ele recomendo matar todos os meninos de dois anos de idade. Foi há dois anos que os sábios tinha visitado ele. Com isto se torna realidade que a profecia de Jeremias, Deus sabia que Herodes mataria as crianças em Belém. Raquel é a matriarca de Israel (Gênesis 29), esposa de Jacó (cujo nome foi posteriormente alterado em Israel).
Após a morte de Herodes, José novamente recebi um sonho (duas vezes), o comando para voltar à Judéia e muito específico para Nazaré. Nazaré era um desprezado pelos judeus (João 1:47).

Volta MenuRetorne acima


João Batista e Batismo de Jesus - Mateus 3

Mapa de rio Jordan Batismo Qasr al-Yahud Jordão Jordán

Batismo en el río Jordão perto de Qasr al-Yahud, localizado perto do deserto, o lugar mais provável onde Jesus foi batizado. Hoje, o Jordão é estreito devido à extração de água para irrigação. Como resultado, o nível do Mar Morto também está caindo.

Deserto Mar MortoDeserto  Montanhosa Mar Morto

O deserto da Judéia é uma área desértica montanhosa situada a oeste da Judéia e mar morto. É uma área deserta, um solo gredoso árido ondulante coberto de pedregulhos, pedras lascadas e pedras com alguns arbustos onde serpentes se escondem. João proclama o Reino dos Céus: profundo arrependimento de pecado, deixando a vida pecaminosa e passar para ao vivo para honra e glória de Deus e obediência a Deus, no qual Deus governa no coração do homem. Deixar a vida deste mundo, em que os seres humanos são egoístas e apenas pensam para seus próprios interesses, riqueza e prosperidade. João pregou, "Arrependei-vos", que é uma tradução fraca: João prega calamidade iminente, um desastre se não for convertido, que só pode ser evitado se você sentir radicalmente se arrependem e retorno a Deus. Um realmente profunda sinceramente se arrependem de sua vida pecaminosa e isso.
João Batista é o cumprimento das palavras faladas pelo profeta Isaías (40:3), João é que prepara o caminho para o Messias Jesus. João chama para o arrependimento do pecado, ele proclama que a vinda do Messias está próximo. João era apenas de seis meses mais velho que Jesus, como tal, ele foi também um precursor.
Estilo de vida de João é claro: simples. Um exemplo de arrependimento e vida simples. Sua estada no deserto frio (noite) e quente (dia). Um lugar de julgamento. Sua roupa era feita de pelo de camelo: resistente ao desgaste e economicamente, sem roupas caras bem. Roupas que durará anos, totalmente coerente com sua mensagem. Mel foi encontrado no deserto e é uma referência ao poder que deu a Simson (Juízes 14:8-9) e Jônatas (1 Sam. 14:25-30). Também se encontra a abundância de gafanhotos no deserto. Comida barata, sem abundância, mas suficiente para o homem, não uma vida de luxo, mas obediência ao Senhor Deus.
A mensagem de João chamou a atenção dos habitantes de Jerusalém e em toda a Judéia e que viveu em ambos os lados do rio Jordão. Por favor, note que já no tempo de João e Jesus, pertencente a região de sobre-jordaniana (o que é agora OCUPADO pelos palestinos) era a área de Israel. Israel não é erro afirmar nesta área, os palestinos não podem morar neste país (excesso jordaniano), eles não têm direito a OCUPAR esta área, que foi dada por Deus aos Israelitas.
Após o arrependimento e a confissão do pecado, coloque o batismo no rio Jordão, uma lavagem longe do pecado e a passagem para a nova vida para a honra e a glória de Deus. Uma vida em obediência a Deus. Batismo simboliza deixando a vida mundana e entrar no Reino de Deus. É um lugar público, com outras testemunhas do seu depoimento: Eu coloquei a vida deste mundo atrás, eu sou um pecador e escolhi para o resto da minha vida, viver para o Senhor Deus. Por favor, note que água corrente é batizado no rio Jordão, é água corrente, fluindo água lavou os pecados e importados-lo para o fluxo.
João chama os fariseus e saduceus: raça de víboras. Os fariseus (significado: separadores) separados dos gentios, pessoas públicas e pecadores, eles próprios elevados acima as pessoas que "não sabia que a lei". Eles fizeram seu melhor para não infectar-se com alguém, que foi considerado como impuro. Os saduceus eram em muitas maneiras o oposto dos fariseus: que procuravam compromissos (o presente Papa também não faz isso?), eles dependiam da lei de Deus, mas não tinha nenhum desgosto da cultura grega. Eles eram sacerdotes, que geralmente veio do sumo sacerdote. Ver atos 23 por suas diferenças de fé. Ambos tinham uma coisa em comum: pelo próprio trabalho entra no Céu. Portanto, não é nenhuma surpresa que os chama de João raça de víboras: queriam saber de nenhum remorso, apenas pelo próprio trabalho no Céu.
Que vieram para o batismo, não é estranho. João puxou um monte de gente, e os fariseus e saduceus tinham medo de perder sua influência e poder sobre o povo judeu. E isso não guia, finalmente, à crucificação de Jesus? Os fariseus e saduceus queriam evitar o julgamento de Deus (a ira de Deus). João responde com: mostrar arrependimento do pecado e trazer frutos (do Espírito Santo) (Gal. 5:22; Ef. 5:9).
Pertencem ao povo de Abraão, não conduz à vida eterna no Céu. Fé em Deus por pai Abraão, levou-o a Deus. E sua fé foi com ações (obras), que confirmou sua fé em Deus. A fé sem obras, é morta e não conduz à vida eterna no Céu.
Se o judeu, israelita ou crente não carrega nenhuma fruta, o machado já à árvore para cortar e ser queimado (raio) de fogo. (Mt. 7:16-18; 12:33; 13:8; Lucas 13:6-9, 1 Coríntios 3:10-16). Não carrega o crente nenhuma fruta, então é uma pergunta se ele/ela entra no Céu. João e Jesus pregam tanto o arrependimento do pecado (não só do passado), mas também para acabar com uma vida pecaminosa e viver para honra e glória do Senhor Deus, então as suas leis e instituições (os valores cristãos e normas). O machado de desobediência cortou sobre o povo judeu nos anos 70, a queda e a destruição de Jerusalém. Os profetas do antigo testamento, agora João Batista e Jesus, depois que os apóstolos tinham chamado o povo judeu repetidamente para arrependimento. Sua tenacidade era derrubar eles, Jerusalém foi destruída e o evangelho foi propagar aos gentios. Deixe isso ser uma lição para o gentil (e o crente) que não é livre para viver uma vida de pecado e permanecer viver no mundo. O crente também tem o dever de produzir frutos. Se não, então também o machado corta ele ou ela.
O fogo refere-se ao fogo eterno (verso 12, 25: 41), qual está preparado para satanás e os anjos caídos (demônios). Então Deus é sem piedade? Deus é paciente (exemplos são o Ló, o rei Saul), mas tudo tem seu limite. Iniquidade e desobediência (e especialmente a teimosa perseverança) não são sem consequências, todos tem consequências. Deus é amor, mas NÃO podem tolerar o pecado e iniquidade. Qualquer pai cujo filho assassinado, quer que o assassino fica sem punição?
O batismo de água aconteceu APÓS a conversão, APÓS o reconhecimento ser pecador, DEPOIS arrependimento. Isto requer a imersão como "adultos". Batismo infantil ou aspersão não se aplica, isso é uma gravação na família de Deus pela salvação dos pais fiel no Senhor Jesus Cristo. A criança em si quando plenamente compreender o que pecado é, arrepender-se e a aceitação e a fé no Senhor Jesus Cristo como "adulto" sendo batizado. Arrependam-se do pecado não é suficiente. O batismo de João era o arrependimento (Atos 19:1-5), no entanto depois arrependimento segue a fé no Senhor Jesus Cristo como seu Salvador pessoal (Atos 19:1-5). Jesus é aquele que vem depois do João Batista, ele é mais forte do que João. É Jesus Cristo que morreu para o pecado e o pecado leva embora. Ele é aquele que ressuscitou dos mortos e tem superado a morte. Jesus é mais forte: João foi decapitado e morreu. Jesus foi pendurado na Cruz do Calvário e morreu. Mas Ele ressuscitou depois de três dias do túmulo e entrou no Céu, onde agora Ele está sentado à direita de Deus, o Pai: ELE VIVE!
Desse modo, Ele pode dar o Espírito Santo a você. Todo crente que aceita Senhor Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, imediatamente receberá a habitação do Espírito Santo (Romanos 8:9; 1 Coríntios 6:19; Ef. 1:13-14) e não precisa esperar até que ele/ela é batizada. O batismo é, no entanto, uma obediência a Deus. O Espírito Santo convence do pecado durante a vida cristão e o fogo purifica o crente de seu pecado.
O grão é separado na eira, os pacotes são juntados e o pacote é lançada no ar. Os grãos pesados caim na eira, o joio, palha, a poeira e o feno pequeno, evaporar-se com o vento forte de Mar Mediterrâneo. Então o bem é separado do mal, e não há nada bom perdido. A pá está na mão do Senhor Jesus Cristo. Cada crente será julgada sobre sua vida cristã. Produzi frutos ou não? O grão é recolhido no celeiro: o crente que deu os seus frutos (uma vida cheia do Espírito Santo) receberá a vida eterna no Céu. O joio que rejeitaram Jesus Cristo (nunca aceito, os fiéis caídos, os fiéis sem frutos??) o destino é o fogo (inferno), o fogo inextinguível. O fogo também aponta literalmente pegando fogo o que levará a terra durante a Grande Tribulação. Mas há também o fogo (lava) no Interior da terra. Pesquisadores do núcleo da terra têm ouvido muitas gritas. De acordo com os rabinos o inferno é no interior da terra.
Jesus vem da Galileia (Nazareth Marcos 1:9) a Betânia (João 1:28), uma aldeia ao norte do mar morto, para batizar pelo João. Com esta cerimônia de batismo e completar pelo Espírito (verso 16), inicia o serviço de Jesus na terra. João tenta reter Jesus. João conhecia muito bem a Divindade de Jesus, do nascimento virgem. João era filho de Isabel, um relacionado de Maria (Lucas 1:36) e o sacerdote Zacarias.
Porque o batismo de Jesus? É que a adivinhar, Jesus era sem pecado. Sim, no entanto, ele foi com o nosso pecado (Isaías 53: 5-9). Aqui é mostrado o caminho simbólico do pecador: reconhecendo a dívida, do pecado, batismo e receber o Espírito Santo.
Jesus levantou-se fora da água, isto era, provavelmente, uma completa imersão. E os céus abriram-se, provavelmente como um sinal para os outros participantes que eram presente para se batizar. E o Espírito de Deus (Espírito Santo) desceu na forma de uma pomba. Sabemos que o Espírito Santo não é visível para as pessoas, mas o crente pode claramente experimentada na sua vida a força Dele. Por que na forma de uma pomba? Sem resposta, a Bíblia não explica. No entanto, os participantes e os escritores do Evangelho reconhecem claramente que o Espírito de Deus desce sobre Jesus aqui. E uma voz do céu diz que "Este é meu filho. Então deve ser a voz de Deus seu Pai. Por que o amado? Óbvio: Jesus desiste toda a sua glória e poder que Ele tinha no Céu, nasce como um homem e agora está começando a sua pesada tarefa na terra até a morte na Cruz. Deus Seu Pai tem o prazer que Seu Filho faz isso voluntariamente e, sim a punição sobre pecado assume voluntariamente, incluindo a terrível crucificação e todas as tentações que ele devem suportar com antecedência.

Volta MenuRetorne acima


Primeiras atividades de Jesus - Mateus 4

DesertoDesertoDeserto

Jesus foi conduzido ao deserto. O deserto é muito quente durante o dia e muito frio durante a noite. Uma pessoa precisa muito de água contra o calor e comida para aguentar o frio durante a noite. Jesus jejuou quarenta dias e quarenta noites. Depois o diabo vem para tentar Jesus. No Éden o primeiro Adão, também esteve sem pecado, igual Jesus. Adão não esteve com fome, porque ele podia comer de todos arvores no Éden exceto de uma. Agora chegou o tentador, o diabo, tentando que Jesus pode pecar. Muito está escrito se estas tentações era verdadeira ou não. Jesus era homem, mas também divino. Era possível que Deus mesmo pecasse?
Nós não sabemos. O primeiro Adão no Éden era sem pecado, mesmo assim ele pecou. Eu penso que precisamos pensar de liberdade de vontade. Adão teve a escolha, seja obediência a Deus ou não. Jesus teve o escolha de seja obediente a seu Pai, o Deus, e ir o caminho para Cruz, ou um caminho fácil e aceitar as oferta de diabo. Mas seja consciente, o caminho com o diabo é falso. O diabo é mentiroso, parece fácil, mas o preço é alto, o fim é o lago de fogo.
Primeiro a primeira mentira de diabo em verso 3: "Se tu és o Filho de Deus". Jesus sai de batismo e Deus, o Pai, já confirmou que Jesus é o Filho Dele. Nada de "se". O diabo soube muito bem, que Jesus era o Filho de Deus. O diabo tentou com duvida. Lição: o crente não pode duvidar a Palavra de Deus e que Deus se prova.
Jesus respondeu: Um homem não vive SO de pão, a palavra de Deus é suficiente. Os israelitas sofrem fome no deserto, mas Deus mandou manna para todos. Lição: o crente precisa ficar (cheio) em Espírito Santo, confiar em Deus, que Ele vai satisfazer as nossas necessidades.
Segunda tentação. O diabo o transportou à Cidade Santa, e colocou-o sobre o pináculo do templo. Como entendi "o transportou"? Esteve realmente que o diabo transportou Jesus? Ou Jesus andava junto com o diabo para o templo? A Bíblia só diz "o transportou", nada mais.
Onde era o pináculo do templo, a Bíblia não informa.
Joséus indica um ponto de palácio de Herodes, Sudeste do templo, domina o vale do Kedron, olhando para baixo uns 140 metros. Segundo a tradição, aqui o irmão de Jesus, Tiago, jogados para baixo.
O diabo tentou que Jesus provoca Seu Pai. Jesus respondeu com: "Não tentarás o Senhor, teu Deus". Lição: o crente não pode tentar o Deus, não pode ir oas lugares perigos, onde está tentações. Nada de "Deus vai me proteger". Somente quando o Espírito Santo manda você para proclamar o evangelho na favela, você pode ir, se não, não tentar visitar a favela.
Cuidado com o diabo fala, ele pode citar a Palavra de Deus, mas isto não pode ser dentro de contexto, ou que você vai pecar pelo testar o Deus. O diabo pode tentar que você vai insistir que Deus cumpri a Palavra Dele com você.
O transportou o diabo a um monte muito alto. Esteve numa visão? A Bíblia não explica. Nem fala qual monte. Interessante é que Jesus não dispute que todos os reinos do mundo são a propriedade do diabo. A Bíblia diz que todos os homens são nascidos de diabo. A obra de Jesus era o caminho de Cruz, para comprar o mundo. Isto era o caminho de Pai de Jesus, um caminho duro. Se Jesus cai nesta poço, Jesus precisa adorar o diabo, ser obediência ao diabo, e o diabo ganha tudo, porque o diabo será mestre e não Jesus. Nenhuma pessoa será salva.
CONCLUINDO:

  1. O crente mesmo precisa ler a Bíblia de Gênesis até Apocalipse cada ano. Não é suficiente visitar a igreja cada domingo, o crente precisa ter conhecimento da Bíblia para opor-se o diabo. Sem conhecimento o crente é uma presa fácil para satanás.
  2. Não diz:- Deus não precisa meu dízimo e minhas ofertas. Deus quer sua gratidão e usa seu dinheiro para salvar outras pessoas.
  3. Não diz Deus me cura. Sim Deus cura, mas é sua responsabilidade viver e comer de maneira saudável. Nada de comida demais, duas vezes por dia carne, excesso de peso. Deus não cura você de colesterol, você é responsável por isso.
  4. Não disse quando você namora com um infiel, Deus vai mudar ele/ela e será crente. 2 Coríntios 6:14 "Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?" é muito claro. Não começa com um infiel (incluído uma católico que adora imagens e santos, Mateus 4:10).
  5. Não pode ter um relação sexual antes de casamento. A Bíblia e Jesus são muito claros. Um relação sexual é casamento (Gênesis 2:24, Mateus19:5), casado civil ou não. E não pode continuar morar junto com seus pais!

Não deixa o diabo enganar você! Deixa o diabo sai de você!

Cafarnaum

CafarnaumSe Jesus mudou para Cafarnaum depois estas tentações ou depois, não é claro. Têm comentarias que disse um intervalo de um ano. Lucas 4:28-31: se todos, na sinagoga, ouvindo essas coisas, se encheram de ira. 29 E, levantando-se, o expulsaram da cidade e o levaram até ao cume do monte em que a cidade deles estava edificada, para dali o precipitarem. 30 Ele, porém, passando pelo meio deles, retirou-se. E desceu a Cafarnaum, cidade da Galiléia, e os ensinava nos sábados.
Jesus era ensinado nas sinagogas em Nazaré, mas o povo não gostava o ensinamento de Jesus, e o expulsaram da cidade, assim Jesus foi para Cafarnaum. Cafarnaum era sobre a rota comercial entre Damasco e o mar Mediterrâneo e possível centro administrativo e político (João 4:46-50), a mistura de gentil e israelitas na população.
"O povo que estava assentado em trevas" refere para o povo nesta área que esteve cego para o YAWEH, andando em trevas (2 Reis 17:33). Agora Jesus é a grande luz que começa pregar a grande obra de YAWEH.

Chamada de discípulos

Jesus chama pescadores, pessoas sem muita educação. Foi Ele quem ensinou e treinou, não para ser pescadores de peixes, mas pescadores de homens. Olha como grande é o Jesus: força de influencia sobre mente e coração. Estes chamados deixam imediato sua família e vão com Jesus.
Junto com os discípulos, Jesus foi pregar o evangelho, ensinando nas suas sinagogas em toda a Galiléia. Não se limita para um lugar, são vários lugares. Jesus ensinou o evangelho do Reino e explicou também o que significou. O evangelho do Reino significa um profundo reconhecimento de ser pecador, que precisa Jesus para salvar, a mudança de vida: sair de vida do mundo e começar viver uma vida para gloria de Deus. O reino de Deus não conhece enfermidades e tormentos, os endemoninhados, os lunáticos e os paralíticos. Jesus curou todos. Ele está mostrando seu caráter sobrenatural. A cura de Jesus tem três significados:

  1. Confirmação do sua mensagem.
  2. Confirmação que Ele é verdadeiramente o prometido Messias.
  3. O Reino de Deus está se aproximando.

Desde Jesus curou todos, significa que o evangelho é para israelitas e gentis, porque na Galiléia moravam israelitas e gentis.
Por causa Cafarnaum era na estrada de Antioquia e Damasco para Galilea, Gaza e Egypto, não é surpresa que a fama de Jesus correu por toda a Síria, Galiléia, de Decápolis, de Jerusalém, da Judéia e dalém do Jordão.
Lição:Proclamar o evangelho no lugar estratégico, lugar onde está visitando muitas pessoas, pessoas viajando. Coloca sua igreja no lugar bem accessível e visível.
Jesus curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo. Todos os que padeciam acometidos de várias enfermidades e tormentos, os endemoninhados, os lunáticos e os paralíticos, e Ele os curava. Jesus está mostrando Seu poder sobre satanás. O satanás traga grandes enfermidades e morte. Jesus cura todos e tem poder sobre a vida e morte.

Volta MenuRetorne acima


O sermão da montanha 1 - Mateus 5

O Evangelista Mateus conscientemente usando o artigo definido "a" montanha. Para os judeus, havia apenas uma montanha, o Monte Sinai ou Horebe, onde Moisés recebeu os Dez Mandamentos.
A pregação tem um tema claro: o modo de vida do crente. É construído estrutural. Deixa que isto sirva como lição para pregadores de hoje:

  1. Os habitantes do Reino de Deus.
    Descreve a sua personagem e vida. A relação delas com o mundo. Eles são o sal da terra (verso 13) e deixar sua luz brilhar do mundo (verso 14): a proclamação da salvação dos pecados através de Jesus Cristo.
  2. A justiça no Reino de Deus (versos 17-48).
    Os elevados padrões de vida, exigidos pelo Rei Jesus. Jesus veio para cumprir a Tora (os primeiros cinco livros da Bíblia, incluindo os dez mandamentos) (versos 17-18), para resumir: amar Deus com toda sua mente e alma, Deus em primeiro lugar. E em segundo lugar: ama o seu próximo como si mesmo.
  3. O incentivo para entrar no Reino de Deus (versos 13-16).
    O Reino de Deus está fazendo a vontade de Deus, o Pai. Em primeiro lugar, aceitar Jesus Cristo como seu Salvador para seus pecados serem perdoados e, então, levar uma vida sob a orientação do Espírito Santo (os frutos do Espírito Santo) e uma vida seguindo o exemplo dado por Jesus durante sua vida na terra. Jesus quer não apenas ouvintes, Ele quer seguidores!

A pregação que segue (verso 3), pode-se pensar que a loucura de Jesus fala: abençoados são aqueles que têm fome e sede, dor, sofrimento, tristeza, etc.. Mas Jesus vê isso como uma agonia temporária, ou de curta duração durante a vida do homem na terra e nada está em comparação com a glória que espera para o crente para a vida eterna no Céu. Onde nenhuns destes sofrimentos estão presentes, há apenas alegria e felicidade. Mas cuidado, há condições: condições para a pessoa para a qual ele se aplica (veja 1 Coríntios 3:10-18).
Hoje, dizem os estudiosos, os estudantes das universidades: Deus não existe, eles sabem cientificamente explicar tudo na sabedoria=loucura deles, (sem base razoável, tudo em seus próprios pressupostos). Por isso é melhor fica pobre em espírito, e reconhecer que existe o Deus da Bíblia e que o homem é um pecador, que precisa salvação através do sangue de Jesus Cristo.
Verso 4, Bem-aventurados os que choram. Podemos pensar em tristeza literalmente. Mas também que o crente lamenta sobre os muitos pecados no mundo de egoísmo, corrupção, injustiça, violência, abuso sexual, assassinato, roubo, etc.
Verso 5, Bem-aventurados os mansos. Bem-aventurado o crente que é capaz de perdoar o seu companheiro (penso dos pais fiéis que perdoem o assassino de seu filho). O crente que não guarda nenhum ódio ou ressentimento para a injustiça feito a ele ou ela.
Versos 6-9, Pense em Lazaro e o homem rico (Lucas 16:19-31). Quem era rico no final? Não o homem rico, que tinha uma vida de luxo na terra, mas o pobre, faminto Lazaro, que recebe riqueza no céu. Também o crente deve falar a verdade, o crente precisa ter uma fome para justiça e que nenhuma injustiça aconteça com seu companheiro. O ladrão, assassino, os injustos deixem receber uma pena justa e não devem ser absolvidos (por meio de suborno, por causa de sua classe).
Versos 10-11 o crente sofre perseguição, esta pode ser a perseguição literal: prisão e tortura. Mas também pode ser um crente que testemunha de sua fé cristã, por difamação contra alguém, ridículo, tolo, ser negado um emprego, etc.
Verso 12 Não vejo este sofrimento na terra, mas olhar em frente: sua recompensa no Céu.

CastiçalVersos 13-16 Hoje o crente eh o representante de Jesus Cristo na terra. A missão de Jesus em Mateus 28: 19 é: "IDE e pregai o Evangelho a todas as Nações". O crente é o sal da terra. O crente deve proclamar o Evangelho a todos os povos da terra. Ele ou ela é o melhor lutador do mal, o soldado que luta contra Satanás e os demônios. Se ele ou ela não funciona, então o mal vence, satanás e demônios ganham. Resultado quando o crente não está fazendo seu trabalho? Presta para nada mais. O crente extinguir a ação do Espírito Santo e o crente é pisado pelo homem. Sim para se lançar fora, ou seja o crente perder o seu galardão no céu e possível a vida eterna no Céu.
O crente DEVE brilhar sua luz, que é a luz de Jesus=a salvação dos pecados através do sangue de Jesus Cristo, no mundo. Uma cidade em uma montanha está avista de longe durante a noite, porque as casas irradiam a luz e não passou despercebido. Se o crente não testemunha de Jesus Cristo em palavra e AÇÃO, o trabalho dele não é visível. Afinal de contas, ninguém coloca a lâmpada debaixo da mesa, mas elevar a lâmpada num suporte alta para que a luz pode parecer em todos os lugares na sala. Assim também os incrédulos devem reconhecer por meio de boas obras (fazer o seu trabalho como era para Jesus), visitar os doentes, contribuir financeiro para a adoção de uma criança no terceiro mundo, apoio para os missionários, seja um exemplo (não participar em mentiras, roubo, drogas, alcoólicas excessiva, violência), etc. Como o crente pode fazer boas obras? Não na própria força, tem o óleo (fonte de energia de luz) do Espírito Santo, porque Jesus é a LUZ.
Por que?
Primeiro: Porque Deus o Pai olha do céu para os fiéis e nota seu comportamento.
Em segundo: Pelo bom testemunho Deus no Céu torne-se glorificado. Como macambúzio é hoje com crente que só vivem no mundo, participar de festas selvagens, riqueza, adultério . Veja mal uma distinção entre incrédulo e cristão. Pastores que enriquecerem-se por meio da ofertas, dirigir carros luxos, vivemos em moradias de luxo, pagas pelos dízimos. Uma verdadeira farsa para os incrédulos. Mas observe o seu fim em Mateus 7:21-23: Jesus não os conhece e diz: "Apartai-vos de mim" e seu destino é o lago de fogo.

Versos 17-19 Sobre estes versos é raramente pregado nas igrejas, mas é a base da fé cristã. Jesus veio, que é Jesus deixou seu do Habitat no Céu e vir para a terra, nasceu como um bebê.
Por que Jesus veio?
Ele veio para CUMPRIR a lei (=os primeiros cinco livros da Bíblia, incluindo os dez mandamentos) e os profetas !
Em suma, um cristão que diz que ele/ela não precisa manter a lei, é muito errado. Lembre-se, Jesus tem cumprido a lei e os profetas: sacrifício de animais e sacrifícios pelos pecados terminam, o sacrifício perfeito de Jesus é realizado na Cruz do Calvário pelos pecados do cristão. Mas o cristão deve andar nas pegadas de Jesus e viver uma vida santa e manter a lei como um exemplo contra os infiéis. A lei e em especial os dez mandamentos, o gente não pode colocar de lado, que se mostra muito claramente nos quatro Evangelhos e as cartas de Paulo (fazem um furo na parte superior).
Jesus diz, até que o céu e a terra passem". Isso aponta para a futura Nova Terra e Novo Céu.
"nem um iota nem um til se omitirá da lei". A grego iota e grego tittle são as menores letras do alfabeto grego. Que sublinha a precedência. É o mínimo (mandamento) tem importância.
"sem que tudo seja cumprido". Jesus vai cumprir a lei e os profetas. Ele realizará o perfeito sacrifício pelo pecado na Cruz do Calvário. Ele ressuscitará dos mortos depois três dias e três noites, como os profetas descritos.
Ele superará satanás e os demônios (futura Apocalipse). Os sete anos da tribulação são próximos, os 1000 anos do Reino de Cristo é o futuro. Satanás e os demônios terá sua punição eterna no lago de fogo. Deus vai castigar os infiéis e os crentes virão diante do Tribunal de Cristo e ser julgados pelo seu trabalho (sem). Depois será a Nova Terra e o Novo Céu.
Há pastores que dizem que neste século já não precisamos tomar literalmente a lei. Muitos fatos da Bíblia são espiritualizados. A gente é liberal. Observe o que Jesus diz: Qualquer, pois, que violar um destes menores mandamentos (que se refere o crente) e assim ensinar aos homens (aqueles que pregam ou ensinam a Bíblia), ele será chamado o menor, ou seja, dificilmente receberá uma recompensa, se salva pelo fogo (1 Coríntios 3:15). O crente que faz a lei e as instruções sobre a vida cristã no Novo Testamento e ensina este, será chamado grande (1 Coríntios 3:14).

Verso 20: "Porque Eu (Jesus) vos digo". Aqui começa uma transição clara, mas um endereçamento direto de Jesus para o crente. Não as palavras e a interpretação dos escribas e fariseus, mas interpretação direta de Deus (Jesus) de Si Mesmo. Não é só as ações externas (como acontece com os escribas e fariseus), mas do estado do coração do crente. Sua atitude para Senhor Deus e não a sua apresentação na frente de pessoas, que estam vendo sua ação. Deus olha para o que está no coração do crente.
Os escribas e fariseus começaram para as pessoas com: "Ó Deus, obrigado que eu não sou como o resto das pessoas...". Hoje, há muitos crentes com um monte de show que eles falam em línguas estranhas. Mas o cobrador de impostos distante em mente: "Ó Deus, seja misericordioso comigo, sou um pecador...".
Os escribas e fariseus ensinam mantendo a lei com sua própria interpretação (livra). Nós vemos isso hoje nas igrejas liberais, sua interpretação e distorção da Bíblia: isso é espiritual, não é assim no texto original (como na igreja dos homossexuais).
Os escribas e fariseus não tinha nenhum reconhecimento dos pecados, segundo eles, pode o judeu mantendo a lei ir no céu. Hoje quantas pessoas nem pensam que pelo viver bem (Buda, ioga, boas obras, etc...) pode chegar no céu. Uma recusa-se a reconhecer que ele é um pecador e que não pode redimir a si mesmo, mas precisa Jesus Cristo. Observe a advertência de que Jesus dá, pelas lições dos escribas e fariseus um de modo nenhum entrareis no Reino dos céus. Jesus é o único caminho para vida eterna no Céu!

Versos 21-22, que matar será réu de juízo. Nos dez mandamentos: "Não matarás" eram adicionado: quem assassina tinha de ser morto, baseado em Gênesis 9:6. Assassinato, muitas vezes, começa na mente, figurando de ódio, vingança, ira e raiva. Mas Jesus continua, ele diz quem vive com ira de seu irmão, eles já são culpados de assassinato (e deve ser condenado em tribunal). Além disso, uma pessoa não pode chamar a seu irmão de raça, ele também deve ser condenado no Conselho Supremo. E quem chama alguém de louco, acaba no fogo do inferno=tribunal divino.
Essa atitude interna para o companheiro, compara Jesus com homicídio e será punido por Deus. Continua a isto, então homicídio é também atropelar bebido e matar alguém, tráfico de drogas, assalto (sexual), assalto à mão armada, etc.

Versos 23-24 O anterior afetou diretamente o relacionamento com Deus, o Pai. Deus sabe nossos pensamentos, nada há escondido por Ele. A relação horizontal (homem/homem) é perturbado, em seguida, também a relação vertical (homem/Deus) torne-se perturbado.

Versos 25-26 Concilia-te depressa com o teu adversário, o logo que possível, porque caso contrário sua adversária pode você entregue ao tribunal. E quem sabe o que o Tribunal não é prejudicial? Tribunal acórdão nem sempre é correto. Então quem sabe, você acabou na prisão. Até chegar a pagar a última ceitil κοδράντην (=quadrante. O quadrante tem um valor de 1/16 de uma dracma.) O dracma é uma moeda grega de prata com o valor de 4,31 gramas de prata. Uma dracma era um bom salário diário, cerca de 300 reais líquidos (Mateus 20:2)).
Lição: Se você tem um débito/crédito, pagá-la logo que possível, pois caso contrário isso pode funcionar em sua desvantagem.

Versos 27-28 Não é só para o ato real de adultério, trata-se a cobiça do coração, isso se aplica a homens e mulheres. Não há errado de olhar para um mulher/homem sem pensamentos errados. A palavra usada aqui significa: encolher os ombros os ombros, com cobiça, com pensamentos sexuais, o desejo por sexo, dominar ela, usa ela para seu próprio prazer. Isso se aplica tanto para o casado e o solteiro!

Versos 29-30 O olho é a parte que seduz ao pecado. Isso pode ser: olhando a uma mulher, mas também a pornografia, as imagens sensuais de um filme (beijando na boca) ou a televisão e continua por diante. Exemplos demais. Os fariseus fecharam seus olhos para não ver uma mulher. Eles nem tocam uma mulher. A seita de Qumran renuncia o casamento inteiramente. A gente não deve para desfrutar a cobiça de terra que dura somente (40 anos?), mas concentrar seus pensados no foco da eternidade. Se não, no final é o lago do fogo, porque não supera a curta duração da cobiça e da volúpia.
A mão é a parte do executivo (tateando do corpo), fazendo coisas pecaminosas (sensação, roubo, assassinato).
O cristão é, afinal de contas, comprado com o sangue de Jesus e, portanto, seu corpo precisa glorificar a Deus (1 Coríntios 6:20). Se não o gente cobiça ou comete adultério, em seguida, o corpo está contaminado e perde a vida no Céu.

Versos 31-32 Os escribas e fariseus basearam-se nos antigos que um só precisa dar uma carta de desquite, como se um pedaço de papel podesse quebrar uma aliança entre Deus e homem. Jesus é muito claro que isso não é possível. Ver Gênesis 2:24, 24:67; Êxodo 20:14; Deuteronômio 5:18; Mal. 2:14-16, Ef. 5:31-32; (Hebreus 13:4). Casamento apenas pode ser dissolvido com a morte de uma das partes. Jesus explica que a carta de desquite aplica-se somente em um caso: adultério. Adultério é quando o homem tem (tinha) relação sexual com outra mulher do que sua própria esposa ou a esposa tem (tinha) relação sexual com outro homem do que o próprio marido. Com este ato, o casamento é dissolvido.
O adúltero tem com este ato, dissolvido o casamento. Quem é inocente, é livre para se casar novamente, mas é melhor ficar solteiro. Veja o que Paulo diz em 1 Coríntios 7:1-17.
Se a mulher recebeu uma carta de desquite, então ela NÃO é livre para se casar novamente, 1 Coríntios 7:10-11 ! Ou pensar em violência doméstica, a mulher deixou a casa dela. Quem tem recebido uma carta de desquite, deve permanecer solteira. Ambos podem procurar ajuda e tentar conciliar e continuar o casamento.

Versos 33-37 tenham muito cuidado com promessas.
Números 30:2 Quando um homem fizer voto ao Senhor ou fizer juramento, ligando a sua alma com obrigação, não violará a sua palavra; segundo tudo o que saiu da sua boca, fará.
Deut. 23:21 Quando votares algum voto ao Senhor, teu Deus, não tardarás em pagá-lo; porque o Senhor, teu Deus, certamente o requererá de ti, e em ti haverá pecado.
Juízes 11:30 A promessa pelo Jefté vem-lhe muito caro: a morte de seu único filho.
Céu e terra foram criados por Deus. Jerusalém é a cidade do rei Davi e Jesus. Juro por esta e, em seguida, juro por Deus, isto é sem distinção. Juro pela sua cabeça, é juro por Deus, porque Deus tem dominado a cor do seu cabelo. Portanto, deixa de jurar. Seja verdadeiro, dizer a verdade, pois o Senhor Deus ouve e vê do Céu. Sobre suas palavras, seu sim e seu não, você é responsável perante Deus. Talvez por um falso testemunho, alguém pode evitar seu justo castigo na terra. Porém, o testemunho falso e quem na terra evitou sua pena, depois a vida na terra aparecerám perante Deus e Deus punirá. Lembre-se isso muito bem, quando você jura. Seja cuidoso com jurar e fazer isso apenas em extrema necessidade. Deus está vendo!

Versos 38-42 Os maioria dos comentários escrevem que estes versos não deve ser tomados literalmente, mas a intenção do conteúdo para entender. Claro, um deve resistir o mal de satanás e dos demônios. Mas como um cristão um deve ter a mente de Jesus e os crentes no Antigo Testamento.
Abraão veio em auxílio, apesar a traição de Ló anterior.
José perdoou seus irmãos, mesmo que eles o tinham vendido como um escravo.
Davi salvou a vida do rei Saul, apesar de que Saul queria lo assassinar.
Jesus perdoou os sacerdotes que O crucificaram.
Alguém queria a camisa, dar-lhe sua capa também. A capa, no entanto, deve apenas ser emprestado ao entardecer (Êxodo 22:26-27) porque muitas vezes serviu como cobertor à noite.
Presa alguém por uma milha, ir a dois. Acho que de Cirineu, que foi forçado pelos Romanos a carregar a Cruz de Jesus.

Verso 42 Lembre-se que o dinheiro, a posse de crente, não é de si mesmo, mas do Senhor Deus. Só através Dele nós temos nosso pão de cada dia, nossa casa, nosso carro. Portanto, se alguém deseja pedir emprestado o dinheiro, precisamos pegar emprestado sem juros, por que é de Deus. Surge a pergunta: até que ponto isto. A pessoa com um talento foi chamada à conta porque ele não depositou no banco com juros. Nós podemos reembolsar a inflação (desvalorização da moeda) para recompensar? Nós podemos emprestar dinheiro para alguém que joga dinheiro pelo ralo, alguém que joga, gastadores irresponsáveis, que gasta o dinheiro para coisas desnecessários? Pessoalmente, acho que o crente que empresta deve tomar seu responsabilidade em relação a Deus.

Versos 43-47 Todos (incrédulos) são inimigos de Deus, o Pai, pelo pecado. Apesar de que somos inimigos, Jesus veio a terra como um bebê com o objetivo de morrer para o pecado do homem. Isso mostra o amor de Deus, o Pai e de Jesus. Seguindo os fiéis precisam amar seus inimigos e orar por eles, pedindo que lhes vir à fé em Jesus como Salvador. Considere cuidadosamente o que já estava um infiel, um inimigo de Deus.

Versos 47-48 Nós não devemos ser igual como os infiéis, o que faz o bem para aqueles que são bons para eles. O cristão deve fazer o bem para o gentio. Afinal de contas Deus é perfeito. O cristão deve seguir os passos do Pai Celestial e em palavra e ação fazer o bem a todas as pessoas.

Volta MenuRetorne acima


O sermão da montanha 2 - Mateus 6

Versos 1-4 Nos dias de Jesus, o cuidado dos pobres era bem organizado por meio de uma contribuição obrigatória. Além disso, houve uma contribuição voluntária que foram públicadas nas paredes. Especialmente os rabinos se permitiram a isto. Sua contribuição voluntária não foi baseada no suporte do pobre mas visava a honra e respeito do povo. O Senhor Jesus é dirigido contra essa forma de contribuição. Ele diz que essas pessoas já receberam seus salários: a honra e o respeito das pessoas. E com isso tem perdido a recompensa por Deus, o Pai. Normalmente a mão direita sabe o que a mão esquerda está fazendo, pois eles trabalham juntos para pegar alguma coisa, ambos são enviados do cérebro. Mas Jesus diz: não deixe saber o que uma mão está fazendo. Dá-se em segredo, deixe não ser conhecido quanto você dá o dízimo, a oferta, a contribuição voluntária. Deixe-se surpreender se Jesus seus elogios sobre a sua vida age conforme descrito em Mateus 25:31-40. Apoiar os pobres através de doações à igreja, certas básicas através da igreja, então os pobres louvaram Deus e dão glória a Deus por seu apoio. Sim, os membros da igreja podem construir casas para os pobres. Mas observe, que os pobres não fiquem dependentes da ajuda. O auxílio deve ser concebido para apoiar e, no futuro, a pessoa ser capaz de viver de forma independente, fazem sua vida mesma! Fazer o que Deus entra no seu coração. Às vezes exige sacrifícios, que têm menos de si mesmo. Mas Deus, o Pai, ama o doador obediente e alegre. Sua contribuição deve o foco, não na própria glória e honra, mas em honra e glória de Deus. Lembre-se que seu dinheiro, é uma contribuição de Deus ao você.

Versos 5-8 No tempo de Jesus, uma vida de oração intensiva era normal. Muitas vezes, três vezes no dia, foi orando nas horas fixas(compare Daniel). Contra Jesus protestou é a honra e o respeito de pessoas: abertamente a orar nas sinagogas e os quadrados ocupados. Deus deseja que você seriamente ora, não com muitas palavras, um rosário, uma oração repetido várias vezes dentro de uma oração. Não, sair para o seu quarto, separar se você, pegue o silêncio e a reclusão, para ficar a sós com Deus. Desligue o telefone, ora quando você não ser perturbado por seus filhos. E ora diretamente, sem o palavreado. Dizer diretamente em breve formulação o que você precisa. Ore especificamente por seres humanos, para os governos.
Deus sabe o que você precisa de. Como uma criança algo pede a seus pais, os pais já sabem o que a criança quer. Que faz o questionamento da criança não é redundante. Os pais muitas vezes sabem até melhor o que precisa o filho.

Versos 9-14 O Pai Nosso.
Versos 9-10 Nosso Pai. O crente tem não mais satanás como seu pai (João 8:44), mas é nascido de novo e tem Deus, como seu Pai, o Pai do Senhor Jesus Cristo. Isso torna o cristianismo único, em nenhuma outra religião, tem Deus como Pai. E onde está nosso pai no Céu, Ele é o Todo-Poderoso e Soberano Deus. Não apenas um Deus, NÃO, o Deus que está no Céu, que é Santo. O cristão deve ser santo, porque o seu pai é Santo. Através de nosso estilo de vida, nossas ações servem para os infiéis vem que somos um povo santo e em nossas vidas diárias honram Deus, nosso Pai. Seu Reino deve ser visível por (os frutos do Espírito Santo), através de nossas ações, que não fazemos parte do mal, participam os ímpios, de uma maneira mundana da vida. O cristão faz a vontade de Deus, o Pai. Ele é o centro de nossas vidas. Os anjos de Deus fazerem a vontade de Deus, então o cristão realizar a vontade de Deus na terra. Os anjos de Deus lutam contra satanás e os demônios. Assim também o cristão deve lutar contra satanás e demônios, não deve se envolver em mundanos. Não roubar, não há adultério, sem sexo livre, nenhum aborto, não cobiçar o que é seu vizinho, mas vive uma vida como Deus queria.
Verso 10 Por meio da pregação do Evangelho, o Reino de Deus chega. É uma oração que os incrédulos são convencidos de pecado, uma proclamação prática da redenção através do sangue do Senhor Jesus Cristo. Uma oração que Deus põe fim ao poder de satanás e demônios na terra. O primado de Deus na terra se aproxima. O Evangelho deve ser pregado até aos confins da terra, em qualquer idioma.
Verso 11 Que o crente reconhece por Deus, o Pai, para ser dependente de seu pão de cada dia (=sua vida diária). Observe que na oração do Senhor é solicitada por um dia (diariamente). O crente pede a Deus para fornecer o que ele/ela precisa naquele dia. Uma vida simples sem redundância. Manter-se consciente para depender de Deus. Ciente de que Deus protege, dá é um trabalho.
Verso 12 O crente recebe o perdão dos seu pecados diários por a confissão e a limpeza do sangue do Senhor Jesus Cristo. Lê Mateus 18:23-35. Nossa dívida é tão grande diante de Deus, como podemos justificar que um ser humano a não perdoar. Sim claro, às vezes requer um monte de homem. Corry ten Boom, que sofreu em campo de concentração, viu a tortura e o assassinato de sua família, muitas colegas e judeus, mas ela tinha a perdoar seu executor no acampamento que tinha vindo à fé. Ou os pais que deve perdoar o estuprador e assassino de sua filha. Não é fácil. Se as pessoas pedem perdão, o cristão NÃO tem o direito de não perdoar. Jesus nos perdoa nossos pecados quando confessamos nossos pecados e lança-los nas profundezas do mar. Como se eles nunca tiveram lugar.
Verso 13 Que o crente é cada segundo exposto às tentações dos demônios e satanás, bem como a atração dos prazeres terrestres e riqueza. E outra vez, o crente deve fazer uma escolha para ser guiado pelo Espírito Santo e pelo poder do Espírito Santo para dizer não. O crente deve orar que ele/ele não cai em tentações e seja protegido contra os poderes das trevas. Pode-se ver uma bela mulher/homem, mas os pensamentos não devem ir. Você pode ver algo bonito e caro, mas precisa permanecer livre da mente para roubar.
Nos manuscritos primeiros prove que o texto do Pois teu... está faltando e mais tarde foram adicionados. Seja como for, está completamente de acordo com a mente cristã. De Deus é o Reino, Ele é o Criador e o único Que tem o direito de governar. Sua força criou o céu e a terra. Através do poder de Jesus na Cruz e a força de levantar dos mortos, é a redenção através do sangue de Jesus o perdão dos pecados. E devem os fiéis contemplar a glória de Deus na eternidade no céu.
Verso 14 Que o crente deve-se em seu coração perdoar um homem que cometeu um delito contra ele ou ela. Não deve haver nenhum ódio. Sim, lá repousa sobre o ofensor o dever de reconhecimento de dívida e arrependimento. Mas se isto não está disposto a reconhecer a culpa, o crente, nem em ressentimento nem ódio. Jesus perdoa nossos pecados, e o crente deve seguir os passos do Senhor Jesus Cristo. Se não, Deus, o Pai, também não perdoar os pecados do crente e foco perante o Tribunal de Cristo (2 Coríntios 5:10).

Verso 16 É repetido a configuração correta honra e respeito de pessoas, ou sinceridade para Deus. Um jejum como o judeu fez isto não para lavar, com o rosto escuro e pulverização com como, não é agradável ao Deus. Um Fariseu jejuou às segundas e quintas-feiras. Sem anúncios na igreja que você vai jejum. É um assunto entre você e o Senhor Deus.
O que é jejum?

  • Abster-se de fazer do trabalho Lev. 16:29-34, 23:26-32.
  • Abstinência de comer pela manhã até a noite Juízes 20:26, 1 Sam. 14:24, 2 Sam. 1:12.
  • Abstinência de alimentos por 7 dias 1 Sam. 31:13.
  • Abstinência de carne e vinhos, saborosos pratos, sem unção por 3 semanas Daniel 10:2-3.
  • Abstinência de comida e água Deut. 9:9, Mat. 4:2.
  • Abstinência de união (sexo) 1 Cor. 7:5.
  • O jejum é para ser capaz de concentrar-se em Deus, a fim de alcançar uma comunhão mais profunda com Deus.
  • Um longo período de tempo sem televisão ou internet use, mas use o tempo para orar.
Quando o jejum?
  • Tomar decisões importantes Atos 13:2-3.
  • Você está procurando uma resposta de Deus Neemias 1:4.
  • Nomeação dos membros da igreja Atos 14:23.

Evangelista Henk Hebold: "Deus não vai responder nossas orações mais rápido quando nós jejuamos, neste caso nós não teremos uma recompensa de Deus, porque nós estamos em jejum. Mesmo assim temos jejum durante um mês e nós oramos no meio da noite, ainda Deus não nos recompensará com base essa conquista. Se o senhor nos dá algo, então isso só porque Ele nos ama e Ele quer tenha piedade de nós por causa do sacrifício de Jesus na Cruz. O jejum é principalmente uma forma de libertar o tempo e nesse tempo para trabalhar na nossa relação com Deus."

Versos 19-20 Traças pertencem ao grupo de insetos que põem seus ovos nas roupas e comem as roupas, para que buracos na ropa e ser inútil. Com ferrugem podemos pensar da oxidação de metais, mas também de pedra e madeira. Ele destrói o material para torná-lo inutilizável e imprestável. Ladrões invadem e roubam seus bens terrenos valiosos (ouro, diamantes). Então você fica sem nada. Mas também terremotos, tornados, inundações destroem casas e posses terrenas. Todo o valor terrestre é temporário, no melhor caso uma vida terrestre há muito tempo. Inútil, comparando com o eterno.
Verso 20 É muito melhor construir com as coisas que possuem valores eternos, que Deus aprecia: proclamando o Evangelho, ganhar os infiéis para o Senhor Jesus Cristo, cheio do Espírito Santo e os frutos do Espírito Santo (Gálatas 5:14-16, 22), dando os dízimos e as ofertas, orar para evangelistas, pastores, missionários, governos, tudo o que traz a prosperidade do Reino de Deus.
Isso significa que ficamos sem posses terrenas e riqueza? O Senhor Deus dou o homem um senso comum. Possuir uma simples casa não é uma pecado. Aluguel custa muitas vezes mais do que comprar uma casa. Joseph deu o Conselho ao faraó para armazenar grãos para os próximos anos que viriam coisa ruim. Preocupações e medidas para a sua velhice não é um pecado. Olha no Atos 4:32-37. Os ricos venderam suas terras e partilhei-aos pobres. Mas se eles venderam tudo quando eles ficou bêbados. Então eles também eram pobres e necessitados! O crente é "rico" e dos rendimentos de partilhar essa riqueza com os pobres. Muitas vezes os "ricos" pode assim sustentar mais longe o Reino de Deus e apoio de pobres, então que vende tudo sua riqueza de uma só vez.

É uma questão de onde está o coração. É o coração focado em assuntos terrestres e riqueza. Ou é o coração focado em Deus, significando o Reino de Deus, a vontade dEle, a glória do Senhor Deus.

Verso 22-23 Como o olho pode ser uma lâmpada? O olho não é nenhuma fonte de energia. Em certo sentido é. Quando o sol está brilhando, estreita o olho, para ver o lado positivo. Mas à noite, abrir o olho, e somos ainda capazes de ver as coisas. Portanto, temos os olhos saudáveis. Uma tem catarata ou o olho é salubre, então torna-se tremida até vê-se ainda mais nada: o corpo é completamente escuro, leva nada mais verdadeiro, um é cego. Quando nosso pensamento focado na riqueza terrena, então nós estamos cegos por satanás. Quando nosso pensamento focado em Deus, então estamos na LUZ.
Nosso olho dá luz de fora para dentro, é uma expressão de nosso ser interior. A vista que uma pessoa tem na sua vida, é da responsabilidade do homem. E determina como se olha para as coisas da vida e faz.

Verso 24 Impossível construir acima posses terrenas e ao mesmo tempo servir Deus. Mais cedo ou mais tarde, vem a escolha: ou a terrena ou celestial. O Senhor Deus exige dinheiro, tempo e seus talentos. Mamom (dinheiro, poder, riqueza) leva tempo a ações (especulações), hora de comprar e vender casas e propriedades, seus talentos para ganhar mais. Não há nenhuma hora e lugar para o vizinho. Deus leva tempo e dinheiro para a pregação e evangelismo.

Verso 25 Pastor Nielsen: "Uso a forma interrogativa para envolver o leitor pessoalmente. Essencialmente uma ansiedade opressiva. As pessoas têm medo, que um não suporta mais e, portanto, pegar de súbito as coisas materiais na vida, a certeza e a segurança. Esse medo leva ao pensamento delirante, que comida é A VIDA e que é necessário proteger a vida pelo "ser ansioso". É uma existência como cãibra, que vive este maneira, mas porque muitos vivem assim, aviso e nem percebe-lo."
Com a palavra "Por isso" torne-se uma conexão com o anterior versos. Deus criou o homem e, portanto, Ele também fornece para alimentos e bebidas. Pare o medo e os seus olhos para focar Mamom, também alimentos e bebidas podem ser um Mamom. O homem pode completamente obcecado com alimentos e bebidas, que muitas vezes leva à obesidade e gordura. Pare com esta preocupação e ansiedade, focar os olhos Deus e Seu reino. Confie no Senhor Deus que Ele da você trabalho, alimentos e bebidas.

Verso 26 Israel é uma terra cheia de pássaros (Levítico 11:13-19 mencione 19 várias espécies e mais são mencionado no A.T.), todos são alimentados por Deus. Então não se preocupe. Eles agem intuitivos: eles não são preguiçosos, mas ativo. Não espere até comida chega na boca. Eles estão à procura de vermes e insetos. Constroem ninhos, cuidar de seus jovens, aprendem los a voar, etc. Viajar para zonas mais quentes e mais frias. O homem precisava tomar de um exemplo: busca de trabalho, uma casa, ter filhos, ensiná-los na palavra de Deus, a Bíblia, aprender a ser independente e a andar com seus próprios pés. No meio disto tudo, confiar e orar a Deus, o Pai.

Verso 27 Estatura pode significar: idade, altura ou o tipo de corpo. Ninguém é capaz de mudar algo por preocupações de quanto tempo se vive, como é grande. Preocupação aumenta o risco de um obstáculo ao crescimento e ao envelhecimento.
Um côvado é uma unidade de comprimento e equivale a cerca de 0,5 metros. O tamanho é retirado do cotovelo (antebraço) do homem: a distância da parte superior do dedo médio até a curva do cotovelo. O comprimento exato do el variou e é disputado. Thenius calculado o comprimento da velha-Hebraica côvado (largura mão seis) na 483,9 milímetros.

Versos 28-31 Ou Jesus se refere literalmente aos flores de lírios que crescem espontaneamente no campo não é importante. Deus é o Criador, Ele toma conta da reprodução e a chuva necessária para crescer. É uma beleza e fragrância para glória de Deus, o Criador. Quanto mais Deus, o Criador e Pai, Ele então não se preocupar com seus filhos. Lição: orar e confiar em Deus.

Verso 32 O crente não deve procurar questões terrenas, não deve se preocupar. Jogue todas as suas preocupações em Deus. Os olhos do cristão devem centrar-se na construção do Reino de Deus. O Reino de Deus torne-se visível: que Deus reina na terra através das obras de seus filhos, os cristãos. Quem ora, vive uma vida com os frutos do Espírito Santo será visível para os infiéis, a proclamação do Evangelho. Se o cristão é ocupado com isso e fixa seus olhos nesse, seguir a promessa: toda esta (roupas, comida e bebida) serão doados. Isto significa implicitamente em se o cristão está preocupado sobre as coisas do mundo, Deus lhe deixar a preocupação e Deus não se importa. O cristão quer se auto-cuidado.

Não estar preocupado com os problemas de amanhã. OK, você deve cuidar de sua idade avançada, que é mesmo um dever, para cuidar de sua pensão, tome cuidado que você não está preocupado pois quando você está aposentado. Não se mantenha com as coisas para amanhã, mas com as coisas que você precisa fazer para hoje. Isto preocupação é já bastante. OK, você pode preparar as coisas, como um pastor prepare seu sermão para domingo. Examine as coisas, se você planeja comprar uma casa. Mas NÃOtorne-se nem ser obcecada. Não seja preocupado significa, livres de ansiedade, tensão e agitação. Confiando-se no caminho para o futuro!

Volta MenuRetorne acima


O sermão da montanha 3 - Mateus 7

Verso 1 O que significa que não devemos julgar? Vamos olhar isso em seu contexto: Mateus 18:15-17 mostra como devemos agir.

Verso 2 2 Sam. 12:1-10 é de um bom exemplo. o rei Davi estava zangado com a injustiça dos ricos para com os pobres. Nantan o Profeta respondeu: você é o que causou essa maldade, ó rei! Talvez derivado do ditado holandês: um pouco do seu próprio remédio. Deve o crente para julgar com justiça, sem preconceito, sem ódio, sem amor, por doutrina.

Versos 3-5 O crente primeiro deve examinar a sua própria consciência. Primeiro, olhe para a sua própria fraqueza, suas fraquezas. Nesta luz, você é capaz de fazer um julgamento objetivo do seu irmão em Cristo, e ajudar. Jesus viu os acórdãos difíceis dos Fariseus. Como vê Jesus, o Perfeito, o homem, o cristão com todas as suas fraquezas? Há irmãs e irmãos fracos, e há cristãos adultos. Não bebemos álcool quando (ex-) alcool atras estão presentes? Ou julgamentos sobre os viciados em álcool? Resolve primeiro suas próprias fraquezas (pelo poder do Espírito Santo) e deixe que o Espírito Santo o use para remover o cisco do olho do seu irmão.

Verso 6 O cão, não como animais de estimação, mas como o cão selvagem, era um animal desprezível nos dias de Jesus. Os porcos afetam como animais impuros. Os cães e porcos pontos possíveis às pessoas que rejeitam o Reino de Deus (=pérolas), os cristãos que desejam continuar a viver na carne. Jesus mandou Seus discípulos para pregar o evangelho Mat. 10:11-15. Verso 14 E, se ninguém vos receber, nem escutar as vossas palavras, saindo daquela casa ou cidade, sacudi o pó dos vossos pés. Os cristãos são obrigados a pregar o evangelho, mas negar-se a um descrente teimoso ao evangelho, não perca tempo com ele ou ela. O cristão tem o dever de advertir um companheiro que esteja errado, apontando para o pecado, mas negar-se ao cristão colega teimoso a cada repreensão, escolhendo para uma vida no mundo, riquezas terrenas, o julgamento é com Jesus, e não perca seu tempo com isso. É preciso ser paciente, no entanto, há um limite Atos 13:46-47).

Verso 7 Há um link com os Versos 1-6? Jesus quer que nós sejamos limpos e sem preconceitos, então nós podemos com base na limpeza pelo sangue de Jesus entrar na oração. Há uma linha inclinada para cima em oração: orar, buscar e bater. Orar significa humildade e conscientes da necessidade. O verbo usado aqui é a solicitação de um junior para uma pessoa sênior. Quando alguém pede alguma coisa, então ele espera uma resposta. Quando o crente ora, então ele/ela deve esperar uma resposta de Deus. Orar sem esperar resposta, é sem sentido.
Buscar é perguntar e AGIR. É uma petição sincera, porém insuficiente. Um deve ser ativo no qual um pergunta. Por exemplo, um pode pedir a um conhecimento mais profundo da Bíblia, portanto um se dedicam a ler a Bíblia e pedir ao Espírito Santo para abrir os seus olhos quando você lê, consegue com estudos Bíblicos e comentários, pensar sobre as passagens Bíblicas. João 5:39 Examinais as Escrituras (a Bíblia), Atos 17:11 Examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim. Buscar é investigar as coisas. Analisar o que é a vontade de Deus, não passivo, mas ativo! Quando Deus revela a você para alguma coisa, você vai investigações em andamento se isso realmente for a vontade de Deus.
Bater é bastante forte. Os castelos tinham paredes espessas, às vezes de 2-3 metros de espessura. E uma grande área de superfície. E sem campainha. Um visitante tinha de tornar-se audível batendo muito duro para o som chegar no espaço onde ficava o residente. O som tinha que mover cerca de 10 metros por paredes espessas. Um manteve batendo até que a porta do castelo foi aberta. BATER assim significa gritar? Definitivamente não! Deus vive no Céu, o universo está muitos anos-luz de tamanho. Gritando morreu depois de várias (dezenas) metros. Sistemas de som estende algumas dezenas de metros. Então fala normalmente. O Espírito Santo mora no crente, que transfere sua oração a Deus que está no Céu. Não se trata de orar, busca e bater. Para o desempenho que o crente deve proceder, com base nos quais Deus responde. Se trata de com perseverança para encontrar o Reino de Deus e a Vontade de Deus.

Versos 9-10 Um pai terreno dá as boas coisas para sua criança. Quando uma criança pede algo apenas por ignorância, o pai dâ o bem. Mas o crente deve ter cuidado, como um crente permanece com o que pede, podem Deus concedê-la (o ruim). Portanto, a adição "Tua Vontade seja feita". Com pedra destina-se a não-comestíveis, inutilizável. Como serpente algo perigoso ou nocivo.
Como um pai terreno (embora naturalmente pecador e mau) já quer doar o bem para seu filho, quantos mais Deus, o Pai, gostaria doar a coisa boa sobre seu filho, o que o crente deseja. Desde que o crente pede.

A lei, os primeiros cinco livros da Bíblia (Tora), e os profetas são os outros livros da Bíblia no Antigo Testamento. Os dez mandamentos mandam, que amemos a Deus em primeiro lugar, seguido pelo amor ao próximo. Mais extensa: não cobiçarás o que é seu vizinho, não matar, não roubar, não cobiçar a mulher do seu vizinho, etc. Isso é todo o que você quer que as pessoas dão ao você (não). O que você odeia, você também não faz.

Estrada estreitaCaminho estreitoA imagem de duas estradas já encontra em Deuteronômio 11:26-28:

Eis que hoje eu ponho diante de vós a bênção e a maldição: a bênção, quando ouvirdes os mandamentos do Senhor, vosso Deus, que hoje vos mando; porém a maldição, se não ouvirdes os mandamentos do Senhor, vosso Deus, e vos desviardes do caminho que hoje vos ordeno.

O portão estreito é o caminho que conduz ao Céu: a fé no Senhor Jesus Cristo, que pelo Seu sangue, a remissão dos nossos pecados. Este é um caminho estreito, que diária necessita ser cheio do Espírito Santo. Um estilo de vida santo, porque o crente é um sacerdote real, o crente é o templo do Espírito Santo. Requer a remoção dos desejos terrenos, nenhum estilo de vida mundano. Um amor de Deus e seu vizinho. Conservar os mandamentos de Deus e fazer a Vontade de Deus.
Ampla e larga é a estrada que conduz à perdição, ou seja a vida eterna (=morte) no lago de fogo. Rejeitando a Cristo Jesus como Senhor e Salvador do pecado. Amar a vida mundana, o mundo. Roubo, assassinato, adultério, mentindo, falsos testemunhos, injustiça, ódio, indiferença, egoísmo. Mas o mais importante é e permanece: não acreditar em Jesus Cristo como Salvador e Senhor, e não obedecer os mandamentos de Deus.

Verso 14 Infelizmente são POUCOS que aceitam Jesus Cristo como seu Salvador. Muitos preferem andar na estrada fácil, ampla de fé no ioga, Budismo, Islamismo, espiritual, etc. Apesar da propaganda muitos na internet e televisão, lojas evangélicas, são poucos que encontrar Jesus e venha à fé e estar preparado para segui-Lo Mat. 13:18-23. Mat. 25: 1-13 Os cincos prudentes e os cincos virgens loucas: apenas poucos entramos no Céu (o casamento). Ninguém tem uma desculpa para dizer: mas eu sabia que não é o caminho para Jesus.

Verso 15 Com quem se refere a esta pessoa? Istos são os pastores falsos, que deformam a palavra de Deus e não pregam corretos. Que explicam falso a Bíblia, que diz mas isto não quer dizer isso, que têm suas olhas no seus próprios interesses (financeiros) e honras. Os pregadores Liberais. Os pregadores dos versos 22-23. Enganam crentes, pregando mas no texto original não é tão, é um erro de tradução. Infelizmente, a tradução da Bíblia popular é tão popular e focada em linguagem compreensível (NTLH). Portanto, é necessário ler uma velha Bíblia, e também estude os comentários que a explicação baseada no texto Hebraico e Grego.

Os versos 16-20 Como fazer reconhecemos essas pessoas? Com base de suas obras e frutos. Alguém que não está cheio do Espírito Santo. Alguém que não mostra diariamente na sua vida os frutos do Espírito Santo (Gálatas 5:22). Falando belas palavras (Bíblicas), mas não mostram-se e prática. Alguém que está cheio do Espírito Santo (boa árvore) mostra os frutos do Espírito (os bons frutos). Uma árvore má (falso profeta, pregador liberal, crente que vive no mundo) mostram os frutos maus (vida do mundo, distorce os fatos, etc.) e é cortada e lançados no fogo (Lago de fogo).
Falsos profetas são profetas cujas profecias NÃO se cumprem, ou apenas cinco em cada dez se realizam. Não se iluda, com um verdadeiro profeta, TODOS profecias são cumpridas. Pastores com carros importados e vidas de luxo são um exemplo da árvore má. A boa árvore usa o dinheiro para evangelismo e missão, e edificar a igreja.

Versos 22-23 associam-se bem com a árvore má e falsos profetas. Pode-se pensar que alguém profetiza em nome de Jesus, expulsa espíritos malignos em nome de Jesus ou cura pessoas em nome de Jesus ou faz muitas forças, que todos são bons frutos. Infelizmente, aqui também vale a árvore má, eles fizeram assim para seu próprio lucro. O bom elogia e louva a Jesus Cristo e dá todo o crédito e homenageia abertamente a Jesus como Senhor e pede NADA em troca e proclama o Evangelho e chama para fé em Jesus como Salvador e Senhor. O mal se dando honra, pedi dinheiro, sem pregação do pecado.
A resposta de Jesus no dia de tribunal de Cristo 2 Cor. 5:10 é ABERTAMENTE disse: "nunca vos conheci, apartai-vos de Mim". Lição: cuidado com quem você deixa curar. Por cujas mãos se impor, melhor é que você NUNCA deixe que as mãos sejam impostas sobre você, exceto se você ABSOLUTAMENTE é certo da relação de que essa pessoa com Jesus e os frutos do Espírito Santo são claramente visíveis. O apóstolo Paulo adverte de uma mão de apoio, 1 Tim. 5:22: A ninguém imponhas precipitadamente as mãos. Através de mão, espíritos malignos podem ser transmitidos. Além disso, eu me refiro a imposição de mãos espiritual e não mãos de um pai com seu filho. Em alguns países, é normal gesto entre amigos dão as mãos sobre os ombros. Estuda você mesmo o que a Bíblia diz sobre imposição de mãos e permite que o Espírito Santo clarifique a VOCÊ. Não vá cegamente ao que a internet e os crentes/pastores estão dizendo a você. Eu não ache alguma Bíblica motivos se quando a mão imposição que alguém cai no chão, que me faz muito suspeito.
Imposição de mãos no Antigo Testamento vemos a bênção e no Novo Testamento com Jesus abençoa as crianças.

InternetBijbelschool (Escola Bíblica da Internet): também no ocultismo tem imposição de mãos. Lembre-se de pessoas de magnetismo. Vai forçá-los fora, mas isso vai ser poder ao demoníaco. No hinduísmo, há o toque pela ioga. Dizem que o caminho de Shakti. Se o iogue tocá-lo, geralmente na testa, em seguida, um obtém uma experiência. Pat de Shakti, "uma expressão, que é usada para o toque de um guru, geralmente com a mão na testa do honrador, causa efeitos sobrenaturais. Shakti significa "poder" e amplia pat shakti, o guru orne-se um canal de força primal, a força cósmica, que tem a base o universo e que se consubstancia na deusa Shakti, a esposa de Shiva. O efeito sobrenatural de Shakti pelo toque do guru consegue que o honrador cai no chão, ou ele pode ver uma luz brilhante e ter uma experiência de iluminação interna ou ainda outro vidente mística experiência." Aqui tem a ver com um meio, um meio é alguém que transfere as forças de espíritos malignos. Maharaj diz quando ele era apenas treze anos de idade, ele já aplicou o "shakti pat" para as pessoas. Ele esclarece que Shakti é um dos nomes de Kali. Esposa de Shiva, massacrada, bebe de sangue, deusa-mãe dos poderes que o poder primal, que corre no coração dos fluxos universo, concede. Foi que um momento emocionante para Maharaj pensei que ele será o "canal" de poder dela.

Versos 24-25 Nos rabinos valem que quem constrói uma boa base, são aqueles que fazem muitos trabalhos bons e estudaram a Tora e da cabeça tem aprendido. Para Jesus, isso é o sermão da montanha (capítulos 5-7). Podemos tirar isto e dizer que a casa construída sobre a rocha, é a vida cristã que é construída sobre a base, os ensinamentos do Senhor Jesus Cristo, reconhece Jesus Cristo é o Senhor, fazer a Vontade de Jesus, cheio do (frutos do) Espírito Santo e sai sua vida pecaminosa.
Os ouvintes de Jesus eram conhecidos com as tempestades em Israel: a tempestade do mar Mediterrâneo. Tempestades selvagens acompanhado de temporal, resultando em fluxos de água selvagem aquele espancamento impiedoso e aniquilaram tudo nas paredes das casas. A chuva, correntes e ventos podemos comparar com os contratempos, doenças graves, catástrofes, ataques de satanás e dos demônios em nossas vidas.
Construir sobre a rocha requer conhecimento e energia, escavação e remoção de terra até que chega na rocha. Construir sobre a rocha Jesus leva energia, ler seriamente e estudar os ensinamentos de Jesus, a Bíblia.

Versos 26-27 O tolo não tem nenhum fundamento. Quando chaga as contrariedades, as provações da fé, as tentações da riqueza mundana e negócios, então verifica-se que a fundação é injustificada em Jesus. A casa cai no outro e perde a vida eterna.

Versos 28-29 A pregação de Jesus faz os ouvintes ser maravilhadas da sua doutrina, ao ar demasiado, espancado do campo. Eles estão perplexos por causa da simplicidade e explicação simples da Tora e a Vontade de Deus. Ele ensina com autoridade e através de exemplos práticos, um ponto para os pecados do povo e a Vontade de Deus. Não como os Escribas que explicou a Tora tradições dos pais, com o dogma, uma (impossível) manter os dez mandamentos, visando uma salvação pela lei.

Volta MenuRetorne acima


Elaboração do sermão do monte - Mateus 8

Versos 1-4 Lepra era uma doença muito temida e sobre esta doença existiam regras precisas, consulte Levítico 13 e 14. Com a eclosão da doença, o sacerdote tinha uma declaração de "impuros" e na cura da declaração de "puro". A lepra era vista como um castigo de Deus (irmã de Moisés, Miriã (Números 12:10), 2 Sam. 3:29, 2 Reis 5, 7:3). O leproso fala para Jesus com "Senhor", que significa profundo respeito. O leproso sabe que Jesus pode limpá-lo com as palavras "se quiseres". Jesus estendeu a mão e tocou o leproso. De acordo com a lei judaica estritamente proibida tocar um leproso. O leproso era imediatamente limpo. Jesus proibiu falar o homem dele como curador, porque força messiânica de Jesus usado e seu tempo como Messias ainda não chegou. O leproso deve ir rapidamente de Cafarnaum a Jerusalém para o sacerdote. O sacerdote não tinha que saber que Jesus tinha curado, porque os sacerdotes estavam cheios de inveja sobre Jesus, assim que possível, o sacerdote não pode declará-lo é "puro". O leproso deve mostrar para o sacerdote em conformidade com a lei judaica e um sacrifício de limpeza. Jesus queria que a lei fosse cumprida, porque para fazê-lo era Ele.
Lepra é uma doença terrível. A pele torna-se branca e incha em particular ao redor dos olhos. Dedos caem. O cheiro de um leproso é ruim, fede. Lepra era visto como uma doença incurável, mas não contagiosa (mas há exceções). No entanto, o leproso foi excluído da Comunidade.

Versos 5-9 Cafarnaum era um lugar no norte da Palestina. Um capitão (centurião) foi de um soldado e anos de serviço para um comandante de uma centena de homens. Aqui também vemos a humildade com o apelo de "Senhor". Este centurião estava preocupado com o destino de seu servo. Uma possível paralisia com severo dor, e uma paralisia que pode levar à insuficiência respiratória e morte (ver Lucas 7:1-10). O centurião, um pagão, sabe o que um Judeu não deve entrar em sua casa. Ele coloca sua confiança em Jesus. A partir da experiência, ele sabe que se ele de um comando, que seus servos seguida seus comandos, da mesma forma, ele irá recomendar para seguir o seu superior. Ele reconhece subordinado a Jesus. Portanto, não é necessário que Jesus venha a sua casa. Falar de cura (palavra) por Jesus, para ele já é o suficiente.

Verso 10 Jesus está espantado com a fé de um não-judeu. Jesus espera a fé dos judeus que têm conhecimento da Tora e os profetas, que falam sobre o Messias. Esta não-judeu coloca a confiança em Jesus, que ele ouviu sobre os milagres que Ele realizou. Jesus está espantado com a apresentação do chefe (os sacerdotes se elevado acima de Jesus) e confiança em Jesus que Jesus pode curar a distância.

Versos 11-12 A promessa de perdão foi dado para os patriarcas Abraão, Isaque, e Jacó. Também aqui valido: fé. A fé de que traz cura e libertação. Primeiro a fé do judeu, mas também se aplica para o pagão, onde este chefe reivindicar a coragem de tomar. Ele sabe que Jesus veio para os judeus, apesar disso, ele dá (com um coração para seu servo movido e subordinado) como pagão a iniciativa e apela a Jesus.
O povo Judeu se baseou no fato de a lei e os filhos dos patriarcas. No entanto, com muitas pessoas não tinham a consciência do pecado e a fé. Muitas pessoas rejeitaram a chamar de arrependimento e reconhecimento de que é um pecador, como feito por João Batista. Para os Judeus e pessoas que não desejam reconhecer que é um pecador e sem a fé em Jesus Cristo, por eles NÃO têm um lugar no Reino do Céu (seio de Abraão), o destino deles serão as trevas exteriores (o inferno, o lago de fogo) onde é o pranto e a dor (Lucas 16:19-31).

Verso 13 A resposta de Jesus para o centurião, como você crê, assim acontecerá. Jesus não foi com o capitão, não entra em sua casa. A fé do centurião foi suficiente, e o doente servo foi a partir desse momento, perfeitamente curado.>

Versos 14-15 A primeira cura acontece no dia de sábado, é a sogra de Pedro que está deitada na cama com febre. De Marcus, sabemos que isso acontece quando Jesus e os discípulos acabam de sair da sinagoga, e a partir de Lucas 4:38 sabemos que foi uma febre severa e que pedimos ajuda. Jesus pega a mão da sogra e imediatamente a febre a deixa e é imediatamente capaz de servir a Jesus. Jesus quebra o mandamento do sábado aqui de acordo com a opinião então prevalecente. Contudo, Jesus mostra aqui que, em situações agudas e graves, o bem-estar de uma pessoa tem precedência sobre o mandamento. A reação da sogra de Pedro também deve ser vista sob essa luz, ela se levanta e serve a Jesus e seus discípulos. A senhora da casa também estava livre no sábado. Ela também foi autorizada a celebrar o sábado de acordo com o quarto mandamento; a comida tinha que ser preparada na sexta-feira e consumida no sábado. Por causa de sua doença, ela não poderia ter feito isso, e agora, por necessidade, está violando essa regra.
O fato de Jesus ter entrado na casa da sogra de Pedro indica que Pedro era casado.
Servindo, a palavra grega indica aqui para preparar uma refeição (à noite).

CapernaumMolensteen Synagoge Synagoge2

Verso 16 Endemoninhados: doente mental, ou as pessoas que estavam possuídas por demônios. Não importava qual doença um tinha, incurável ou mortal, psicológico ou por demônios. Jesus tem o poder sobre todas as doenças e os demônios. Ele curou a todos. Um homem pode controlar seu próprio-eu perdi porque demônios possuem sobre homem tinha tomado. Sobre a autoridade de Jesus tiveram de deixar o homem, então aquele homem novamente o controle de seu próprio-eu tinha e poderia tomar uma decisão por Jesus. Sem limite para a autoridade e a cura através de Jesus.

Verso 17 Não nos deve literalmente pensamos que Jesus assumiu a doença humana, e então a doença tomou posse de Jesus. Jesus era movido sobre as doenças e teve compaixão pelos doentes, Sua compaixão emocional motivou Ele a cura. A queda foi a base de todas as doenças. Nossas doenças, Jesus tomou e tragou pelo Seu sofrimento na Cruz do Calvário. Lá o pecado (queda) foi anulado e lá Jesus tomou o castigo no pecado em Si Mesmo.

Verso 18 Já era noite (verso 16) e Jesus é um ser humano. Ele teve muitos curados e por sua natureza humana, Ele está cansado (verso 23). Portanto, enviará a multidão, depois que Ele tinha curado todas (verso 16).

Verso 19 No entanto, antes Jesus pode entrar no barco, um escriba vem para Ele. Um escriba que possuem formação acadêmica na lei e os profetas, reconhece que ele precisa de Jesus como professor. Ele apelar para Jesus com o "Mestre" e expressa sua vontade de segui-lo em qualquer lugar. Jesus respondeu: no Verso 20. A Bíblia não menciona ou após estas palavras, ele seguiu.

Verso 20 As raposas têm covis, e as aves do céu têm ninhos. Eles têm residências fixas. Jesus não tinha, Ele puxou todo o país judaico, foi rejeitado na Judeia, Samaria, Judéia, Gadarenos e finalmente o mundo O rejeitou e O crucificou. Assim, o aviso de Jesus a los querem seguir Jesus, calcular o custo do acompanhamento Mim: perseguição e rejeição, sem residência permanente e sem moradia.
O filho do homem (Mt 26:64), filho do homem (Daniel 7:13) aponta para Jesus como homem, que supera o pecado e vire para a direita de Deus (Mt 26:62) e supera todos os poderes da terra e do Céu (satanás e os demônios).

Versos 21-22 Os mortos na Judéia foram sepultadas imediatamente depois de sua morte, por causa do calor e rápida dissolução. Muitas vezes, issos foram acompanhado de um extraordinariamente chorando (hipócrita). Jesus diz aqui busca o Céu. O homem morto já não é mais na terra. Eu vou sair agora (verso 23) e não será mais aqui quando primeiro você vai sepulta seu pai. Compara: Os discípulos Pedro e Andres imediatamente seguiam de Jesus (Mt. 4:19-20). Jesus é o Senhor soberano.

Verso 23 Os verdadeiros discípulos seguiram Jesus e fui com Ele no barco e saíram.

Verso 24 Jesus como homem estava muito cansado depois que Ele tinha curado de tudo. Apesar da tempestade pesada (notória no mar da Galileia), que batem com grandes ondas o barco e todo com grande barulho, Jesus dormiu profundamente por sua fadiga como um ser humano.
O mar da Galileia é de cerca de 210 metros abaixo do nível do mar, entre o Monte Hermon cerca de 2800 metros de altura. Por isso, os fortes ventos e ondas altas.

Verso 25 O ruído da tempestade não faz de Jesus despertar. Seus discípulos estão desesperados e com medo à morte, eles acordam Jesus: Ajuda-nos para que perecemos! Quantas vezes, as tempestades não são na vida do crente. Não podemos vê-lo em todas as aflições e os ataques a tristeza, a doença, a dor e a pobreza, os ataques de satanás e dos demônios. Nós gritamos e oramos a Jesus, mas não recebemos nenhuma resposta, como se o Pai Celestial e Jesus não existe (que Eles dormem profundo). Jesus dorme profundamente em confiar completamente em Seu Pai Celestial. Os discípulos viram Suas curas e milagres, mas agora em uma feroz tempestade, não é de confiança, mas o medo tem a mão superior.

Verso 26 Jesus repreende seus discípulos com: "Por que temeis, homens de pequena fé?" Jesus tinha lhes chamado para serem seus discípulos, Eu ainda não permitir que vocês acontecem mal e vocês morrem? Jesus não imediatamente coloca um fim para a violenta tempestade, primeiro advertindo a seus discípulos que Ele fala primeiro, Ele ensina volta: Eu tenho te chamado, você tem que ter fé e confiar em Mim. Eu tenho já mostrado o Meu poder a você.
Em seguida, Jesus mostra que Ele é o Senhor e Mestre sobre tudo, e a violenta tempestade e ondas altas desapareceram juntos. É normal que depois da tempestade, as ondas de altas continuarem por um tempo ainda. Aqui, após o sancionamento por Jesus sobre os ventos e o mar, de uma vez é perfeitamente calma.

Verso 27 Homens, sem dúvida há diversos barcos que levaram por barco a partir de Jesus. Depois que veio à terra, as pessoas que viviam na terra de Gadarenos, surpreendeu sobre seus reter chegadas e a tempestade e o mar era um silêncio duma vez. Os discípulos vão ter recuperado do que Jesus tinha feito. Lógico que muitos homens se maravilharam. O crente não só tem poder de curar os doentes na imitação de Jesus. O crente também tem poder sobre chuva e tempestade, para que a tempestade e a chuva que causam inundações (de lama), de acabar lo. Essa é minha experiência.

KhersaVerso 28 A terra de Gadarenos provavelmente é Khersa, um lugar cheio de cavernas, cerca de 9 km (de mar) a sudeste de Cafarnaum. Marcus 5:1-5 dá uma descrição melhor de sua obsessão e como perigoso.

Verso 29 os demônios conhecem Jesus e gritar "Filho de Deus". Os demônios (e satanás) sabem que seu destino eterno (depois do Reino de Cristo de 1000 anos) seriam no lago de fogo (Apocalipse 20:9-10). Eles pedem a Jesus para "Vieste aqui atormentar-nos antes do tempo" ser enviado no lago.

Versos 30-32 Os demônios sabem que não podem fazer nada sem o consentimento de Jesus, que eles devem obedecer Jesus. Se esta área era uma área de judeu ou pagão, nós não sabemos. Para os judeus, porcos eram animais impuros. Então se isto foram arrebanhado pelos judeus, então é verdade que pecados bruto. Os demônios desejam ter sua nova moradia. O crente tem o Espírito Santo como casa Dele. Os demônios e satanás precisam uma casa, o corpo, de um incrédulo ou animal para mostrar seus poderes.

versos 33-34 Os porqueiros contam sua história na cidade. Os moradores da cidade sabiam de aquietar a tempestade e o mar através de Jesus, agora Seu poder sobre os demônios. Havia pouca alegria que Jesus tinha libertado por dois perigosos, mais preocupação sobre sua prosperidade: o javali e fonte de renda. Não havia nenhuma fé. Pelo contrário: o medo está em vantagem. Os moradores rogaram-lhe que se retirasse do seu território. Esperemos que os endemoninhados foram capazes de trazer os moradores mais tarde e para proclamar o Evangelho.
Como é connoso? Atribuímos valores mais para nossas posses terrenas, alimentos e bebidas, nossa casa, nossa prosperidade? Ou estamos ocupados com o Reino de Deus, o Evangelho, nossa vida espiritual e nossa vida eterna e eterna casa no Céu?

Volta MenuRetorne acima


Curas através de Jesus - Mateus 9

Verso 1 Jesus retorna à sua cidade natal, que é a Cafarnaum, baseado na Mat. 4:13: Jesus foi morar em Cafarnaum.
Marcos e Lucas dão uma descrição detalhada. O paralítico foi transportado por quatro homens e não podia chegar Jesus por causa da multidão. Portanto, eles levaram ao telhado e desceram o paralítico para baixo no seu colchão. Isso mostra a fé do paralítico e seus quatro amigos. O telhado era de palha seca e lama, que formou uma cobertura dura e sólida. Difícil de quebrar. Lucas 5:19 fala que eles tiram as telhas do telhado.

Verso 2 Jesus vê na sua fé, a base para a cura. Em geral, o pecado está a base da doença. Pela queda a doença entrou no mundo. Compare o Tiago 5:14-16: confissão do pecado é a chave para a cura. De acordo com os judeus, só Deus pode perdoar pecados, cada homem que perdoou o pecado, cometido blasfêmia, feito-se igual a Deus. Aqui é Jesus, o Messias, o Filho de Deus, que é na autoridade de Deus, o Pai dEle. Nesta procuração, Ele tem a autoridade para perdoar pecados.

Verso 3 Os escribas, com razão, diz que "Ele blasfema de Deus, porque eles NÃO reconhecem Jesus como o Messias, mas viam ele como uma pessoa comum.

Verso 4 Jesus conhece os pensamentos de um homem. Nada fica escondido. Portanto, Ele pergunta-lhes: Por que pensais mal em vosso coração? Jesus sabe que eles só tem maus pensamentos sobre Ele e invejam sobre Seu trabalho entre o povo judeu e suas curas.

Verso 5 Palavras e promessas são muito fáceis de pronunciar, mas em seguida aos atos é uma questão diferente. É fácil fazer uma promessa para sua criança. Mas como aconteceu frequentemente não que o pai não cumpriu a promessa? Fácil dizer: "teus pecados estão perdoados", porque ninguém pode verificar isso, porque o pecado é uma violação dos mandamentos de Deus e tão somente Deus pode perdoar. Jesus excede a ação e Prova. Porque doença é um resultado do pecado, então a conclusão é como a doença (paralisia aqui) é removida, por isso também o pecado é perdoado.

Versos 6-7 Jesus prova o ser Seu Messias (Filho do Homem), Ele tem a procuração de Seu Pai. O ato, Jesus fala: Levanta-te, toma a tua cama e vai para tua casa. Primeiro, a cura como prova de perdão dos pecados. Segundo, pegue sua cama significa nenhuma fraqueza, não, sério, o paralítico é curado completo, ele é capaz de suportar peso (Lembre-se que é uma cama forte, ele foi subindo através do telhado). Em terceiro lugar, com este peso da cama, caminhe até a sua casa. Uma prova da cura completa (e perdão dos pecados).

Verso 8 A multidão tem medo. Por que? Aqui Jesus mostrou Seu poder. São provas de que Ele pode perdoar o pecado o que somente foi reservado para Deus. A multidão estava "vendo Deus" em pessoa. Um judeu tinha profundo respeito e temor de Deus. E procedem a glorificando a Deus, porque eles vêem a presença de Deus. Mais tarde Jesus passará esse procuração de cura para Seus discípulos (e para os crentes e os anciãos).

Verso 9 Lucas 5:27 usou o nome de Levi. Com os judeus dois nomes não eram incomuns. Também pode ser que Jesus lhe deu o nome de Mateus. Mateus significa "presente de Jeová". Mateus era um publicano, coletor de impostos, portanto, hábil na escrita e contabilidade (captura de fatos) e vários idiomas. Uma propriedade que só veio ajudá-lo a escrever o Evangelho.
Jesus disse: "segue-me", e imediatamente Mateus deixa são fonte de receita para trás e seguiu. Qual contraste com a pessoa do Mat. 8:21.

Verso 10 Coletores de impostos eram vistos como pessoas desonestas, a serviço do ocupante Romano, extorsões, pessoas gananciosas por dinheiro. Mateus toma ação imediata, ele convida seus amigos (?), os publicanos e pecadores. Ele quer apontar Jesus, o Salvador e Perdoador de pecados. Ele tinha ouvido falar de perdão e cura de paralítico? Seja como for, ele reconheceu ser um pecador.

Verso 11 Isto está em contraste dos fariseus. Eles falam para os discípulos, você está vendo-o como mestre? Com palavras depreciativas, como pode você vê-Lo como mestre, professor, que tem a refeição com os publicanos e pecadores. Vocês não têm vergonha?

Verso 12 Jesus ouve e responde. Não são os fariseus que precisam instrução na lei, que deveriam ensinar as violações da lei. Vossos fariseus, vocês precisam ensinar os publicanos e pecadores. No entanto, vocês se exaltam acima do povo e negligencia a sua tarefa por Deus. Eles justificam-se por si (com muitas apresentações) para manter a lei. Como se a lei trouxesse libertação e salvação do pecado. Eles ignoram que eles próprios são pecadores.

Verso 13 Jesus refere-se a Oséias 6:6 "Porque eu quero misericórdia e não sacrifício". Deus quer em primeiro lugar, que o amemos e amemos nossos vizinhos como a mesmos. Deus deseja que nós tenhamos conhecimento prático de sua palavra, a Bíblia. Na prática o que a Bíblia nos ensina. Deus NÃO tem prazer de fato (que judeus) trouxessem sacrifícios para a remissão dos pecados (chamada se justo). Não valor externo, mas um coração contrito (do pecador).

Versos 14-15 Os discípulos de João Batista (provavelmente João já foi na prisão, ou já foi decapitado). Eles seguiram os ensinamentos de João Batista apesar do fato de que João tinha apontado que Jesus era MAIS do que ele. Jesus traça um paralelo com o casamento: o povo judeu é a noiva de Deus, o noivo. Como você pode (como amigos) jejum como você celebra na proximidade do noivo? Os dias virão quando haverá luto, nomeadamente pela crucificação do Noivo Jesus e Ele ascenderam ao Céu e não mais na presença da terra e, em seguida, poderão ficar em jejum.

Versos 16-17 Quando você tem costura um pano novo em uma peça de roupa usada, então quando lavar encolhe o pano novo e rasga a roupa, quem já encolhida. Da mesma forma, você não faz jovem vinho em odres velhos, geralmente uma bolsa de couro de bode ou de ovelha. Vinho jovem põe para fora. Um novo odre é elástico e pode dilatar-se quando o jovem vinho dilatar-se. Um saco velho falta esta elasticidade e pausas, e o vinho sai da bolsa. O velho é manter a lei, que não traz remissão do pecado. O novo é o perdão dos pecados pelo sangue e crucificação do Noivo Jesus Cristo. O velho jejum acabou, o novo jejum é a alegria da libertação por em Jesus Cristo como seu Salvador pessoal.

Verso 18 Mateus não menciona o nome do chefe. Em Marcos e Lucas, o nome é dado a Jairo. Um chefe da sinagoga era alguém que era responsável para a boa ordem na sinagoga. Ele mostra respeito, ajoelha-se para Jesus e mostra fé: minha filha morreu, venha, ponha a mão nela, e ela viverá. Este chefe, apesar de todas das críticas e rejeição pelos fariseus, acredita que Jesus pode trazer de volta sua filha morta. O que uma fé!

Verso 19 Jesus assenta e segue-o imediatamente, sem espera.

OrlaVerso 20 Mas agora vem uma pausa: uma mulher precisa também à cura através de Jesus. Esta mulher não pode de acordo com o médico Lucas (Lucas 8:43) ser curada por ninguém. Eles já tinham gastando um monte de dinheiro para os médicos, que só fez o pior resultado. Se uma mulher teve um fluxo de sangue, ela não pode entrar no templo (?), porque ela estava impura (Lev. 15:19-30). Qualquer pessoa ou objeto que ela toca, foi também impuro (até a noite). Não prodígio que esta mulher estava perturbada, em parte porque isso já durou 12 anos.
Ela mostra também muita fé. O manto de Jesus tinha de acordo com o uso judaico, quatro pontas. Jesus usou um Talit em plena conformidade com a Torá com quatro orlas. Uma orla foi um fio de escova de chaminé (fios roxos azuis para olhar), que situou-se em quatro cantos do vestuário superior. Em Israel foi o costume de vestir vestidos acimos, que foram feitos de panos quadrados. Em Números 15:38-40 está escrito: "Fala aos filhos de Israel e dize-lhes que nas bordas das suas vestes façam franjas, pelas suas gerações; e nas franjas das bordas porão um cordão azul. E nas franjas vos estará, para que o vejais, e vos lembreis de todos os mandamentos do Senhor, e os façais; e não seguireis após o vosso coração, nem após os vossos olhos, após os quais andais adulterando. Para que vos lembreis de todos os meus mandamentos, e os façais, e santos sejais a vosso Deus.

Verso 21 A mulher sabia que ela não podia tocar Jesus, mas sua fé disse, se eu apenas tocar Suas vestes, em seguida eu serei curada. Era improvável que Jesus iria notar que uma delas foi tocada. E certamente em uma multidão ocupada, sem dúvida, sua veste foi tocado.

Verso 22 Jesus sentir que poder sai dEle. Ele se vira e fala la encorajado com a "filha". Uma indicação de que ela é filha de pai Abraão, verdadeiros filhos de Abraão, andando pela fé. Jesus aponta para a fé dela, é a fé dela em Jesus que a cura funciona. E a mulher sentiu que, naquele tempo, o fluxo de sangue tinha parado. Um testemunho contra os multidões.

Verso 23 Os povos em alvoroço profissional (Jer. 9:17-18) não eram incomuns em Israel, em alta uivando som e os jogadores de flauta.

Verso 24 Jesus enviará essas pessoas com as palavras: "a menina dorme só". Ele é ridicularizado, porque as pessoas constata a morte dela. Jesus sabe que Ele tem o poder sobre a morte, não satanás.

Verso 25 Primeiro de tudo, a multidão que zombavam de Jesus, Ele manda embora, afinal, eles não tem fé. No verso 18 o chefe pediu que Jesus colocava a mão da filha morta. Aqui Jesus pega a mão dela e com a palavras Talita cumi (Marcos 5:41) a criança se levantou. A fé do pai em Jesus não é envergonhada e traz sua filha de volta à vida.

Verso 26 A seguir, as multidões vêm a criança e a multidão se espalhou esta maravilha na região.

Verso 27 Dois cegos seguiam Jesus, chorando: "Filho de Davi". Eles reconhecem que Jesus é o Messias, o esperado Filho de Davi. Afinal de contas, o Antigo Testamento falou do Filho de Davi, o Messias, que traria os milagres e curas. Eles continuam a seguir a Jesus, eles não desistem, porque eles insistem no seu desejo que Jesus cura-los.

Verso 28 Jesus lhes pede "Crês tu que Eu posso fazer isso?" Isso significa que nossa fé é um pré-requisito para obter o que desejamos de Jesus. Não, tudo o que o crente recebe é uma misericórdia de Deus. No entanto, o crente deve reconhecer que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e Ele é capaz de fazê-lo.

Versos 29-30 Após suas respostas de Sim, Jesus toca seus olhos, e imediatamente eles vêem bem e afiado. Aqui novamente a proibição a Jesus como o Messias. Os judeus esperam o Messias como rei, como libertador do julgo romano. Não como o Salvador de seus pecados.

Verso 31 No entanto, as pessoas conheciam estes dois cegos. Em sua alegria eles proclamam Jesus, é um ato lógico. No entanto eles cometeram um pecado pelo contra o mandamento de Jesus para proclamar Ele. Que isto sirva de lição para o crente. Às vezes, Deus pede para mostrar a nossa gratidão somente a Ele e não amplamente conhecido o que (grande obra) Jesus fez em nossas vidas. O que é valido para nós pessoalmente, não pode despertar esperança em outros (crentes e não crentes).

Verso 32 Com o cego, lá não era nenhuma questão de endemoninhado. Aqui um surdo-mudo torne-se endemoninhado possuído por um ou mais (demônios). Nem toda doença é resultado de possessão demoníaca. Doença pode ser resultado de pecado ou uma persistência no pecado, ou em exaltação de Deus, ou para entender outros que têm a mesma doença parecido, como de Joni Erikson.

Verso 33 Jesus comandou o espírito maligno para deixar o surdo-mudo e imediatamente o homem fala. O milagre é que o homem (ou talvez uma mulher) fala. Ele não precisa ser igual uma criança para aprender a ouvir e falar, NÃO ele ouve e compreende e fala. Não surpresa que a multidão se maravilhou.

Verso 34 Mesmo que o Antigo Testamento fala das maravilhas que o Messias faria, perseverar os fariseus (o apóstolo Paulo foi um fariseu) que serviu bem o A.T., em uma rejeição de Jesus. Apesar de que o cego chamado Filho de Davi. Os fariseus cometem um pecado muito grave, escrevem a obra de Jesus para o inimigo de Deus: satanás (príncipe dos demônios). E assim, eles rejeitaram a Deus.

Verso 35 Jesus continua o seu trabalho em Israel, passando todas as cidades e aldeias, ensina os judeus nas sinagogas onde os judeus se reuniram para a instrução na palavra de Deus. A lição para o crente é isto. Todo significa a terra completa. Cidades: não só da fácil-à-alcanga áreas, com um grande número de habitantes. Aldeias: mas também os lugares inacessíveis, os lugares distantes, onde são pequenos número de habitantes. Onde? Nos lugares onde as pessoas se reúnem: praças, igrejas (sinagoga), campos de futebol, estádios, etc.

Verso 36 Como devemos proceder? Com misericórdia para as pessoas perdidas, cujo futuro é, uma perda eterna sem Deus, o Pai e o Senhor Jesus Cristo. Propriedade e enganado por satanás e demônios, seus olhos focada em um mundo temporário da luxúria e riqueza, não vendo na vida eterna no Céu. Uma humanidade (ovelhas) sem um pastor (Jesus como Salvador do pecado e diretor espiritual, sem a orientação e o poder do Espírito Santo). Desmaiou e cansado de sua existência diária, desejo de mais posses terrenas e riqueza e poder.

Verso 37 Muitos vêm para acreditar (a colheita de fato é grande), mas muitos não crescem do leite para o alimento sólido (1 Coríntios 3:2), do bebê para fé mature espiritual (Hebreus 5:12-13), muitos abandonaram a fé (a semente cai nas pedras, cresce com as ervas daninhas). Por isso poucos se tornam trabalhadores (professores na fé, que pregam o Evangelho).

Verso 38 É por isso que precisamos orar a Deus, o Pai, que Ele pessoas mudar para crescer na fé, crescer em maturidade espiritual e difunde crentes que, na verdade (sem falsa doutrina) proclamar o Evangelho e ensinar os crentes até maturidade espiritual.

Volta MenuRetorne acima


Transmissão e comando por Jesus - Mateus 10

Versos 1-5 Em conexão a Mat. 9:37-38 agora segue a transmissão e comando por Jesus dos doze discípulos. Que mais tarde será chamado os doze apóstolos (Judas Iscariotes substituído pelo apóstolo Paulo). Eles são os doze apóstolos que, durante a vida de Jesus na terra, obtido educação diretamente do Mestre Jesus. Portanto hoje, ninguém pode ser chamado um apóstolo, porque ele não recebeu diretamente ensinamento de Jesus pessoalmente durante três anos e não viveu na época de Jesus. Isto está em contraste do apóstolo Paulo, que apesar de conhecedor no Antigo Testamento como Fariseu, recebeu formação pessoal direta de Jesus Cristo (Gálatas 1:12) por três anos (Gálatas 1:18).
Jesus dá eles poder, em imitação da sua procuração que recebeu de Seu Pai, para expulsar espíritos imundos (=satanás e demônios) e curar todas as doenças e males, tão cegos, surdos e mudos, coxos, leprosos, etc. Nenhuma doença excluída.
São doze apóstolos, eles julgarão as doze tribos (Gen. 49:1-28), Mat. 19:28: "vos assentareis sobre doze tronos, para julgar as doze tribos de Israel". Eles se sentarão em doze tronos no Céu (ver também Apocalipse 4:4) para julgar cada judeu (duas tribos de Judá) e Israelita (10 tribos de Israel) de sua vida na terra e sua possível rejeição do Messias Jesus.

Versos 5-6 O Messias foi primeiro destinados pora as 12 tribos, não para os samaritanos. Os samaritanos são moradores da região Samaria, entre Judaea e Galiléia. Os judeus considera-los como impuros e sua adoração no Siquém como ilegal. Após a queda da cidade de Samaria (722 A.C.) os israelitas das dez tribos foram levados pelos assírios. O restante israelitas se mistura com gentios ao um novo povo, os samaritanos.

Versos 7-8 Os apóstolos tinha que proclamar o Reino do Céu, isto é, (a pregação de João Batista): reconhecimento do pecado (Lucas 3:3), reconhecer ser pecador e necessita receber o perdão. Deixa a vida mundana e conduze uma vida de imitação de Jesus. Hoje, através do poder do Espírito Santo, para que os frutos do espírito se tornam visíveis para os incrédulos.
Eles tinham autoridade sobre doenças e espíritos malignos. Por nada (sem recompensa) você precisa dar. De acordo com a fonte rabínica estava incorreto como um escriba passar por proveito próprio seu conhecimento da Torá, ou receber recompensa. O dom de expulsar demônios e cura é uma graça de Jesus Cristo, obtido pela obra de Jesus na Cruz. Apenas pelo reconhecimento de ser um pecador, exorcismo de demônios e cura é possível. Isto não tem nada a ver com o poder de um crente. É o poder de Jesus Cristo através do Espírito Santo. Portanto, nenhum crente, nem pastor, nem qualquer pessoa, pode receber uma recompensa para a exorcizarão ou a cura. Também não pede o dízimo. Jesus deu e dá-lo para nada, sem recompensa.

Versos 9-10 Dinheiro (ouro, prata, cobre) foi preservado no cinturão. Na mochila foi muitas vezes conservada a comida e bebidas, uma segunda peça de vestuário (se o vestido estava molhado pela chuva), um segundo conjunto de sandálias. Tudo isto não era necessário para os apóstolos, porque o próprio Deus iria prover. Não se preocupe de trazer com comida. As pessoas onde o apóstolo ficava, iria cuidar de seu abrigo e comida. Porque Deus cuida de seus trabalhadores. Ver 1 Thess. 2:9 Paulo fornece seu próprio sustento. E 1 Coríntios 9:4-7.

Versos 11-15 Era geralmente na entrada de uma casa de passar a saudação de paz, "A paz esteja com você" (Números 6:24-26). Cada cidade e aldeias na Judaea tinham que ser alcançado pelos apóstolos, por isso foram dois a dois. Se uma pessoa receber você hospitaleiro, fica lá e pregar o evangelho. Em seguida, a paz de Deus vem e a perdão dos pecados sobre aquela casa. No entanto, se a casa (cidade ou aldeia) rejeita o evangelho, então deixa a casa, cidade ou aldeia. A ira de Deus descerá sobre eles no dia do juízo. Para eles o julgamento será mais terrível do que a dos habitantes das cidades de Sodoma e Gomorro que foram devastadas pelo enxofre. Por que um veredicto mais pesado pelos habitantes da Judaea? Em Sodoma e Gomorro NÃO pregação de evangelho teve lugar. Essas cidades foram destruídas por causa de seus pecados brutos. Agora primeiro pelo próprio Jesus e agora pela transmissão dos doze, TODA a Judaea é alcançado com o evangelho. E não apenas uma proclamação, acompanhada por provas de perdão dos pecados mostrada pela cura de toda doença e exorcismo de demônios. Uma evidência abundante da proximidade do Reino do Céu. NENHUMA só desculpa para não vir a fé. A lição para as pessoas que vive hoje, é: NENHUMA homem pode dizer que não sabia da fé cristã. As pessoas gastam um monte de dinheiro em celulares, então um também é capaz de comprar uma Bíblia. Jovens gastam um ingresso para um show de Rock, assim eles são capazes de comprar uma Bíblia. Televisão e internet, proclamando o evangelho e explicar a Bíblia. Estudantes educados na fé cristã, mas algumas um pouco na entrada da faculdade, eles participam nas drogas e festas selvagens, eles desperdiçam o eterno por uma curta vida temporária na terra e ir para a eternidade sem Cristo.

Verso 16 As ovelhas são os discípulos de Jesus, então também hoje os crentes. Ezeq. 22:27 diz que os príncipes (Fariseus e escribas) são como lobos que arrebatam a presa, para derramarem o sangue, para destruírem as almas, para seguirem a avareza. Em lobos podemos pensar também de todos aqueles que são contra a fé cristã e perseguem os crentes, torturando e matando.
Cuidado no sentido observa bem a situação. A serpente é uma criatura mortal, cheia de venenos ou estrangulamento. Você pode pensar da astúcia e do engano de satanás e demônios, mas também de falsos profetas, com falsas lições enganosas. A pomba é pureza, simples e inocente (ver Atos 17:22-33).

Versos 17-19 Tribunais (também chamados Sinédrio) consistiam de comitês locais de 23 pessoas. Os judeus eram açoitados com um chicote de couro apenas. Com os romanos eram peças de metal entrelaçadas. De acordo com Deut 25:3 não foram autorizados a ser mais de quarenta açoites. A sentença foi executada por três membros da sinagoga. Um citou Deuteronômio 28:58 o motivo do castigo, o segundo contava o número de açoites e o terceiro deu a ordem para o açoite. De acordo com tratados rabínicos, havia várias razões para os quarenta menos um ter sucesso entre outras coisas: violação de um dos dez mandamentos, incesto, sacrificando-se fora do templo, o rompimento do voto nazarenos.
Se olharmos para Paulo que foi levado para governadores e reis e testemunhou de Jesus para eles.

Versos 19-20 Paulo estava cheio com o Espírito Santo para testemunhar na frente de titulares de cidade (Pontius Pilate, Felix, Festo, Agripa, etc.). O crente não precisa se preocupar, que ele/ela deve falar, é o Espírito Santo que vai dar as palavras certas ao crente.

Verso 21 Alguns dentro a família podem vir a fé em Jesus e eles vão ser odiados por membros da família (estou pensando em particular dos membros da família católica-romana). Também pensa dos muçulmanos, que não permite que um membro da família vem a fé em Jesus, muitas vezes eles assassinam sem lamentável. Às vezes vilmente, como estava visto na internet e televisão, a decapitação de Christian e jogando das rochas. Ou as duas filhas jovens, que foram estupradas e defloradas por muçulmanos, enquanto o pai, o evangelista, teve que assistir.

Verso 22 Está vir de perseverar na fé cristã. Um homem pode matar o corpo terreno, mas não a alma. Todo mundo morre, mas cada pessoa vai ser ressuscitado, ou a vida ou a morte (Lago de fogo). O crente que morre por Jesus, vem imediatamente no paraíso, até a segunda Vinda de Cristo, e então, recebe um corpo incorruptível para ir para o Céu. Isto é melhor, do que o crente nega a mesmo o Jesus e vai para o inferno.

Verso 23 Quando o crente está sendo perseguido, ele pode fugir. Por que? Para não perder (versos 11-15) para aqueles que rejeitam a fé. Muitas cidades na terra precisam o evangelho, onde gente recebe o evangelho com os braços abertos. Lição: não perde seu tempo, fugi e vai para um lugar aberto para o evangelho.

Versos 24-25 Um discípulo (seguidor) de Jesus não é mais do que o próprio Jesus. Se Jesus já foi chamada de Belzebu (possuídos), em seguida, um não precisa ser surpreendido que os seguidores de Jesus serão perseguidos e ser declarado insano. A levanta da Cruz de Jesus e seguir Jesus, tem o seu preço. Satanás e os demônios odeiam a proclamação do evangelho, então não se surpreenda de encontrar grande resistência.

Versos 26-27 Não tem medo de seus perseguidores, prega em público, deixe brilhar a luz de Jesus Cristo no mundo. A proclamação do evangelho não deve ser realizada na sala de estar, mas em público, sobre os lugares de mercado, nas praças, na igreja de verdade.

Verso 28 Ver versículo 22. Só Deus pode matar o corpo e a alma. Para onde for o homem, SOMENTE é determinado pelo próprio Deus. O crente em Jesus, vir no Céu. Aquele que nega a mesma ou rejeita a Jesus, (primeiro no inferno e daí em diante) no lago de fogo.

Versos 29-31 Um passarinho foi o mais barato carne comestível. Se Deus já observa neles, quanto não mais o crente va para acima. Hoje um ceitil vale cerca de 4 centavos.

Versos 32-33 Jesus quer os fiéis manter-se firme, mesmo na perseguição, tortura e morte (ameaça de morte).

Versos 34-37 Jesus quer o amor do fiel em primeiro lugar. Se um membro da família diz para não ir (por exemplo, a missão), então o crente deve escolher por Jesus e ir. Isso pode causar discórdia.

Versos 38-39 A seguir Jesus, significa entrar nos passos de Jesus. Jesus foi até a morte de Cruz. Ele não considerou a Cruz indigna de morrer para o pecado do homem, embora Ele Próprio fosse inocente. Igual o seguidor de Jesus encontrará a vida se aquele vai atrás de Jesus.

Versos 40-42 Ver Mateus 25:31-46.

Volta MenuRetorne acima